Crime

Empresários que causaram prejuízo de R$ 23 milhões no MA são presos em Goiás

Concurso-da-Policia-Civil-1

A Polícia Civil do Maranhão por meio da Superintendência Estadual de Combate a Corrupção (SECCOR) em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e o Ministério Público do Maranhão, deflagrou na manhã desta quinta-feira (25), a operação “Paraíso Fiscal”, na cidade de Goiânia (GO). Para dar cumprimento à mandados de buscas e apreensões no estado e, em Aparecida de Goiânia. Até o momento foram presos Nelton Carrijo Junior e a contadora, Thaisa Moura.

Durante a ação constituíram também mandados de prisão em desfavor de empresários e contadores que haviam traçado um esquema criminoso para lesar os cofres públicos do Maranhão, com sonegação fiscal. Isso acontecia mediante a utilização de empresas fantasmas do estado do Pará, Piauí e Bahia, que simulavam a venda de soja para empresas também fantasiosas com endereços no Maranhão.

Dessa forma eles conseguiam gerar créditos tributários inexistentes e, por sua vez de forma indevida era equilibrado em vendas da produção de milho, com transações comerciais que ultrapassavam mais de R$ 200 milhões e, com prejuízo de mais de R$ 23 milhões para o estado do Maranhão, em impostos que deixaram de ser recolhidos.

Somente nessa manhã centenas de documentos já foram apreendidos nas residências onde os mandados estão sendo cumpridos, além das empresas e escritórios de contabilidade no estado de Goiás.

A ação segue em andamento para a conclusão das ordens, com apoio da Polícia Civil de Goiás através da delegacia da Ordem Tributária.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Turistas maranhenses morrem em acidente na Argentina

maranhense

Dois maranhenses morreram durante um acidente entre um caminhão e uma van nessa terça-feira (16), entre as cidades de Polvaredas e Uspallata na Argentina. A técnica em telefonia Rosália Bordalo e seu marido, Paulo Trajano, estavam na uma van que fazia turismo na região próxima a Mendonza.

O acidente aconteceu por volta das 11h30, horário local de Buenos Aires, em uma curva chamada de ‘Las Cruces Verdes’, entre as cidades Uspallata e Polvaredas. Segundo informações de testemunhas do acidente, um caminhão Scania se chocou contra uma van que fazia turismo na região. Com a força do impacto, quatro pessoas morreram, outras três ficaram feridas e foram resgatadas pelos Bombeiros.

morte

Além de Rosália e Paulo, os brasileiros identificados inicalmente como José das Chagas, Marai Trajaner e Socorro das Chagas também morreram no acidente. O motorista da van, Marcelo Moreno também faleceu. Juan Sergio Molina, o motorista do caminhão e o guia de turismo, Juan Pablo Martín, ficaram feridos e estão internados em um hospital da região.

Segundo familiares do casal, a família está em busca de informações para a liberação do corpo das vítimas pelas autoridades argentinas. Ainda não há informações quando será feito o traslado do corpo das vítimas de volta para o Maranhão.

G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

MPF denuncia participante de concurso público do TRE por tentativa de fraude

MPF-MA

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) denunciou Tyago Cabral Gomes Lima à Justiça Federal por tentativa de fraude no concurso público para o cargo de técnico administrativo do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA). Tyago foi preso em flagrante após revista realizada por meio de detector de metais que constatou a presença de vários aparelhos transmissores colados ao seu corpo.

Segundo a denúncia, entre os equipamentos encontrados com Tyago Cabral estavam: três receptores/transmissores fixados com esparadrapo, um ponto eletrônico auricular e dois aparelhos celulares. Assim, ele conseguiria se comunicar secretamente via rede de telefonia móvel e poderia receber chamadas de forma automática através do aparelho auditivo. Em interrogatório, o participante confessou o crime.

De acordo com o procurador da República Juraci Guimarães Júnior, autor da ação penal, o concurso público representa uma conquista democrática de acesso aos cargos públicos. “Assim, qualquer tentativa de fraude merece uma forte atuação repressora do Ministério Público e do Judiciário”, afirmou o procurador.

Diante dos fatos, o MPF/MA pediu a condenação de Tyago Cabral por utilização indevida de conteúdo sigiloso de exame público, com pena prevista de um a quatro anos de reclusão e pagamento de multa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

4 adolescentes estupram grávida e degolam namorado entre o Piauí e o Maranhão

Um crime hediondo ocorreu na madrugada desta quarta-feira (3) entre as cidades de Uruçuí (PI) e Benedito Leite (MA), divisa do Maranhão com o Piauí.

Segundo relatos policiais, um casal estava em uma ponte localizada entre os dois municípios citados acima, quando foram surpreendidos por quatro adolescentes, que arrastaram os jovens para um matagal.

No local, degolaram o rapaz, jogaram o corpo dele no Rio Parnaíba e em seguida estupraram a adolescente, que está grávida de 5 meses.

3 dos 4 menores infratores já foram apreendidos. Ainda muito abalada com a violência, a adolescente grávida está sob cuidados do Conselho Tutelar e equipes multidisciplinares de apoio à mulher. Assim como o namorado assassinado, ela não teve a identidade revelada. O corpo dele não foi localizado ainda.

De acordo com a Policia Civil do Piauí o crime pode ter sido motivado por dívida de drogas. Os três menores apreendidos e apontados como autores da barbárie serão ouvidos hoje pelo delegado que acompanha o caso, Diego Pascoal.

IMG-20170503-WA0020

IMG-20170503-WA0021

IMG-20170503-WA0022


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Índio agredido em Viana conta que a mão ficou “só na pele”

Do UOL

O índio gamela José Ribamar Mendes, 46, vítima de ataque de fazendeiros no povoado Bahias, no município de Viana (região da Baixada Maranhense), relatou que ficou com a mão pendurada pela pele ao ser agredido por grupo armado com facões e armas de fogo, no último domingo (30). Inicialmente, havia sido informado que o índio tinha sofrido a amputação das mãos.

Mendes está internado na enfermaria do hospital Dr. Tarquino Lopes Silva, em São Luís, se recuperado de cirurgia para fixação dos tendões e ossos do punho esquerdo e das pernas, que foram fraturados durante a agressão.

“Partiram para cima da gente lá. Pedimos paz, mas todo mundo armado para cima. Minha mão ficou só na pele, foram dois cortes”, contou Mendes.

índio

Jose Ribamar Mendes, índio atacado no Maranhão

Na manhã desta terça-feira (2), a comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), seccional Maranhão, visitou Mendes, Aldelir de Jesus Ribeiro, 37, e José André Ribeiro, 45, os outros dois índios que estão no hospital, para colher depoimento deles sobre o atentado.

A OAB-MA e a Sociedade Maranhense de Diretos Humanos compararam os ataques sofridos pelos índios aos ocorridos em animais. O advogado Rafael Silva, da comissão de Direitos Humanos da OAB-MA, disse que os cortes nos corpos dos índios foram iguais aos que fazem em porcos que atacam plantações. “Atacaram gamelas como animais. Fizeram igual como matam porcos que atacam roças, cortando os membros perto das articulações”, comparou.

Já o membro da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos, advogado Luís Antônio Pedrosa, afirmou que os golpes tinham o objetivo de deixar a vítima sem condições de sobreviver por conta própria. “Faziam isso com os búfalos nos conflitos da década de setenta. Cortar os ligamentos dos membros é uma assinatura violenta de quem quer imobilizar seu opositor.”

Mãos não foram decepadas

Segundo o secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Eduardo de Oliveira Lula, os pacientes não tiveram membros decepados. “Quanto aos três que permanecem internados, nenhum teve a mão decepada. Conforme boletins médicos, em face da agressão sofrida, dois dos gamelas tiveram fraturas expostas”, disse.

O médico cirurgião ortopédico Newton Gripp Lopes, diretor técnico do hospital Dr. Tarquínio Lopes Filho, explicou que as lesões ocorridas nos índios foram graves, com cortes profundos, mas os membros não foram arrancados do corpo.

cimi

“Os dois tiveram lesão grave profunda cortante ocasionada por arma branca, mas não teve decepação. Foram vários cortes profundos que atingiram áreas importantes, chegou até o osso, mas não arrancou partes do corpo. Talvez, eles tenham sequelas na movimentação das mãos, mas só o tempo vai dizer, muito tempo. Eles se submeterão ainda a muitas cirurgias reparadoras”, disse o médico.

O advogado Rafael Silva afirma que houve uma tentativa de esquartejamento conforme relatos dos indígenas colhidos na manhã desta terça-feira pela comissão de Direitos Humanos da OAB-Maranhão. “Para ocorrer uma amputação, ocorre uma fratura. Os dois índios contaram que os membros agredidos ficaram segurados pela pele. Agora, ninguém está entendendo o porquê do Estado tentar minimizar a gravidade do Estado de saúde dos índios. A gravidade é tamanha que ainda não se sabe qual vai ser a sequela que eles terão”, disse Rafael Silva, em referência à nota emitida pelo Estado do Maranhão em que nega a decepação.

