Notícias

Procuradoria investiga pagamento para construtora que não executou obra em Presidente Médici

A Procuradoria da República instaurou inquérito para investigar irregularidades no repasse de verbas federais para a construtora Agnus Serviços que não executou obra em Presidente Médici.

Segundo informações, foi firmado o Convênio n. 89120/2019 entre a Prefeitura e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), com participação da Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 945.309,90 mil, com a finalidade de realizar obra de calçamento asfáltico dos Povoados Ubinzal e Abaixadinho.

Mas foi verificado que houve o pagamento da primeira parcela à empresa contratada, mas o serviço não foi feito.

O procurador responsável pelo caso, Juraci Gumarães, enviou ofício à Prefeitura e à Agnus Serviços para prestarem esclarecimentos.

A engenheira Jurema Rodrigues Sá da Silva foi notificada para prestar depoimento ao MPF.

Foi solicitada ainda que a Caixa Econômica Federal realize vistoria in loco, em caráter excepcional, para averiguação do suposto cumprimento de 49,45% da obra informado pelo contratado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *