Maranhão

Lava-Pratos receberá esquema reforçado de segurança

O patrulhamento será feito a pé e de motocicletas por toda a cidade de São José de Ribamar.

Foto 2 carnaval de todos com seguranca - foto Karlos Geromy
O Governo do Maranhão reforçará a segurança no município de São José de Ribamar, sede do tradicional Carnaval do Lava-Pratos, realizado no primeiro final de semana subsequente ao carnaval. Mais de 800 policiais militares participarão do esquema de segurança planejado para a região, com ênfase em revistas nos acessos da cidade e abordagens em barreiras estrategicamente montadas nas proximidades dos espaços de shows.

Segundo o comandante do Comando de Policiamento Metropolitano II (Cpam II), coronel Antônio Vieira, no sábado (13), mais de 200 homens trabalharão no policiamento ostensivo no circuito do evento, enquanto no domingo (14) serão mais de 500 policiais envolvidos na operação, além do policiamento convencional existente na cidade.

“Faremos policiamento motorizado, em viaturas e motocicletas, aéreo, com o reforço da equipe do Centro Tático Aéreo, e teremos torres de observação, que serão instaladas nos locais de shows”, informou o coronel Antônio Vieira.

O patrulhamento a pé será feito por toda a cidade. Nas áreas periféricas, o policiamento utilizará as motocicletas, para dar maior agilidade e alcance às abordagens; no centro da cidade, haverá o uso ostensivo das viaturas. Na orla, haverá plantão da cavalaria da Polícia Militar, além das ações do Corpo de Bombeiros. Uma novidade no policiamento do Lava-Pratos este ano é o emprego de uma lancha da Companhia de Operações Especiais (COE), que fará o monitoramento por via marítima, a fim de evitar possíveis roubos e fugas.

A Polícia Militar do Maranhão preparou ainda barreiras responsáveis por revistas de quem entrar ou sair dos ambientes de programação cultural. Ao todo, serão quatro barreiras feitas pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar. A Polícia Civil manterá o plantão central do Maiobão aberto para o registro de ocorrências policiais, caso necessário, além da delegacia de São José de Ribamar.

Lei Seca
Nos acessos de São José de Ribamar, a Companhia de Polícia Rodoviária do Maranhão montará barreiras de fiscalização do cumprimento da Lei Seca e de monitoramento. De acordo com o comandante da Companhia de Polícia Militar Rodoviária, major Augusto Magalhães, a ação nas rodovias estaduais MA-201 e MA-204, principais entradas da cidade, consiste em barreiras que ampliarão o rigor do controle de segurança, com aplicação de medidas preventivas para o tráfego.

“Checaremos a condição do condutor, se está alcoolizado ou não. A partir da fiscalização da Lei Seca, aplicamos testes de alcoolemia. Também fazemos a verificação da documentação do veículo e revista nos veículos para possível apreensão de armas e drogas”, comenta o major Magalhães.

Ao todo, 80 policiais vão atuar nas barreiras especializadas da Polícia Rodoviária durante o final de semana na região de São José de Ribamar. O Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) executará ações educativas nos locais de barreira, no intuito de conscientizar o condutor e estimular práticas adequadas e regulares no trânsito para evitar acidentes.

Corpo de Bombeiros
De acordo com o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto Araújo, a corporação estará mobilizada para as ações durante o Lava-Pratos. Além da Primeira Companhia Independente de Bombeiros Militar da cidade, unidade inaugurada há um ano, equipes de outras unidades da capital irão reforçar a operação no sábado e no domingo.

O Corpo de Bombeiros vai garantir a segurança dos visitantes prevenindo possíveis acidentes e atuando em casos de emergência. As guarnições estarão de prontidão para atender chamados relacionados a combate a incêndio, executar salvamentos e resgates, assim como haverá equipes de guarda vidas nas praias e, também, direcionadas ao atendimento pré-hospitalar.

“O Corpo de Bombeiros está trabalhando com prevenção, mas também com pronto-atendimento. A corporação está à disposição para contribuir com a redução dos índices de morte violentas e garantir um carnaval tranquilo, a exemplo do que ocorreu em São Luís. Por isso, estamos reforçando nosso efetivo para o Carnaval do Lava-Pratos em Ribamar”, informou o coronel Célio Roberto Araújo.

Antes das festividades, o Corpo de Bombeiros desenvolverá atividades de vistoria técnica nos locais onde haverá grande concentração de público, como palcos e clubes. Serão mobilizados 300 bombeiros militares para trabalharem durante as comemorações do Lava-Pratos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Procuradora-geral quer que Pacovan volte à prisão

Ele foi beneficiado por um habeas corpus concedido pelo desembargador José de Ribamar Fróz Sobrinho, durante o plantão do dia 31 de janeiro, que caiu num domingo.

Agiota conhecido por 'Pacovan'

Agiota conhecido por ‘Pacovan’

A procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, ajuizou nesta sexta-feira,12, junto ao Tribunal de Justiça do Maranhão, um pedido de reconsideração da decisão que concedeu liminar para libertar o acusado Josival Cavalcante da Silva, conhecido como Pacovan.

Ele foi beneficiado por um habeas corpus concedido pelo desembargador José de Ribamar Fróz Sobrinho, durante o plantão do dia 31 de janeiro, que caiu num domingo.

Para o Ministério Público, o acusado deve ser mantido preso como forma de garantir a ordem pública e por se tratar de “indivíduo de altíssimo grau de periculosidade, a merecer as mais gravosas medidas previstas no ordenamento jurídico para conter as suas ações”.

No pedido de reconsideração, a procuradora-geral de justiça observa que o desembargador Fróz Sobrinho violou, com sua decisão, o princípio da colegialidade, usurpando a competência da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, da qual é integrante, que já havia iniciado o julgamento final do habeas corpus interposto pela defesa do acusado.

Outro fator apontado pelo MP para justificar a revisão do benefício foi a detenção do acusado um dia após a concessão do habeas corpus. No dia 1º de fevereiro, a polícia encontrou no veículo de Pacovan uma pistola Taurus, que seria de um dos seus dois acompanhantes. Thamerson Fontinele assumiu ser o dono da arma e foi preso por porte ilegal. “O que se espera de alguém que esteja em liberdade provisória e sujeito à fiscalização das condições para manutenção do benefício era que, de pronto, recusasse a permanência do armamento no veículo”, argumenta a procuradora-geral.

No dia 4 de fevereiro, Regina Rocha já havia interposto mandado de segurança também com o objetivo de tornar sem efeito o habeas corpus concedido ao acusado Josival Cavalcante da Silva. O processo tem como relatora a desembargadora Cleonice Freire, que está de férias. Como substituto atua o desembargador Ricardo Duailibe.

HISTÓRICO

Pacovan estava preso desde 18 de novembro em uma operação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público do Maranhão, por meio do Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), após a descoberta de diversos esquemas de desvio de verbas públicas, envolvendo agiotas, prefeitos e ex-prefeitos de municípios maranhenses.

Josival Cavalcante da Silva seria um dos líderes de uma organização criminosa que pratica a agiotagem no estado. A prisão dele e de outros integrantes da organização foi determinada pela justiça da Comarca de Bacabal. Na ocasião, também foi preso o ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Nonato Lisboa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Ferry-boat encalha na Ponta da Espera, em São Luís

Segundo informações, o Baía de São José está jorrando óleo para o mar e todos tiveram que deixar a embarcação.

IMG-20160212-WA0032

A embarcação marítima que transporta passageiros diariamente para o interior do estado, mais conhecido como Ferry-Boat, encalhou na tarde desta sexta-feira (12).

O Ferry Baía de São José, que é da empresa Internacional Marítima e que já estava com veículos e pessoas já acomodados, ao sair às 15h da Ponta da Espera, em São Luís, encalhou.

Segundo informações, o Baía de São José está jorrando óleo para o mar e todos tiveram que deixar a embarcação.

IMG-20160212-WA0035

IMG-20160212-WA0036


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Justiça recebe denúncia contra o prefeito de Pedreiras

totonho

Francisco Antônio Fernandes da Silva, prefeito de Pedreiras.

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) recebeu denúncia contra o prefeito de Pedreiras, Francisco Antônio Fernandes da Silva, acusado pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) de desvirtuar o caráter competitivo em seis procedimentos licitatórios naquele Município.

De acordo com o MPMA, o prefeito cometeu várias irregularidades com a nítida intenção de restringir o acesso de participantes nos referidos processos licitatórios, beneficiando diretamente as empresas vencedoras dos certames (Pregão Presencial nº 059/2013, Pregão Presencial nº 054/2013, Tomada de Preços nº 002/2013, Tomada de Preços nº 010/2013, Pregão Presencial nº 037/2013 e Pregão Presencial nº 34/2013).

As mesmas teriam sido contratadas sem apresentar diversos documentos de habilitação exigidos. A soma dos valores contratados atingiu a marca de mais de R$ 5 milhões.

Segundo a denúncia, os editais dos processos licitatórios continham cláusulas restritivas à competitividade. As licitações teriam sido conduzidas sem a devida observância ao regramento legal atinente à publicidade, reduzindo sensivelmente a participação de empresas interessadas em participar dos certames.

Em sua defesa, o prefeito Francisco Antônio apontou equívoco na denúncia do MPMA, afirmando que as cláusulas apontadas como restritivas visaram tão somente assegurar que os objetos licitados fossem plenamente executados.

Quanto à observância do Princípio da Publicidade, ressaltou que todos os procedimentos licitatórios impugnados tiveram seus editais publicados no Diário Oficial da União, Diário Oficial do Estado e no Jornal dos Municípios, vinculado à FAMEM.

Para o relator do processo, desembargador Vicente de Paula, a denúncia do MPMA preenche todos os requisitos do artigo 41 do Código de Processo Penal, por trazer a exposição completa dos fatos e circunstâncias em que ocorreram as irregularidades.

“O recebimento da denúncia é medida que se impõe, viabilizando-se com a instauração da ação penal, a imprescindível instrução processual para apuração dos fatos”, assinalou o magistrado.

O voto do relator foi seguido pelos desembargadores José Bernardo Rodrigues (presidente da câmara) e José Luiz Almeida.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Três bandidos são mortos em Alto Alegre do Maranhão após sequestro

Todos os suspeitos eram foragidos da Justiça maranhense.

img-20160212-wa0002_2C8iUse

Sebastião da Silva, um dos suspeitos.

Uma operação deflagrada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), na madrugada desta sexta-feira (12), culminou na morte de três suspeitos de sequestro, em Alto Alegre do Maranhão.

Equipes da Seic descobriram um local pronto para cárcere que serviria de esconderijo para o filho de um empresário – que não tiveram nomes divulgados pela Polícia Civil.

No confronto com a polícia, morreram Carlos Alberto Mesquita dos Santos Sousa – condenado a mais de 80 anos por roubo de carro e carro-forte –; Sebastião Soares da Silva – condenado a mais de 100 anos por sequestro e mentor do sequestro do menino Pedro Paulo Lemes, em Imperatriz, em 2012 –; e Joaquim Neto Alves Leal – condenado pela prática de roubos. Ambos os suspeitos eram foragidos da Justiça.

Segundo o superintendente da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), o delegado Tiago Bardal, os suspeitos são de alta periculosidade e já estavam sendo monitorados pela polícia desde o último dia 17, quando eles fugiram do Complexo de Pedrinhas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Trem de pouso e parte da asa de ultraleve são localizados

Peças foram encontradas em Anajatuba (MA), a 60 km de onde avião partiu.

Sem título

Uma operação iniciada ontem, culminou na madrugada desta sexta-feira, na localização de mais uma parte do ultraleve PU-VCL utilizado pelos advogados José do Vale Filho e Júlio César de Moraes, que estão desaparecidos desde terça-feira, dia 09.

Por volta das 3h de hoje, uma equipe do Corpo de Bombeiros, formada por dez homens, localizou o trem de pouso dianteiro da aeronave em uma região de mangue, entre Estiva e o município de Bacabeira, onde estão sendo realizadas as buscas.

De acordo com o major Israel Lopes, o local é de difícil acesso, a área é alagada e com fortes correntezas. No momento, em que foi encontrado o trem de pouso, parte de uma das asa da aeronave também foi vista presa na vegetação de mangue. Entretanto, por causa das condições da região, não pode ser resgatada. Ainda não há sinal dos advogados desaparecidos. Uma nova incursão será feita na região a partir do meio-dia.

A peça encontrada foi levada para o grupamento do Corpo de Bombeiros e será encaminhada para a Aeronáutica onde será periciada por técnicos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) do Pará, responsável pela investigação.

Na quarta-feira, dia 10, uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB), com apoio do CTA, conseguiu encontrar parte da cauda, entre Estiva e Bacabeira. As buscas estão sendo coordenadas pela FAB com o apoio do Corpo de Bombeiros, Capitania dos Portos do Maranhão, Centro Tático Aéreo (CTA), Polícia Militar e Polícia Civil.

Do Imparcial


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Notas da manhã

Pré-candidato

IMG-20160211-WA0030

Membros do partido Solidariedade começam a cair em campo para eleger os seus candidatos a vereador de São Luís. Um deles que terá o apoio do secretário estadual de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, e também do deputado estadual Levy Pontes, é o jovem Edgar Pontes.

Pontes tem raízes no bairro do Ipem Angelim, na capital maranhense, e já começa a ganhar corpo político, pois conta com bases em vários pontos da cidade.

Balanço

Foto 1 - Governo do Estado divulga balanço da Operação Lei Seca no Carnaval

O Governo do Estado do Maranhão, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA), divulgou nesta quinta-feira (11), os números finais das operações de fiscalização da Lei Seca no Carnaval. Foram registrados 552 casos de alcoolemia em todo o estado, sendo 375 deles apenas em São Luís. A Operação Lei Seca percorreu 17 municípios, incluindo a capital maranhense, entre os dias 30 de janeiro a 9 de fevereiro.

Ao todo, foram realizados 2.869 testes de etilômetro (bafômetro) no estado. Entre os casos de alcoolemia, apenas cinco apresentaram quantidade de álcool acima de 0,34 mg/l (miligramas por litro de ar), que configura crime de trânsito (artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro), e 132 manifestaram quantia de álcool acima de 0,04 mg/l, que consiste em infração gravíssima. Pouco mais de 400 pessoas se recusaram a passar pelo teste, o que também configura infração por alcoolemia

IPVA

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), por meio da portaria 054/2016, prorrogou, excepcionalmente, para 29 de fevereiro o prazo para pagamento antecipado em cota única do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), relativo ao exercício de 2016, com 10% de desconto.

A prorrogação do prazo se deu pelo intenso acesso ao sistema da Sefaz nesta quinta-feira (11). “Pelo grande número de acessos foi necessário ampliar o prazo para pagamento do imposto com desconto para que todos os contribuintes possam aproveitar o benefício com tranquilidade”, declarou o secretário da Fazenda, Marcellus Ribeiro Alves.

Com a alteração da data é necessário realizar ajustes nos sistemas tanto da Sefaz quanto do Banco do Brasil para permitir o pagamento em cota única com desconto de 10% até 29 de fevereiro. A previsão é que somente a partir de quarta-feira (17), o contribuinte poderá pagar o IPVA diretamente na agência do Banco do Brasil, informando apenas o número do Renavam para o caixa da agência.

Esclarecimentos

A produção da banda A Vingadora em conjunto com a Produção Local do espetáculo “Ressaca do Carnaval” decidiram conjuntamente, adiar o show que aconteceria no próximo sábado dia 13 de fevereiro na Batuque Brasil, na cidade de São Luís.

Aproveita ainda para informar aos clientes que adquiriram antecipadamente seus ingressos, que a devolução em dinheiro será efetuada a partir de amanhã, sexta-feira, dia 12 de fevereiro, a partir das 15h no mesmo ponto de venda que efetuou a sua compra.

Reunião
Foto 1 - reuniao_ministerio_defesa

Nesta quinta-feira (11), logo após o feriado prolongado do Carnaval, o governador do Maranhão, Flávio Dino,e seu vice, Carlos Brandão, cumpriram extensa agenda de encontros com ministros do governo Dilma Rousseff em Brasília. Logo no início do dia, o governador foi recebido em audiência pelo ministro da Defesa, Aldo Rebelo, acompanhado nessa agenda dos deputados federais Rubens Pereira Jr. (PCdoB) e José Reinaldo (PSB).

Na conversa com Aldo, o governador Flávio Dino destacou dois pontos: a instalação da 2ª Esquadra da Marinha no Maranhão e a criação de uma unidade do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) no estado. No caso da esquadra, o ministro Aldo revelou que já houve a definição pela instalação da base no Maranhão por parte da área técnica da Marinha. Sobre a instalação de uma unidade de extensão dos estudos acadêmicos do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), governador e ministro também trataram de investimentos necessários para seu funcionamento. E destacaram a relevância que tal unidade terá, em associação com a Base de Lançamento de Alcântara, para um projeto de desenvolvimento da política aeroespacial brasileira e da economia do estado.

Show

IMG-20160210-WA0029

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT), prestigiou na última quarta-feira (10), o evento cristão “Ora São Luís”, na Praça Maria Aragão, promovido pela Prefeitura de São Luís. Ao lado do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, da primeira dama Camila Holanda e de sua esposa Lorena Macedo, o parlamentar pedetista viu mais de 10 mil fiéis se reunirem para cantar, louvar e adorar ao Senhor, em um grande momento de adoração e fé.

O show Ora São Luís lotou a Praça Maria Aragão com grandes atrações nacionais e locais da cena gospel. Os milhares de cristão curtiram, vibraram e louvaram ao som de Bruna Karla, Maurício Paes, Som e Louvor, Juliano Son com a Banda Livres para Adorar, Jacymário, Francivaldo Borges, Claudine Aguiar, Missionário Rafael Garcia, Forró de Crente e Marcados pela Promessa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Morros realiza o maior carnaval da região

image

A temporada carnavalesca do Maranhão foi marcante na cidade de Morros, onde foliões de todo o Brasil se fizeram presentes, desde o pré-carnaval até a terça-feira de carnaval, com a promessa de voltar no próximo ano, pelo que presenciaram e viveram nestes dias.

A Prefeita Francisca Silvana animou a festa com uma programação que envolveu tantos artistas locais: Swing Tribauê, Herton Rá, Coisa Nossa, como bandas de renome: Swing de Guetho, Bahamas, Serginho e a Rapaziada, Cocha Bamba, Bicho Terra, Máquina de Descarcar’alho e Tony Charles, bandas que vieram de outras plagas do nosso querido Brasil.

A maranhensidade teve seu ponto alto com os grupos locais, onde num desfile apoteótico, passaram os blocos alternativos: As Pererecas, Som de elite, Mizerês, Soca, Jeguerê, Mica Regue Total, Turma do Biroca, Você é um de Nós, Nós Tudin, a Nova Escola de Samba de Morros e outras da Região do Munim, estas mais tradicionais, fazendo a alegria das crianças e dos foliões adultos.

Tudo aconteceu no clima de muita segurança, garantida com a presença de um ostensivo da Polícia Militar, com o comando do Major Zadock, do Capitāo Gomes e seguranças locais que garantiram a paz de todo evento.

As Secretarias de Saúde, Meio Ambiente, Educação, Comunicação, Obras e Assistência Social, montaram seus QGs, tendo os olhos voltados para a Secretaria de Cultura e Turismo, na administração do secretario Léo. Todos estavam envolvidos para as necessidades que exigiam a programação carnavalesca e de todos os foliões. O povo de Morros sorrio e brincou com a crise, ao se fazer presente, para deliciar-se com os artistas e nossa culinária.

A Prefeita Francisca Silvana e toda sua equipe, apesar da crise, mostra muita competência no trato com a coisa pública, pois vem mantendo o município de Morros com infra-estrutura que exige o seus munícipes e com seus compromissos em dia. Morros hoje sorri de felicidade, por ter cumprido mais uma exigência sócio-cultural do seu povo, de forma tāo brilhante, como foi este carnaval.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Procon realiza ações para identificar táxis irregulares em São Luís

A ação faz parte da Operação Angélica, colocada em prática pelo Procon/MA, desde o dia 2 deste mês, com o objetivo de aprimorar o serviço de táxi na capital maranhense.

Foto 1 - PROCON MA realiza ações para identificar táxis irregulares em São Luís

Cooperativas, sindicatos e postos de táxi de São Luís foram notificadas, nesta quinta-feira (11), a apresentarem ao Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/MA) a relação completa dos taxistas credenciados, além das placas, números da permissão e informações dos veículos que utilizam em seu trabalho e os postos em que operam.

A ação faz parte da Operação Angélica, colocada em prática pelo Procon/MA, desde o dia 2 deste mês, com o objetivo de aprimorar o serviço de táxi na capital maranhense. A relação completa e a documentação dos taxistas associados e cooperados deverão ser entregues em um prazo de 10 dias, a contar desta quinta-feira, sob pena das sanções cabíveis e risco de incorrer em desobediência, conforme o Artigo 330 do Código Penal.

Segundo o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, o objetivo da ação é averiguar a quantidade real de motoristas de táxi em situação irregular, com base em denúncias dos próprios taxistas.

“Com os dados em mãos, poderemos iniciar as fiscalizações para assegurar a regularização de todos os taxistas em São Luís. Ganha a categoria, que passa a concorrer em situação de igualdade, e ganha o cidadão, que passa a ter um serviço dentro das normas estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor”, explica o presidente.

Operação Angélica
A Operação Angélica irá monitorar o serviço de táxi realizado em São Luís. O Procon/MA recebeu várias denúncias dos consumidores e fiscalizará o uso do taxímetro, a documentação de veículos e motoristas e possíveis cobranças abusivas em relação ao preço da tarifa.

Em reunião ocorrida no dia 2 de fevereiro entre gestores e técnicos do Procon/MA e representantes das cooperativas, sindicatos e postos de táxi, o órgão deu os primeiros passos da operação. Durante o I Diálogo com os Fornecedores do Serviço de Táxi de São Luís, os taxistas cobraram maior fiscalização quanto aos documentos de veículos e motoristas.

O Procon/MA, por sua vez, relatou as denúncias recebidas por ausência de taxímetro, preço abusivo e recusa de corridas. A partir da Operação Angélica, o órgão espera conciliar os interesses de consumidores e taxistas para melhorar a qualidade do serviço na capital.

Direitos
Apesar do Artigo 8° da Lei Federal n° 12.468/2011, que regulamenta a profissão de taxista, determinar o uso de taxímetro em cidades com mais de 50 mil habitantes, a legislação municipal autoriza o uso do chamado serviço especial. Isso significa que cooperativas e trabalhadores autônomos podem cobrar corridas com base em tabelas de preço fixo.

O serviço especial só é permitido para corridas que tenham como ponto de partida o aeroporto, o terminal rodoviário e os portos de São Luís. Contudo, ao entrar no táxi, o consumidor tem direito de optar pelo uso da tabela ou pelo taxímetro.

Em relação à recusa de corridas, o Código Civil resguarda ao taxista o direito de recusar fazer o transporte somente em casos onde a conduta do passageiro coloque a vida do taxista em risco ou ameace a integridade do veículo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Saúde

Chega a 150 casos de bebê com microcefalia no MA

Dos casos apresentados, 47 mães tiveram sintomas do Zika Vírus em algum período da gestação.

20160127092249101485u
A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informa que, até esta quinta-feira (11), no Maranhão, de acordo com o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc), já foram notificados 150 casos de bebês com microcefalia em 59 municípios. Dos casos apresentados, 47 mães tiveram sintomas do Zika Vírus em algum período da gestação.

Os casos ocorreram nos municípios de Açailândia (1), Aldeia Altas (1), Amarante do Maranhão (1), Apicum-Açu (4), Axixá (1), Barra do Corda (3), Bom Lugar (1), Balsas (3), Buriticupu (8), Buritinara (1), Campestre (2), Carolina (1), Caxias (1), Chapadinha (1), Codó (1), Coroatá (3), Cururupu (1), Davinópolis (1), Dom Pedro (2), Esperantinópolis (1), Fortuna (1), Governador Edson Lobão (1), Governador Nunes Freire (1), Grajaú (2), Humberto de Campos (1), Imperatriz (8), João Lisboa (1), Lajeado Novo (1).

Lagoa Grande (1), Lima Campos (1), Loreto (2), Mata Roma (2), Miranda (1), Paço do Lumiar (3), Paraibano (3), Pinheiro (1), Pedreiras (1), Pio XII (1), Presidente Dutra (2), Porto Franco (2), Presidente Vargas (1), Rosário (1), Santa Inês (4), Santa Rita (1), Santa Luzia (3), Santo Amaro (1), Santo Antônio dos Lopes (1), São Domingos do Azeitão (1), São Francisco do Brejão (1), São João dos Patos (2), São José de Ribamar (5), São Luís (44), Senador La Roque (2), Timon (2), Timbira (1), Trizidela do Vale (2), Turiaçu (2), Urbano Santos (1) e Viana (1).

Dentre os casos apresentados, um óbito ocorreu em São José de Ribamar em 2015.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.