Poder

Emap vai gastar R$ 1,1 milhão para organização de concurso público

A Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) contratou o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE), localizada em Brasília, por cifras milionárias.

O contrato prevê o planejamento, organização, execução e acompanhamento de concurso público para provimento de 85 vagas, do quadro de servidores da EMAP.

Segundo informações, o valor estimado a ser pago à empresa, que tem como proprietário Adriana Rigon Weska, é de R$ 1.147.500,00 milhão, considerando o número de inscrições efetivadas.

O acordo contraual tem validade de 24 meses.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Construtora de Mossoró fatura contrato de R$ 39,1 milhões na Prefeitura de São Luís

Investigada pelo Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte, a Construtora Luiz Costa Ltda saiu de Mossoró (RN) e aterrissou diretamente na Prefeitura de São Luís para faturar milhões dos cofres públicos.

A empreiteira foi contratada, conforme informou Blog do Felipe Mota, para executar recapeamento asfáltico de ruas e avenidas da capital maranhense por quase R$ 40 milhões.

De acordo com as notas empenhos emitidas no dia 2 de setembro pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços (Semosp), o pagamento do valor será feita de forma parcelado.

Em 2016, a Construtora Luiz Costa esteve no centro de um escândalo de corrupção envolvendo venda de prestígio no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5).

Conforme consta na denúncia do MPF do Rio Grande do Norte, o dono da empresa Jorge Luiz Costa de Oliveira, ex-prefeito do Município de Upanema/RN, fez repasses na ordem de R$ 281 mil a Francisco Barros Dias, na condição de ex-desembargador do TRF-5, e ao advogado Marcos Lacerda Almeida Filho, para que ambos influenciassem desembargadores responsáveis pelo julgamento do processo criminal que corria na Corte.

Os valores foram repassados entre os anos de 2015 e 2016 para Latosensu Escola Jurídica, constituída formalmente em nome de Noara Renea Vieira de Alencar Barros Dias, esposa de Francisco Barros Dias, mas de fato a ele pertencente, com base em contrato fictício, como estratégia de ocultação e dissimulação da natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal, no caso o crime de exploração de prestígio.

Jorge Luiz Costa de Oliveira foi denunciado pelo MPF por lavagem de dinheiro, corrupção e por falsificar documentação.

Atualmente, a construtora está em nome de Túlio Salatiel Costa Lima e Celiton Luiz Costa de Oliveira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Dupla de assaltantes é presa em São Luís

Na manhã desta quinta-feira (17), a Polícia Civil prendeu Nerivan Moraes Pereira e Reilton dos Santos Marques acusados de assalto a um sítio localizado na Estrada da Maioba, em Paço do Lumiar.

A dupla de assaltantes foi presa em razão de um cumprimento de duas ordens judiciais.

Segundo informações, no dia 12 de agosto de 2018, Nerivan e Reilton invadiram um sítio e fizeram reféns no local.

Mostradas as fotografias dos acusados, as vítimas reconheceram cabalmente os dois indivíduos como sendo os autores do roubo.

Após os procedimentos de praxe, os presos foram encaminhados ao Sistema Penitenciário Pedrinhas, em São Luís, onde permanecerão à disposição da Justiça.

As investigações seguem na tentativa de identificar os demais coautores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Zé Doca entrega novas mobílias para as creches municipais

Está acontecendo nessa manhã (17), na quadra da escola Miranda Braz, a entrega de novas mobílias para as creches municipais, uma ação da prefeitura através da secretaria de educação.

Segundo a secretaria da pasta Sônia Maria, esse trabalho visa maior conforto para as crianças e tranquilidade para os pais. “Nossas crianças estarão bem cuidadas, por profissionais qualificados e dedicados, o que dará aos pais a tranquilidade que necessitam para se dedicarem aos seus afazeres”, apontou.

Entre os equipamentos entregues estão; cadeiras para alimentação infantil, armários, colchonetes, mesas, birôs, cadeiras com almofadas, bebedouros, armários roupeiros em aço, cadeiras giratórias com braço, conjunto para alunos, conjuntos para professor, mesa para reunião, gira gira carrossel, geladeiras industriais, berços com colchões, processadores, balanças, frízer, fogões industriais, purificador de água, liquidificadores semi-industriais, espremedor de frutas, máquinas de lavar roupas entre vários outros itens.

A prefeita de Zé Doca Josinha Cunha, desatacou a importância desses cuidados com a educação infantil para o bom desenvolvimento das crianças. “A proposta de melhorar a infraestrutura de todas as creches e escolas beneficia diretamente as crianças e, também, melhora as condições de trabalho dos profissionais da educação, nossas crianças bem cuidadas é a certeza de futuros cidadãos dignos e honrados,” disse.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Operação da PF mira grupo que atuava no tráfico interestadual de cocaína no MA

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (17) a operação Teto Baixo contra uma organização organização criminosa especializada no tráfico interestadual de cocaína. A ação ocorre em Roraima e também nos estados do Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Tocantins.

