Mundo

São Luís entre as 15 cidades mais violentas do mundo; veja lista completa

Revista Fórum

Imagem do ultimo ataque de bandidos na capital

Imagem do ultimo ataque de bandidos na capital

Em 2012 eram 14 cidades; no ano de 2013, 15. Em 2014, o relatório anual da ONG mexicana Conselho Cidadão Para a Segurança Pública e Justiça Penal adicionou mais um município brasileiro ao ranking de 50 cidades com maior índice de homicídios do mundo.

A maioria das “mais violentas” está no continente americano (46 cidades), e na América Latina, em particular (41). Os países latino-americanos com maior problema de violência são Honduras, Venezuela, Guatemala, El Salvador, México e Brasil.

Com uma taxa de 187 homicídios a cada 100 mil habitantes, a cidade hondurenha de San Pedro Sula ocupou pelo terceiro ano consecutivo a liderança do ranking. O segundo lugar fica com Caracas, capital da Venezuela, e, em terceiro, Acapulco, no México, com taxas de 134 e 113, respectivamente, a cada 100 mil habitantes.

Saíram da lista as seguintes cidades que figuravam na lista de 2012: Brasília e Curitiba, no Brasil; Barranquilla, na Colômbia; Oakland nos EUA e Monterrey no México. Todas estas tiveram taxas inferiores ao 50° colocado, Valencia, na Venezuela

As 16 cidades brasileiras que estão na lista são:

LUGAR       CIUDAD                 PAÍS                 TASA

1            San Pedro Sula        Honduras             187.14

2            Caracas                   Venezuela            134.36

3            Acapulco                  México                 112.80

4            Cali                         Colombia              83.20

5            Maceió                    Brasil                    79.76

6            Distrito Central        Honduras             79.42

7            Fortaleza                 Brasil                   72.81

8           Guatemala               Guatemala           68.40

9           João Pessoa             Brasil                    66.92

10         Barquisimeto            Venezuela             64.72

11         Palmira                    Colombia              60.86

12         Natal                        Brasil                    57.62

13         Salvador (y RMS)     Brasil                    57.51

14         Vitoria                      Brasil                    57.39

15         São Luís                   Brasil                    57.04

16         Culiacán                   México                  54.57

17         Ciudad Guayana       Venezuela             54.27

18         Torreón                    México                  54.24

19         Kingston                  Jamaica                 52.83

20         Ciudad del Cabo      Sudáfrica                50.94

21         Chihuahua               México                   50.12

22         Victoria                   México                    49.22

23         Belém                     Brasil                      48.23

24         Detroit                    Estados Unidos        46.99

25        Campina Grande      Brasil                      46.00

26        Nueva Orleans         Estados Unidos        45.08

27        San Salvador           El Salvador              44.74

28        Goiânia                    Brasil                      44.56

29        Cuiabá                     Brasil                      43.95

30        Nuevo Laredo           México                   42.90

31        Manaus                    Brasil                      42.53

32       Santa Marta              Colombia                42.44

33       Cúcuta                     Colombia                 42.22

34       Pereira                     Colombia                 39.81

35       Medellín                    Colombia                 38.06

36       Baltimore                 Estados Unidos          37.77

37       Juárez                      México                      37.59

38       San Juan                  Puerto Rico               37.40

39       Recife                      Brasil                        36.82

40       Macapá                    Brasil                        36.59

41    Nelson Mandela Bay    Sudáfrica                  35.76

42       Maracaibo                Venezuela                35.44

43       Cuernavaca             México                     34.91

44       Belo Horizonte         Brasil                       34.73

45       San Luis                  Estados Unidos          34.14

46       Aracaju                   Brasil                        33.36

47       Tijuana                   México                      32.50

48       Durban                   Sudáfrica                  32.42

49       Puerto Príncipe        Haití                        30.05

50       Valencia                  Venezuela                30.04


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

TCE condena vários gestores; veja

TCE

Na sessão desta quarta-feira, o TCE também julgou irregulares as prestações de contas dos ex-prefeitos Sebastião Lopes Monteiro (, Apicum Açu, contas de Governo, com multa de R$ 30 mil e referente ao exercício financeiro de 2009) e Antônio Rodrigues Pinho (Presidente Medice, Administração Direta, com multa de R$ 16 mil e referente ao exercício financeiro de 2007; Fundo Municipal de Assistência Social, com multa de R$ 4 mil, ano de 2007; Fundeb, com multa de R$ 8 mil e também referente ao exercício financeiro de 2007).

Com relação ao Poder Legislativo Municipal, tiveram as prestações de contas julgadas irregulares os ex-presidentes de Câmaras, Sebastião Rocha dos Santos (São João do Paraíso, exercício financeiro de 2009, com multas de R$ 18 mil e R$ 10 mil e débito de 1 mil) e Geraldo Amélio Rodrigues Filho (Urbano Santos, exercício financeiro de 2009, com multas de R$ 13 mil e R$ 5 mil e débito de R$ 184 mil).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Uruguai aprova legalização do cultivo e venda da maconha

maconha11

O Uruguai tornou-se nesta terça-feira o primeiro país do mundo a legalizar a produção, a distribuição e venda de maconha sob controle do Estado.

O projeto foi aprovado após 11 horas de discussão no Senado, após ter passado pela Câmara. A sanção do presidente José Pepe Mujica é tida como certa.

Segundo o governo, o objetivo da lei é tirar poder do narcotráfico e reduzir a dependência dos uruguaios de drogas mais pesadas.

A lei foi atacada pela oposição. O líder colorado Pedro Bordaberry disse que ‘não se pode fazer experimento com isso, são coisas muito sérias’.

Já o senador governista Ernesto Agazzi defendeu o projeto e foi irônico ao falar da estratégia de combate às drogas em vigor no mundo.

‘Não sei se a guerra às drogas fracassou. Para alguns ela tem funcionado muito bem, alguns têm ganhado muito dinheiro’, disse.

Mas como vai funcionar essa nova lei? Abaixo a BBC responde a várias perguntas para ajudar o leitor a entender como vai funcionar a liberação da maconha no Uruguai. (G1)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Facebook testa sua própria versão dos Trending Topics, consagrados pelo Twitter

Depois de introduzir contas verificadas para marcas e famosos e hashtags, que ajudam a descobrir conversas em torno de um mesmo assunto, o Facebook começou a testar, nesta quarta (7), mais um recurso popular do Twitter: o Trending Topics.twitter

A lista de assuntos mais comentados na rede social está disponível para uma pequena parcela de usuários americanos que utilizam a versão móvel do site (m.facebook.com ), segundo confirmou um representante da companhia ao “Mashable”.

Os “Trending Topics” do Facebook podem ser encontrados agrupados no feed de notícias. Ao clicar em dos tópicos, o usuário é levado a uma página que reúne publicações de amigos ou desconhecidos que estejam mencionando esse assunto.

A iniciativa indica que a rede social de Mark Zuckerberg não está apenas se concentrando na missão de conectar pessoas, mas priorizando também discussões em tempo real, como no Twitter.

Folha

Ao “AllThingsD”, o executivo do Facebook Justin Osofsky afirmou que muitas pessoas já recorrem à rede social para falar de política, programas de TV ou celebridades. Por isso, o novo recurso ajudará o site a “trazer à tona conversas sobre interesses compartilhados”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Novo Papa é da Argentina

Da Folha

O cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, 76, arcebispo de Buenos Aires, é o primeiro papa latino-americano da história. É também a primeira vez que o cargo é entregue a um membro da Sociedade de Jesus.

Ele obteve ao menos 77 votos dos 155 cardeais de todo o mundo que participam desde terça-feira (12) do conclave, na Capela Sistina.

Conforme a tradição, o resultado foi anunciado por meio da emissão de uma fumaça artificialmente colorida de branco, pela chaminé da Capela Sistina. Nos dias anteriores, quando os escrutínios terminaram sem um consenso, a fumaça expelida era de coloração preta. O resultado foi confirmado pelo som dos sinos da Basílica de São Pedro.

No cargo, ele sucede Bento 16, que renunciou no dia 11 de fevereiro, em uma atitude inédita em quase 600 anos.

Na Argentina, Bergoglio é conhecido pelo conservadorismo e pela batalha contra o kirchnerismo. O prelado também é reconhecido por ser um intenso defensor da ajuda aos pobres. O argentino costuma apoiar programas sociais e desafiar publicamente políticas de livre mercado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Morre Hugo Chavéz presidente da Venezuela

O Globo

Presente na vida política da Venezuela há pelo menos 20 anos, o tenente-coronel da reserva Hugo Rafael Chávez Frias atraiu ódio e amor da população na mesma medida. Foto: Reprodução

Presente na vida política da Venezuela há pelo menos 20 anos, o tenente-coronel da reserva Hugo Rafael Chávez Frias atraiu ódio e amor da população na mesma medida. Foto: Reprodução

Pouco mais de dois meses depois de se submeter à quarta cirurgia em 20 meses para combater um câncer na região pélvica, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez morreu nesta terça-feira, em Caracas, aos 58 anos, às 16h25m (horário local). Ele havia regressado há pouco mais de duas semanas de Havana, onde permanecia internado desde a operação, mas não foi visto em público. As únicas imagens do presidente foram divulgadas há duas semanas, em fotos ao lado das filhas. O anúncio foi feito pelo vice-presidente, Nicolás Maduro, em cadeia nacional de TV e rádio no hospital militar em Caracas onde o presidente venezuelano estava internado. Nas próximas horas o governo anunciará os detalhes do funeral do presidente.

