Poder

3ª Corrida da Barra reúne mais de 2 mil participantes

Promovido pela Prefeitura de Barra do Corda, através da Secretaria de Juventude, Esportes e Tecnologia, o evento teve caminhada de 3 km, e corrida – percursos de 5km e 10km – pelas ruas e avenidas da cidade.

Com R$ 14 mil em premiações nas categorias geral e barra-cordense, a terceira edição contou mais uma vez com a participação de atletas corredores profissionais locais, de cidade vizinhas, da capital São Luís, e até de outros estados.

Para garantir livre acesso dos participantes por todo o trajeto a Sejetc contou com a parceria da Policia Militar, Bombeiros Civis, Agentes do Departamento Municipal de Trânsito e da Guarda Municipal.

A 3ª Corrida da Barra atingiu sua finalidade, além de incentivar a prática esportiva (corrida ou caminhada) como atividade física saudável que proporciona bem estar, o evento ajuda a divulgar para todo o Brasil o lado turístico que a cidade oferece.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Juiz é encontrado morto dentro de piscina no Olho d’Água, em São Luís

Na manhã desta segunda-feira (9), o juiz da 7ª Vara Criminal de São Luís, Fernando Luis Mendes Cruz, foi encontrado morto na capital maranhense.

Segundo informações preliminares, o corpo do magistrado foi achado na piscina da residência do mesmo, que fica no bairro Olho d’Água, em São Luís, pela funcionária doméstica.

Equipes das Polícias Militar e Civil, o IML já estão no local para averiguar o caso.

O juiz foi o responsável por acolher a denúncia contra a ex-governadora Roseana Sarney, que estava sendo acusada de desvios de verbas públicas da Saúde na ordem de R$1,95 milhão.

Na época, o magistrado decidiu abrir investigação quanto aos crimes de fraude na licitação, superfaturamento de contratos e desvio de recursos para campanhas eleitorais.

O presidente do Tribunal de Justiça, José Joaquim Figueiredo dos Anjos, emitiu nota de pesar pela morte de Fernando Cruz.

“O Presidente do Egrégio Tribunal de Justiça do Maranhão, Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, em nome dos demais desembargadores membros da Corte e da Família Judiciária Maranhense, vem externar profundo pesar pela perda do juiz Fernando Luiz Mendes Cruz, titular da 7ª Vara Criminal da Comarca de São Luís.

O Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos presta condolências, expressando os mais sinceros pêsames pelo falecimento do juiz Fernando Luiz Mendes Cruz, solidarizando-se com seus pais e familiares, desejando conforto e serenidade em momento tão difícil de imensurável perda.”

Por meio de nota, a Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) lamentou falecimento do juiz.

Leia a nota na íntegra:

Com imenso pesar, a Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) tomou conhecimento, na manhã desta segunda-feira (9), do falecimento do juiz Fernando Cruz, titular da 7a Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís. De imediato, o presidente Angelo Santos acionou a Diretoria de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça para que sejam efetuadas as averiguações preliminares das circunstâncias que ocasionaram a morte do magistrado. A AMMA lamenta o ocorrido, solidariza-se com familiares, amigos e com toda a Magistratura maranhense, abalados pela dor da perda do estimado colega.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresário é executado a tiros em Maranhãozinho

Na madrugada desta segunda-feira (9), o empresário Klenio Cunha foi assassinado a tiros na cidade Maranhãozinho.

Segundo informações preliminares, a vítima estava participando de uma vaquejada na Vila Caçula, zona rural da cidade. Durante a festa, Klenio foi para o carro e acabou dormindo.

Na ocasião, criminosos o alvejaram com 3 tiros na cabeça.

Klenio Cunha era proprietário da rede de lojas Leite Mel Movéis em Governador Nunes Freire e Maracaçumé com filiais em outras cidades do Alto Turi Gurupi.

