Poder

Notas da manhã

1ª classe

Pensar como Marx, governar como Stalin e viver como Rockfeller. A contradição vermelha da deputada do Rio de Janeiro do PCdoB, Jandira Fegalli indo de primeira classe para EUA.

Dinheiro público sendo usado por esses políticos.

IMG-20160330-WA0003

Rompimento

Presente à reunião do PMDB que aprovou o rompimento do partido com o governo Dilma por aclamação, a ex-­governadora do Maranhão Roseana Sarney afirmou nesta terça-­feira, 29, que a sigla desembarcou na hora certa. “Estou acompanhando o partido. Está no timing certo. Era uma questão só de decisão”, afirmou Roseana, que é membro do diretório nacional da sigla.

A ex­-governadora evitou fazer comentários mais detalhados sobre o governo Dilma. Filha do ex­-presidente da República e ex­-senador José Sarney, também do PMDB, Roseana negou que o pai tenha tido alguma influência em sua decisão de apoiar o desembarque. “Lá em casa todo mundo tem autonomia”, disse.
Questionada se acredita que há motivos para o impeachment da presidente Dilma Rousseff, ela desconversou. “Ainda não avaliei. Mas o que o partido decidir, estarei junta”, disse.

Desculpas

moro

O juiz Sérgio Moro, que conduz a Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal, enviou ofício ao Supremo Tribunal Federal (STF) no qual pede “respeitosas escusas” à Corte pelas consequências da retirada do sigilo das escutas telefônicas envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e autoridades, incluindo a presidente Dilma Rousseff. Mas afirmou que a decisão foi tomada com base na Constituição e que os diálogos revelaram uma tentativa de obstruir a Justiça.

No despacho em que liberou as gravações, Moro afirmou que, “pelo teor dos diálogos degravados, constata-se que o ex-Presidente já sabia ou pelo menos desconfiava de que estaria sendo interceptado pela Polícia Federal, comprometendo a espontaneidade e a credibilidade de diversos dos diálogos”.

Desejo

RenanCalheirossinop

Logo depois de o PMDB oficializar o desembarque do governo, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que não participou da reunião, afirmou que espera que o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff não chegue ao Senado.

Em seguida, Renan Calheiros foi questionado pelos jornalistas sobre o motivo pelo qual espera que o processo não chegue e se defende a permanência de Dilma. Ele evitou responder e encerrou a entrevista.

Ofício

697a41a81798a09b29036d3ea0934590

Em defesa da população mais carente de São Luís, o deputado estadual Wellington do Curso (sem partido) encaminhou ofício, na tarde desta terça-feira (29), ao PROCON, solicitando informações sobre as providências que foram adotadas em relação ao aumento abusivo das tarifas do transporte público da capital e do expresso metropolitano, de responsabilidade do Governo do Estado.

A solicitação do parlamentar faz referência ao exorbitante aumento das passagens de transporte coletivo em São Luís, anunciado na última quarta-feira (23) pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte de São Luís e pela Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana. Para, que também solicitou providências por parte do Ministério Público Estadual, o PROCON não pode se omitir diante de um cenário em que, visivelmente, os direitos do consumidor estão sendo violados.

Peixes

O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) e de parceiros, encerra, nesta terça-feira (29), uma operação, iniciada no dia 24, com a finalidade de proteger os períodos de defeso do pescado na Área de Proteção Ambiental (APA) das Reentrâncias Maranhenses, localizada no litoral ocidental do estado.

A fiscalização tem como objetivo combater a pesca, transporte e comércio irregular e ilegal do caranguejo-uçá (Ucidescordatus) durante seu último período do defeso no ano de 2016, além de outras atividades identificadas como irregulares ou ilícitas. No litoral do município de Cururupu, a equipe de fiscalização da Sema apreendeu exemplares juvenis do peixe popularmente conhecido como Mero (Epinephelus itajara), espécie ameaçada de extinção, e autuou, em flagrante, os responsáveis pela captura. Eles estavam vendendo o peixe numa feira do município, junto com outras espécies permitidas.


Crise

DF - DILMA/FILLON - POLÍTICA - A presidente Dilma Rousseff e fala à imprensa após reunião com o primeiro-ministro da França, François Fillon, no Palácio do Planalto, em Brasília, nesta quinta-feira. 15/12/2011 - Foto: PEDRO LADEIRA/FRAME/AE

Em substituição ao PMDB, que anunciou nesta terça-feira seu desembarque do governo, a presidente Dilma Rousseff deu início a conversas para a formação de um novo bloco na Câmara, formado por PP, PR e PSD que, juntos, somam 129 votos – contra os 69 votos do PMDB. Para isso, a presidente está disposta a abrir mais espaço a esses partidos.

