Política

Projeto de Lei do vereador Gaguinho é sancionado

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, sancionou, no dia 11 de setembro, a Lei nº 071/2017, que institui o dia 31 de outubro como o Dia Municipal da Proclamação do Evangelho. A nova lei foi publicada no Diário Oficial do Município no dia 29 de setembro de 2017.

O Projeto de Lei foi apresentado no dia 06 de junho de 2017, pelo vereador Edson Gaguinho (PHS).

O objeto do projeto, segundo o parlamentar é reforçar a fé cristã. “A lei chega para reforçar na capital Ludovicence o que acontece em todo o país. Esse projeto tem como base a Lei 13246 de 2016. A ideia é fortalecer e fé cristã e dar ampla divulgação à Proclamação do Evangelho sem qualquer discriminação entre igrejas cristãs. A proposta também chega para valorizar os acontecimentos históricos”, disse Edson Gaguinho.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a porcentagem de cristãos no Brasil é de 86,8%, sendo 64,6% católicos e 22,2% evangélicos. A Lei 13246/2016 jáinstituiu o Dia Nacional da Proclamação do Evangelho, também comemorado dia 31 de outubro.

Com o projeto do parlamentar, a data será comemorada, todos os anos em São Luís, sempre no dia 31 de outubro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Glalbert Cutrim e prefeito Mundinho se reúnem com Secretário de Saúde

Em busca de novos investimentos para o município de São Roberto, o Deputado Estadual Glalbert Cutrim (PDT), acompanhado do Prefeito Mundinho (PCdoB), se reuniu, na manhã desta terça-feira (3), com o Secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula. A comitiva contou ainda com a participação de Vanderley Ramos, Procurador do Estado, e do Secretário de Saúde do Município, Clésio Carvalho.

Durante o encontro, Mundinho fez um breve relatório sobre como o município foi recebido no início de sua gestão, dos serviços implantados em seu governo e da dificuldade financeira encontrada para manter e ampliar a oferta dos serviços de saúde à população, diante da crise e redução dos recursos federais nos últimos meses.

O deputado Glalbert Cutrim relembrou que tem contribuído muito com o município, e já destinou emenda que garantiu a aquisição de uma ambulância, e que agora, reforça o apoio ao prefeito, ao enviar nova emenda, desta vez, para a compra de equipamentos hospitalares.

“Estamos todos empenhados em dar o melhor à população de São Roberto, por isso, essa grande parceria com o prefeito Mundinho vem dando certo, o que resultou na aquisição de uma ambulância, e agora, uma emenda para compra de equipamentos hospitalares. Hoje, além do nosso apoio, viemos aqui em busca de ajuda junto ao Governo do Estado”. Destacou Glalbert.

Entre as reivindicações, estão a retomada da obra de Construção do Hospital Municipal, paralisada há dois anos, e que com a conclusão, elevará a oferta de serviços à população.

O Secretário de Saúde tomou conhecimento de todas as demandas apresentadas e garantiu que o Governador Flávio Dino não medirá esforços para atender o pleito do município.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Lobão volta a falar sobre candidatura de Roseana Sarney

O senador Edison Lobão (PMDB) voltou a afirmar, na última sexta-feira (6), em conversa com o titular do Blog do Neto Ferreira, que Roseana Sarney (PMDB) irá ser candidata ao governo do Maranhão em 2018.

Lobão disse que a decisão foi informada durante uma reunião em Brasília no dia 1º de outubro.

“Ela disse que está pronta para o chamado do partido e para ser candidata”, garantiu o senador.

Em agosto, o parlamentar concedeu uma entrevista ao Blog, onde garantiu que a ex-governadora sairia como candidata e que em breve o anúncio seria feito oficialmente (reveja)

Ainda no mês de agosto, Roseana se reuniu com a cúpula do partido, em São Luís, e deu indícios de que o projeto de candidatura iria sair do papel. Na ocasião, ela chegou a pedir o apoio de todos, principalmente dos vereadores, prefeitos e lideranças políticas dos municípios maranhenses. (relembre)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Júnior Verde recebe estudantes em mais uma edição do projeto Jovens no Parlamento

Em mais uma edição do projeto Jovens no Parlamento, nesta sexta-feira (6), alunos do 2º ano do Ensino Médio do Centro de Ensino Professora Joana Batista conheceram a Assembleia Legislativa. A visita teve início no Salão Nobre, na galeria dos ex-presidentes. Lá, os estudantes conheceram um pouco da história daqueles que já conduziram o legislativo estadual.

Os 46 alunos foram recepcionados e conduzidos pelo deputado Júnior Verde (PRB), autor do requerimento que criou o projeto. “O projeto é importante pela aproximação daqueles que fazem a sociedade, reivindicam e buscam direitos, que são os nossos jovens. Quando pessoas nessa perspectiva de poder participar e interagir com eles, pensamos nesta Casa como um espaço democrático de participação e interação”, afirmou o deputado Júnior Verde.

“É importante relembramos a memória do nosso Estado e achei muito interessante podermos recordar o que aconteceu, quais foram os nossos presidentes. Fiz apenas uma observação pelo fato de não termos tido mulheres como presidentes da Assembleia, e a participação da mulher tem que ser cada vez maior na sociedade”, assinalou a estudante Marilya Angela aranha Sales, de 16 anos.

Depois de percorrer as salas da Presidência, eles seguiram para o Plenário Nagib Haickel, onde ouviram do próprio deputado sobre o funcionamento político da Casa. “É importante trazê-los à Assembleia para que eles compreendam as questões políticas, se envolverem desde jovem para que, quando chegarem à vida adulta, saibam lidar com a política de forma responsável e inteligente”, destacou a professora Ana Cláudia Guimarães.

Os alunos aproveitaram a oportunidade para fazer perguntas e dar sugestões. Desse ambiente de debate, surgiram ideias valiosas, que vão virar proposições. “Antes dessa visita, eu não tinha a mínima ideia de como era. Passava sempre pela porta, mas nunca tinha tido a oportunidade de entrar. Gostei bastante e aprendi várias coisas. Pudemos expressar opiniões e temos certeza que o deputado Júnior Verde irá acatar”, disse o estudante Joseph Santos Desterro.

“Acolhemos algumas iniciativas, dialogando, buscando informar sobre esse processo de acompanhamento da política, que é a essência da sociedade. Nós abrimos um espaço de diálogo, que é permanente. As reivindicações que nascem dessas interações são importantes como voz a ser ecoada não só na tribuna, mas a ser ecoada em forma de projetos, requerimentos e proposições, que venham a melhorar a qualidade de vida do povo do Maranhão através da juventude”, finalizou o deputado Júnior Verde.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Paulo Neto se cura do câncer e vai disputar a reeleição

O deputado estadual Paulo Neto (PSDC) vai concorrer a reeleição para a Assembleia Legislativa em 2018.

Neto esteve afastado de suas funções parlamentares por alguns meses para tratar de um câncer na laringe no Hospital Sírio-Libanês. Ele chegou a participar de algumas sessões legislativas, usando chapéu, em razão da queda dos cabelos, pelo processo doloroso da quimioterapia.

Agora curado da doença, o deputado pretende focar em seu projeto de reeleição, que tem tudo para ser vitorioso.

Como primeiro passo, Paulo Neto deve visitar algumas regiões, onde detém muita força política, como em Anapurus, Urbano Santos, Chapadinha, Brejo, Araioses, Timon, Belagua entre outras.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder / Política

Hemetério Weba ganha apoio de prefeito e vereadores de Junco do MA para 2018

O deputado estadual Hemetério Weba (PV) já deu o pontapé inicial para concretizar o seu projeto de reeleição em 2018.

Visitando algumas regiões do Maranhão, o parlamentar já ganhou apoios de várias lideranças políticas locais, inclusive do prefeito Antônio Filho e de 6 vereadores de Lago do Junco.

“É uma honra para mim ter como aliados o prefeito e os vereadores de Lago do Junco. Sei que são líderes políticos respeitados e juntos conseguiremos o melhor para a população”, afirmou Hemetério Weba.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Reforma eleitoral cria censura na internet sem ordem judicial

Uma emenda incluída durante a madrugada de quinta-feira (5) no projeto da reforma política aprovado no Congresso permite censurar informações na internet mesmo sem ordem judicial. O texto fala em remoção de conteúdos da rede após denúncia de “discurso de ódio, disseminação de informações falsas ou ofensa em desfavor de partido, coligação, candidato ou de habilitado (à candidatura)”.

Também foram aprovados barreira contra partidos nanicos, fundo público de campanha e fim dos programas de rádio e TV dos partidos em anos não eleitorais. Um dispositivo incluído de última hora na reforma política permite que candidatos solicitem diretamente aos provedores de internet (incluindo redes sociais como Facebook e Twitter) a retirada do conteúdo, relata O Globo.

O trecho da censura está na parte da reforma política que trata de propaganda eleitoral na internet por candidatos ou partidos.

Em nota, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) reagiram: “A medida aprovada pelo Congresso é claramente inconstitucional, por se tratar de censura”.

“A Constituição Federal proíbe exaustivamente a censura, ‘sob qualquer forma, processo ou veículo’, e acrescenta que ‘nenhuma lei’ conterá dispositivo que embarace a plena liberdade de informação e opinião”, diz o advogado Manuel Alceu Affonso Ferreira, segundo o Estadão.

O Planalto ainda não informou se o presidente pretende vetar algum ponto, incluindo, por exemplo, o da censura. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que irá conversar com Temer e que está estudando saídas jurídicas para manter freios a abusos na internet, sem que isso represente censura. “Estou avaliando com cuidado o texto”, disse ele, segundo a Folha. “Ninguém quer a censura, mas uma solução para a calúnia sem identidade.”

O autor da emenda é o líder do Solidariedade na Câmara, Áureo Ribeiro (SD-RJ). Procurado Ele disse que não se trata de uma censura, mas de mecanismo para “evitar uma guerrilha com fakes”.

