Poder

Prefeitura de Chapadinha será palco de vexame nacional com visita de Dilma Rousseff

Esse é o retrato da atual administração da prefeita Danúbia Carneiro

Esse é o retrato da atual administração da prefeita Danúbia Carneiro

Após a assessoria do Palácio do Planalto confirmar a vinda da presidente Dilma Rousseff (PT) ao município de Chapadinha, a prefeita Danúbia Carneiro (PR) anda preocupada com a situação de abandono que o município se encontra.

Na agenda oficial da Presidência da República, a chegada de Dilma está marcada para o dia 19 deste mês, onde ela participará da inauguração do primeiro residencial daquele município, do programa do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida.

O município de Chapadinha, que vem enfrentando uma situação caótica em diversas áreas (Saúde, Educação e Infraestrutura), devido o resultado da péssima administração da prefeita, poderá ser um grande palco de vexame nacional com a visita da presidente.

A população, revoltada com a situação, clama por socorro para que uma nova administração possa comandar a Prefeitura de Chapadinha, que vem sendo dominada há anos por um grupo que pretende continuar com o descaso por mais quatro anos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deputados do Maranhão têm até 18 salários ao ano

Da Folha de S. Paulo, Por Aline Louise

Os 42 deputados estaduais do Maranhão têm direito a ganhar até 18 salários por ano. Além dos 12 subsídios mensais e do 13º, os deputados dispõem de “ajuda de custo”, concedida no início e no fim de cada ano, que equivale a cinco vezes o valor do salário, de R$ 20 mil.

Ao todo, os deputados podem receber R$ 361 mil, cada um, ao ano. O benefício existe pelo menos desde 2006, e é previsto em decreto da Casa. O auxílio foi estendido aos suplentes em 2010.  A justificativa é compensar “despesas de transporte e outras imprescindíveis para o comparecimento à sessão legislativa ordinária”.

A ajuda de custo pode ser gasta livremente, sem prestação de contas. Além dessa verba, a Assembleia dá direito a auxílio-moradia, ressarcimento de despesas de gabinete, plano de saúde e no mínimo 19 assessores por deputado.

O pagamento de salários extras encontra paralelo no Congresso, que dá 14º e 15º a deputados e senadores. Pelo menos treze Estados pagam aos parlamentares mais de 13 salários por ano.

Em São Paulo e Goiás, onde os 14º e 15º salários são conhecidos como “auxílio paletó”, a Justiça suspendeu o benefício em 2011 após ações do Ministério Público.

No Distrito Federal, os próprios deputados decidiram na última terça-feira suspender os dois salários extras. A presidência da Assembleia Legislativa do Paraná anunciou o corte dos benefícios em dezembro de 2011, após concedê-los por 16 anos.

Em Pernambuco, tramita desde 2010 na Justiça uma ação da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) contra os beneficios. O presidente da Assembleia do Maranhão, Arnaldo Melo (PMDB), disse não saber quanto recebe de verbas extras.

“As Assembleias do Brasil estão debatendo esse assunto e nós também. Vamos avaliar os procedimentos tomados nas demais Casas legislativas e definir o que fazer”, declarou.

Deputados consultados pela reportagem confirmaram receber o benefício. “Quando entrei na Assembleia, em 1995, essas verbas já existiam e não cabia a mim contestá-las”, disse Carlos Alberto Milhomem (PSD). “É uma resolução da Casa que tem presunção de legalidade”, afirmou Rubens Pereira Junior (PCdoB).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Esposa do deputado Hemetério Weba anuncia pré-candidatura a prefeita de Nova Olinda

Iracy Weba é forte candidata a prefeita

Iracy Weba é forte candidata a prefeita

A forte liderança Iracy Weba, esposa do deputado estadual Hemtério Weba (PV), lançou sua pré-candidatura a prefeita do município de Nova Olinda do Maranhão na última quinta-feira (1º), durante reunião na cidade.

Além do forte apoio do esposo, ela conta ainda com alguns vereadores que fazem apoio na Câmara Municipal, além de outras lideranças.

Bastante empolgada, Iracy Weba se mostrou disposta a encarar uma disputa a prefeitura municipal enfrentando o candidato reeleição o atual prefeito Delmar Sobrinho, antigo aliado político do grupo de Hemetério Weba antes do rompimento.

Na ocasião, o deputado disse que “Ela é candidatíssima e vem trabalhando para vencer as eleições, com ótima margem de votos”, declarou o parlamentar, esposo da pré-candidata.

Com o lançamento da pré-candidatura de Iracy Weba, o prefeito Delmar Sobrinho correrá grande risco em sua reeleição. Te cuida Delmar!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Professores da cidade de Monção entram em greve

Blog do Daniel Aguiar

Greve dos professores de Monção

Greve dos professores de Monção

Servidores da área da educação da rede municipal de ensino do município de Monção paralisaram as atividades no início da tarde de ontem (2), após reunião no Auditório José Mota Amaral.

Os professores estiveram reunidos no auditório, em Monção, para discutir os problemas enfrentados pela categoria e decidiram pela paralisação por tempo indeterminado. A greve conta com apoio de representantes da sociedade civil.

De acordo com os manifestantes, a decisão foi tomada mediante caótica situação das escolas, péssimas condições de trabalho e carência de escolas nas zonas urbana e rural do município.

A crise na educação municipal de Monção já se arrasta por vários anos e teria sido intensificada depois que a atual prefeita Paulinha que assumiu o cargo. O blog do Daniel Aguiar que já denunciou em setembro de 2011 o caos na educação do município (reveja).

Os educadores denunciam ainda que falta tudo nas poucas escolas que tem no município: giz, carteiras, materiais de limpeza e de expediente, além de merenda escolar são algumas dessas carências. Eles exigem ainda transparência nos gastos de recursos do Fundeb e outros.

Escola do povoado Bolsa, na zona rural de Monção.

Escola do povoado Bolsa, na zona rural de Monção.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ministro Lobão recebe secretário de Estado Ricardo Guterres

Lobão reunido com o secretário de Minas e Energia

Lobão reunido com o secretário de Minas e Energia

O secretário de Estado de Minas e Energia, Ricardo Guterres, debateu com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, diversos projetos em benefício do Maranhão. Entre os assuntos, a instalação de serviços de geração de energia elétrica, a partir da conversão de matrizes eólica e solar em ilhas do litoral norte do Maranhão, por Ricardo Guterres.

Guterres solicitou ao ministro a extensão de projetos de geração de energia elétrica de matrizes solar e eólica que já existe na Ilha dos Lençóis (em Cururupu) para outras onze ilhas próximas. A iniciativa é realizada em parceria com a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) em colaboração com o Núcleo de Energias Alternativas da Universidade Federal do Maranhão (Ufma).

De acordo com Ricardo Guterres, o ministro já renovou o convênio do ministério com a Universidade Federal do Maranhão (Ufma), o que garantiu funcionamento do projeto que fornece energia elétrica a 92 famílias (cerca de 500 pessoas) que vivem na Ilha de Lençóis.

Nas 11 ilhas, localizadas entre a Golfão Maranhense, onde está a Ilha de São Luís, e os limites com o Estado do Pará, vivem, em pequenos povoados, cerca de cinco mil moradores. Entre as ilhas estão a Bate Vento, Retiro, Mirinzal, Peru e Valha-me Deus (em Cururupu) e Sababá e Cunha-Cuema (em Turiaçu).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Enquete: população desacredita na gestão do prefeito de Presidente Médici

O blog do Fabio Araújo realizou uma enquete sobre a gestão do prefeito de Presidente Medici com as respeictivas perguntas:

População desaprova gestão do prefeito Antonio da Paraense

População desaprova gestão do prefeito Antonio da Paraense

Você acredita que o Prefeito Antonio da Paraense, vai resolver o caos em Pres, Médici, a falta de água até o fim de Fevereiro?