O “espólio” do PMDB (sete ministérios e mais de 700 cargos) está sendo disputado: o PP sonha conquistar o Ministério da Saúde; o PR, além do Ministério dos Transportes, que comanda hoje, gostaria de ter também o comando de Portos; e o PSD gostaria de ter também o Ministério dos Esportes. Com essa reorganização do ministério, a presidente espera reunir pelo menos 172 votos, número necessário para barrar o processo de impeachment em tramitação na Câmara. Se conseguir isso, desempenho considerado difícil no quadro atual, ela se disporia a comandar um governo com minoria, mas com base mais estável.

Implantação

Em atendimento a duas Ações Civis Públicas propostas pelo Ministério Público do Maranhão, a Justiça concedeu liminar para determinar que as prefeituras de Pindaré-Mirim e Tufilândia realizem, no prazo de 90 dias, a implantação do Programa Família Acolhedora, para atendimento de crianças e adolescentes. A sentença é datada do dia 3 de março.

A decisão prevê que a política de acolhimento seja feita por profissionais vinculados à Secretaria Municipal de Assistência Social, com capacitação específica, e que sejam oferecidos serviços médicos, educacionais e socioassistenciais existentes nos municípios para atendimento prioritário das crianças e dos adolescentes acolhidos. Em caso de descumprimento da medida judicial, a juíza de direito Ivna Cristina de Melo Freire, da comarca de Pindaré-Mirim, estabeleceu multa diária no valor de R$ 500 até o limite de R$ 100 mil, a ser revertido para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Intrafegável

A Rua Rosinha Portela, localizada no centro de Capinzal do Norte está intrafegável há mais de seis meses. A via está cheia de buracos e lamas. Veículos e pedestres não conseguem ter acesso ao local.

a7f2e316a44283869b073a90d5e62885


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Professores de São Mateus elogiam ações do Governo

A educação é o caminho para o desenvolvimento e para garantir esse direito a todo cidadão maranhense, o Governo do Estado trabalha para reestruturar a rede de ensino. São reformas, ampliações, reconstrução e construções de novas unidades. Esse esforço do Governo do Maranhão foi reconhecido por professores do município de São Mateus, durante a passagem do governador Flávio Dino pela cidade no último sábado (26).

A professora Paraguany Brandão, diretora do Centro de Ensino São José, no bairro Piqui, se mostrou emocionada com as obras recebidas pela unidade, da qual foi aluna ainda criança. “Agradeço o governador, do fundo do meu coração, porque recebi essa escola sucateada. Ali está sendo feita uma construção. Estudei ali aos três anos de idade e hoje tenho orgulho de ser gestora de lá. Pedi ao governador que olhasse para nossa escola e ele atendeu”, ressaltou. Segundo a gestora, a unidade estava sucateada. Com a reforma, está ganhando nova cobertura com forro em PVC, climatização, piso renovado e polido, paredes revestidas e nova pintura.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deputado Verde se posiciona contra aumento de passagens

image

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) se posicionou contra o aumento das passagens de transporte coletivo. O parlamentar fez um aparte durante pronunciamento do deputado Edivaldo Holanda (PTC), nesta terça (29), e defendeu celeridade no processo de licitação para contratação das novas empresas. O edital foi publicado pela Prefeitura de São Luís nesta segunda (28). As tarifas sofreram reajustes de 11,8%, em vigor desde sexta passada.

“Não acredito que seja justo a população pagar essa conta. Não podemos onerar o trabalhador. Hoje, os usuários não contam com um sistema de qualidade, por que têm que suportar um aumento dos serviços prestados, se não têm qualidade?”, questionou o parlamentar.

Verde aproveitou o pronunciamento do deputado Edivaldo Holanda (PTC) no Plenário para externar sua insatisfação com o reajuste, que causou impacto no orçamento de todos os usuários de transportes coletivos. Ele também destacou a importância da publicação do edital de licitação do sistema de transporte urbano em São Luís, nesta segunda-feira.

“Considero esse processo de licitação um grande avanço. Certamente vai permitir que os usuários de ônibus coletivos tenham um transporte de qualidade. Quando as novas empresas estiverem atuando, a população contará com uma frota atualizada e um serviço à altura do nosso povo”, finalizou Júnior Verde.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Wellington detona Holandinha e enquadra Holandão

O deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC), calou-se diante do discurso do amigo de parlamento, deputado estadual Wellington do Curso, que denunciou o descaso público na saúde, Educação e mobilidade urbana.

Durante a sessão plenária desta terça-feira (28), Wellington detonou o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT). “Pior prefeito de todos os tempos”, criticou o parlamentar.

Wellington do Curso ainda enquadrou o deputado Edivaldo Holanda, que defendia o filho na Assembleia Legislativa, conforme mostra abaixo o vídeo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Consórcio responsável pelas obras da BR-135 é culpado pelo DNIT

Em razão do estado crítico em que se encontra a Rodovia BR-135, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte -DNIT se manifestou, por meio de uma nota, culpando o Consórcio, formado pelas empresas GRECA-Distribuidora de Asfalto Ltda, CBEMI-Construtora Brasileira e Mineradora Ltda, SOMA-Meseng Meio Ambiente e Sinalização Ltda, e HYTEC-Construções,Terraplenagem e Incorporações Ltda, de abandonar as obras de recuperação.

Veja a nota na íntegra:

Em atenção e respeito à sociedade maranhense e com o propósito de esclarecer fatos relativos à conservação da Rodovia BR-135, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes-DNIT, autarquia federal vinculada ao Ministério dos Transportes, por intermédio de sua Superintendência Regional no Estado do Maranhão, informa:

Em 06 de dezembro de 2012 o DNIT celebrou o contrato no valor atualizado de R$ 164.795.472,25 com o Consórcio formado pelas empresas GRECA-Distribuidora de Asfalto Ltda, CBEMI-Construtora Brasileira e Mineradora Ltda, SOMA-Meseng Meio Ambiente e Sinalização Ltda, e HYTEC-Construções,Terraplenagem e Incorporações Ltda, para a realização de serviços de conservação e manutenção da referida rodovia;

Em janeiro de 2015 o citado Consórcio paralisou os serviços de restauração contratados sem a apresentação de justificativa minimamente plausível para o insólito fato, suscitando, com esse gesto, a abertura de Processo Administrativo de Apuração de Responsabilidade-PAAR, por esta Superintendência;

Concluso esse Processo pela comissão de apuração de responsabilidade, ainda em 2015, o Consórcio foi instado a regularizar todas as pendências do cronograma de serviços, uma vez que, em quase dois anos, foram cumpridos apenas 28% das obrigações contratuais;
O não atendimento às determinações do DNIT impôs ao Consórcio a condição jurídica de inadimplente, responsável pelo grande transtorno aos usuários da BR-135, mais precisamente do Km Zero (Aeroporto de São Luís) ao KM 199,3 (Caxuxa);

A falta de manutenção adequada, cumulado com o rigor das chuvas nos anos 2014, 2015 e inicio de 2016, resultou na incontida degradação da camada asfáltica, fenômeno agravado pelo intenso tráfego das pesadas carretas para o porto do Itaqui e para os trabalhos de terraplenagem da área onde seria implantada a Refinaria Premium, I da Petrobras, preponderantemente no trecho que cruza o município de Bacabeira;

A partir de Janeiro de 2016, logo após assumir o cargo, o atual Superintendente do DNIT realizou várias reuniões com os membros do Consócio, alertando os seus dirigentes para a gravidade e a dimensão dos estorvos e percalços que afligiam os usuários da BR-135 e retomassem os serviços paralisados. Esgotadas, sem bom êxito, essas tentativas suasórias, não restou a esta Superintendência senão rescindir o contrato, unilateralmente, o que foi feito e publicado no Diário Oficial da União, medida que acarreta e pune a as empresas inadimplentes com a pena de suspensão temporária de participação em licitações e impedimento legal de contratar com a administração pública, pelo prazo de dois anos;

A seguir, esta Superintendência fez publicar Edital de Licitação, sob a modalidade de pregão eletrônico, para serviços de manutenção (conservação/recuperação) na BR 135, sub-trecho: km zero (Aeroporto) ao km 69 (Santa Rita). Nessa jornada, sagrou-se vencedora a empresa Ethos-Engenharia de Infraestrutura S/A, com oferta de R$ 19.814.159,00. A publicação do contrato no Diário Oficial da União ocorreu em, 28 de março corrente, e terá vigência a partir desta data de 29 de março de 2016, quando os serviços serão impreterivelmente iniciados.

Para garantir maior extensão de trechos a serem conservados, em 18 de março esta Superintendência publicou no Diário Oficial da União, Edital de Concorrência, mediante pregão eletrônico, para serviços de manutenção (conservação/recuperação) na BR 135, sub-trecho: km 69 (Santa Rita) ao Km 199,3 (Caxuxa), com preço máximo previsto de R$ 28.203.439,58.

Todas as providências legais para devolver aos maranhenses a sua mais importante rodovia em normais condições de trafegabilidade, foram adequadas e tempestivamente tomadas pela superintendência do DNIT no Maranhão.

Maurício Abreu Itapary
Superintendente Regional do DNIT no Maranhão

dnit


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

DNIT vai recuperar BR-135 após Flávio Dino protocolar Ação Civil Pública na Justiça Federal

Fotos_01_Karlos Geromy_29_03_2016_Reunião DENIT-3

Governador Flávio Dino e secretários Clayton Noleto (Infraestrutura) e Ricardo Capelli (Representação em Brasília) com o coordenador geral de manutenção e restauração do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Fábio Pessoa, e o superintendente do órgão no Maranhão, Maurício Itapary.

O governador Flávio Dino recebeu, na manhã desta terça-feira (29), no Palácio dos Leões, o coordenador geral de manutenção e restauração do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Fábio Pessoa, e o superintendente do órgão no Maranhão, Maurício Itapary. Na pauta do encontro, a restauração, recuperação e duplicação da BR-135, além do reparo da BR-222.

O trecho entre a saída de São Luís até o km 199 é a principal via de acesso para a capital e tem sido alvo de várias reclamações, sobretudo no último final de semana, quando se verificou um grande volume de carros utilizando a estrada. A atual situação da BR-135 fez com que o Governo do Estado protocolasse, na Justiça Federal, uma Ação Civil Pública (ACP) com pedido de liminar contra a União e o DNIT pedindo a recuperação imediata do trecho.

Após contato do governador Flávio Dino com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, e com o presidente nacional do DNIT, Paulo Sérgio Passos, uma equipe do órgão foi deslocada para fazer a análise da atual situação das BRs do Maranhão. “Continuaremos cobrando para que os compromissos sejam atendidos”, destacou o governador.

Segundo Fábio Pessoa, o DNIT teve um problema com o consórcio responsável pelas obras de restauração e manutenção da BR-135, o que acarretou na deterioração do asfalto de vários trechos da estrada. “O cronograma que era previsto para restauração da pista teve um atraso e foi isso que motivou a restauração do contrato, que já foi até rescindido”, esclareceu o coordenador.

Manutenção

De acordo com Fábio Pessoa, a manutenção da BR-135 teve início esta semana. Ele explicou que o trecho do km 0 ao km 199 foi dividido em dois: um do km 0 ao km 69, e, outro, do km 69 ao km 199. “Do primeiro trecho, a gente já está com uma empresa contratada de manutenção, que já está em campo. Hoje, a gente conta com duas equipes fazendo manutenção, até o final desta semana serão quatro, e até na próxima semana nós já teremos oito equipes trabalhando na manutenção do trecho”, destacou.

Ele explicou ainda que o trecho entre o km 69 e km 199 está com previsão de abertura de proposta de edital para a próxima segunda-feira (04), para recuperar toda a extensão da BR o mais rápido possível. “Se nós não tivermos nenhum problema, a empresa que ganhar a licitação já começa imediatamente. Caso a gente tenha algum problema, nós entraremos com algum contrato emergencial pra poder pegar esse trecho do km 69 até o km 199”, informou. Além dos trechos da BR-135, Fábio Pessoa destacou que os novos contratos assinados pelo DNIT no Maranhão irão contemplar a BR-222, recuperando, assim, as principais estradas federais do Estado.

Recuperação

O coordenador geral de manutenção e restauração do DNIT, Fábio Pessoa, anunciou também, durante a reunião com o governador Flávio Dino que, além dos contratos para recuperação emergencial, o DNIT já trabalha, no Maranhão, um projeto que faz parte do programa Crema (Conservação, Restauração e Manutenção).

Segundo o coordenador, esse tipo de projeto prevê, no primeiro ano de contrato, que as empresas realizem intervenções no pavimento da pista e acostamentos, além da recuperação da sinalização horizontal. Nos anos seguintes do contrato, as empresas continuam responsáveis pela manutenção da via, incluindo serviços de remendos e selagem de trincas e a conservação rotineira da faixa de domínio. Elas devem refazer, sem qualquer custo adicional, os serviços executados e que não tenham atingido a qualidade ou o desempenho previsto em contrato. As empresas contratadas por este tipo de programa têm metas a cumprir para que as rodovias garantam segurança e conforto aos usuários.

Duplicação da BR-135
Outra importante pauta tratada durante a reunião foi a retomada da duplicação da BR-135, do trecho entre o Estreito dos Mosquitos e o município de Bacabeira. O coordenador do DNIT comunicou que a obra passou por dificuldades financeiras, mas que já foram solucionadas.

“Estamos com a programação de concluir essa duplicação até o final do ano. Então as obras devem ser retomadas ainda neste mês de abril e até o final do ano, com o cronograma ajustado, a gente deve concluir a duplicação da BR-135”, enfatizou Fábio Pessoa.

Participaram também da reunião os secretários Clayton Noleto (Infraestrutura) e Ricardo Capelli (Representação em Brasília).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Esportes

Prefeitura promove campeonato de futebol em Monção

IMG_20160329_155636

Prefeito Queiroz entregando premiações aos campeões e vice.

No último domingo (20), a Prefeitura de Monção realizou um evento futebolístico, no Povoado Mata Boi, localizado naquele município.

Na ocasião, os moradores da região puderam acompanhar a final do Campeonato de Veteranos, assim como o prefeito João de Fátima Pereira, o Queiroz, que fez questão de entregar os troféus de campeão e vice da competição.

Os vereadores e secretários também participaram do evento e premiaram os atletas que mais se destacaram durante o campeonato. “Para nós é uma satisfação realizar e patrocinar um evento como este. A valorizar cada vez o esporte é uma meta que iremos cumprir até o fim do nosso mandato. Afinal, o esporte é vida. Iremos promover muito mais campeonatos pelo interior e pela sede do município”, declarou o prefeito Queiroz.

IMG_20160329_155141


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Axixá entrega cestas básicas para famílias carentes

2b8f323a00234edbe8716f6b88e616b2

A Prefeitura de Axixá tem trabalhado arduamente para fazer com que a população do município tenha mais qualidade de vida.

Em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, a prefeita Roberta Barreto entregou mais de mil cestas básicas para famílias que vivem na extrema pobreza.

Essa ação social tem sido realizada desde o primeiro ano de gestão em todos os Povoados da região, onde a renda familiar é baixa. “Nós ficamos satisfeitos e felizes quando vemos a alegria das pessoas quando recebem essas cestas. Se Deus quiser iremos entregar cada vez mais, afinal queremos dar mais qualidade de vida para nossa população”, declarou a prefeita Roberta Barreto.

45cda11e514dbec51955fdf1b1cf41e7

e7fe1adc48904d8be21b488c78df2147


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

PMDB oficializa rompimento com governo Dilma

G1, Brasília

pbdb

O Diretório Nacional do PMDB decidiu nesta terça-feira (29), por aclamação, romper oficialmente com o governo da presidente Dilma Rousseff. Na reunião, a cúpula peemedebista também determinou que os seis ministros do partido e os filiados que ocupam outros postos no Executivo federal entreguem seus cargos.

O vice-presidente da República e presidente nacional do PMDB, Michel Temer, não participou da reunião que oficializou a ruptura com o governo. O encontro partidário foi realizado em um dos plenários de comissões da Câmara dos Deputados.

Comandada pelo primeiro vice-presidente do PMDB, senador Romero Jucá (PMDB-RR), a reunião durou menos de cinco minutos. Após consultar simbolicamente os integrantes do partido, Jucá decretou o resultado da votação.

“A partir de hoje, nessa reunião histórica para o PMDB, o PMDB se retira da base do governo da presidente Dilma Rousseff e ninguém no país está autorizado a exercer qualquer cargo federal em nome do PMDB”, enfatizou.

Efeito dominó
A decisão do PMDB aumenta a crise política do governo e é vista como fator importante no processo de impeachment de Dilma. Há a expectativa de que, diante da saída do principal sócio do PT no governo federal, outros partidos da base aliada também desembarquem da gestão petista.

Atualmente, o PMDB detém a maior bancada na Câmara, com 68 deputados federais. O apoio ao governo, porém, nunca foi unânime dentro da sigla e as críticas contra Dilma se intensificaram com o acirramento da crise econômica e a deflagração do processo de afastamento da presidente da República.
Na reunião desta terça, os peemedebistas decidiram que todos os seis ministros da legenda terão que deixar os cargos. Quem descumprir a medida poderá sofrer sanções. Nesta segunda (28), o então ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves, sétimo ministro da legenda, entregou o cargo à presidente Dilma.

