Poder

Prefeitura de Buriticupu vai gastar R$ 1,5 milhão em materiais permanentes

A farra com o dinheiro público continua em Buriticupu. No último dia 5, o município despendeu R$ 1.516.275,22 (um milhão, quinhentos e dezesseis mil, duzentos e setenta e cinco reais, e vinte e dois centavos) só com materiais permanentes.

Detalhe, a prestação de serviço deve atender somente à Secretaria Municipal de Saúde. A parceria milionária foi firmada com a empresa Med Hospitalar, de São Luís. O contrato suspeito vigora até o dia 31 de dezembro.

A prefeitura de Buriticupu é administrada pelo prefeito José Gomes Rodrigues, que é candidato à reeleição.

Buriticupu

a


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Buriticupu vai pagar R$ 1,5 milhão em obras de quadras poliesportivas

A Prefeitura de Buriticupu contratou a empresa Andreia & Andrean Ltda -EPP, que tem como nome fantasia Raimundo Construções, para construir quadras poliesportivas em escolas com cifras milionárias.

O contrato que possui vigência de 7 meses foi orçado em R$ 1.509.945,10 milhão, segundo consta no Diário Oficial do Maranhão.

O valor alto chama a atenção e o Ministério Público deverá fiscalizar o processo licitatório que resultou nessa contratação.

Buriticupu

Buriticupu1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Promotoria alerta prefeitos sobre propaganda eleitoral irregular

mpmahor1505

O promotor de justiça titular da 95ª Zona Eleitoral, Peterson Armando Azevedo de Abreu, expediu, no último dia 1º de julho, uma Recomendação aos agentes públicos dos municípios Buriticupu e de Bom Jesus das Selvas, sobre condutas proibidas durante o período de eleição.

Baseada na legislação eleitoral, a Recomendação alerta os agentes para se absterem de ceder ou utilizar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, móveis ou imóveis pertencentes ao Poder Público, exceto quando forem realizadas convenções partidárias. Também não devem ser utilizados materiais ou serviços custeados pelos governos ou casas legislativas, que excedam o permitido pelos regimentos dos órgãos.

Pela lei, é igualmente proibido ceder servidor público ou empregado da administração federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou empregado estiver licenciado.

Os agentes não devem fazer ou permitir o uso promocional em favor de candidato, partido político ou coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social, custeados ou subvencionados pelo Poder Público.

Até a posse dos eleitos é vedado, ainda, nomear, contratar, admitir ou demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e remover, transferir ou exonerar servidor público, com exceção das condições previstas em lei.

No período, os agentes públicos devem, ainda, se abster de realizar transferência voluntária de recursos da União aos Estados e Municípios, e dos Estados aos Municípios, ressalvados os recursos destinados previamente para execução de obras ou serviço em andamento e os destinados a atender situações de emergência e de calamidade pública.

Também não devem autorizar publicidade institucional dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos federais, estaduais ou municipais, ou das respectivas entidades da administração indireta, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública, reconhecida pela Justiça Eleitoral.

Estão igualmente impedidos de fazer pronunciamento em cadeia de rádio e televisão, fora do horário eleitoral gratuito, salvo quando, a critério da Justiça Eleitoral, tratar-se de matéria urgente, relevante e característica das funções de governo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Denasus detecta falhas do Samu de Buriticupu

O Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS) verificou o funcionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) do Município de Buriticupu, no exercício de 2014,  e identificou não conformidades que contrariam a legislação pertinente.

2

Dentre as desconformidades, foram detectadas o não funcionamento do sinalizador óptico e acústico; inexistência do kit catástrofe na Unidade de Suporte Avançado e do rádio de comunicação móvel; não funcionamento do rádio de comunicação fixo; desatualização cadastral e inexistência de vínculo empregatício por meio de concurso público dos profissionais das equipes do SAMU.

A equipe também detectou o local inadequado para lavagem e desinfecção das ambulâncias e ambientes físicos necessitando de correções, a fim de proporcionar mais conforto aos profissionais. A auditoria também verificou que as unidades móveis do SAMU de Buriticupu não foram incorporadas ao Patrimônio Municipal e não dispõe de seguro contra sinistro, assim como, não existem fichas individuais das viaturas, com controle de manutenção preventiva, de quilometragem e de combustível.

Ainda de acordo com o Relatório do DENASUS,  a Contrapartida Municipal do exercício de 2014 não foi comprovada na sua totalidade. Também não foram apresentadas justificativas pela Secretaria Municipal de Saúde e Coordenação Geral do SAMU, sendo emitidas recomendações para cada justificativa não conforme, que deverão ser implementadas, de acordo com as diretrizes emanadas pela Política de Urgência e Emergência.

1

3


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Buriticupu vai gastar mais de R$ 1,7 milhão em combustíveis e lubrificantes

DSCF8348

Prefeito José Gomes

O Município de Buriticupu, administrado pelo prefeito José Gomes Rodrigues, vai gastar a vultosa quantia de R$ 1.775.145,00 (hum milhão, setecentos e setenta e cinco mil e cento e quarenta e cinco reais) com combustíveis e lubrificantes, no ano de 2016.

Para a prestação de serviço, foram celebrados, no dia 4 de fevereiro deste ano, quatro contratos com a empresa E. N. Soares e Cia, situada no próprio Município de Buriticupu.

O fornecimento de combustíveis e lubrificantes deve atender às necessidades das secretarias municipais de: Administração (R$ 410.100,00), Educação (R$ 872.460,00), Saúde (R$ 403.695,00) e Assistência Social (R$ 88.890,00).

Foram os titulares das pastas privilegiadas que assinaram os respectivos contratos: Maria José da Silva e Silva (Administração), Betel Santana Rodrigues (Educação), Elias Rocha de Sousa (Saúde) e Joelda Torres Medeiros (Assistência Social).

