Poder

Homem é preso por tentativa de feminicídio contra a ex-companheira em Pinheiro

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu na sexta-feira (26) um homem por tentativa de feminicídio contra sua ex-companheira, no município de Pinheiro, cidade localizada a 119 km de São Luís.

De acordo com a polícia, a vítima relatou que o suspeito a agrediu com vários socos, quebrou duas garrafas de vidro e tentou atingir ela com os estilhaços no pescoço. A mulher chegou a ser atingida com um corte no braço e outro no rosto.

Após a prisão, o suspeito foi encaminhado a Delegacia Especial da Mulher (DEM), onde prestou depoimento. Em seguida, ele foi levado para a Unidade Prisional de Pinheiro, onde vai permanecer à disposição da justiça.

G1MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Radialista Juarez Sousa morre vítima da Covid-19

O radialista Juarez Sousa, 58 anos, faleceu na manhã desta sexta-feira (26), devido a complicações da Covid-19 e infecções de origem bacteriana. Ele estava internado desde o começo do mês em São Luís há algumas semanas.

Juarez foi repórter da Rádio Educadora e Rádio Difusora AM, além de ser ligado ao radialismo esportivo. O radialista também era cantor, defensor da cultura maranhense e chegou a gravar dois albuns.

Nota de pesar Assembleia Legislativa do Maranhão:

A Diretoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão manifesta profundo pesar pelo falecimento do radialista Juarez Sousa, ocorrido nesta sexta-feira (26).

Profissional de destaque na Comunicação maranhense, Juarez Sousa atuou como repórter da rádio Educadora, no programa Câmara em Destaque, assim como na Difusora AM. O comunicador também era cantor de bolero.

Prestamos condolências aos familiares, amigos e colegas de profissão de Juarez, desejando-lhes força para superar este momento de profunda tristeza.

Edwin Jinkings
Diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão

O imparcial


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Flávio Dino diz que novas medidas para conter a Covid-19 serão estudadas no MA

O governador Flávio Dino (PCdoB), em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (26), disse que ainda não há possibilidade de aderir ao lockdown no Maranhão, mas que estuda divulgar algumas medidas restritivas para conter o avanço da Covid-19 no estado.

“O Secretário de Saúde Carlos Lula esteve em reunião com o Ministro de Estado da Saúde ontem e vou consultar a Federação dos Municípios para que nos possamos ir chegando em uma visão para ampliar nossas forças e ter mais eficácia ainda. Hoje nós vamos tomar algumas medidas, mas nenhuma nessa direção de lockdown’’, diz o governador.
Até o momento, segundo Flávio Dino, já foram recebidas 386 mil doses de vacinas no Maranhão, destas 250 mil já foram distribuídas pelos municípios e 188 mil doses aplicadas.

“Temos enfatizado, junto a federação dos municípios, a importância dessa vacinação ser acelerada e o sistema ser alimentado, para que nós não tenhamos dificuldade para obtenção de novas vacinas, uma vez que vale o que está escrito. Às vezes os municípios publicam em redes sociais e isso não vale para o Ministério da Saúde”, afirma o governador.
De acordo com Flávio Dino, cirurgias eletivas estão sendo suspensas em alguns hospitais da rede estadual, sobretudo os mais sobrecarregados com coronavírus. “Não significa dizer que nenhuma cirurgia será feita, as de emergência serão feitas. Mas as eletivas, a critério médico, as que puderem ser adiadas, serão’’, afirma.

Sobre o Hospital de Campanha de Imperatriz, segundo o governador, a montagem já está sendo feita, com provisão de funcionamento a partir de 8 de março, possuindo 60 leitos. “Nós acreditamos que com isso vamos garantir que nós consigamos evitar o colapso no sistema hospitalar de Imperatriz”, diz o governador.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Fernando Falcão estima gastar quase R$ 2 milhões em combustíveis

Prefeita de Fernando Falcão, Raimunda da Silva Almeida.

Para abastecer a frota de veículos municipal, a Prefeitura de Fernando Falcão estima gastar quase R$ 2 milhões na compra de combustíveis.

Essa informação consta na Ata de Registro de Preços publicada no Diário Oficial do dia 25 de fevereiro.

Segundo o contrato, a empresa fornecedora dos combustíveis é a R.F. Cavalcante e Cia Ltda, mais conhecida como Posto Cavalcante, localizada no centro da cidade.

O fornecimento dos produtos foi autorizado pela prefeita Raimunda da Silva Almeida, que assina o acordo contratual.

Por mês, a Prefeitura deverá desembolsar R$ 160,4 mil para destinar ao pagamento da compra de combustíveis.

A empresa tem como sócios Rosa Ferreira Cavalcante e Eli Célio Ferreira Cavalcante.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresa delata suposto esquema de fraude em licitação na Prefeitura de Açailândia

As irregularidades foram supostamente cometidas na gestão de Juscelino Oliveira, em Açailândia.

A empresa Geometria Projeto Eireli, de propriedade de Ronaldo Sousa, delatou um suposto esquema de fraude em licitação na Prefeitura de Açailândia, durante a gestão de Juscelino Oliveira.

A delação foi enviada à 2ª Promotoria de Justiça Especializada de Açailândia que instaurou um inquérito para apurar a denúncia.

De acordo com as informações, a investigação iniciou após após a Geometria Projetos Eireli enviar via email uma representação relatando possíveis irregularidades na pactuação e na execução do contrato 001/D/013/2020, no processo de seleção desse contrato, que resultou na contratação da própria empresa, objetivando a prestação de Serviços Topográficos de Levantamento Planialtimétrico semicadastral de vias urbanas no Município de Açailândia.

Segundo o relato, tudo indica que houve uma contratação prévia sem qualquer formalidade e, posteriormente, houve a montagem de um processo licitatório para formalizar uma contratação já ocorrida.

A 2ª PJE segue noticiando que a previsão de 9.12 quilômetros constante da pesquisa de preços e do contrato orçavam o valor inicial de R$ 32.558,40 mil, mas que o efetivamente contratado foi 21 quilômetros, perfazendo o valor real de R$ 74.970,00 mil.

A Geometria informou ao Parquet que o valor inicial de R$ 32.558,40 mil se enquadraria, em tese, em processo de dispensa de licitação, mas o valor efetivamente pactuado assim não se enquadra, devendo se enquadrar nas hipóteses de processo licitatório regular.

Para a promotora Glauce Mara Lima Malheiros, há fortes indícios de que o processo licitatório para a contratação da empresa pode ter sido fraudado.

As investigações não tem data para serem concluídas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Tribunal de Contas reprova contas de gestores do interior do Maranhão

Os conselheiros e procuradores do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) reunidos em Sessão Plenária eletrônica realizada na manhã desta quarta feira, 24, desaprovaram as prestações de contas apresentadas pelos seguintes gestores municipais: José Aldo Ribeiro Sousa (São João do Paraíso/2014); Veronildo Tavares dos Santos (Santa Luzia/2014) e Vilson Andrade Barbosa (Gonçalves Dias/2014).

Foram aprovadas com ressalvas as prestações de contas de George Luiz Santos (Primeira Cruz/2017); Ivaldo Almeida Ferreira (Mirinzal/2012), com multa de R$ 8.000,00 e José Gomes Rodrigues (Buriticupu/2016).

Entre as Câmaras Municipais, foram julgadas irregulares as prestações de contas enviadas ao TCE por Renato Luiz Ribeiro Oliveira (Anapurus/2011), com débito de R$ 78.700,00 e multas no total de R$ 24.830,00.

Rubem Batista de Macedo (Governador Luiz Rocha/2016) teve sua prestação de contas julgada regular.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Polícia prende em Fortuna envolvido em atentado contra delegado do Piauí

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) cumpriu na noite de quarta-feira (24), um mandado de prisão contra um homem de 26 anos, suspeito de participar do atentado contra o delegado Danilo Barroso, da regional de Floriano, no Piauí. O suspeito foi preso na cidade de Fortuna.

A tentativa de homicídio aconteceu em abril do ano passado. O carro do delegado foi alvejado por diversos disparos no momento em que ele chegava em casa. Danilo Barroso não chegou a ser atingido, devido a blindagem do automóvel. Logo após o crime, duas pessoas foram presas por suspeita de envolvimento.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito é condenado por roubo na cidade de Barão de Grajaú, no Maranhão, acusado de roubos a postos de combustíveis, depósitos de gás e roubos à agências dos Correios no município maranhense e em Nazaré do Piauí. Ele estava foragido há anos e é considerado de alta periculosidade.

Junto com o suspeito, também foi presa uma mulher de 27 anos, com munições de arma de fogo. Segundo a polícia, a mulher vivia com com o acusado. Após a prisão, o criminoso foi levado ao Sistema Penitenciário do Maranhão, onde vai aguardar ser transferido para o Piauí, para responder ao crime.

A operação contou com o apoio do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos(DCCT/SEIC), de policiais da Delegacia de São Domingos do Maranhão, do Grupo de Pronto Emprego (GPE), da Força Tática e Centro Tático Aéreo de Presidente Dutra e da Polícia Militar em São Domingos do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Nove pessoas são presas em operação contra o tráfico de drogas em Cururupu

A Polícia Civil do Estado do Maranhão deflagrou, na manhã desta quarta-feira(24), no Município de Cururupu, a operação “TREM BALA” em que cumpriu seis Mandados de Prisão Temporária e dezesseis Mandados de Busca e Apreensão expedidos pelo Juízo da comarca de Cururupu, atendendo a representação da Polícia Civil.

A operação foi realizada pelas equipes do 1º Distrito de Cururupu em conjunto com a 21ª Delegacia Regional de Cururupu/MA, e contou com apoio operacional da Delegacia Especial da Mulher de Cururupu, das delegacias de Bacuri, Guimarães e Mirinzal, bem como da Delegacia Regional de Pinheiro, de Zé Doca, além do 25º Batalhão da Polícia Militar de Cururupu e 2ª Companhia Independente da Polícia Militar de Mirinzal.

O objetivo da ação foi desarticular associações criminosas especializadas na prática do crime de Tráfico de Drogas que atuam na região da baixada maranhense, especificamente, na cidade de Cururupu. Além do crime de Tráfico, as organizações são suspeitas de crimes de Homicídios, Lesões Corporais e Torturas, que tem vitimado a sociedade Cururupuense. Na oportunidade, foram presas nove pessoas por crimes dessa natureza.

Foram presos os investigados J.P.S, conhecido como Jodeca; V.C.V, conhecido como VINÍCIUS e o investigado R.G., conhecido por Júnior; J.G.L, conhecido como JEAN; J.G.P. e M.T.S., conhecido como LOW; E.B.F., conhecido como VANUSA e B.S., presos por Posse Ilegal de Arma de Fogo, Tráfico de Drogas, Associação para o Tráfico e Associação Criminosa Armada e Receptação.

Por fim, foi cumprido Mandado de Prisão Definitiva em desfavor do indivíduo A.G.A., que estava foragido do Estado do Pará, também suspeito da prática do crime de Roubo, com emprego de arma de fogo de uso restrito, na cidade de Bacuri/MA.

No total, foram apreendidos um tablete de cocaína prensada; cinquenta e seis porções pequenas de cocaína embaladas para comercialização; cento e vinte e seis porções médias de Crack; três tabletes de Maconha prensada; cento e cinquenta e nove papelotes de Maconha; aproximadamente, R$10 mil em espécie; dois revólveres calibre .38 com 16 munições intactas; uma pistola calibre .380 e 15 munições intactas; dois rádios comunicadores e onze pacotes de cigarro da marca Might, de comercialização proibida no Brasil.

Os presos foram encaminhados ao sistema prisional e as investigações seguem no intuito de localizar os demais coautores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Governo Bolsonaro repassa quase R$ 20 milhões para a Segurança Pública do MA

O governo Bolsonaro, por meio do Ministério da Justiça, autorizou o repasse de quase R$ 20 milhões para a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, comandada pelo delegado Jefferson Portela.

Segundo o documento publicado no Diário oficial de quarta-feira (24), a verba milionária será transferida dos cofres federais na modalidade fundo a fundo.

Os recursos são do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) e deverão ser aplicados em ações de Valorização dos profissionais que atuam na segurança pública estadual.

Ainda de acordo as informações, foram firmados dois Termos de Adesão para que a verba fosse repassada ao governo do Maranhão. O primeiro foi orçado no montante de R$ 3.826.754,00 milhões, serão transferidos em parcela única para a conta da SSP.

Da quantia mencionada acima, R$ 2.689.406,00 milhões deverão ser destinados para ações de investimentos e R$ 1.137.348,00 milhão para ações de custeio.

O segundo Termo tem valor de R$ 15.383.290,00 milhões, que também cairão na conta da pasta comandada por Jefferson Portela de forma única. A divisão da quantia milionária segue o mesmo procedimento já citado nessa reportagem: R$ 10.757.625,00 milhões para investimentos e R$ 4.625.665,00 milhões para outros tipos de despesas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-subsecretário de Governo de Imperatriz é investigado por receber salário sem trabalhar

O ex-subsecretário de Governo de Imperatriz, Janelson Moucherek Soares do Nascimento, está sendo investigado por receber salário sem trabalhar.

A investigação foi aberta pela 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Imperatriz, que tem como titular Nahyma Ribeiro Abas.

Segundo as informações, Janelson é advogado e estaria recebendo salário de R$ 6.182,80 mil por ocupar o cargo de subsecretário, mas não comparecia ao local de trabalho.

No ano passado, a Câmara de Vereadores de Imperatriz convocou o então secretário de Governo, Marlon Moura, para prestar esclarecimentos sobre a ausência do seu adjunto no posto de trabalho.

À época, Moura afirmou que Janelson morava em São Luís e comparecia semanalmente na Secretaria.

Para apurar o caso, a 1ª PJEIMP instaurou um inquérito por ato de improbidade administrativa, bem como o desvio de finalidade do cargo público.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.