O vice-presidente da República, Michel Temer, não compareceu à reunião, sob o argumento de que não desejava “influenciar” a decisão. No entanto, ele teve participação ativa na mobilização pelo desembarque do partido e passou toda a segunda-feira em reuniões com parlamentares e ministros do PMDB, em busca de uma decisão “unânime”.

Dilma também lançou mão dos últimos esforços para tentar resgatar o apoio do partido. Na manhã de segunda, ela chamou ao seu gabinete no Palácio do Planalto seis dos sete ministros do PMDB para avaliar o cenário. No entanto, no fim do dia, Henrique Alves, um dos presentes ao encontro, apresentou a sua carta de renúncia.

Apesar do desembarque, Temer continuará na Vice-Presidência da República sob o argumento de que foi eleito pela população na chapa de Dilma e de que não ocupa, portanto, cargo de submissão à presidente.

Afastamento
A decisão de afastamento já estava tomada, mas o PMDB decidiu dar uma espécie de “aviso prévio” ao governo. Reunião da convenção nacional do PMDB no dia 12 de março foi marcada por discursos em defesa do impeachment de Dilma e do rompimento com o governo.

Na ocasião, ficou decidido que o partido anunciaria em 30 dias se desembarcaria ou não do governo. Também ficou estabelecido que o PMDB não assumiria novos ministérios até que o fosse definido se haveria o rompimento.

No entanto, dias depois, a presidente Dilma ignorou a decisão e empossou o deputado licenciado Mauro Lopes (PMDB-MG) como ministro da Secretaria de Aviação Civil. A nomeação foi vista como uma afronta pelo partido, que abriu um processo no seu Conselho de Ética para expulsá-lo da legenda. O episódio ajudou a agravar a crise e acelerou a decisão do partido.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Antônio Araújo: o secretário incompetente de São Luís

image18

Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, e secretário de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo.

A cidade de São Luís está caótica, abandonada. Buracos, lamas, enchentes, inundações, são alguns exemplos da má gestão que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior vem fazendo a frente da Prefeitura da capital maranhense e do secretário de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antônio Araújo.

O bairro do São Francisco é um dos locais prejudicados pelo descaso da Administração Pública. Na Rua dos Cedros, quadra 03, havia uma praça com uma infraestrutura adequada, mas com o passar do tempo os gestores municipais a abandonaram e ela ficou cheia de mato e com galerias entupidas.

Devido a falta de cuidado por parte da Prefeitura de São Luís, o local fica inundado, pois as galerias estão cheias de lixo. Em razão disso, o muro de uma casa, que fica ao lado da praça, veio abaixo e já foi reconstruído. Caso, a gestão municipal não faça algo, cairá novamente e quem ficará com os prejuízos são moradores, que nada tem a ver com o mal gerenciamento de Edivaldo Holanda Júnior.

Segundo a população, o problema já foi denunciado várias vezes para o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, que diante de sua incompetência, nada fez.

Os moradores do bairro do São Francisco não são os únicos a reclamarem do abandono e do descaso por parte de Araújo; o descontentamento é unânime em toda São Luís. Há buracos e lixos por todos os lados. A Forquilha está intrafegável, pois a lama e as crateras não permitem o acesso dos veículos no bairro, que é um local importantíssimo de ligação com os municípios da Região Metropolitana; a Cidade Operária e bairros adjacentes já não sabem mais a quem recorrer, entre outros bairros que estão em situação de calamidade pública, como a área do Itaqui-Bacanga.

Além disso, a cidade está completamente suja. Cheia de dejetos jogados em vias públicas.

O município está agonizando com o despreparo e a incompetência de Antônio Araújo a frente da Semosp. São Luís é cidade turística, deveria ser exemplo de limpeza e infraestrutura. Porém, o secretário de Obras e Serviços Públicos esqueceu desse detalhe e está negligenciando de vez os pedidos de socorro da população ludovicense, assim como o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

IMG-20160329-WA0000

Praça abandonada do São Francisco.

IMG-20160329-WA0001

Rua com buraco no bairro do São Francisco.

IMG-20160302-WA0005

IMG-20160302-WA0009

Cratera no meio da rua da Forquilha.

IMG-20160329-WA0040

Lixo acumulado no Altos do Calhau.

IMG-20160329-WA0041

Lixo acumulado no Altos do Calhau.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.