Poder

Empresário acusado de fraude no Ceará faturou milhões em Prefeituras do Maranhão

O empresário Francisco Zerbini Dourado Gomes, proprietário da F.Z. Construções e Serviços, que fica localizada em Tianguá (CE), fez uma verdadeira fortuna ao ganhar contratos milionários em Prefeituras do interior do Maranhão, segundo revelam extratos publicados no Diário Oficial (DOE-MA).

A sua atuação vem ocorrendo desde 2013, logo após de abrir a empresa em setembro de 2012, sempre executando serviços de limpeza urbana.

Por conta de ganhos vultuosos e supostas irregularidades, Zerbini está sendo acusado de integrar um “Cartel” que atuava fraudando licitações de prefeituras do Piauí, Ceará e Maranhão. Atualmente, ele encontra-se foragido da Justiça.

A investigação foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ceará, que apurou o envolvimento de 16 empresas nas fraudes, que contava com o suporte além dos seus funcionários, como servidores da prefeitura, e 35 pessoas sob suspeitas de serem ‘laranjas’. As empresas prestavam serviços de construção, aluguel de carros, fornecimento de materiais de expediente, limpeza pública.

No Maranhão, Francisco Zerbini ganhou contratos milionários em diversas Prefeituras, entre elas estão Itapecuru-Mirim, Codó, Presidente Dutra, Lago da Pedra, Timbiras, Grajaú e Buriticupu.

E o acordo contratual que mais se destaca é o de Buriticupu, pois foi no valor de R$ 7,2 milhões, celebrado em 2013. À época, o acordo gerou grande repercussão por conta do montante e, também, por causa da credibilidade da empresa.

Os valores recebidos pela empresa cearense ainda não foram contabilizados, mas estima-se que chega a ser mais de R$ 15 milhões.

Entenda o caso

Na última sexta-feira (7), foi deflagrada a operação Escamoteamento pelo GAECO e pela Polícia Rodoviária Federal. Na ocasião, foram presas 8 pessoas, inclusive Ana Carolina Portela Silva, 25 anos, que era uma operadora do esquema e responsável financeira pelas empresas Imediata Construções, Vicosel Locações, Premium Construções, F.Z Construções e L.J Serviços, e em uma das transações chegou a realizar saque referente a empresa Imediata, acima de R$ 2 milhões.

2017_04_10_fc3690c6-2903-47f0-8f29-1c54fd1b2594_file

Os desvios, segundo dados, ocorreram nos anos de 2013 a 2015, gerando movimentações de aproximadamente R$ 200 milhões. Foram presos, além de Ana Carolina, Carlos Kenede Fortuna de Araújo, Denis Fontenele dos Santos, Fernando Cícero Moreira Fernandes, Francisco Alílio Gomes Mendes,Jansem Nunes, Lucas Menezes de Oliveira, Wladis Bezerra Jerônimo.

Encontram-se foragidos, Francisco Zerbini Dourado, Joaquim Viana de Arruda Neto, José Dias Monteiro, Lenadro Gomes Batista, Rodrigo Fortuna de Araújo.

Veja alguns contratos firmados entre o empresário e as Prefeituras do Maranhão:

Francisco2

Francisco3

Francisco4

grajaú8


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresa do Piauí ganha contrato de R$ 3 milhões na Prefeitura Santa Inês

A empresa piauiense Ótima Distribuidora, que tem como razão social R.O. Carvalho do Nascimento -EPP, faturou sozinha um contrato milionário na Prefeitura de Santa Inês.

Segundo o Diário Oficial do Maranhão, no dia 15 de fevereiro, a gestão municipal firmou um acordo com a Ótima Distribuidora no valor de R$ 3.004.914,28 (Três milhões e quatro mil novecentos e quatorze reais e vinte e oito centavos).

O contrato prevê a aquisição de material hospitalar e correlatos, medicamento Caps, medicamento hospitalar, material penso e suspenso e medicamento de farmácia básica.

A empresa de medicamentos fica localizada no centro de Teresina, no Piauí.

santa inÊs

santa inÊs1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Esportes

Barcelona contrata garoto maranhense, diz site

Do Globoesporte.com

17218623_1155267814599539_8093570997146366191_o

Considerado uma das principais joias da base do Grêmio desde os nove anos de idade, Emanuel Ferreira, o Manu, deixou o clube. Há pouco menos de um mês, o menino hoje com 11 anos recebeu convite para realizar treinos com o Barcelona e não voltou mais. O Tricolor considera o caso aliciamento e promete ingressar na Fifa contra os espanhóis. O Barça, em posição oficial ao jornal As, da Espanha, afirmou que o garoto não foi contratado e só esteve para avaliação a pedido de um empresário, mas que não interessa ao clube.

Manu não se reapresentou no CT do Cristal, local onde a Escola do Grêmio realiza seu trabalho com as crianças. Nos últimos dias, seu pai, que ganhou um emprego de segurança do clube, também pediu demissão. Procurado pela reportagem do GloboEsporte.com, José Raimundo Ferreira não retornou os contatos.

Manu-ao-lado-das-estrelas-do-Barcelona-Suárez-e-Messi

Segundo o diretor jurídico do Grêmio, Nestor Hein, Manu vestirá as cores do Barcelona. Estará por dois anos em uma escolinha ligado ao clube e depois passará a treinar nas canteras, como são chamadas as categorias de base do time de Messi, Neymar e Suárez.

– Ele tem relação federativa com o Grêmio, mas foi aliciado pelo Barcelona. Levaram ele para Barcelona e ele não voltou. O pai se demitiu aqui. O Barcelona já fez isso outras vezes e já foi punido. Ele vai ficar dois anos em uma escolinha e depois se vincula ao clube – explicou o diretor jurídico Nestor Hein ao GloboEsporte.com.

Manu esteve nas dependências do Barcelona em fevereiro. Nas redes sociais, compartilhou diversas fotos vestindo o fardamento do clube catalão. Uma delas, após a classificação épica sobre o PSG, pela Liga dos Campeões, quando os espanhóis aplicaram 6 a 1 nos franceses e reverteram a derrota por 4 a 0 no primeiro jogo.

Desde fevereiro, integrantes da Escola de Futebol, como o coordenador William Mikhailenko, negavam a saída do jovem. Agora, porém, o Grêmio admite ter perdido sua joia. O clube acredita que o garoto se deslumbrou ao conhecer e tirar fotos com os craques do trio MSN.

No Tricolor, há o entendimento que houve aliciamento por parte dos catalães. O clube angaria documentos e promete medida na Fifa entre quinta e sexta-feira. O Barça nega. Segundo o jornal espanhol As, o posicionamento oficial do clube catalão disse que o menino não foi contratado e nem há a intenção de contratá-lo. Segundo a fonte ouvida pelo diário, Manu teria feito um “par de treinos” no clube com garotos de sua idade e “nada mais” para uma avaliação, a pedido de seu agente.

SOBRE A JOIA

O GloboEsporte.com apresentou Manu em 2015, após uma aparição para o grande público. Antes de um jogo do Gauchão, o garoto esteve no gramado da Arena, fez embaixadinhas e bateu bola com outras pessoas. Encantou e chamou atenção pela qualidade técnica.
Natural da cidade de Rosário, no Maranhão, o menino foi aprovado em 20 minutos de teste feito no Grêmio em 2014 e recebeu convite para ficar. Ele disse ter escolhido vestir as cores do clube, já que tinha opções como São Paulo e Atlético-MG.

Na entrevista, o meia falou sobre uma de suas inspirações, o meia Douglas, e também deixou claro, já naquele momento, que tinha o sonho de jogar na Europa. Internamente, os dirigentes da base gremista sempre teceram muitos elogios à qualidade técnica e de drible do garoto, canhoto e bem superior aos companheiros de categoria.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Defesa Civil emite alerta de tempestade no Maranhão

climatempo-1

A Defesa Civil emitiu um alerta de tempestade para a madrugada e manhã desta sexta‐feira (3) no Maranhão. A possibilidade, segundo o órgão, é de raios, vendaval e chuva intensa.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), ocorrerão pancadas de chuva localizadas que virão acompanhadas de descargas elétricas, rajadas de vento e acumulados de precipitação pontuais.

O mês de fevereiro foi marcado por fortes chuvas no Maranhão, que causaram diversos prejuízos e transtornos. No dia 15 de fevereiro, a Defesa Civil começou a monitorar as áreas de risco na capital maranhense. Atualmente, 60 regiões da cidade são consideradas áreas de risco, vulneráveis a sinistros durante o período chuvoso.3

Do Imparcial


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Maranhense é presa ao sequestrar bebê de 1 mês no Distrito Federal

1486543382-397439474
­
Uma mulher foi presa nesta terça­-feira (7) por raptar um bebê de 1 mês em Samambaia, no Distrito Federal (DF). Francisca Ribeiro, de 32 anos, foi detida tentando embarcar em ônibus pirata para o Maranhão, sua terra natal.

De acordo com a sua irmã, Maria de Jesus, ela iria usar a criança para tentar reatar o relacionamento com o ex­marido. Francisca estava no Distrito Federal ­ vinda de São José dos Patos, interior do Maranhão ­ há cerca de 20 dias, hospedada na casa da irmã, que mora no DF há 17 anos.