“Parece que vai continuar por um bom tempo o auspicioso e pertinente debate que envolve os conceitos médicos de fratura exposta e decepamento. Se, de fato, se tratar de fratura exposta, vencerá o Governo do Estado, que entende que tentar matar é menos do que tentar lesionar e assim poderão cessar as críticas contra seu Sistema de Segurança Pública”, afirmou Antônio Luís Pedrosa, destacando que o “falso debate” é apenas uma forma de escamotear o padrão de violência fundiária crônico existente no Maranhão. “Se for o caso de decepamento, cairá o governo Flávio Dino em danação, sendo obrigado a assumir as atribuições do Governo Federal na resolução do conflito indígena
PF está na região de conflito

Em nota oficial, o Ministério da Justiça e Segurança Pública informa que duas equipes da Polícia Federal já chegaram à região de Viana para apoiar as investigações realizadas pelas polícias Civil e Militar do Estado.

“O ministério também reitera que a Funai está em contato direto com as autoridades policiais do Estado do Maranhão e acompanha in loco o inquérito policial instaurado para o caso. Também foi criado um comitê de crise composto pela presidência, procuradores e diretores da fundação para prestar toda a ajuda necessária aos feridos e garantir o cumprimento da lei”, diz a pasta.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Congresso deve criar comissão externa para apurar ataques a indígenas no Maranhão

indios-gamela-cimi

O Congresso Nacional deve criar uma comissão externa formada por deputados e senadores para acompanhar as investigações sobre o ataque aos indígenas da tribo Gamela, em Viana, no Maranhão, assim como o assassinato de nove agricultores em Colniza, em Mato Grosso, há dez dias. O pedido de criação do colegiado será apresentado nesta terça-feira (2) pelos líderes da Rede Sustentabilidade na Câmara, Alessandro Molon (RJ), e no Senado, Randolfe Rodrigues (AP).

Em nota, a Executiva do partido cobrou a apuração dos crimes, que envolvem disputas por terra, e a responsabilização dos acusados para que casos semelhantes não voltem a se repetir. “A situação é muito grave e a Rede Sustentabilidade exige imediata atuação do governo federal através de seus diversos órgãos, inclusive Ministério da Justiça, Funai, Policia Federal e Secretaria de Direitos Humanos. Esta absurda violação de direitos humanos precisa ser severamente apurada e os responsáveis punidos”, afirma o partido.

Na tarde de domingo (30), um grupo Gamela foi brutalmente atacado no povoado de Bahias, município de Viana. Os indígenas decidiram se retirar de uma área tradicional retomada e, enquanto saíam, sofreram uma investida de dezenas de homens armados de facões, paus e armas de fogo. Eles pouco puderam fazer em defesa própria a não ser correr para a mata. Um carro de polícia estava junto ao grupo de fazendeiros e capangas antes da ação violenta, conforme relato do Conselho Missionário Indigenista (Cimi), ligado à Igreja Católica.

Pelo menos cinco indígenas feridos em estado grave foram internados no hospital Socorrão 2, Cidade Operária, em São Luís. Um deles levou dois tiros. Outro teve as mãos decepadas a golpes de facão, na altura do punho, e outro, além das mãos, teve os joelhos cortados nas articulações. Os dois ainda permanecem internados em estado grave. Outros 13 foram feridos com golpes de facão e pauladas. Os dados ainda são parciais.

O Ministério da Justiça anunciou ontem o envio da Polícia Federal ao Maranhão para garantir que os conflitos não se repitam no estado e a abertura de inquérito para apurar os ataques aos indígenas. Ontem a pasta divulgou duas notas sobre o assunto. Na primeira, afirmou que o caso envolvia “pequenos agricultores e supostos indígenas”. Em seguida, mandou nova versão, retirando a expressão “supostos indígenas”.

O comando da Fundação Nacional do Índio está reunida nesta manhã, em Brasília, para definir que providências vai tomar em relação ao massacre no Maranhão.

Do Congresso em Foco


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresário que fatura milhões no Maranhão é preso no Piauí

operacao_Escamoteamento2

Sede da empresa F.Z. Construções e Serviços., de propriedade de Francisco Zerbini.

Suspeito de fraude em licitações com prefeituras e câmaras municipais do Piauí, Maranhão e Ceará, Francisco Zerbini Dourado, foi preso no Piauí na ultima segunda-feira (24).

O empresário é proprietário da F.Z. Construções e Serviços, localizada em Tianguá (CE), e estava foragido desde o dia 7 de abril, quando foi alvo do Gaeco do Ceará, que deflagrou a operação Escamoteamento em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, TCU, CGU e TCE.

Zerbini é bastante conhecido no interior do Maranhão, afinal desde 2013 vem firmando contratos milionários com diversas Prefeituras do interior do estado. Os mais recentes foram celebrados nas cidades de Timbiras e Grajáu, que somados juntos, chegam a R$ 4.669.950 milhões (saiba mais). Ambos são para executar serviço de limpeza pública.

Além destes, o empresário já ganhou contratos em Itapecuru-Mirim, Codó, Presidente Dutra, Lago da Pedra, Buriticupu, dentre outro municípios.

E o acordo contratual que mais se destaca é o de Buriticupu, pois foi no valor de R$ 7,2 milhões, celebrado em 2013. À época, o acordo gerou grande repercussão por conta do montante e, também, por causa da credibilidade da empresa.

Os valores recebidos pela empresa F.Z. Construções ainda não foram contabilizados, mas estima-se que chega a ser mais de R$ 15 milhões.

Além de Francisco Zerbini, foram presos os empresários Rodrigo Fortuna, Joaquim Viana, Leandro Gomes. A prisão faz parte da Operação Escamoteamento, que cumpriu 96 mandados judiciais no Piauí, Ceará e Maranhão e desarticulou uma teia criminosa que envolvia empresários e servidores públicos.

O esquema pode ter desviado R$ 200 milhões dos cofres públicos.

grajaú8-2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresário acusado de fraude no Ceará faturou milhões em Prefeituras do Maranhão

O empresário Francisco Zerbini Dourado Gomes, proprietário da F.Z. Construções e Serviços, que fica localizada em Tianguá (CE), fez uma verdadeira fortuna ao ganhar contratos milionários em Prefeituras do interior do Maranhão, segundo revelam extratos publicados no Diário Oficial (DOE-MA).

A sua atuação vem ocorrendo desde 2013, logo após de abrir a empresa em setembro de 2012, sempre executando serviços de limpeza urbana.

Por conta de ganhos vultuosos e supostas irregularidades, Zerbini está sendo acusado de integrar um “Cartel” que atuava fraudando licitações de prefeituras do Piauí, Ceará e Maranhão. Atualmente, ele encontra-se foragido da Justiça.

A investigação foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ceará, que apurou o envolvimento de 16 empresas nas fraudes, que contava com o suporte além dos seus funcionários, como servidores da prefeitura, e 35 pessoas sob suspeitas de serem ‘laranjas’. As empresas prestavam serviços de construção, aluguel de carros, fornecimento de materiais de expediente, limpeza pública.

No Maranhão, Francisco Zerbini ganhou contratos milionários em diversas Prefeituras, entre elas estão Itapecuru-Mirim, Codó, Presidente Dutra, Lago da Pedra, Timbiras, Grajaú e Buriticupu.

E o acordo contratual que mais se destaca é o de Buriticupu, pois foi no valor de R$ 7,2 milhões, celebrado em 2013. À época, o acordo gerou grande repercussão por conta do montante e, também, por causa da credibilidade da empresa.

Os valores recebidos pela empresa cearense ainda não foram contabilizados, mas estima-se que chega a ser mais de R$ 15 milhões.

Entenda o caso

Na última sexta-feira (7), foi deflagrada a operação Escamoteamento pelo GAECO e pela Polícia Rodoviária Federal. Na ocasião, foram presas 8 pessoas, inclusive Ana Carolina Portela Silva, 25 anos, que era uma operadora do esquema e responsável financeira pelas empresas Imediata Construções, Vicosel Locações, Premium Construções, F.Z Construções e L.J Serviços, e em uma das transações chegou a realizar saque referente a empresa Imediata, acima de R$ 2 milhões.

2017_04_10_fc3690c6-2903-47f0-8f29-1c54fd1b2594_file

Os desvios, segundo dados, ocorreram nos anos de 2013 a 2015, gerando movimentações de aproximadamente R$ 200 milhões. Foram presos, além de Ana Carolina, Carlos Kenede Fortuna de Araújo, Denis Fontenele dos Santos, Fernando Cícero Moreira Fernandes, Francisco Alílio Gomes Mendes,Jansem Nunes, Lucas Menezes de Oliveira, Wladis Bezerra Jerônimo.

Encontram-se foragidos, Francisco Zerbini Dourado, Joaquim Viana de Arruda Neto, José Dias Monteiro, Lenadro Gomes Batista, Rodrigo Fortuna de Araújo.