Congresso em Foco


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Senado aprova fim de coligações para 2020

Do Estadão

Em votação relâmpago, o Senado aprovou na terça-feira, 3, o fim das coligações em eleições proporcionais a partir de 2020. Também foi aprovada uma cláusula de desempenho aos partidos que, caso promulgada pelo Congresso até o fim desta semana, já poderá ser aplicada na disputa do próximo ano.

Um dos poucos itens de consenso entre os parlamentares, as medidas foram as primeiras a terem votação concluída no pacote da reforma política em discussão no Congresso. O placar no Senado, que não modificou o texto aprovado pela Câmara na semana passada, foi unânime nos dois turnos: 62 a zero no primeiro e 58 a zero no segundo.

O texto da proposta de emenda à Constituição (PEC) já havia sido aprovado pelos senadores em novembro, mas, como foi modificado pela Câmara, precisou passar por nova votação no Senado. Deputados incluíram a permissão para que partidos pudessem formar as chamadas “federações”.

“Hoje acabamos com essa coisa esdrúxula chamada coligações partidárias proporcionais e criamos a cláusula de desempenho que vai moralizar a vida pública brasileira diminuindo a quantidade de partidos”, disse o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE). A previsão de Eunício é de que o texto seja promulgado até amanhã.

A PEC foi aprovada na mesma sessão em que os senadores decidiram adiar a votação que poderia derrubar as restrições impostas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao senador Aécio Neves (PSDB-MG), um dos autores da proposta ao lado de Ricardo Ferraço (PSDB-ES). Na Câmara, foi relatada pela deputada Shéridan (PSDB-RR).

Eleições

Como o fim das coligações valerá a partir de 2020, a única medida que pode ter impacto em 2018 é a cláusula de desempenho, também chamada “de barreira”. Pela proposta da Câmara, o patamar mínimo para que um partido tenha acesso ao Fundo Partidário e tempo de rádio e TV no horário eleitoral cresce progressivamente.

Em 2018, será de 1,5% dos votos válidos para deputado federal, distribuídos em pelo menos um terço dos Estados. Em 2030, o porcentual será de 3% dos votos válidos, distribuídos em pelo menos um terço dos Estados, com um mínimo de 2% em cada um deles.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Eleição no TJ mostra que o grupo Sarney está sem prestígio do MA

O resultado da eleição da nova Mesa Diretora do Tribunal de Justiça do Maranhão, nesta quarta (4), mostrou que o grupo Sarney está sem prestígio no Estado do Maranhão.

A figura central do grupo, o ex-presidente José Sarney (PMDB), disparou telefonemas para vários desembargadores pedindo voto em favor da desembargadora Nelma Sarney.

Não só o ex-presidente, como também os senadores Edison Lobão (PMDB) e João Alberto (PMDB) pediram para os magistrados apoio à Nelma.

A vitória do desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, por 16 a 10, mostrou que ninguém atendeu os pedidos dos caciques do PMDB.

O grupo Sarney pode até ter bastante prestígio a nível nacional, mas no Maranhão a realidade é outra.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Coronel da reserva do Exército quer ser candidato ao Governo do MA

IMG-20170929-WA0064

Coronel da reserva do Exército Brasileiro, José Ribamar Monteiro Segundo, conhecido como Coronel Monteiro, lançou a sua pré-candidatura ao governo do Maranhão pelo Patriota-MA, em Brasília. Ele será apoiado pelo deputado federal Jair Bolsonaro.

Estiveram presentes na reunião, o parlamentar Jair Bolsonaro, Allan Garcês e Clêmisson Cesário, coordenadores da União da Direita do Maranhão (UDM).

Allan Garcês ressalta que a reunião foi extremamente proveitosa para o ​PATRIOTA-MA​ e que a filiações ao partido já podem ser feitas pela internet. Afirmou, ainda, que ocorrerá um acréscimo importante de novas filiações a legenda o que reforçará o trabalho que a UDM deseja desenvolver no Estado.

20525213_1969272936662704_6390643076922684739_n

Perfil

José Ribamar Monteiro Segundo, conhecido como Coronel Monteiro, é nascido em Barra do Corda. Formado em 1971 pela Academia Militar das Agulhas Negras. Após, fez o curso superior de Matemática, licenciando-se em 1977. Mas não parou por aí, Coronel Monteiro formou-se em Administração Pública e de Empresas em 1980, além de ser ex-professor universitário, ex-consultor do Instituto interamericano para cooperação na Agricultura, órgão da OEA – Organização dos Estados Americanos, especialista em assuntos indígenas, foi também empresário e atualmente trabalha como gerente de banco.

Ademais, Coronel Monteiro reside na capital São Luís, local onde participou do Primeiro Ato Popular Maranhense em apoio a Bolsonaro, promovido pela UDM – União da Direita Maranhense, e foi lançado por tal movimento, como pré-candidato ao governo do Estado do Maranhão, representando a terceira via apoiada pelo Dep. Federal Jair Bolsonaro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.