Poder

Vereador Chaguinhas cobra o que não deve

Chaguinhas querendo ser Holandista

Chaguinhas querendo ser Holandista

O vereador de São Luís, Francisco Chagas, o chaguinhas (PRP), é mesmo cara dura. Ontem o parlamentar denunciou a demissão de diretores de escolas municipais e ainda cobrou do prefeito Edivaldo Holanda Júnior para que tome providências sobre o caso desses funcionários

Ele já devia saber que o cargo de diretor de escola, é cargo comissionado, de confiança e como em qualquer outra gestão o cargo é renovado. Assim como aconteceu na gestão Castelo.

Aliado ferrenho do ex-prefeito Castelo, Chaguinhas soube cobrar o que não deve, mas passou a sua ex-gestão toda calado enquanto o tucano tripudiava com a educação de capital maranhense.

O ano de 2012 foi marcado pelo o abandono na educação da capital, alunos da rede municipal receberam poucas aulas no ano passado, tendo baixo desenvolvimento escolar. A rede municipal chegou há passar 6 meses de greve, tendo as aulas iniciadas quase no segundo semestre. Uma verdadeira bagunça!

E enquanto isso, Chaguinhas nunca abriu o bico para cobrar esclarecimentos do ex-prefeito sobre o abandono na educação, dinheiro tinha, só não se sabe para onde foi.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Em Pindaré, caminhão frigorífico doado por Ministério é usado no transporte de banheiros

Um fato inusitado aconteceu no município de Pindaré-Mirim, o prefeito Walber Furtado apenas com dois meses de mandato parece não saber o que é errado.

Após o término do carnaval, equipes da prefeitura começaram a recolher os banheiros químicos instalados na praça dentro de um caminhão frigorifico doado pelo governo federal. Acontece que o caminhão foi doado para transportar pescados.

Ao tentar se esclarecer a prefeitura de Pindaré emitiu nota dizendo que o caminhão não é do município. Ainda de acordo com a prefeitura, a locação dos banheiros químicos para o pré-carnaval de Pindaré estava na responsabilidade de uma empresa de Santa Inês.

O caminhão frigorífico foi doado ao município de Pindaré ainda na gestão do ex-prefeito Henrique Salgado.

O caminhão foi doado pelo Governo Federal na tentativa de garantir a qualidade à cadeia produtiva do pescado naquele município.

O investimento busca beneficiar os pescadores artesanais e aquicultores familiares que dependem desse tipo de veículo para conservar, transportar e vender o pescado. Além disso visa otimizar o acesso às políticas públicas do Ministério da Pesca e Aquicultura, fortalecendo a cadeia produtiva do setor pesqueiro e aquícola nacional.

Pode até não ser o mesmo veículo usado para transportar os banheiros químicos, mas o caminhão flagrado pelo internauta tem as mesmas inscrições nas laterais, o que, por si só, já deixaria claro que o veículo pertence a um município e deve ser usado para transportar pescado e similares, em benefício da população.

Se não é o de Pindaré, qual prefeitura cedeu o caminhão frigorífico para transportar banheiros químicos usados em festas promovidas por aquele município? ( com informações do Daniel Aguiar)

Momento em que banheiros eram colocados dentro do caminhão

Momento em que banheiros eram colocados dentro do caminhão

Caminhão no pátio da secretaria de segurança em dezembro

Caminhão no pátio da secretaria de segurança em dezembro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Terminal Rodoviário de Mirinzal fica inundado após chuva

Uma chuva forte de cerca de 40 minutos e ventos de 110 km/hora, ocorridos no município de Mirinzal, região da Baixada Maranhense casou inundação no Terminal Rodoviário.

Com o ocorrido, os ônibus ficaram impossibilitados de desembarcar os passageiros na rodoviária.

Apesar dos estragos materiais, ninguém ficou ferido.