No total, a enquete obteve um total de 104 votantes que participaram e deram suas contribuições pela desaprovação da administração do prefeito.  Veja abaixos os resultados:

Sim, ele é competente 39 votos (37%)
Não, ele é incompetente 56 votos (53%)
Não é obrigação dele 9 votos (8%)

Como vimos na enquete a maioria dos que votaram  não acreditou que ele resolveria até o fim de mês de Fevereiro passado a falta de água aqui na nossa cidade, e nestes dois meses Janeiro e Fevereiro foram os meses que mais faltaram água, tanto é que no Carnaval o bloco de maior sucesso foi o “lata d’água na cabeça” e realmente acertaram na mosca não conseguio e  pelo visto pelo menos até o fim deste ano não vai conseguir,  pelo menos é o que parece, já que não temos nenhuma informação da assessoria de comunicação da prefeitura, se é que tem assessoria.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

São Luís recebe 'eventos sociais' neste sábado

A Praça Maria Aragão, recebe na manhã deste sábado, 03, das 09h às 17h, um dos maiores eventos sociais de integração e desenvolvimento social: Cidade Solidária e Cidade para todos.

O evento contará com a participação do Núcleo de Violência Doméstica (NVD), do Disque Denúncia Maranhão, que através de distribuição de folhetos e palestras em estande, irá esclarecer dúvidas sobre o funcionamento da central e os principais resultados do NVD.

As ações, vídeos, cartazes de procurados estarão expostos na Praça Maria Aragão, durante todo o dia.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Credo! Prefeita de Timon tem 68,57% de reprovação

Portal Timon

Até Socorro Waquim se assustou

Até Socorro Waquim se assustou

A administração da prefeita Socorro Waquim (PMDB) em Timon é reprovada por 68,57 por cento do eleitorado timonense. Os que aprovam somam 24,85 por cento e os que não opinaram ou não souberam responder são 6,58 por cento. Os dados foram levantados pelo Instituto de Pesquisa Jales, de Teresina, no período de 23 a 25 de fevereiro e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Maranhão sob o número 00009/2012.

De acordo com os números do Instituto Jales, nas entrevistas estimuladas o deputado Luciano Leitoa (PSB), pré-candidato a prefeito da oposição, lidera a corrida pela prefeitura do município com 50,57 por cento da preferência dos timonenses e em segundo lugar aparecem empatados os dois pré-candidatos do grupo da prefeita e do seu marido, o deputado federal Sétimo Waquim, com 11,43 e 10,86 por cento, respectivamente o vice-prefeito Edivar Ribeiro e o vereador Thales Waquim, atual presidente da Câmara Municipal, ambos do PMDB. Na terceira posição aparece o deputado Alexandre Almeida (PSD) com 9,14%, seguido da pré-candidata petista Professora Uerly Queiroz com 5,43%, Irmão William com 4 %, este o terceiro pré-candidato da situação, João da Gráfica, presidente do PC do B de Timon, com 0,86% e o empresário Marco Lago, do PTC, que não pontuou. Não sabem e nem opinam somam 7,71%.

No levantamento em que as respostas foram espontâneas, Luciano Leitoa obteve 43,71% da preferência, em segundo lugar está o vereador Thales Waquim com 7,71%, o vice-prefeito Edivar Ribeiro com 6 %, o deputado Alexandre Almeida com 3,43%, Uerly Queiroz com 1,43% e os demais nomes citados pontuaram abaixo de um por cento, enquanto que brancos e nulos somaram 3,14% e não opinaram e nem souberam responder totalizaram 26,57%.

Thales Waquim e Luciano Leitoa foram os mais rejeitados pelos eleitores de Timon com 33,71 e 14,57 por cento, respectivamente. João Gráfica aparece como o terceiro mais rejeitado com 8,29%, seguido por Edivar Ribeiro com 6,57% e empatados com 4% cada estão Uerly, Irmão William e o deputado Alexandre Almeida e com menor rejeição aparece o empresário Marco lago com 2,86%, sendo que 22% não opinaram e não sabem.

Ainda com relação à prefeita Socorro Waquim, o Instituto Jales formulou a seguinte pergunta aos entrevistados: “O senhor(a) acredita que a prefeita Socorro fará ou  elegerá seu sucessor?”, 61,71% disseram acreditar que não, 10,57% acham que dificilmente ela conseguirá e 22,29% declararam que ela irá eleger sim, enquanto os que não souberam responder foram 5,43%.

Na pesquisa foram entrevistados 350 eleitores maiores de 16 domiciliados em 26 bairros da zona urbana e 05 povoados da zona rural. O grau de confiabilidade da pesquisa é de 90% e a margem erra é de 4,4% para mais ou para menos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Estresse no trânsito: saiba como superar esse perigoso inimigo

Por Milton Corrêa da Costa

Não se pode mais deixar de correlacionar os constantes engarrafamentos de trânsito nas saturadas vias dos grandes centros urbanos –nas rodovias o fenômeno também é observado nos congestionamentos durante os feriadões- face o crescimento da frota de veículos e a consequente diminuição dos espaços viários, ao que se convencionou chamar de ‘estresse no trânsito’. Em dias de tempestade e ruas algadas e intransitáveis a coisa é ainda pior. Além disso a violência criminal, trazida em grande parte nos últimos anos pelo aumento do consumo e tráfico de drogas no país, gerando na população a síndrome do pânico e o medo concreto e presumido do crime (ninguem se sente seguro num sinal de trânsito em local ermo), também contribui sobremodo para o estresse no trânsito, uma grave doença social dos tempos modernos.

Estamos diante de um perigoso inimigo que produz, pois, o desequilíbrio emocional e muitas das vezes torna-se fonte geradora de crimes e grandes tragédias. Basta que se tenha ao alcance uma arma de fogo ou uma chave de rodas, chave de fendas, barra de ferro ou a fúria descontrolada da força física e emocional como ferramentas para causar no outro motorista grave lesão ou a morte ou se tornando, num efeito bumerangue,a vítima de uma briga de trânsito. Passada a crise de estresse vem o arrependimento tardio dos oponentes.

Ou seja, o estresse é sem dúvida causa de hiperagressividade no trânsito criando até mesmo monstros assassinos do volante. O pior é que se verifica que o volante de um carro também tornou-se uma forma disfarçada de descontar nossas frustações em relação a outros problemas do cotidiano de nossa vidas. É o que a psicologia chama de “transferência”. Ao invés de expressar nossos sentimentos ao que ou a quem está nos causando irritação, acabamos direcionando e estourando nossos problemas no volante de um carro.

A própria Psicologia de Trânsito, ramo da referida ciência que estuda o comportamento humano na condução veicular, não consegue explicar o que faz com que pessoas de boa educação e de convívio social pacífico transformem-se em hiperagressivos, deseducados e estressados do volante, verdadeiros donos do seu espaço e dos demais em vias públicas. Uma simples discussão no trânsito, o arranhão ou amassado em nosso veículo causado pelo outro -nunca achamos que a culpa é nossa- ou uma fechada durante o deslocamento pode ser a gota d’água para uma tragédia. A nefasta cultura da propriedade do bem material, cada vez mais arraigada pela ambição desmedida do homem (cultura do ter e não do ser) sobrepuja, no trânsito, o respeito até mesmo à vida do próximo. Isso também é fato real.

Para superar os problemas inerentes ao estresse ao volante veja o que escreveu a respeito do tema a consultora de qualidade, a norte-americana M. J. Ryan, autora do livro “O Poder da Paciência” e outros títulos. Ryan conta que sua amiga Sylvia Boorstein, certa ocasião, falou-lhe sobre um motorista com quem ela uma vez ficou presa em um engarrafamento quando estava indo participar de um programa (ao vivo) de televisão. O motorista trabalhava para a emissora e portanto sabia o quanto era importante cumprir o horário. No entanto, embora estivessem praticamente parados, ele não perdeu a calma uma única vez e conseguiu fazer com que ela chegasse pontualmente. Quando Sylvia perguntou o que lhe dava capacidade de ficar tranquilo apesar das enervantes circunstâncias em que se via envolvido todos os dias, o homem explicou: “ O que faço poderia se tornar uma dor de cabeça pra mim se eu permitisse que assim fosse, disse.