Ela havia embarcado com pouca bagagem e pediu abrigo alegando que havia rompido com o marido e precisava espairecer. Durante os dias em que ficou na cidade, fez amizade com a vizinha da irmã, a operadora de caixa Alessandra Ferreira, de 34 anos. Durante o período, ganhou a confiança da mulher, ajudando cuidar da sua filha recém­-nascida.

Dias depois, Alessandra precisou sair para registrar a filha e não tinha com quem deixar a criança, já que o pai da bebê está preso. Ela, então, , por volta das 9h, resolveu deixar a menina com a vizinha. Duas horas depois, quando voltou para a casa, não encontrou Francisca, a recém-­nascida e observou que a mala e as roupas também haviam sumido.

Em desespero, a mãe conversou com a irmã da sequestradora e resolveram procurá­-la no terminal rodoviário mais próximo, em Taguatinga. Foram, então, a mãe, o filho mais velho, de 18 anos, a nora, de 16, e Maria em busca de Francisca e da criança.

A família encontrou a mulher em um ponto de ônibus clandestino próximo ao terminal. Ela estava com uma única mala e um cobertor que servia para camuflar o bebê. A polícia foi acionada e Francisca não reagiu à abordagem. Na delegacia, ela admitiu o rapto e foi autuada por subtração de incapaz, cuja pena varia de dois a seis anos de prisão.

Como o crime é inafiançável, ela ficará presa enquanto aguarda uma audiência de custódia. Segundo a irmã da raptora, no celular de Francisca foram encontradas mensagens trocadas com o ex­-marido em que ela afirmava que havia viajado grávida e que, em Brasília, deu à luz a um filho dele. A intenção era de conseguir reatar o casamento.

Do Estado do Maranhão


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Caminhonete roubada no Pará é recuperada pela PRF no sul do Maranhão

IMG-20170206-WA0078

Por volta das 11h desta segunda-feira, 6, no município de Riachão/MA, no sul do estado, quando uma equipe PRF voltava do fórum da cidade de Riachão (os PRFs foram entregar um ofício na sede da Comarca) indo para a cidade de Balsas, a equipe deparou-se com o veículo Toyota hillux de placa aparente JHP-7560 da cidade de Pirenópolis – GO, conduzido por um rapaz de 32 anos de idade.

Ao realizar consulta pela referida placa nos sistemas constatou-se que esta era de um veículo semelhante, mas da cidade de Silvania-GO, o que fez a equipe suspeitar que poderia ser um veículo clonado. Após a abordagem, ao realizar análise dos sinais identificadores, chegou-se ao Veículo de placas MWZ-8429, com declaração de Roubo/Furto ocorrido em 24 de julho de 2012 na cidade de Marabá no Pará.

Após consultas verificou-se que o formulário do documento do veículo, (CRLV), pertencia a um lote roubado/furtado/extraviado do Detran do Estado de Goiás ( Lotes nº 894005502 a 894005700), conforme Boletim de Ocorrência nº 3/2011 de 03/01/2011 em anexo.

O acusado foi conduzido à delegacia da Polícia Civil em Riachão, sem a necessidade de uso de algemas, visto que ele não apresentou resistência e nem ofereceu riscos a integridade de outrem.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão / Poder

Márcio Jerry deixa grupos de WhatsApp para não ser criticado por aluguel de imóvel

poderpolitico3-ligacaodiretaagosto-marciojerry

O Maranhão mais uma vez está protagonizando cenas lamentáveis. Na manhã desta sexta-feira (06), o estado foi destaque no Bom Dia Brasil, após o governo Flávio Dino alugar um imóvel para abrigar menores infratores, no bairro da Aurora, em São Luís. O prédio é de Jean Carlos Oliveira, filiado do PCdoB, partido do governador.

Diante da grande repercussão, o secretário de Comunicação e Articulação Política (Secap) e presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, adotou uma postura que não condiz com a de um gestor público.

Para não ser alvo de críticas e acuado, Jerry saiu de todos os grupos de WhatsApp, que tem como propostas discutir problemas do Maranhão.

img-20170106-wa0041

img-20170106-wa0043

E apesar de todos os fatos já expostos pela mídia, o secretário de Comunicação continua afirmando em seu Twitter que não sabia que o imóvel era de um membro do PCdoB.

Desse modo, o Maranhão continuará servindo de chacota nacional.

Postura lamentável!

flavio1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Procuradoria investiga presídios do Maranhão e de outros três estados

Do Estadão de São Paulo

1446570460-5037561

O procurador-geral da República em exercício, Nicolao Dino, instaurou quatro procedimentos administrativos para investigar o sistema penitenciário do Amazonas, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Rondônia. O objetivo é reunir informações para eventual propositura de intervenção federal ao Supremo Tribunal Federal (STF) ou de incidente de deslocamento de competência (IDC) – ou a federalização – perante o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

As informações foram divulgadas pela Assessoria de Comunicação Estratégica da Procuradoria-Geral.