Veja alguns contratos firmados entre o empresário e as Prefeituras do Maranhão:

Francisco2

Francisco3

Francisco4

grajaú8


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresa do Piauí ganha contrato de R$ 3 milhões na Prefeitura Santa Inês

A empresa piauiense Ótima Distribuidora, que tem como razão social R.O. Carvalho do Nascimento -EPP, faturou sozinha um contrato milionário na Prefeitura de Santa Inês.

Segundo o Diário Oficial do Maranhão, no dia 15 de fevereiro, a gestão municipal firmou um acordo com a Ótima Distribuidora no valor de R$ 3.004.914,28 (Três milhões e quatro mil novecentos e quatorze reais e vinte e oito centavos).

O contrato prevê a aquisição de material hospitalar e correlatos, medicamento Caps, medicamento hospitalar, material penso e suspenso e medicamento de farmácia básica.

A empresa de medicamentos fica localizada no centro de Teresina, no Piauí.

santa inÊs

santa inÊs1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Esportes

Barcelona contrata garoto maranhense, diz site

Do Globoesporte.com

17218623_1155267814599539_8093570997146366191_o

Considerado uma das principais joias da base do Grêmio desde os nove anos de idade, Emanuel Ferreira, o Manu, deixou o clube. Há pouco menos de um mês, o menino hoje com 11 anos recebeu convite para realizar treinos com o Barcelona e não voltou mais. O Tricolor considera o caso aliciamento e promete ingressar na Fifa contra os espanhóis. O Barça, em posição oficial ao jornal As, da Espanha, afirmou que o garoto não foi contratado e só esteve para avaliação a pedido de um empresário, mas que não interessa ao clube.

Manu não se reapresentou no CT do Cristal, local onde a Escola do Grêmio realiza seu trabalho com as crianças. Nos últimos dias, seu pai, que ganhou um emprego de segurança do clube, também pediu demissão. Procurado pela reportagem do GloboEsporte.com, José Raimundo Ferreira não retornou os contatos.

Manu-ao-lado-das-estrelas-do-Barcelona-Suárez-e-Messi

Segundo o diretor jurídico do Grêmio, Nestor Hein, Manu vestirá as cores do Barcelona. Estará por dois anos em uma escolinha ligado ao clube e depois passará a treinar nas canteras, como são chamadas as categorias de base do time de Messi, Neymar e Suárez.

– Ele tem relação federativa com o Grêmio, mas foi aliciado pelo Barcelona. Levaram ele para Barcelona e ele não voltou. O pai se demitiu aqui. O Barcelona já fez isso outras vezes e já foi punido. Ele vai ficar dois anos em uma escolinha e depois se vincula ao clube – explicou o diretor jurídico Nestor Hein ao GloboEsporte.com.

Manu esteve nas dependências do Barcelona em fevereiro. Nas redes sociais, compartilhou diversas fotos vestindo o fardamento do clube catalão. Uma delas, após a classificação épica sobre o PSG, pela Liga dos Campeões, quando os espanhóis aplicaram 6 a 1 nos franceses e reverteram a derrota por 4 a 0 no primeiro jogo.

Desde fevereiro, integrantes da Escola de Futebol, como o coordenador William Mikhailenko, negavam a saída do jovem. Agora, porém, o Grêmio admite ter perdido sua joia. O clube acredita que o garoto se deslumbrou ao conhecer e tirar fotos com os craques do trio MSN.

No Tricolor, há o entendimento que houve aliciamento por parte dos catalães. O clube angaria documentos e promete medida na Fifa entre quinta e sexta-feira. O Barça nega. Segundo o jornal espanhol As, o posicionamento oficial do clube catalão disse que o menino não foi contratado e nem há a intenção de contratá-lo. Segundo a fonte ouvida pelo diário, Manu teria feito um “par de treinos” no clube com garotos de sua idade e “nada mais” para uma avaliação, a pedido de seu agente.

SOBRE A JOIA

O GloboEsporte.com apresentou Manu em 2015, após uma aparição para o grande público. Antes de um jogo do Gauchão, o garoto esteve no gramado da Arena, fez embaixadinhas e bateu bola com outras pessoas. Encantou e chamou atenção pela qualidade técnica.
Natural da cidade de Rosário, no Maranhão, o menino foi aprovado em 20 minutos de teste feito no Grêmio em 2014 e recebeu convite para ficar. Ele disse ter escolhido vestir as cores do clube, já que tinha opções como São Paulo e Atlético-MG.

Na entrevista, o meia falou sobre uma de suas inspirações, o meia Douglas, e também deixou claro, já naquele momento, que tinha o sonho de jogar na Europa. Internamente, os dirigentes da base gremista sempre teceram muitos elogios à qualidade técnica e de drible do garoto, canhoto e bem superior aos companheiros de categoria.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.