Categorias

Tribunal bloqueia bens da Happy Day por aplicar golpes em São Luís

O Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJMA) bloqueou bens da empresa de festas infantis ‘Happy Day’, suspeita de aplicar golpes em ao menos 150 clientes em São Luís. A proprietária Paula Tereza Coelho Rocha também teve os bens bloqueados.

A decisão acolheu o pedido feito na Ação Civil Pública protocolada pelo Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (PROCON/MA).

O valor estimado do prejuízo causado pela empresa aos consumidores, que possuíam contratos para realização de festas com o buffet, foi em torno de R$ 400 mil (quatrocentos mil reais).

“Logo após tomarmos ciência do ocorrido, agimos prontamente e protocolamos a Ação Civil Pública para que os prejuízos causados aos consumidores fossem reparados de forma imediata”, explicou o presidente em exercício do PROCON/MA, Ricardo Cruz.

Além do bloqueio das contas bancárias da empresária, com base na Ação do PROCON, o TJMA determinou que o Departamento de Trânsito do Maranhão (DETRAN/MA) e aos Cartórios de Registro de Imóveis dos Termos Judiciários da Comarca da Ilha de São Luís registrem a indisponibilidade nos veículos e nos bens imóveis da empresa.

Os clientes lesados explicam que a dona da empresa, Paula Coelho, teria aplicado golpe na dona da estrutura. A empresa havia sido arrendada para em 2020 e, há um ano, ela também não paga o valor estipulado do contrato, cerca de R$ 5 mil.

A corretora de imóveis que locou o ponto onde está localizada a sede da empresa afirmou que, em novembro, o contrato do aluguel já havia sido encerrado. Mesmo assim, Paula vendeu pacotes promocionais de festa.

O que diz a empresa

Em nota, a empresa Happy Day disse que já vinha passando por sérios problemas financeiros e chegou ao ponto de não conseguir honrar seus compromissos com clientes. A empresa disse que está empenhada a ressarcir todos os clientes que tiveram eventos cancelados e que, inclusive, está tentando fazer empréstimos bancários para isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *