Geral

Trabalhadores resgatados em SP embarcam de volta a São Mateus

Do G1 MA

Trabalhadores que deixaram Maranhão com promessa de emprego em São Paulo se dizem enganados (Foto: Reprodução/ EPTV)

Trabalhadores que deixaram Maranhão com promessa de emprego em São Paulo se dizem enganados (Foto: Reprodução/ EPTV)

Os trabalhadores maranhenses resgatados em Ribeirão Preto (SP) embarcaram na noite desta terça-feira (23), para a cidade de São Mateus, no Maranhão. A ifnormação foi confirmada pela assessoria de comunicação do Ministério Público do Trabalho do Maranhão, que mantém contato com o MPT em Campinas, cidade do interior de São Paulo.

Ainda de acordo o órgão maranhense, as prefeituras de Ribeirão Preto e São Mateus irão custear as despesas de traslado. As despesas com a viagem de volta serão bancadas pela empresa de ônibus e a esposa do suposto aliciador.

O MPT-MA abriu inquérito para investigar o caso. O responsável pela averiguação será o procurador Luciano Aragão, da Procuradoria do Trabalho de Bacabal.

Dados do MPT-MA apontam que no Maranhão 1.641 trabalhadores foram aliciados, o que coloca o estado em 2º lugar no fornecimento de mão de obra escrava, atrás apenas de Minas Gerais. Entre as atividades com maior incidência estão pecuária, construção civil, indústria madeireira, agricultura e carvão.

Relembre o caso
Oitenta e oito trabalhadores de São Mateus do Maranhão foram abandonados, na madrugada de domingo (21), em um posto de combustíveis no quilômetro 320 da Anhanguera, em Ribeirão Preto (SP), após receberem uma proposta para trabalhar em obras de construção civil na cidade.

A polícia ouviu três trabalhadores e um dos motoristas dos ônibus informou que tanto a empresa aliciadora quanto o empregador devem responder pelo crime de aliciamento de trabalhadores, previsto no artigo 207 do Código Penal. A pena é de detenção de um a três anos e multa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Motoqueiro colide com carro na Litorânea

Um condutor de um veiculo que foi acusado de dirigir embriagado teria provocado acidente com um motocicleta motoqueiro, na noite de ontem quinta-feira 18), na Avenida Litorânea, em São Luís.

Nas imagens exibidas pelo Blog do Neto Ferreira, mostra a motocicleta de Rafael Filgueiras Ribeiro, destruida após o acidente. Ele teve fratura exposta na perna e foi levado para o Hospital UDI.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Bombeiros conseguem apagar fogo em loja de Imperatriz

A Loja Pedal Leve, que fica na rua Ceará com rua Urbano Santos, Centro de Imperatriz, pegou fogo na noite de ontem quinta-feira (18), e o Corpo de Bombeiros só conseguiu apagar as chamas na manhã desta sexta-feira (19).

A loja atua no ramo com peças para bicicletas e motos. As chamas atingiram o galpão do estabelecimento e assustou quem passava pelo local.

O Corpo de Bombeiros teve que pedir ajuda para proprietários de carros-pipas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Pró-Saúde culpa Prefeitura de Ribamar por rescisão de contrato

Em nota encaminhada ao Blog do Neto Ferreira, em resposta a matéria titulada “deputado destaca decisão da Prefeitura em romper contrato com empresa“, a Pró-Saúde, entidade filantrópica que administra o Hospital e Maternidade Municipal de São José de Ribamar (HMMSJR), notificou o Município para que reassumisse a direção da unidade hospitalar, diante do descumprimento do contrato administrativo que existe entre as partes.

Após sofrer nos últimos meses com a falta dos pagamentos que deveriam ser feitos pela Prefeitura, além da dívida acumulada perante os recorrentes atrasos, a decisão de entregar a gestão ao município ocorreu nesta segunda-feira (15/06), pois a entidade não teria mais condições de garantir assistência plena aos pacientes, sob o risco constante de desabastecimento, além do atraso salarial dos colaboradores, falta de insumos e medicamentos, além de fornecedores suspendendo a prestação de seus serviços.

Diante do exposto acima, e para preservar a segurança e o atendimento aos pacientes internados e à população em geral, a direção do HMMSJR chegou a registrar Boletim de Ocorrência na última semana, pois o hospital não tinha mais condições de receber novos usuários a partir desta semana, tendo, inclusive, que realizar transferências de pacientes para outras unidades hospitalares da região.

A Pró-Saúde também disponibiliza um e-mail de contato para colaboradores, fornecedores, parceiros e comunidade, para mais esclarecimentos e outras informações: sjribamar@prosaude.org.br

ENTENDA O CASO

No mês de maio, a Pró-Saúde anunciou a não assinatura do termo aditivo do contrato administrativo, firmado com a Prefeitura de São José do Ribamar, para permanecer à frente da gestão do Hospital e Maternidade Municipal de São José do Ribamar, pelos seguintes motivos:

· Não recebimento dos repasses para pagamento dos médicos, com vencimento no dia 20/05/2015;

· Não repactuação do contrato administrativo;

· Dívida expressiva acumulada ao longo da vigência do referido contrato.

A entidade informou, ainda, que permaneceria administrando o Hospital pelo período de 40 dias (que se extingue no próximo dia 30/06), para que a população não ficasse desassistida, desde que o Município cumprisse com os repasses de custeio (o que não aconteceu até o momento).

No dia 3/6, a Pró-Saúde acionou a Justiça e o Ministério Público do Trabalho para garantir pagamento aos colaboradores do HMMSJR. A ação judicial, que ainda tramita, é contra a Prefeitura do município, que não repassou os recursos do contrato mantido com a entidade para a administração da unidade hospitalar. A petição também busca a garantia do pagamento das rescisões contratuais e honorários médicos.

Além dessas duas medidas, a entidade também protocolou petição no Ministério Público Estadual e Conselho Regional de Medicina do Maranhão. O objetivo é, igualmente, fazer com que o município cumpra com os seus compromissos financeiros, já que a dívida expressiva acumulada ao longo da vigência do referido contrato impactou, diretamente, no abastecimento do Hospital e no atendimento à população, impedindo a permanência da entidade na gestão do hospital.

Na última quinta-feira (11/6), a direção do HMMSJR registrou Boletim de Ocorrência contra a Prefeitura de São José do Ribamar (MA), pois a unidade hospitalar não possuía mais condições de atender pacientes a partir desta semana, paralisando as cirurgias eletivas. Segundo consta no B.O, o registro foi feito para a preservação de direitos, pelo risco iminente de desabastecimento total e desassistência à população.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Prefeitura de Dom Pedro realizou caminhada para marcar o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil

A Caminhada  contra o trabalho infantil levou milhares de estudantes para as ruas em Dom Pedro

A Caminhada contra o trabalho infantil levou milhares de estudantes para as ruas em Dom Pedro

A prefeitura de Dom Pedro, através da secretária de Assistência Social e Trabalho realizou uma grande caminhada que levou centenas de pessoas as principais ruas da cidade, na tarde da quarta-feira (10/06) para comemorar o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, a caminhada reuniu escolas municipais, estaduais e particulares que levaram para as ruas mensagens de apoio a educação e não a exploração. Os alunos receberam o cata-vento, símbolo da campanha, que esse ano tem como tema “Não ao trabalho infantil, sim a educação de qualidade”.

A caminhada contou com a animação da Fanfarra Esplendor dos Cocais, da Escola Municipal Renato Nunes e foi promovida e organizada pela Secretária de Assistência Social e Trabalho, com apoio das secretarias de Educação, Esporte, Saúde e Transporte. Para Everuzia Macedo, primeira dama do município e idealizadora da caminhada, a prefeitura tem trabalhado em programas e projetos que garantem que crianças e jovens tenham acesso a atividades lúdicas e esportivas, para que possam desfrutar da infância e da juventude longe da exploração, “temos aulas de violão, de capoeira, escolinhas de futebol, vôlei e outras modalidades, as secretarias de Assistência Social e de Educação funcionam em um parceria muito sólida e isso faz com que todas as atividades sejam acompanhadas pelas nossas Assistentes Sociais, que ao primeiro sinal de problemas com as crianças entram em ação, visando sempre a proteção dos seus direitos”. Destacou Everuzia Macedo.

A caminhada saiu da Praça da Rodoviária e percorreu diversas ruas até a quadra Francisco Rodrigues, no bairro Cândido Hermes. Para a secretária de Assistência Social, Magda Letícia Rocha, “o objetivo da caminhada é chamar atenção da sociedade sobre a importância de combater o trabalho infantil, essa causa não e só do poder público, deve ser de todos nós, precisamos garantir que nossas crianças e jovens tenham acesso a educação e garantias de uma infância digna”. Disse Magda Letícia, secretária Municipal de Assistência Social de Dom Pedro.