Terminal Rodoviário de Mirinzal

Terminal Rodoviário de Mirinzal


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Gil Cutrim chega à Famem

O prefeito reeleito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PMDB), será aclamado, hoje  (20), presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) para o biênio 2013/14.

A eleição acontece durante todo o dia (das 8h às 17h) na sede da entidade, localizada no bairro Parque do Calhau, em São Luís. Atual vice-presidente da entidade, Gil Cutrim encabeça a chapa única “Futuro em Foco”, que reúne prefeitos, entre eleitos e reeleitos, de todas as regiões do Maranhão e, de acordo com o próprio Cutrim, foi construída a partir de um sentimento que une todos os gestores municipais maranhenses.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Dono de motel é acusado de furtar água de creche em Barra do Corda

Creche Municipal Embala Bebê, de onde sai a água

Creche Municipal Embala Bebê, de onde sai a água

Enquanto moradores padecem com a falta d’agua que atinge diversos bairros de Barra do Corda, um esperto proprietário de um motel que fica na rua Antônio Leite Brasil foi denunciado ao blog do Neto Ferreira de está se beneficiando através da água que serve para a necessidades de crianças e professoras da creche municipal Embala Bebê, administrada pela gestão do prefeito Eric Costa (PSC).

Bioquímico e proprietário do motel Casa Blanca, Zé Carlos foi denunciado pelos próprios moradores da cidade que constataram que o mesmo estaria furtando água tratada da creche através de uma encanação que corta uma rua ao fundo da creche. A sede municipal possui poço artesiano e chega de forma ilícita ao motel.

O ato deplorável do dono do motel, sem sombra de dúvidas, é do conhecimento da Prefeitura de Barra do Corda que vem deixando boa parte da população prejudicada com a falta d´agua.

O acusado vinha mantendo o abastecimento do motel com a água furtada, e pode chegar ao ponto do abastecimento da creche entrar em colapso.

Em apenas dois meses à frente do Poder Executivo Municipal, a gestão de Eric Costa é motivo de críticas, indignação e revoltas da população como – por exemplo -,  a morte de Rafael Lira Viana, 7 anos, vítima de diarréia por falta de atendimento médico.

Motel CasaBlanca

Motel CasaBlanca

Marcas no solo por onde passa os canos.

Marcas no solo por onde passa os canos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Ex-prefeito de Centro do Guilherme é denunciado à Justiça Federal

Kleidson Pereira Evangelista, ex-prefeito de Centro do Guilherme

Kleidson Pereira Evangelista, ex-prefeito de Centro do Guilherme

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) denunciou o ex-prefeito de Centro do Guilherme (MA), Kleidson Pereira Evangelista, por irregularidades na aplicação de recursos repassados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), para serem utilizados em ações de controle da malária no município. Kleidson foi prefeito do município de Centro do Guilherme do período de 1996 a 2003.

Em 1997, a prefeitura de Centro do Guilherme celebrou convênio com a Funasa e recebeu R$ 64.504,00 para desenvolver melhorias sanitárias no município, porém, não apresentou a prestação de contas no período estipulado.

Em fiscalizações realizadas no local por técnicos da Funasa, foi constatado que a relação de bens apresentada divergia da aprovada no Plano de Trabalho e a utilização foi praticamente insignificante, pois os bens não foram disponibilizados para a execução dos trabalhos. Foi detectado, ainda, a não prestação de alguns serviços, como palestras e cursos, superfaturamento na aquisição de produtos e a não localização de equipamentos adquiridos. Os pareceres técnico e financeiro emitidos pela Funasa apontaram que apenas 20% dos recursos transferidos foram utilizados em função das metas programadas.

Além das irregularidades apontadas pela Fundação, o Tribunal de Contas da União (TCU) verificou que os cheques utilizados para pagamento, com exceção de um, foram nominados para a própria prefeitura, desobedecendo, assim, a instrução normativa que determina que os cheques sejam nominativos ao credor. O prefeito, também, não apresentou relação de pagamentos, notas fiscais, recibos e folhas de pagamentos.

Para a procuradora da República responsável pela denúncia, Thayná Freire de Oliveira, “pelas irregularidades apontadas na prestação de contas, nota-se a impossibilidade de se estabelecer a devida ligação entre a movimentação dos recursos e a realização das despesas e, consequentemente, a comprovação da aplicação idônea dos referidos recursos”.

O MPF/MA pede que Kleidson Pereira Evangelista seja condenado nas penas previstas na Lei que dispõe sobre a responsabilidade dos prefeitos e vereadores (Lei nº 201/1967).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Agentes ameaçam entrar em greve caso Uchôa seja nomeado na Sejap

Caso venha a ser confirmada a exoneração de Sérgio Tamer e a nomeação de Sebastião Uchôa, novos problemas, além dos já existentes surgirão para o governo.

Os agentes penitenciários prometem fazer greve de protesto. A direção do Sindspen ( Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado),   deverá entrar em contato com o vice-governador Washington Luis, inclusive levando muitas informações sobre a passagem de Sebastião Uchôa, como Secretário Adjunto de Administração Penitenciária e os problemas que poderão advir, caso ele retorne.

Uchôa já foi adjunto da Sejap e na época travou uma crise com os agentes penitenciários, que desde então passaram a não simpatizar o nome de Uchôa.

E desta vez os agentes prometem se impor, mostrar autoritarismo e promover  grande manifesto.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito Arakem é denunciado por contratação irregular

Prefeito de Alcântara

Prefeito de Alcântara

Várias denúncias têm chegado ao blog informando sobre a contratação irregular de servidores na prefeitura de Alcântara. Leitores denunciam o prefeito Domingos Arakem (PT), de está beneficiando familiares.

A nomeação de parentes para ocupar cargos na Administração Pública, prática conhecida como nepotismo, sempre esteve presente na política maranhense. Com a promulgação da Constituição Federal de 1988, esta conduta revela-se incompatível com o ordenamento jurídico pátrio, pois, através dos princípios da impessoalidade, moralidade, eficiência e isonomia, evitam que o funcionalismo público seja tomado por aqueles que possuem parentesco com o prefeitos.

O blog tentou contato com a asssessoria da prefeitura, mas não obteve retorno.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Luciano Leitoa denuncia dívida de R$ 150 milhões de Socorro Waquim

Tribuna do Maranhão

Em reunião realizada no Centro de Treinamento Professor Wall Ferraz, na quinta-feira, dia  07 de fevereiro de 2013, o prefeito Luciano Leitoa (PSB) discutiu com representantes do magistério municipal, com a presença da imprensa, a situação das finanças do município, as dívidas herdadas da gestão anterior e a forma de pagamento dos salários atrasados dos professores.

Durante a reunião, o prefeito falou sobre os recursos complementares recebidos e disponíveis na conta da prefeitura, num total de R$ 3,8 milhões, dos quais R$ 1,4 milhões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) de 2012 e R$ 2,3 milhões do complemento do Fundeb de janeiro de 2013.

“Dispomos, portanto, de R$ 1,4 milhão para pagar os atrasados da educação, o que representa 50% do total da dívida, que será integralmente utilizado no pagamento do magistério”, disse Luciano, destacando que ainda assim restará uma dívida de R$ 1,1 milhão.

Ele disse que o restante da dívida será pago com recursos do Fundo de Participação do Município (FPM), de forma parcelada. Pela proposta da prefeitura, o saldo de R$ 1,1 milhão serão pagos em 5 parcelas de R$ 238.651,43 até o mês de junho.

Sobre as dívidas herdadas da administração anterior, Luciano Leitoa informou que só na área da previdência as contas chegam a R$ 110 milhões, sendo R$ 53 milhões do IPMT e R$ 57 milhões do INSS. A prefeitura deve ainda R$ 8 milhões, dos quais R$ 1,4 milhões são dívidas do Serviço Autônomo de Águas e Esgotos, o que está colocando em risco o abastecimento de água de Timon.

A folha de pagamento da prefeitura, incluídos ai contratados e efetivos, soma R$ 24 milhões. No total as dívidas do município somam R$ 142 milhões. “Agora em janeiro, só para o pagamento do INSS, foram retidos R$ 854.739,11”, revela o prefeito, acrescentando que o parcelamento do IPMT, aprovado no final de dezembro, somados a outras dívidas não pagas,  chegou a R$ 838.044,00. “Tudo isso junto representa 18% da capacidade de investimento do município. No setor de saúde a situação é igualmente grave, conforme o relatório da prefeitura, com uma dívida de R$ 1 milhão 417 mil.

Luciano Leitoa acrescentou que os médicos do PSF não queriam mais trabalhar porque estavam há três meses sem receber pagamento. “Estamos pagando hoje 50% dos médicos referente a novembro de 2012”, acentuou ontraproposta Depois de ouvir atentamente as colocações do prefeito, as lideranças do magistério se reuniram para analisar a proposta da prefeitura e resolveram apresentar uma contraproposta de pagamento de 70% do salário de novembro no dia primeiro dia útil após o carnaval, ficando 1/3 de férias mais os 30% restante de novembro para ser pagos em cinco parcelas. A proposta foi aceita pelo prefeito que agora aguarda a realização da Assembleia Geral da categoria que acontece na próxima sexta-feira (8). “Nossa preocupação é encontrar uma solução que contemple a maior parte da categoria e a brevidade do pagamento”, comentou Francisca Paiva, presidente do SINTERPUM.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Roseana se cala sobre calote em precatórios

Brasil 247

Mesmo diante dos pedidos , para falar sobre o pagamento dos precatórios, a governadora do Maranhão preferiu o silêncio; o Estado deve mais de R$ 200 milhões de precatórios, mas mesmo assim, Roseana Sarney conseguiu o aval do BNDES para empréstimo de R$ 1,01 bilhão; em vez de projeto, dinheiro pode ser usado para abater parte da dívida

Durante mais de uma semana, a reportagem do 247 tentou obter respostas de Roseana Sarney sobre a questão dos precatórios no Maranhão, mas a resposta da governadora é o silêncio.

O Maranhão tem uma dívida acumulada em mais de R$ 200 milhões em precatórios, valores ainda não quitados e com decisões judiciais favoráveis ao pagamento. Mesmo assim, o governo conseguiu um empréstimo de R$ 1,01 bilhão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O contrato foi assinado no dia 14 de janeiro deste ano.

Não ter dívidas, em esfera local e federal, é um dos pré-requisitos para conseguir empréstimos junto ao BNDES, que torna o Estado mais confiável para pagar o valor à instituição financeira. Mas o calote não é visto pelo BNDES como empecilho. Pelo contrário. Na ocasião da assinatura do contrato, o diretor da instituição se mostrou satisfeito com o projeto ‘Viva Maranhão’, motivo do pedido de empréstimo.

Em nota, o BNDES destacou que a ampla gama de objetivos (combate à pobreza; redução de desigualdades; universalização dos serviços de saúde e de saneamento básico; qualidade de ensino; segurança pública; qualificação profissional; capacitação científica e tecnológica) ajudaram na aprovação do projeto.

“O BNDES reconhece o ‘Viva Maranhão’ como um programa bem-feito, bem-estruturado, com projetos qualificados e que dão total segurança para o banco fazer esse financiamento e ter certeza de que vai atingir seus objetivos”, enfatizou o representante da instituição na assinatura do contrato.

O risco, segundo interlocutores, é que os valores sejam confiscados para que parte da dívida seja abatida. E o primeiro beneficiado pode ser o Banco Santander, que espera receber cerca de R$ 110 milhões do Estado por conta da compra do Banespa, banco estatal paulista. Além de empresas, cidadãos comuns e funcionários públicos também esperam receber os precatórios.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.