Ryan diz que este motorista sabia algo que muitos de nós precisamos lembrar: “PODEMOS ESCOLHER A MANEIRA PELA QUAL REAGIMOS ÀS SITUAÇÕES EM QUE NOS ENCONTRAMOS (grifo nosso). Prossegue em seu ensinamento afirmando que para a maioria de nós, essas circunstâncias envolvem imensas quantidades de tempo em ruas e estradas engarrafadas. “Passamos muito tempo no trânsito, o trajeto de ida e volta do trabalho é o horário ideal para se praticar a paciência. A paciência fará com que não causemos acidentes ao ficarmos mudando de pista o tempo todo, a manter a distância necessária do carro da frente no anda e para e não darmos cortadas nos outros veículos. E quando os outros motoristas se comportarem mal conosco, a paciência nos permitirá evitar uma confrontação cujo resultado pode ser desastroso. Se um motorista agressivo ou uma simples fila de carros parados o está irritando, é útil relaxar conscientemente seu corpo, especialmente suas mãos que seguram o volante. Olhe a paisagem em volta, descubra uma excelente estação de rádio ou ouça CDs. Note a diferença que a escolha de manter a calma faz em seu percurso e na maneira como você se sente ao chegar”, completa a famosa escritora americana.

Um outro ensinamento interessante e muito simples é sobre o controle da respiração sobre o estresse momentâneo ao volante, citado pelo escritor alemão Eckhart Tolle em seu livro “O Poder do Agora”. Tolle lembra que nessa situação respirar fundo é fundamental. “Observe atentamente a sua respiração, sinta o abdômen inflar e contrair-se levemente, a cada inspiração e expiração. Em alguns segundos entre em contato com o seu corpo interior e tome consciência da serenidade. Só se estivermos conscientes seremos capazes de usar a mente de forma criativa”, diz o escritor.

O fato é que trânsito e estresse são temas correlacionados atualmente. E é uma relação cíclica, sem causa e efeito delimitados. Um ajuda a alimentar o outro. Ressalte-se também que ações de exibicionismos e imprudência ao volante de um carro ou na condução de uma motocicleta, pelo excesso de velocidade e manobras arriscadas, numa perigosa demonstração de perícia, são frequentes sintomas em condutores que passam por algum tipo de estresse e buscam nas “sensações” da direção veicular uma forma de ”catarse” e fuga.

Com a palavra os estudiosos em Psicologia de Trânsito. Há um perigoso exército de homens-bombas e mulheres-bombas no trânsito brasileiro, prontos a explodir a qualquer momento, acometidos da grave doença social do estresse ao volante. Se considerarmos, por exemplo, que de cada três entre dez habitantes da capital paulista apresentam algum transtorno mental, como mostrou recentemente o Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas de São Paulo, e se observarmos que muitos destes são condutores de veículos, concluímos que o perigo do estresse no trânsito é ainda muito pior.

A paciência, como estratégia do bom senso, até que se prove em contrário, continua sendo o melhor remédio. É melhor perder um tempo, com calma, ao volante de um veículo do que ser dominado pela fúria e pelo estresse do trânsito. É uma simples questão de escolha. Uma linha as vezes muito tênue entre a vida e a morte.

Milton Corrêa da Costa é coronel da reserva da PM do Rio de Janeiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Acidente provoca congestionamento no Ipase

Um acidente envolvendo um carro e uma moto complicou o trânsito no fim da tarde desta sexta-feira (02),  na Avenida Daniel de La Touche, próximo ao Shopping da Ilhana, em São Luís.

O acidente aconteceu em frente a a Secretaria de Municipal de Transito e Transrope, sentido a ponte do Ipase, na altura da Avenida Daniel de La Touche. De acordo com colhida no loca, apesar do acidente, o trânsito melhorou por volta das 18h facilitando o


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.