Estudantes carregam o cata-vento, simbolo da campanha contra o trabalho infantil

Estudantes carregam o cata-vento, simbolo da campanha contra o trabalho infantil

O cata-vento, simbolo da campanha contra o trabalho infantil

O cata-vento, simbolo da campanha contra o trabalho infantil


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Juiz Federal é expulso de voo com destino a São Luís após causar tumulto

Um passageiro foi expulso nesta sexta­feira (12) do voo JJ3324, com saída do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, com
destino ao Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís, após causar tumulto dentro de uma aeronave. A informação foi
confirmada pela TAM, que precisou acionar a Polícia Federal para controlar a situação.

Segundo o jornalista Antonio Júnior, maranhense que estava a bordo da aeronave, um homem, que se identificou como juiz federal, quis
trocar de assento, ocupando o de outro passageiro. Ele, porém, foi impedido por um comissário de bordo, o que causou a sua revolta.

Depois de tumultuar o voo e agredir verbalmente o comissário de bordo, o comandante decidiu expulsá­lo. A Polícia Federal foi acionada e o juiz foi retirado da aeronave, ainda no aeroporto de Fortaleza.

Por causa da confusão, a aeronave que deveria decolar 2h15, só partiu da capital cearense, com destino à São Luís, às 2h51, o que causou chateação dos outros passageiros.

TAM, que afirmou que “o passageiro teve o embarque negado por conta de comportamento indisciplinado”. Disse ainda que a empresa segue os mais elevados padrões de segurança, atendendo rigorosamente aos regulamentos de autoridades nacionais e internacionais.
A TAM, seguindo normas internas, não revelou o nome do passageiro.

Outro caso ­ No dia 6 dezembro do ano passado, o juiz Marcelo Baldochi, titular da comarca de Senador de La Rocque, no interior do
Maranhão, deu voz de prisão para três funcionários da companhia aérea TAM após ser impedido de embarcar em um voo que iria para
Ribeirão Preto, no interior paulista. Ele chegou a ser afastado do cargo após o episódio.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Carro da Prefeitura de São Luís é flagrado torrando combustível

O renomado fotógrafo, Ribeiro Júnior, flagrou na tarde de ontem terça-feira (09), um carro da Prefeitura de São Luís torrando combustível.

Enquanto o homem que se diz ser dono do veículo almoçava no restaurante localizado ao lado da Dalcar Veículos, no calhau, o carro estava ligado, sem ninguém dentro e pior, com o ar condicionado ligado.

O flagra serve para mostrar o quanto a prefeitura de São Luís tem sido “zelosa” com o dinheiro público. Falta de respeito absurda com quem paga seus impostos e gasta uma fortuna com combustível no Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Em ‘selfie’, morador debocha de incêndio no Farol da Ilha

Depois que a modelo Nana Gouveia postou, há algum tempo, fotos em meio à catástrofe do furacão Sandy em Nova Iorque, e virar um dos assuntos mais comentados das redes sociais, um sujeito de nome Armstrong Lindberg resolveu fazer o mesmo e publicou fotos durante incêndio no Farol da Ilha.

O incêndio que atingiu o condomínio de luxo localizado na Avenida dos Holandeses hoje, não deixou nenhuma vítima fatal, mas deixou uma vítima que facilmente se tornará alvo de memes e piadas pela rede.

Nas selfies, o sujeito sorri na maior cara limpa sem se importar com quem esteja dentro do prédio. O autor da publicação não tem o menor receio de usar em suas publicações a hashtag #serfelizagora.

Em outra postagem ele ainda diz que a manhã foi “animada” como se tivesse se divertindo com o que havia acontecido.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Farol da Ilha volta a pegar fogo

O apartamento do condomínio Farol da Ilha, em São Luís, que teve as chamas contidas ainda na quarta-feira (02), voltou a pegar fogo. Para combater as chamas, 10 viaturas e mais de 30 homens do Corpo de Bombeiros foram enviados ao local.

Na tarde de hoje, o Corpo de Bombeiros trabalhou intensamente para evitar que o fogo se alastre para outros apartamentos e atinga principalmente a tubulação de gás do condomínio. O incêndio já passa de 3 horas no aparamento 92 do 9º andar, que fica na torre 1º.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Secador de cabelo teria provocado incêndio no Farol da Ilha

Condomínio Clube Farol da Ilha.

Condomínio Clube Farol da Ilha.

O fogo que ainda destrói na tarde desta terça-feira (02), um apartamento do Condomínio Clube Farol da Ilha foi causado por um curto-circuito no secador de cabelo, segundo informações de moradores.

De acordo com relatos, o fogo atingiu o aparamento 92 do 9º andar, que fica na torre 1º. A moradora do apartamento chama-se Dani.

O incêndio que mobilizou o Corpo de Bombeiros e atraí centenas de curiosos no local, deixou por motivos de segurança vários moradores e funcionários que trabalham na Cyrela sem poder entrar no condomínio.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.