Confira a publicação extraída do Diário Oficial do Maranhão:

a

buri


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Quase R$ 3 milhões serão gastos com limpeza pública em Buriticupu

Prefeito-José-Gomes-Rodrigues-200x300

Prefeito José Gomes

A sujeira no Município de Buriticupu é tamanha, que vão ser desperdiçados R$ 2.999.150,00 (dois milhões, novecentos e noventa e nove mil, cento e cinquenta reais) só com os serviços de limpeza pública, o exercício 2016. Pelo menos é o que aponta o extrato do contrato publicado no Diário Oficial do Maranhão.

O valor descomunal vai ser custeado com recursos próprios de Buriticupu. A prestação de serviço deve  atender a sede do Município e três povoados: Buritizinho, Sagrima e Segundo Núcleo. A empresa que faturou a licitação foi a Almeida Limpeza e Locações, de Timon.

O acordo foi firmado no dia 19 de janeiro de 2016, e tem vigência de 11 meses. Quem assinou o contrato foi a secretária Municipal de Administração, Maria José da Silva e Silva. O Município de Buriticupu é administrado pelo prefeito José Gomes Rodrigues.

buriticupu

B


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Buriticupu contrata empresa por mais de R$ 1,5 milhão para serviços de locação de veículos

Prefeito-Zé-Gomes-282x300

Prefeito José Gomes

Seria bom se o Ministério Público do Maranhão averiguasse os contratos firmados, esse ano, entre o Município de Buriticupu e a empresa S. A. S. Barbosa. Apenas com locação de veículos, a parceria suspeita já despendeu a elevada quantia de R$ 3.837.132,00 (três milhões, oitocentos e trinta e sete mil e cento e trinta e dois reais).

No dia 19 de abril deste ano, a prefeitura celebrou dois contratos com a empresa citada, totalizando o valor de R$ 1.576.665,00 (hum milhão, quinhentos e setenta e seis mil e seiscentos e sessenta e cinco reais).

De acordo com os extratos dos contratos, a prestação de serviços de locação de veículos automotores deve atender as diversas secretarias municipais. No entanto, aparecem como partes do acordo: as secretarias de Educação (R$ 889.110,00) e de Saúde (R$ 687.555,00). Mas, quem assina os dois contratos é a secretária Betel Santana Rodrigues, titular da pasta de Educação.

Vale ressaltar que no mês de março, a Secretaria de Educação havia contratado a empresa S.A.S. Barbosa com o objetivo de locação de veículos para o transporte escolar no ano de 2016 (Reveja), pela exorbitante quantia de R$ 2.260.467,00 (dois milhões, duzentos e sessenta mil e quatrocentos e sessenta e sete reais).

Todos os contratos foram custeados com recursos próprios. Em apenas dois meses, a empresa faturou quase R$ 4 milhões do  Município de Buriticupu, que é administrado pelo prefeito José Gomes Rodrigues. Confira:

1

bu


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Buriticupu vai pagar R$ 2,2 milhões com transporte escolar

Zé-Gomes-com-faixa-CARIMBADA12

Prefeito José Gomes Rodrigues

O município de Buriticupu, comandado pelo prefeito José Gomes Rodrigues, vai torrar a vultosa quantia de R$ 2.260.467,00, só com a locação de veículos para o transporte escolar do ano de 2016.

O montante deve satisfazer os caprichos da secretaria de Educação.

A empresa felizarda que vai abocanhar essa bolada é a S.A.S Barbosa. A extravagância vai ser custeada com recursos próprios do Município.  O contrato foi assinado pelo secretário municipal de Educação, Betel Santana Rodrigues, no dia 11 de março deste ano.

Confira o extrato do contrato pulicado no Diário Oficial do Maranhão:

buriticupu

buriticupu1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia apreende 320 kg de maconha em Buriticupu

A Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), apreendeu, na última quinta-eia (07), 320 kg de maconha, na cidade de Buriticupu.

Segundo a Senarc, é a maior apreensão de drogas feita esse ano no Maranhão. O grupo preso durante a ação policial será apresentado hoje (08) na sede do órgão.

Todos os criminosos responderão processo por tráfico de drogas.

1_foto_1_senarc_divulgacao_ssp_07_04_2016_policia_civil_apreende_em_operacoes_138_tabletes_de_maconha_crack_e_pinos_de_cocaina__a_droga_esta_avaliada_em_cerca_de_mais_de_300_mil_reais_1-258942


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Eletrodomésticos e móveis vão custar quase R$ 5 milhões para os cofres de Buriticupu

jose gomes blog

Prefeito de Buriticupu, José Gomes Rodrigues.

O fácil acesso ao dinheiro público permite aos gestores desse recurso a cometer muitas irregularidades em contratos e processos licitatórios e desperdício de verbas.

E um exemplo dessa farra de dinheiro público é o contrato milionário celebrado entre a Prefeitura de Buriticupu e as empresas J.R.P. Silva Eletrodomésticos e a MC. WC. Movéis Ltda – EPP. O objetivo do acordo contratual é o fornecimento de eletrodomésticos e móveis para as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social.

Esses produtos custarão aos cofres públicos de Buriticupu cerca de R$ 4.965.694,00 milhões. A empresa J.R.P. Silva Eletrodomésticos receberá somente da Educação cifras no valor de R$ 2.664.615,00 milhões. Já a MC. WC. Movéis lucrará da Saúde de Assistência Social o montante de R$ 2.301.079,00 milhões, durante o ano de 2016.

São repasses altíssimos que deveriam ser empregados em escolas, hospitais e infraestrutura da cidade, que estão precários.

buriticupu

buriticupu2

buriticupu3


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.