Notícias

“Democracia venceu”, festeja Dino após condenação de Bolsonaro no TSE

O ministro da Justiça do governo Lula, Flávio Dino (PSB), comemorou a condenação do ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por abuso de poder político.

Dino usou as redes sociais para afirmar que a democracia vencer o “duro teste de estresse das últimas décadas”.

“Do julgamento do TSE emanam importantes mensagens:

1. Mentir não é ferramenta legítima para o exercício de uma função pública;

2. Política não é regida pela “lei da selva”, em que o mais forte tudo pode.

A democracia venceu o mais duro teste de estresse das últimas décadas”, escreveu o ministro.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) condenou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) por abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação nesta sexta-feira (30). Com a decisão, a Corte declarou Bolsonaro inelegível por oito anos, até 2030.

O julgamento começou em 22 de junho e terminou nesta sexta, na quarta sessão. Mesmo com recursos ainda possíveis ao próprio TSE e ao Supremo Tribunal Federal (STF), a decisão da Justiça Eleitoral já está valendo.

Bolsonaro foi condenado pela realização de uma reunião com embaixadores estrangeiros, no Palácio da Alvorada, na qual difamou sem provas o sistema eleitoral brasileiro. O encontro, ocorrido em julho de 2022, foi transmitido pela TV oficial do governo.

Na reunião — realizada às vésperas do início do período eleitoral — o ex-presidente fez ataques às urnas e ao sistema eleitoral, repetindo alegações já desmentidas de fraudes.

Na sessão desta sexta, foram proferidos os votos de três ministros: Cármen Lúcia, Nunes Marques e Alexandre de Moraes, presidente do TSE.

One thought on ““Democracia venceu”, festeja Dino após condenação de Bolsonaro no TSE

  1. Só na cabeça dele, isso é democracia! Se preparem, está ficando tudo bem” MADURO”!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *