Poder

PT adia encontro que deve definir aliança com Carlos Brandão

A direção nacional do Partido dos Trabalhadores deferiu recursos apresentados pelo deputado estadual Zé Inácio e pelo ex-presidente da sigla no Maranhão Augusto Lobato e determinou o adiamento do Encontro de Tática Eleitoral da legenda.

O ato ocorreria neste final de semana, dias 28 e 29, mas foi remarcado para os dias 4 e 5 de junho.

De acordo com o presidente estadual do partido, Francimar Melo, a decisão foi tomada após o comunicado do Diretório Nacional sobre os recursos apresentados.

“O julgamento deste implica na impossibilidade do cumprimento dos prazos regimentais”, disse.

Os recursos foram apresentados em virtude de divergências quanto à indicação de delegados de cada corrente para o encontro. De acordo com Patrícia Carlos, dirigente nacional e estadual da sigla, o adiamento ocorreu meramente pelo tempo para organização dos prazos internos, tendo sido acordado com todas as forças.

“Não é intervenção da Nacional, não é mudança de cenário. Há maioria consolidada para aprovar Dino, Brandão e Camarão como os candidatos do PT”, disse.

O Encontro de Tática Eleitoral deve confirmar a aliança do PT com o governador Carlos Brandão (PSB) para a eleição deste ano, além de chancelar a indicação de Felipe Camarão, ex-secretário de Estado da Educação, como candidato a vice-governador da chapa.

Do Imirante.com


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Vereador de Vitória ocupa cargo com salário de R$ 3 mil na Prefeitura de Igarapé do Meio

Com mandato de vereador em Vitória do Mearim, George Maciel (PCdoB) também ocupa outro cargo cargo público na Prefeitura de Igarapé do Meio.

Segundo informações, o parlamentar foi nomeado na Secretaria Municipal de Educação para o cargo de assistente social e recebe salário de de R$ 3 mil pago com verba do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FUNDEB). A informação foi publicada pelo site BMAX Notícias.

E na função de vereador em Vitória do Mearim, George ganha remuneração de até R$ 8 mil.

Na última eleição, George declarou a Justiça Eleitoral não possuir o ensino superior, somente o médio, portanto não poderia exercer a profissão de assistente em Igarapé do Meio.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Luís Fernando foi pivô da 1ª crise entre Brandão e Flávio Dino

O ex-governador e seu sucessor, Flávio Dino e Carlos Brandão, ambos do PSB, vivem momentos delicados quando trata-se de questões administrativas e espaços na máquina pública.

Um dos exemplos disso foi quando Brandão decidiu não atender a um pedido pessoal de Dino, em cargo de primeiro escalão, e que gerou a primeira crise política entre eles.

E o pivô deste primeiro capítulo da novela chama-se Luís Fernando Silva, secretário de Planejamento (Seplan), atualmente homem forte do governo que detém a chave dos cofres.


Para o governador Brandão, Dino fez um pedido extremamente complicado: manter na Seplan Cyntia Mota. No entanto, o pedido foi avaliado e negado, já que havia compromisso em substituí-la pelo ex-prefeito de Ribamar.

Essa negativa desencadeou uma instabilidade entre Palacianos e demonstrou que o ex-governador perdeu completamente o poder, liderança e respeito dentro do seu grupo.

Ao ser ignorado e desprestigiado, Flávio foi rebaixado e colocado em seu devido lugar que não é na condição de líder ou protagonista, mas sim de mero figurante, pessoas que ocupam um papel secundário ou insignificante.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

PRF apreende 181kg de cocaína em Peritoró

Na noite desta terça-feira (24), uma equipe da PRF em trabalho de rotina na BR-316, km 424, próximo a Peritoró/MA, encontrou em uma caminhonete 181kg de cocaína, sendo estes 146kg em forma de pasta base e outros 35kg em cloridrato de cocaína, o que representa um prejuízo estimado de R$ 24 milhões ao tráfico de drogas.

Inicialmente, os policiais rodoviários federais abordaram um carro de passeio. Durante a abordagem, foram solicitados os documentos do veículo e de habilitação do condutor, que, mesmo com a documentação regular, apresentou nervosismo diante da equipe de policiais.

Durante a fiscalização, foi possível visualizar um rádio comunicador no veículo, ligado. O condutor não soube explicar a utilidade do equipamento. Em estado de atenção, os policiais visualizaram minutos depois uma caminhonete com uma antena de rádio exposta, que recebeu ordem de parada.

O segundo veículo estava ocupada por condutor e passageiro. Durante a abordagem, os PRFs encontraram um rádio, da mesma marca do primeiro veículo, também ligado e configurado na mesma frequência e com comunicação ativa com o primeiro rádio. Diante dos fatos de elevada suspeita, foi aberto o compartimento de bagagem da S10. Sendo encontrados na caçamba vários fardos contendo drogas. No total, foram 181kg de cocaína, sendo estes 146kg em forma de pasta base e outros 35kg em cloridrato de cocaína.

Sobre a viagem, um dos envolvidos alegou estar indo para Anapurus/MA visitar um primo do qual não sabe o nome. Outro envolvido, disse estar vindo da cidade de Pontes e Lacerda/MT. Os envolvidos receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Polícia Federal em Caxias/MA pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Câmara mantém gratuidade de bagagens; texto vai à sanção presidencial

Aeroporto de Guarulhos

A Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (24) a análise da medida provisória (MP) que flexibiliza a legislação do setor aéreo. Entre outros pontos, o texto restabelece o despacho gratuito de bagagem de até 23 quilos em voos nacionais e de até 30 quilos em voos internacionais. A MP será enviada à sanção presidencial.

Nesta sessão, parlamentares aprovaram duas emendas propostas pelos senadores, que tratam do registro de empresa estrangeira operadora de companhia aérea e a concessão de certificado de habilitação para praticantes de aerodesportos, como o voo livre.

A Câmara rejeitou, porém, dispositivo que pretendia transferir, a partir de 2023, do Fundo Aeroviário ao Serviço Social do Transporte (Sest) e ao Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) parte dos recursos de contribuições de empresas do setor aéreo ao Serviço Social do Comércio (Sesc), ao Serviço Social da Indústria (Sesi) e ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

O trecho que restabeleceu a gratuidade de bagagens não estava previsto no texto original da MP. Ao incluir o trecho na Câmara, deputados afirmaram que haviam sido “enganados” pelas empresas aéreas, segundo as quais a cobrança pelo despacho de bagagem reduziria o preço das passagens. A medida foi aprovada pelo Congresso em 2017, mas não assegurou a redução dos preços das passagens aéreas.

Ao tramitar no Senado, o relator da MP, Carlos Viana (PL-MG), chegou a retirar a retomada do despacho gratuito de bagagem. Na defesa da supressão do trecho, ele argumentou que retomar a franquia de bagagem poderia aumentar o preço das passagens e que, da mesma forma, o despacho pago poderia reduzir os preços. No entanto, senadores aprovaram um destaque que devolveu o trecho à MP.

Da Agência Brasil


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deputado Zé Inácio é indicado para compor direção nacional da Federação PT – PCdoB – PV

O deputado estadual Zé Inácio foi indicado, pela Direção Nacional do PT, para compor a direção nacional da Federação Brasil da Esperança – Fe Brasil, que é formada pelos partidos PT, PCdoB e PV.

O parlamentar comentou a indicação: “Agradeço aos companheiros e companheiras do PT Nacional pela indicação do meu nome para compor a Direção Nacional da Federação PT, PCdoB e PV (Federação Brasil da Esperança). Trabalharemos juntos em defesa do Brasil, do Maranhão, da Democracia e de Lula.”

Zé Inácio fará parte da Assembleia Geral, órgão deliberativo máximo que é composto por representantes dos partidos associados, que tem como algumas de suas atribuições: aprovar e alterar o Estatuto e o Programa da Federação, decidir sobre a política de alianças com outros partidos ou federações.

A Federação Brasil da Esperança tem como finalidade a construção da unidade política em torno de um projeto de retomada da democracia, liderado pelo ex-presidente Lula.

Nesta terça-feira, 24, o TSE aprovou por unanimidade o pedido de constituição da Federação Brasil da Esperança (Fe Brasil). Esta que foi a primeira constituição de uma federação partidária aprovada após a criação do instituto pela Reforma Eleitoral de 2021.

Sendo assim, durante os quatro anos da próxima legislatura (2023-2026), os partidos PT, PCdoB e PV atuarão em conjunto como um único ente partidário


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

“Nosso grupo não tem simpatia e não vota no Flávio Dino”, garante Josimar

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) garantiu que o seu grupo não tem simpatia e não vota no ex-governador e pré-candidato ao Senado, Flávio Dino (PSB).

A declaração foi dada em entrevista ao site Imirante.com na manhã desta quarta-feira (25), ao ser questionado sobre o apoio ao pré-candidato à reeleição, senador Roberto Rocha (PTB). Ele disse que a questão deve ser levada para o grupo do PL deliberar, pois apesar do partido ter participado do lançamento do projeto eleitoral do petebista, não há acordo fechado.

Maranhãozinho enfatizou que o diálogo entre os membros do PL sobre a aliança com Rocha deve ser mais fácil, pois o grupo não simpatiza com Flávio Dino.

“Eu sou simpatizante do senador Roberto Rocha, mas não vou tomar uma decisão só. Já falei com ele. O PL participou, representado pelo deputado Vinicius Louro, do lançamento da pré-candidatura dele, mas nós não sou um partido. Nós somos um grupo. E esse grupo, como dialogou para decidir estar com Weverton [Rocha], também vamos dialogar para estar com o Roberto. Eu acredito que o desafio do Roberto é bem menor, pois o nosso grupo não tem simpatia e não vota no pré-candidato Flávio Dino”.

Em outro trecho da entrevista, o deputado voltou a dizer que o governo do Estado chegou a oferecer vantagens grandiosas para conseguir o seu apoio e negou que tenha negociado liberação de emendas parlamentares, votos e espaços políticos para abraçar a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT).

“Se gente fosse para esse campo de pega lá da cá, eu acho que teria fechado com [Carlos] Brandão, porque as promessas lá são grandiosas. Não foi à toa que Weverton perdeu alguns aliados importantes. O Palácio [dos Leões] sempre tem mais vantagens para aqueles que pensam para esse lado de compor secretaria, de ter benefícios financeiros. O que me chamou atenção e o que nos fez fechar com Weverton foi a tratativa e a forma que ele nos convidou para fazer parte do projeto político”.

Josimar fez questão de falar que o diálogo com o governo Brandão está encerrado devido ao modo de condução das tratativas e do não cumprimento das promessas feitas a ele.

“Acreditei na palavra dele. Lá atrás eu dei a minha palavra ao Brandão que não conversaria, não fecharia nenhum compromisso, se eu tomasse a decisão de não ser mais candidato. Eu conversaria e tentaria com a junção de todo o grupo ir com ele. Realmente acreditei naquele momento que ele iria assumir o governo e ia colocar em prática tudo aquilo que sempre conversou. Que ia ser diferente, que ia ser um governo participativo, que as pessoas iam valorizar quem tem valor, que o nosso Maranhão iria ter um governo diferenciado, e não é isso que a gente está vendo”, disse.

E completou: “no momento que nós chegamos a conviver 30 dias com o Carlos Brandão como governador a gente viu que aquilo que se foi falado quando assumisse tudo seria diferente, nada estava diferente, até as pessoas continuavam na mesma cadeira, conitnuavam as mesmas tratativas. E essas tratativas nunca fui de acordo, por isso que deixei esse governo lá atrás”

Para o presidente do PL, “as tratativas do governo são as mesmas. Nunca ofereceram nada e agora estão oferecendo tudo, e eu não sei que se entrega o minímo”, finalizou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deputado Yglésio confirma que governo buscou apoio de Josimar em prol de Brandão

Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado estadual, Yglésio Moisés (PSB), confirmou que houve uma grande movimentação política do governo para tentar conseguir o apoio do deputado federal e presidente do Partido Liberal, Josimar de Maranhãozinho para a pré-candidatura do governador Carlos Brandão (PSB).

Essa tentativa de cooptação já havia sido divulgada pelo Blog do Neto Ferreira (reveja aqui) e depois confirmada pelo próprio parlamentar em live transmitida nas redes sociais.

“Ficou um mês e pouco se tentando trazer seu Josimar [de Maranhãozinho] para o grupo e aí se esqueceram dos [deputados] de casa”, disse.

A declaração de Yglésio se deu após voltar denunciar que o Governo do Maranhão não pagou os times de futebol maranhense, via Lei de Incentivo ao Esporte, pois a gestão estadual estava ocupada demais com a articulações políticas.

“Isso aqui já foi alvo de polêmicas, inclusive alguns elementos dentro do governo me criticaram por conta da postura, mas o fato é que, até hoje, não resolveram a situação. Campeonato Maranhense, até hoje, não foi paga a lei de incentivo”. Lamentavelmente, não dá para a gente normalizar uma situação como essa , reclamou.

O deputado detalhou toda a dificuldade em liberar os pagamentos e cobrou mais prestígio dentro do grupo governista no qual faz parte.

“Estou em uma posição que, obviamente, eu sou base aqui do Governo, mas pelo amor de Deus, nós não estamos conseguindo resolver isso internamente. Já não se sabe mais com quem se fala, porque cada um vai passando a bola para o outro; e a decisão de colocar uma das grandes empresas para pagar uma lei de incentivo não está sendo resolvida. (..) Foi feito um acordo e o acordo precisa ser cumprido. O campeonato maranhense tem que ser pago. E está na hora de se potencializar o time da base, o time que está jogando junto. Esta é uma preocupação”.

As declarações vindas da própria base do governo mostram que a narrativa criada contra o bolsonarismo pela esquerda no Maranhão é vazio e enganoso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Câmara aprova Medida Provisória que instituiu o valor do salário mínimo em R$ 1.212

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (24) a Medida Provisória 1091/21, que instituiu o valor do salário mínimo para 2022, de R$ 1.212 por mês. A MP seguirá para o Senado.

O novo valor considera a correção monetária pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro a novembro de 2021 e a projeção de inflação de dezembro de 2021, estimada pela área técnica do Ministério da Economia. No total, o reajuste é de 10,18% em relação ao salário mínimo anterior, que era de R$ 1,1 mil.

O valor diário do salário mínimo corresponde a R$ 40,40, e o valor horário, a R$ 5,51.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Justiça suspende instalação da Usina Termoelétrica Geramar III em São Luís

O Ministério Público Federal (MPF) obteve decisão liminar da Justiça Federal no Maranhão que proíbe a Geradora de Energia do Maranhão S/A (Gera Maranhão) de iniciar qualquer serviço relativo ao empreendimento da Usina Termoelétrica Geramar III, inclusive a implantação de canteiros de obras. Foi determinada a paralisação de obras em curso, caso tenham se iniciado, na cidade de São Luís (MA).

Além disso, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) terá que suspender a licença prévia concedida ao empreendimento, bem como qualquer ato posterior a ela no procedimento de licenciamento ambiental, como licenças de instalação ou autorizações de supressão de vegetação. Em caso de descumprimento da decisão, foi fixada a multa diária no valor de R$ 100 mil reais.

A Justiça Federal considerou na decisão que há sério risco de degradação ambiental em caso de instalação do empreendimento em área que o poder público municipal afirma não ser destinada à atividade de geração de energia termoelétrica.

Saiba mais – De acordo com ação civil pública proposta pelo MPF, a Gera Maranhão apresentou ao Ibama Certidão de Uso e Ocupação do Solo, emitida pelo Município de São Luís, referente apenas à atividade de estação e subestação de energia elétrica. Entretanto, foi omitida a certidão municipal que atestava a impossibilidade de instalação do empreendimento na área do distrito industrial escolhida pela empresa, pois o projeto de geração da usina termoelétrica foi considerado incompatível com os parâmetros definidos no Plano Diretor de São Luís e no Macrozoneamento Ambiental. Dessa forma, o Ibama concedeu a Licença Prévia n. 612/2019 sem considerar a análise da viabilidade ambiental elaborada pelo Município.

Além disso, o empreendimento tem potencial para descumprir os parâmetros de qualidade do ar definidos pela Resolução Conama 491/2018 que, na conjuntura atual, já se aproxima do limite de saturação, em razão da operação de diversos outros empreendimentos na região. A Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh) de São Luís também alega que o empreendimento está situado em uma área de fundo de vale, destinada à recarga de aquíferos, reservada para uso sustentável e não para atividades potencialmente poluidoras.

Portanto, a instalação da termelétrica neste local poderia causar prejuízos não somente ao ecossistema, mas aos moradores de ocupações na região da Vila Maranhão e às diversas comunidades existentes na zona rural de São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.