Política

Antônio Pereira defende prefeita de Bom Jardim na Assembleia

A reação do democrata foi motivada após o deputado Manoel Ribeiro atacou o secretário Beto Rocha.

O deputado Antônio Pereira (DEM) ocupou a tribuna da Assembléia Legislativa nesta quinta-feira (24), para defender a prefeita de Bom Jardim, Lidiane Rocha, que acaba de retornar ao comando do município, por força de liminar expedida pelo Juiz José Raul Goulart Junior, suspendendo a decisão da Câmara Municipal que havia determinado seu afastamento da Prefeitura.

A reação do democrata foi motivada porque momentos antes o deputado Manoel Ribeiro (PTB) usou a tribuna da Assembléia Legislativa, para atacar a atual administração municipal de Bom Jardim, o secretário de Assuntos Políticos, Beto Rocha, e criticar a decisão do juiz, José Raul Goulart Junior, por determinando a volta da prefeita Lidiane Rocha ao comando da Prefeitura.

Antônio Pereira deixou claro que compreende a posição política dos vereadores de Bom Jardim, mas tem o dever de defender a administração da prefeita Lidiane Rocha, que durante sua gestão já conseguiu, com seu apoio e de Hildo Rocha, importantes obras de asfaltamento de ruas, de abastecimento d’água e a conclusão da estação rodoviária que estava parada há cinco anos.

De acordo com Antônio Pereira, a prefeita Lidiane Rocha enfrenta dificuldades para executar os benefícios que o povo precisa porque depois de perder a eleição, o ex-prefeito Roque Portela, no apagar da luzes de sua gestão, aumentou salários de forma exorbitante e efetivou cerca de 900 funcionários, aprovados e excedentes no concurso público da Prefeitura Municipal.

Para Antônio Pereira, foi um ato de extrema irresponsabilidade, porque Bom Jardim tem apenas 40 mil habitantes e o ex-prefeito Roque Portela não pagou absolutamente nenhum mês de salário aos servidores públicos, inviabilizando novos investimentos, pois as despesas da Prefeitura ultrapassaram os limites estabelecidos por meio da Lei de Responsabilidade Fiscal (54%).

“Sei que tem muita gente interessada na administração de Bom Jardim. Peço a essas pessoas que registrem as candidaturas, disputem o poder nas urnas e se coloquem à disposição da população, que precisa da ajuda para melhorar a qualidade de vida. Fiquei surpreso ao ouvir o deputado Manoel Ribeiro dizer que a decisão do juiz José Raul Goulart Junior será mudada”, disse.

O democrata revelou que a ex-deputada e vice-prefeita Malrinete Gralhada está manipulando os ilustres vereadores para assumir o comando da Prefeitura de Bom Jardim. “A família de Malrinete Gralhada já comandou Bom Jardim por muitos anos. Ficou provado que não correspondeu aos anseios do povo. A resposta foi dada nas urnas com a eleição de Lidiane”, concluiu.

A DECISÃO DO JUIZ
Em seu despacho publicado hoje no Diário TJ/MA, o juiz José Raul Goulart Junior sentenciou: “Em análise perfunctória, tem-se que a suspensão da impetrante [Lidiane Rocha] de suas atribuições administrativas, sem o estabelecimento do contraditório e sem a oportunidade do exercício da defesa ampla, apresenta-se, em princípio, como ato anômalo e arbitrário do órgão processante”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

O recado de Lobão Filho para o Baixo Parnaíba

O suplente de senador e pré-candidato ao governo, Lobão Filho (PMDB), foi taxativo ao mandar recado para a população do Baixo Parnaíba, em entrevista ao Blog do Foguinho.

“Fazer o Maranhão se tornar uma peça importante na engrenagem do Brasil. Enquanto os nossos adversário empurra pra baixo a alta estima do nosso povo eu vou mostrar que nossa terra é rica e nosso povo e forte”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

TCE reconhece desempenho do prefeito de Buriticupu

Gomes aplicou mais de 70% em salários de professores e mais de 33% das receitas de transferências municipais para manutenção e desenvolvimento da Educação básica no ano de 2013.

O prefeito de Buriticupu, José Gomes Rodrigues (PMDB), teve reconhecimento de sua gestão pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA). Segundo Certidão do TCE, o prefeito tem trabalho destacado pelos fortes investimentosde na educação do município.

Gomes aplicou mais de 70% em salários de professores e mais de 33% das receitas de transferências municipais para manutenção e desenvolvimento da Educação básica no ano de 2013. Ele também anunciou nessa semana o aumento do piso salarial do Magistério, valorizando uma das principais dategorias: os professores.