Policiais devem cumprir 106 mandados judiciais, entre 30 de prisão preventiva, 6 de prisão temporária, 27 de busca e apreensão, 7 de suspensão de regularização de imóvel rural e 36 de bloqueio de bens, os quais incluem, 18 aviões, imóveis, propriedades rurais e mais de R$ 290 milhões.

Destes, 46 mandados de prisão foram expedidos pela Vara de Entorpecentes e Organizações Criminosas da Justiça estadual para cumprimento só em Roraima.

Investigação
As investigações tiveram início no final de 2016, após a queda de um avião no município de Caracaraí, região Sul de Roraima.

A suspeita da PF era a de que os ocupantes da aeronave estavam envolvidos em uma organização criminosa destinada ao tráfico de drogas. No ano seguinte, a PF apreendeu mais de meia tonelada de cocaína em Roraima, Pará e Tocantins.

Segundo a PF, o grupo responsável pelo esquema recebia a droga em São Gabriel da Cachoeira (AM), depois seguia para uma pista clandestina em Roraima, com o intuito de se afastar de regiões com maior fiscalização, para em seguida ir a Goiás e Tocantins.

Cada voo transportava, em média, 550kg de cocaína. A quadrilha contava com pelo menos 18 aeronaves para a realização do tráfico interestadual.

A base de operações do grupo se localizava na região do município de São Gabriel do Oeste (MS). Porém, em agosto 2017 foram alvos de uma operação da Polícia Civil daquele estado envolvidos em clonagem de aeronaves para tráfico de drogas, inclusive com expedição de mandado de prisão para o líder do grupo, que chegou a ficar foragido. Após a operação, a estrutura de apoio da organização criminosa foi transferida para Santarém (PA).

A organização, segundo a PF, operava em três núcleos distintos: um familiar, formado por parentes do líder esquema, quem comandava os negócios; um outro núcleo que prestaria apoio logístico ao grupo, como a identificação de pistas clandestinas, arrendamento de fazendas e abastecimento das aeronaves; e um último composto pelos pilotos.

De acordo com a PF o nome da operação faz referência a prática de voos clandestinos, que ocorrem a baixa altitude com o objetivo de dificultar sua identificação por radares.

Do G1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Juiz bloqueia R$ 253 mil do médico Abdon Murad por não pagar dívida a advogado

O juiz da 12ª Vara Cível, Sebastião Joaquim Lima Bonfim, determinou o bloqueio online dos bens da Abdon Murad Júnior Participações e Empreedimentos Imobiliários Eireli e do seu proprietário, o médico Abdon José Murad Júnior.

O togado atendeu ao pedido do advogado Sidney Cardoso Cardoso Ramos, que alegou ter investido na Abdon Participações e não ter recebido o retorno financeiro prometido pelo médico (saiba mais). O valor bloqueado foi de R$ 253.866,00 mil.

Em julho desse ano, o Sebastião Bonfim condenou Abdon Murad a pagar o montante citado acima a Sidney Ramos em três dias, e, caso não ocorresse o pagamento do débito, seria feito o bloqueio online dos bens.

Desse modo, o despacho datado do dia 10 de outubro manteve a setença e bloqueou os bens do médico.

Acesse a decisão aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Presidente do TJ diz que “acordo de cavalheiros” não foi formalizado e não tem validade

Em entrevista concedida ao Blog do Neto Ferreira, nesta quarta-feira (16), o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, disse que o “acordo de cavalheiros” não tem validade, pois não foi formalizado pelo regimento interno da Corte Judiciária.

A declaração foi dada após a desembargadora Ângela Salazar afirmar que o ajustamento deveria ser respeitado pelos colegas (saiba mais).

“Esse acordo nunca foi formalizado, o desembargador Lourival, certa vez, em uma conversa de 12 anos atrás disse que quem já tinha sido eleito não seria para que os colegas tivessem a oportunidade sê-lo, quando era o Tribunal de 24 , mas isso nunca ficou consignado, nós nunca dissemos olha, a partir de hoje, não teve essa conversa e várias eleições se sucederam, inclusive do eminente desembargador Marcelo [Carvalho], meu querido amigo, que infelizmente renunciou a candidatatura a presidência, seria eleito com certeza, foi eleito para Isman, logo depois desse acordo, a desembargadora Nelma [Sarney] concorreu com o desembargador Raimundo Cutrim, são vários casos no Tribunal”, explicou José Joaquim.

Durante a conversa, o presidente do TJ disse que a desembargadora queria fazer uma espécie de coação do Tribunal, pois queria que todos da Corte votassem nela na eleição para a Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), que foi realizada nesta quarta-feira (16).

“Eu porque sou muito ético, eu primeiro me respeito e depois respeito as pessoas porque o que ela [Ângela Salazar] fez ontem é dizer o seguinte no sentido que o Tribunal de Justiça teria que votar nela porque estava [eu] descumprindo o acordo, ou seja, Coação do tribunal? Eu gosto de harmonia, como fui eleito há 2 anos atrás, onde vários blogueiros, teus parentes passaram a atacar contra minha família, você sabe que tu aquilo é mentira, eu tive que provar e depois processar, nos nossos tribunais, nós evitamos exatamente isso. Eu viro a página”, afirmou o magistrado.

José Joaquim foi eleito com 17 votos contra 11 recebidos por Salazar, sua opositora na corrida eleitoral para a Corregedoria do TRE.

O desembargador comentou, ainda, sobre os planos para a sua gestão a frente do cargo no biênio 2020-2022. “Vou aproveitar o que já tinha sido feito pelo eminente desembargador Tyrone [Silva], eminente desembargador Cleones [Cunha], que é o presidente [do TRE], e formar uma equipe boa de trabalho , nós já vamos chegar próximo ao pleito, em outubro do ano vindouro e sempre com retidão e respeito, e dizendo o seguinte: a política, as eleições, quem comanda são os políticos, que são os donos, nós somos os gerentes das eleições, a gestão é nossa”.

Outro ponto tocado por José Joaquim foi a questão dos ataques direcionados a ele por conta da sua candidatura ao Tribunal Eleitoral. Segundo o desembargador, afirmaram que o desejo do mesmo era substituir Tyrone Silva na presidência da Corte, após a saída de Cleones Cunha.

“Sabe o que disseram que eu ia ser candidato para tirar o colega Tyrone, esse que foi levantamento, que se eu soubesse de onde partiu eu lhe dizia da onde foi, fazendo campanha que ao ser eleito aqui eu tiraria o meu colega, pelo contrário eu sou amigo de mais de 40 anos. Eu fiz questão de dizer que está consignado. Vou ser vice-presidente/corregedor e eu vou fazer isso no dia da minha posse. Não vamos fazer eleição, vai ser aclamação para o desembargador Tyrone [Silva]. Primeiro retidão, ética, respeito ao colega que já está lá, porque eu poderia concorrer, não teria nenhum impedimento”, garantiu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Grupo é preso por executar dois homens em São Luís

Na manhã desta quinta-feira (17), a Polícia Militar prendeu 4 homens identificados como Domilson Alves Matos, Áurio Costa Abreu, Wesley dos Santos Neves e João Vitor Neves Barbosa acusados de assassinar Jadeilson Silva Costa e Dalvis Costa, quarta-feira (16), no Residencial José Reinaldo Tavares, em São Luís.

Os policiais também apreenderam uma metralhadora, dois revólveres e três coletes balísticos. O caso está sendo investigado pela Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP).

Os crimes foram cometidos por cinco bandidos que estavam em um veículo com armas de diversos calibres e coletes à prova de balas. De acordo com informações, o bando estava a procura de rivais de outras facções.

No momento dos assassinatos, os criminosos fizeram barreiras numa avenida, usando coletes a prova de balas, atirando pra todo lado e assaltando quem passava. Foi quando as duas vítimas passaram e foram atingidos pelos tiros.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Administrador da feira da Cohab é assassinado a tiros em São Luís

O administrador da feira da Cohab, identificado como Dimas Garcia Araújo, foi executado na manhã desta quinta-feira (17), em São Luís.

Segundo a polícia, a vítima foi morta por um feirante conhecido como Nilson. A motivação seria a disputa por ponto comercial na feira.

Ainda de acordo com informações policiais, Dimas e o acusado discutiram ontem (16) pelo box da feira. E nesta quinta-feira, Nilson se aproximou da vítima e efetuou 5 disparos contra o administrador, que foi alvejado por 3 tiros. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

Até o momento, o assassino não foi encontrado.

Uma equipe da Polícia Militar já está no local para apurar o caso. Agentes da Superintedência de Homicídios, do IML e ICRIM se deslocaram para a feira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Polícia prende suspeito de assaltos a ônibus em São Luís

A Polícia Civil prendeu Alexsandro Sá Barros, na tarde de quarta-feira (16). A prisão se deu em razão de cumprimento de uma ordem judicial pelo crime de roubo a ônibus coletivo.

De acordo com informações, o assalto ocorreu no dia 11 de outubro de 2015, no Parque Jair, em Sãoa José de Ribamar.

O preso foi devidamente interrogado e o IP será relatado e encaminhado à Justica.

Após os procedimentos, o preso foi encaminhado ao Sistema Penitenciário Pinheiro, onde permanecerá à disposição da Justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.