De acordo com as portarias de instauração dos quatro procedimentos, os problemas no sistema carcerário desses estados apontam para o descumprimento de normas constitucionais e infraconstitucionais, além de diversos instrumentos internacionais aos quais o Brasil aderiu, a exemplo da Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), promulgada pelo Decreto 687/1992.

Já está em curso na Procuradoria-Geral da República um procedimento que analisa a situação do sistema carcerário do Maranhão, em decorrência de mortes e superlotação no Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas, em São Luís.

Atualmente, o Estado brasileiro responde ao Sistema Interamericano de Direitos Humanos sobre a ocorrência de violações no âmbito das unidades prisionais do Rio Grande do Sul (Presídio Central de Porto Alegre), Rondônia (Urso Branco), Pernambuco (Aníbal Bruno) e Maranhão (Pedrinhas), além de São Paulo (Parque São Lucas).

No dia 1.º de janeiro, uma rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, resultou em fuga de dezenas de presos e no massacre de outros 56.

A rebelião teria sido motivada por briga entre facções criminosas. O caso é apontado como o segundo maior episódio de mortes em presídios do país, atrás apenas do Massacre do Carandiru, ocorrido em 1992, em São Paulo, quando 111 presos foram mortos.

Entre as providências para instruir os procedimentos está a expedição de ofícios aos governadores dos estados e ao ministro da Justiça solicitando informações.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Terremoto causa estragos em casas de Belágua, no Maranhão

belagua-2-768x1024

Belágua foi uma das cidades mais atingidas pelo abalo sísmico de 4.7 de magnitude registrado pelo Centro de Sismologia da USP no Maranhão.

Na imagem abaixo, é possível ver rachaduras em uma casa provocadas pelo tremor de terra.

O Centro de Sismologia da USP atualizou o seu sistema e registrou o epicentro do terremoto em Vargem Grande, seguindo o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UNB).

terremoto3


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Terremoto na costa do Chile pode ter causado tremor de terra no Maranhão

img-20170103-wa0033

As causas do terremoto que atingiu o Maranhão nesta terça-­feira (3) ainda não foram totalmente explicadas. Mas, segundo o geólogo Sebastião Correia, uma das possíveis causas do tremor no Estado foi um terremoto registrado no Chile, de magnitude 8.4, que foi muito forte e de grande profundidade.

“Isso se deve a acomodação de algumas formações tectônicas e acaba tendo reflexos na superfície onde se caracterizam os tremores de terra. Esse abalo tem extensões laterais muito grande que vão se refletindo em várias partes do globo terrestre. Às vezes eles são sentidos em intensidade maior em regiões não tão próximas ao terremoto inicial”, explicou o geólogo.

Quem também falou sobre o tremor no Estado foi o pesquisador da Universidade de Brasília (UNB), Marcelo Peres Rocha, o qual afirmou que o Observatório Sismológico da UNB detectou um terremoto com registros muitos claros, sendo que a localização do epicentro estava ao norte da cidade de Vargem Grande no Estado do Maranhão, tendo a magnitude preliminar de 4.7 na escala Richter, o que é alto para os padrões do Brasil.

“Para os padrões brasileiros ela não é uma magnitude muito comum. No Brasil, a média é de 3 ou 3,5. Por isso, constatamos que foi um tremor grande e, como não está longe da capital São Luís , é provável que muita gente tenha, de fato, sentindo os tremores”, explicou Marcelo Peres.

1483455019-331366111

Ainda de acordo com o pesquisador, provavelmente o terremoto foi causado por um “falhamento” geológico da região. “Essas falhas existem em vários locais, e, uma falha dessas que estava sob compressão, sofrendo esforços na região, e a energia desses esforços são liberados em alguma falha nova ou antiga.

No entanto, essa informação não temos como confirmar no momento, são apenas suposições”, destacou o pesquisador. Marcelo Peres explicou, também, que normalmente esses terremotos são o que se chama de réplica, pois são tremores posteriores a um terremoto maior.

Mas, as réplicas são de magnitude bem menor. “Aqui no Brasil, é mais comum que a energia que foi acumulada e que gerou o terremoto seja praticamente quase toda liberada no primeiro evento que é maior. A gente tem vários terremotos no Brasil, mas de magnitude bem menor, que muitas vezes não são nem sentidos. Já este é atípico para os padrões brasileiros, mas vale lembrar que já tivemos terremotos grandes de 5 a 6 e magnitude”, finalizou.

De O Estado do Maranhão


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.