O prefeito Zé Gomes informou que efetuará o pagamento no mês abril, já com o Piso salarial nacionalretroativo a janeiro. O reajuste estar previsto para o ultimo dia útil do corrente mês. Veja no quadro anexo, como vai ficar o salário dos professores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Pupilo de Flávio Dino vira desgosto para os servidores de São Luís

Servidores realizam paralisação para pressionar Edivaldo Holanda Junior a atender reivindicações da categoria.

Holanda Júnior e Flávio Dino durante as promessas de campanha.

Holanda Júnior e Flávio Dino durante as promessas de campanha.

Desgosto total. É dessa forma que os servidores enxergam o pupilo do Flávio Dino em São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC). Os servidores andam chateados pelo não atendimento da pauta de reivindicações encaminhada pelas entidades representativas desta categoria que apresentaram proposta de reajuste salarial de 18.5 % para o ano de 2014.

Este percentual é relacionado à reposição da inflação do período, recomposição de perdas salariais anteriores e a garantia de ganho real sobre os salários dos trabalhadores e trabalhadoras. A contra-proposta de apenas 3% feita pela prefeitura foi rejeitada pelas entidades sindicais que a consideram muito abaixo do que é pedido na pauta de reivindicações.

A postura por parte da prefeitura de São Luís reflete um descompromisso com a valorização dos servidores municipais. Na luta pelos servidores estão a Asismu, SINFUSPSL SINDACS, SINDTRANSITO, SINFUSP, ASISMU, SIGMEMMA, SEEMA e SINDEDUCAÇÃO.

A insatisfação dos servidores é tão grande que o índice de reajuste salarial solicitado, que é de 18,5%, representa apenas a metade da inflação do período e não traz ganho algum.

Represenantes das categorias afirmaram ao Blog do Neto Ferreira que o prefeito de São Luís precisa colocar na prática discurso de valorização dos servidores públicos municipais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Rigo destaca eleição de Cândido Ribeiro Filho para a Presidência do TRF

O deputado Rigo Teles lembrou que durante o Carnaval desse ano esteve com o Desembargador Cândido Ribeiro no Município de Barra do Corda.

Deputado Rigo Teles.

Deputado Rigo Teles.

O deputado Rigo Teles (PV) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (15), para destacar a eleição do Desembargador Federal maranhense, Cândido Ribeiro Medeiros Filho, para a Presidência do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com sede em Brasília (DF).

No pronunciamento, o deputado Rigo Teles lembrou que durante o Carnaval desse ano esteve com o Desembargador Cândido Ribeiro no Município de Barra do Corda, onde o magistrado já morou, tem familiares, amigos e visita freqüentemente durante o período de férias forenses.

O parlamentar lembrou que Cândido Ribeiro- conhecido pelos amigos como “Arturzinho” – foi seu professor de OSPB no Colégio Dom Bosco, no Centro de São Luís. “Temos uma grande amizade, carinho e respeito por esse cidadão, que tem o reconhecimento de todos”, disse.

Na oportunidade, Rigo Teles confirmou que recebeu convite e vai participar da posse do Desembargador Cândido Ribeiro Filho na Presidência do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. A concorrida solenidade está marcada para o próximo dia 25, em Brasília, Distrito Federal.

A ELEIÇÃO

A eleição Cândido Ribeiro foi realizada no dia 21 de fevereiro desse ano, em sessão extraordinária realizada pelo Pleno do TRF1. Foram eleitos ainda, a Desembargadora Federal Neuza Alves (vice-presidente) e o Desembargador Federal Carlos Eduardo Moreira Alves (corregedor regional).

O Desembargador Cândido Ribeiro é maranhense, de São Luís, e tomou posse como juiz federal do Tribunal Regional Federal da Primeira Região em 18 de novembro de 1996. Começou a carreira na Magistratura Federal em 1988, atuando na Seção Judiciária do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Menor é preso em Vitorino Freite com 23 pedras de crack

Além das investigações, várias ligações informavam que no Bairro citado, dentro de um matagal, uma pessoa vendia drogas..

Policiais Militares lotados na cidade de Vitorino Freire apreenderem em poder do menor I.M.C., de 17 anos, residente no Bairro Alice Castro, 23 pedras de uma substancia que aparenta ser crack, além da importância de R$ 114,00 reais em espécie.

Além das investigações, várias ligações informavam que no Bairro citado, dentro de um matagal, uma pessoa vendia drogas. Uma guarnição comandada pelo Sargento B. Costa e composta ainda pelos Cabos PM Igreja, Leônidas e Soldado Wendel foram ao local. Ao perceber a presença policial, o menor ainda tentou se desvencilhar da droga e empreender fuga, mas foi contido e apreendido.

Vitorino Freire é uma cidade que apresenta um grande índice de venda e consumo de drogas, facilitada, até, por sua posição geográfica. Uma das práticas mais comum é a utilização de menores nesta atividade, o que dificulta a ação da Justiça. Só neste ano de 2014, várias apreensões de drogas já foram feitas no município, bem como apreensão de armas brancas e de fogo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Famem voltará a reivindicar melhorias para prefeitos

Evento preparatório para a XVII Marcha dos Prefeitos e Prefeitas do Brasil à Brasília acontece nesta quinta-feira (24), a partir das 9h, no Hotel Premier, em São Luís.

Prefeitos e prefeitas de todas as regiões do Maranhão estarão reunidos, nesta quinta-feira (24), elaborando uma pauta de reivindicações e diretrizes que serão levadas à Brasília para serem discutidas com representantes do Governo Federal e demais gestores públicos do Brasil.

Gil Cutrim.

Gil Cutrim.

O encontro, que acontece a partir das 9h no Hotel Premier, localizado no bairro Ponta D´Areia, em São Luís, trata-se de reunião preparatória, organizada pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), para a XVII Marcha dos Prefeitos e Prefeitas do Brasil à Brasília, movimento municipalista que acontece no período de 12 a 15 de maio no Centro Internacional de Convenções do Brasil, na capital federal.

Este ano, a Marcha tem como tema “A Crise nos Municípios e a Conjuntura Eleitoral”.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no site da Confederação Nacional dos Municípios (www.cnm.org.br) ou através do link disponível no site da Famem (www.famem.org.br). Nos dois sites também já está disponível a programação da Marcha 2014.

“Ano passado, levamos à Brasília uma caravana formada por mais de 50 prefeitos e prefeitas, além de vereadores e lideranças políticas e comunitárias dos municípios. Conversamos diretamente com representantes do Governo da presidente Dilma e realizamos reuniões extremamente proveitosas com nossas bancadas. A Marcha dos Prefeitos e Prefeituras é um momento único, através do qual, gestores de todo o Brasil podem unir forças e, desta forma, cobrar, de maneira muito mais eficiente, as ações necessárias”, afirmou o presidente da Famem, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Artigo

A Guerra das cores: uma falsa polêmica‏

Em todo caso o certo é que o vermelho Jardim não mandou rosas, crisântemos ou qualquer outras flores.

em>Por Abdon Marinho

Advogado Abdon Marinho.

Advogado Abdon Marinho.

O verde Washington Rio Branco disse no programa do seu partido que estava vermelho de vergonha diante de tanta corrupção que vem ocorrendo no Brasil. Foi o que bastou para o vermelho Marcio Jardim também ficasse roxo de ódio com as colocações de Branco. Como sabemos todo jardim ao menos em tese, deve ser verde. No caso do nosso Jardim está mais para verde-melancia ou seja verde por fora e vermelho por dentro.

Em todo caso o certo é que o vermelho Jardim não mandou rosas, crisântemos ou qualquer outras flores e de nenhuma cor ao verde Branco.

O assunto poderia terminar aí, numa espécie de querela de cores e sexo dos anjos se não encerrasse em uma questão de grande indagação para toda nação: Existe corrupção no Brasil?
Ora, a irresignação de Jardim com as colocações de Branco não tem razão de ser. Senão vejamos:

Em seu último relatório sobre a percepção da corrupção no setor público divulgado em dezembro de 2013 a ONG Transparência Internacional revelou que a corrupção no Brasil piorou o que já era ruim, saiu da posição 69ª para 72ª, estando o país no grupo daqueles países onde a corrupção é crônica. Este é um dado que não foi contestado por ninguém do governo pela simples razão de não se ter como contestar;

A própria presidente da República demitiu, quando a corrupção parecia ser um incômodo, um grupo significativo de ministros de Estado devido a comprovação de diversos atos de corrupção;

No momento presente temos um ex-diretor da principal empresa brasileira preso, com denúncia aceita pela justiça por atos gravíssimos de corrupção;

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, figura de proa do partido do governo, foi compelido a renunciar ao cargo ocupado na Mesa e sofre processo no Comissão de Ética da Casa por envolvimento com um doleiro preso após a policia federal o apontar em diversos esquemas de… corrupção e lavagem de mais de US$ 10 bilhões de dólares. Esse deputado, chamado de André Vargas, segundo escutas telefônicas só queria uma coisa singela, sua independência financeira, a partir da ocupação de cargo público.

Neste momento a direção do partido faz pressão para que ele, Vargas, renuncie ao mandato. Mas não pensem que fazem isso por zelo com a moralidade pública ou apreço à ética. A pressão se dá por que o deputado cometeu o grave “pecado” de ter sido descoberto. Não tivesse sido estaria posando de autoridade num cargo importante na Câmara, pleiteando a indicação pelo partido ao Senado da República. É quase certo até que chegasse a ministro de Estado, não fosse a fatalidade da verdade aflorar com toda sua veemência diante de todos.

Vamos um pouco mais adiante. Neste momento a ex-cúpula do partido, as pessoas mais importantes do governo na gestão passada estão cumprindo pena após condenados pelo Supremo Tribunal Federal. Não apenas a ex-direção do Partido do Trabalhadores, como também as ex-cúpulas de diversos partidos que davam e ainda dão sustentação ao governo, além de banqueiros, empresários e outros que se lambuzaram nas benesses do poder. Dentre os vários crimes que os levaram a prisão está nos anais ca corte o crime de corrupção, tanto na sua modalidade ativa quanto passiva.

O que dizer de todas essas denúncias e constatações em relação a Petrobras com seus inúmeros desacertos e prejuízos para nação? O que dizer de tanta gente que enrica do dia para noite sem tenham trabalhado um dia sequer?

Esses são apenas algumas constatações de que vivemos numa nação corrupta, infelizmente. e essa corrupção se alastra por todo o país. O exemplo que vem de cima é copiado e ampliado nas esferas abaixo. Tudo é motivo para uma vantagem, um desvio, um favorecimento. Os poderosos, os donos do poder nunca puderam tanto quanto podem agora. Diante disso, a corrupção não parece arrefecer, pelo contrário ela só aumenta.

No inicio do atual governo, a presidente da República ameaçou punir os “malfeitos”, a forma eufêmica com a qual apelidou a roubalheira que comia o país. O tempo passou e a promessa ficou na prateleira dos esquecidos. As conveniências políticas, o interesse indecoroso por voto, por apoio e espaço na tV nos horários eleitorais nas campanhas são os fatores determinantes do padrão ético do país.

Todos os dias assistimos isso. As maiores lideranças políticas brasileiras a darem sustentação ao governo são mesmas sob as quais pesam o fardo de terem enricado na vida pública. São os mesmos que durante os últimos anos tornaram seus estados suas capitanias hereditárias, as velhas oligarquias que passam o poder de pai para filho, para os parentes, para os aderentes. São Collor’s, os Sarney’s, os Renan’s, os Jucá’s e tantos outros de biografias conhecidas desde sempre.

O partido que está no poder a mais de uma década e que poderia ter feito as reformas que juraram fazer antes de chegar ao poder, nada fez, pelo contrário, o que fez foi se aliar aos mesmos de sempre. O que fez foi cobrar sua parte no butim.

Acredito que o Brasil precisa encarar suas verdades postas e tentar apesar delas, construir um novo futuro. O passado e o presente são de todos conhecidos, não adianta tentar ocultar a verdade com uma cortina de cores.

Abdon Marinho é advogado eleitoral.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Edinho Lobão critica Flávio Dino, mas não mostra plano de governo

Agraciado com mandato de senador, Edinho não possuir cacife eleitoral e muito menos plano de governo.

No debate político do campo de ideias um dos pontos mais esperados pelos milhões de eleitores são as propostas do plano de governo dos pré-candidatos. E nesse aspecto, nada se tem escutado da boca do suplente de senador Edinho Lobão.

Agraciado através do pai com o mandato de sete anos no Senado Federal, Edinho não possuir cacife eleitoral e muito menos plano de governo para apresentar como deve ser o modelo de gestão que será aplicado.

Enquanto o peemedebista dispara criticas ao grupo de oposição, Flávio Dino percorre municípios com o Diálogos do Maranhão apresentando propostas e metas que fazem parte do plano de governo.

Para a sociedade politizada é, sem sombra de duvidas, fundamental que o pré-candidato Lobão Filho possua entendimento em gestão pública do qual possibilite o avanço e tire a Maranhão do baixo índice de IDH.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Luis Fernando não comparece no lançamento da pré-candidatura de Edinho Lobão

Embora seja um dos melhores nomes avaliados pela classe política e empresarial, Silva era o candidato com um potencial imensurável para enfrentar o comunista Flávio Dino.

Luis Fernando Silva.

Luis Fernando Silva.

O nome e sobrenome do ex-secretário de Infraestrutura do Estado, Luis Fernando Silva (PMDB), foi um dos assuntos mais comentados na Assembleia Legislativa do Maranhão. O peemedebista que há três semanas atrás era o coadjuvante da sucessão de Roseana Sarney, simplesmente não compareceu ao ato partidário do PMDB, realizado na tarde desta quarta-feira (23).

Embora seja um dos melhores nomes avaliados pela classe política e empresarial, Silva era o candidato com um potencial imensurável para enfrentar o comunista Flávio Dino nas eleições que se aproximam.

Mas, o jogo de conspiração do empresário Fernando Sarney, do presidente da Assembleia Arnaldo Melo e outros integrantes do grupo do qual pertence, fez acontecer o que já era esperado por todos: a desistência de briga pelo governo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.