Os suspeitos do crime ainda não foram presos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Veículos são flagrados transportando mais de 10 pessoas na BR-402

Na tarde de domingo (8), policiais rodoviários federais flagram dois veículos com ocupação excessiva de passageiros na BR-402.

Segundo informações, no KM 30 da rodovia, no município de Morros, na região do Munim, o automóvel GM/ Classic, de cor branca, trafegava com 13 ocupantes, entre adultos e crianças. O condutor infrator foi penalizado com autuações por lotação excedente, não usar cinto de segurança e deixar de usar dispositivo de retenção (cadeirinha). Os documentos do veículo e a CNH estavam em dia.

A equipe flagrou ainda outro veículo em situação parecida. Uma S-10, de cor prata foi flagrada transportando várias pessoas no compartimento de carga. A caminhonete levou multa por lotação excedente, transporte de passageiro em compartimento de carga, falta de cinto e recusa do teste de etilômetro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresa de São Luís ganha contrato de R$ 1 milhão em São Vicente de Férrer

Reforma das Unidades Básicas de Saúde de São Vicente Férrer vai custar cifras milionárias.

O contrato foi divulgado no Diário Oficial do Maranhão do dia 4 de setembro e como uma das partes a J.B. Saantos Silva Eireli, localizada em São Luís.

A construtora, que como dono José Bernardo Santos Sila, vai receber pelo serviço cerca de R$ 1.067.283,81 milhão.

O acordo contratual foi assinado em 22 de agosto e vai findar em 31 de dezembro desse ano.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

CGU diz que pagamento ilegal do seguro defeso gerou prejuízo de R$ 78 mil em Vitorino Freire

Uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) detectou que irregularidades no Seguro-Defeso em Vitorino Freire.

Segundo o relatório obtido pelo Blog do Neto Ferreira, cerca de 7 pessoas beneficiadas pelo programa não exercem atividade pesqueira como fonte de renda, mas para o próprio consumo.

“Em alguns casos, foi possível identificar que os beneficiários exercem outra atividade geradora de renda”, constatou a equipe da CGU.

Ainda de acordo com o documento, algumas das pessoas beneficiárias do seguro defeso se filiaram no Colônia/Sindicato de Pescadores para garantir a aposentadoria.

O valor do prejuízo causado pelo recebimento irregular girou em torno de R$ 78.672,00 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Quem assume é o Sarney

Por Roberto Veloso

Em 1985, a grande maioria dos meus alunos ainda não havia nascido, portanto não vivenciaram a rica história da transição do governo dos militares para o dos civis. Em rápidas palavras, tentarei contar um episódio muito interessante, que demonstrou o compromisso dos militares com a Democracia em um momento de extrema delicadeza.

Depois de uma campanha acirrada para a presidência da República, Tancredo Neves é eleito no Colégio Eleitoral em uma coligação do PMDB e do PFL. Este último era uma dissidência do PDS, cujo candidato foi Paulo Maluf. A eleição aconteceu no dia 15 de janeiro e a posse estava marcada para o dia 15 de março de 1985.

Nesse ínterim, as articulações estavam fortes para formação do novo governo, entre os convidados estava Francisco Dornelles para ocupar o Ministério da Fazenda, Antonio Carlos Magalhães para o das Comunicações e o general Leônidas Pires Gonçalves para ocupar o cargo de ministro do Exército.

Mas, o imponderável aconteceu e no dia 14 de março Tancredo Neves adoeceu e foi submetido a uma cirurgia no Hospital de Base de Brasília. A sociedade brasileira ficou atônita diante daquele episódio pois não sabia quem assumiria a presidência diante da insólita situação. Havia toda sorte de opiniões, uma das mais fortes era de que o presidente da Câmara, Ulisses Guimarães, assumiria e convocaria novas eleições.

Estava formada a confusão jurídica e política, porque o povo em geral e a classe política em particular estavam preparados para, no dia seguinte, o primeiro civil, após 20 anos, assumir a presidência da República. Muitos constitucionalistas de plantão davam as mais variadas opiniões. Muitas desconectadas da realidade da Constituição Federal.

O general Leônidas Pires Gonçalves contou que no dia 14 de março, à noite, estava na Academia de Tênis de Brasília, jantando com amigos. Por volta das 21 horas, tocou o telefone, era o general Ivan de Souza Mendes, chefe da Casa Militar da Presidência, que lhe disse: “o presidente eleito está chegando ao Hospital de Base, vá para lá”.

Segundo o general, ao chegar no hospital se deparou com José Sarney, José Frageli, presidente do Senado, Marco Maciel, Francisco Dornelles, sobrinho de Tancredo e futuro ministro da Fazenda, Antonio Carlos Magalhães e outras autoridades. A discussão era sobre quem assumiria no dia seguinte. A resposta do general: quem assume é o vice-presidente, o Sarney.

De acordo com reportagem publicada pela Agência Senado, Sarney declarou que o general Leônidas Pires Gonçalves foi peça-chave para a tranquilidade da transição, que ocorreu sem traumas e violência. Para Sarney, a transição demonstrou que a articulação promovida por Tancredo Neves e conduzida por ele, Aureliano Chaves e José Richa, foi coroada de êxito.

Não se pode negar a contribuição de Sarney para o Brasil, entregou a nação pacificada em eleições realizadas diretamente para todos os cargos, inclusive para o mais alto da República. Convocou uma Constituinte e no seu governo todos os partidos puderam se organizar. Para tudo isso, as Forças Armadas cumpriram a sua função constitucional de garantir o funcionamento dos poderes constituídos.

Por essa e outras razões, vivemos em uma Democracia duradoura, estável, sem percalços, com todas as instituições funcionando plenamente e resolvendo os problemas dentro da ordem constitucional estabelecida. Nesses trinta e quatro anos, o poder foi exercido por várias correntes partidárias, com a chancela da Justiça Eleitoral.

Conta Sarney para a Agência Senado que na madrugada do dia 15 de março, no meio de tantas discussões e apreensões, recebeu às 3 da manhã um telefonema do general Leônidas Pires Gonçalves dizendo que ele subiria a rampa do planalto na manhã que se avizinhava. Sarney diz lembrar das últimas palavras daquela ligação: “boa noite, presidente”.

Por Roberto Veloso, ex-presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil – Ajufe.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Motorista de secretário adjunto do estado é morto a tiros dentro de carro

Foi morto com quatro tiros na tarde desta sexta-feira (06), no bairro Calhau, o motorista do atual adjunto da Secretaria de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos (Secap), Ednaldo Neves (PC do B). Câmeras de videomonitoramento devem ajudar a elucidar o crime.

A vítima, que teria sido identificada como Luís Henrique Melo de Matos, e estaria estacionada na rua Tarrafas, no bairro Calhau, quando foi abordada pelo autor dos disparos. Ele teria ido levar o irmão de Ednaldo em um escritório de advocacia no Calhau. Aparentemente, nada teria sido levado da vítima.

“Ele tava parado dentro do veículo, aí chegou um rapaz gritando ‘perdeu, perdeu’, e meteu um tiro nele”, disse um internauta.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo do homem. Segundo informações de populares, pelo menos dois homens teriam promovido assalto na região e, na fuga, tentaram roubar o carro onde a vítima estava.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-prefeito de São João Batista é condenado por não realizar transição municipal

O ex-prefeito de São João Batista Fabrício Costa Correa Júnior foi condenado pela justiça nesta quarta-feira, 4, ao pagamento de R$ 50 mil por não ter efetuado regularmente a transição municipal nas eleições de 2016. O valor deverá ser destinado ao Fundo Estadual de Defesa dos Direitos Difusos.

A decisão atendeu a pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA) em Ação Civil Pública de responsabilidade por dano moral coletivo, ajuizada pelo titular da Promotoria de Justiça de São João Batista, Felipe Augusto Rotondo, que tomou como base a ação institucional do MPMA: “A Cidade não Pode Parar: uma campanha pela transparência na transição municipal”, e o que determina a Constituição Estadual em seu artigo 156.

De acordo com os autos, pouco antes do pleito eleitoral de 2016, o MPMA ajuizou notificação judicial para que o então prefeito realizasse a transição municipal. Em dezembro de 2016, o prefeito eleito, João Cândido Dominici, impetrou mandado de segurança com pedido liminar, também com o objetivo de assegurar a transição.

A liminar foi deferida pelo juízo, contudo não foi apresentado nenhum documento no processo que comprove que o ex-gestor tenha fornecido as informações para a transição.

Em dezembro de 2016, foi aprovada pela Assembleia Legislativa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 003/16, que tem o objetivo de aperfeiçoar o princípio da transparência e o acesso à informação na transição da gestão pública municipal.

A PEC integrou a ação institucional “A cidade não pode parar: campanha pela transparência na transição municipal”, iniciativa do Ministério Público do Maranhão, em parceria com a Rede de Controle da Gestão Pública, Movimento Maranhão Contra a Corrupção e Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral.

Conforme o texto aprovado, o parágrafo único do artigo 156 da Constituição do Estado do Maranhão foi transformado em §1º, com a seguinte redação: “No prazo de trinta dias após a proclamação do resultado da eleição municipal pelo juiz eleitoral da respectiva zona, o Prefeito Municipal deverá entregar ao sucessor, com dados atualizados até o dia anterior à sua entrega e sob pena de responsabilidade, relatório da situação administrativa”.

Dentre os dados a serem apresentados, estão a relação dos servidores municipais efetivos, comissionados e contratados, com a respectiva lotação e remuneração, discriminando-os em face do seu regime jurídico e quadro de pessoal regularmente aprovado por lei; Lei do Plano Plurianual (PPA); Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO); e Lei Orçamentária Anual (LOA).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeita Dídima Coelho lidera pesquisa na cidade de Vitória do Mearim

A prefeita Dídima Coelho lidera com folga a primeira pesquisa sobre as eleições de 2020 no município de Vitória do Mearim. É o que mostra levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisas Attitude, no período de 30 de agosto a 1º de setembro de 2019.

Num cenário espontâneo, Dídima aparece em primeiro lugar, com 18.5% das intenções de voto, e Doris vem em segundo, com 12.75% das intenções.

Nesta pesquisa quantitativa (espontânea), Nato tem 8.75%. Em seguida, aparece Dr. Washington com 0.25%. ‘Não sabe/não respondeu’: 59.75%.

CENÁRIO ESTIMULADO

A pesquisa aponta liderança folgada da prefeita Dídima Coelho no cenário estimulado, com 31.25% das intenções de voto. Em segundo vem Doris com 24.25%, Nato com 15%, Dr. Washington com 2.25%, Pastor Pedro Lindoso com 1%, Zé Mário com 0.75%, e Salma com 0.5%. ‘Não sabe/não respondeu’: 25%.

A pesquisa tem margem de erro máxima total de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando-se um nível de confiança de 95%.

O Instituto de Pesquisas Attitude, renomado e reconhecido nacionalmente, tendo como clientes no Maranhão a Vale, Grupo Mateus, Fecomércio, Ibope, UFMA, Google e outros, também realizou recente pesquisa, no período de 2 a 7 de agosto de 2019, na cidade de Vitória do Mearim, onde aferiu o impacto junto à população em relação às prisões dos sete vereadores acusados de chantagear a prefeita do município, Dídima Coelho, em troca de apoio na Câmara Municipal.

A pesquisa de opinião revela que a operação da Polícia Civil, em parceria com o Ministério Público, que resultou nas prisões, tem um enorme apoio popular, assim como a destacada atuação da gestão municipal no combate à corrupção e inibição da subtração de recursos do erário público. De acordo com a pesquisa, 92% da população apóiam a atitude tomada pela prefeita contra os corruptos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.