– Chávez deixa como herança uma pátria livre e independente. Temos que crescer nesta dor. Comandante Chávez, obrigado por tudo o que fez por este povo. Pedimos que nossa dor seja canalizada em paz, com tranquilidade. Convocamos todos os venezuelanos a ser vigilantes da paz, do respeito, da tranquilidade desta pátria. Transmitimos a seus familiares e a todo povo nossa dor nesta tragédia histórica – afirmou Maduro.

Emocionado, Maduro chorou durante o pronunciamento.

– Os que morrem pela vida não podem ser chamados de mortos. Honra e glória para Chávez, que viva para sempre.
Minutos após o anúncio do vice, o almirante Diego Molera, ministro da Defesa as Forças Armadas, emitiu um comunicado em rede nacional. Mollero fez um chamado à unidade nacional e reafirmou que as Forças Armadas estão a postos para garantir a soberania de todos os venezuelanos e fazer cumprir a ordem constitucional.
– As Forças Armadas estão unidas para fazer cumprir os preceitos da Constituição e a vontade de Chávez – disse. – Maduro e Cabello: contem com as Forças Armadas.

María Virginia, uma das filhas do presidente e frequente usuária do Twitter (@maby80), comentou a morte do pai ao responder a um post do grupo da rap portorriquenho Calle 13 (@Calle13Oficial) lamentando o falecimento.
“Obrigado. Mil vezes obrigado. Abraço. À frente, sempre!”, escreveu María Virginia.

Reeleito em outubro para um quarto mandato de seis anos para o qual nem chegou a tomar posse, ele passou 14 anos no poder. A morte do presidente joga o país num cenário de incertezas, com dúvidas sobre a continuidade do chavismo e sobre a capacidade de união da oposição. Segundo a Constituição venezuelana, o governo é obrigado a convocar eleições em até 30 dias. O vice-presidente Nicolás Maduro, indicado por Chávez como seu candidato, assume interinamente durante o período.

Nomeado para o cargo em outubro passado – na Venezuela, o vice não é eleito, mas indicado pelo presidente -, Maduro permaneceu no posto sem ter seu mandato renovado com o início de um novo período constitucional em 10 de janeiro, quando Chávez tomaria posse, graças ao Tribunal Superior de Justiça (TSJ), que interpretou a Carta Magna de forma a garantir a continuidade do vice mesmo sem a ratificação presidencial. Se Maduro não estivesse no cargo, assumiria o outro homem forte do chavismo: o presidente da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello.

Chávez tentou se firmar como líder regional e exportou seu modelo. O receituário de governo personalista, centralizador, com retórica de combate à iniciativa privada e controle de meios de comunicação, mudanças constitucionais e investimentos em projetos sociais foi adotado em países como Bolívia e Equador, entre outros.

Mas se Chávez procurou expandir o chavismo, não se preocupou com a escolha de um sucessor. Somente quando não pôde mais ocultar os danos causados pelo câncer – sobre o qual nunca deu detalhes à população – o presidente escolheu Maduro, um ex-dirigente sindical, como herdeiro político. Há dúvidas se nomes fortes do Partido Socialista Unido da Venezuela, principalmente os das Forças Armadas, vão acatar a indicação de Chávez após sua morte.

Oposição e aliados na expectativa
Do outro lado, a tradicionalmente fragmentada oposição tem o desafio de consolidar sua unidade. Em outubro, a coalizão opositora teve seu melhor desempenho nas urnas nos anos chavistas com a candidatura de Henrique Capriles, que obteve o apoio de 6,5 milhões de eleitores (44% do total) com um discurso voltado para o futuro e evitando ataques diretos a Chávez.

Apesar dos resultados desta estratégia, após o pleito, opositores trocaram acusações nos bastidores sobre quem seria o responsável pela derrota, com queixas de que a campanha poderia ter adotado tom mais agressivo contra o presidente. A mesma dificuldade de unificar o discurso ocorreu durante as manobras chavistas em torno do que ocorreria no dia 10.
Capriles pode agora se firmar como líder da oposição. Reeleito para o governo de Miranda, numa campanha em que a oposição perdeu quatro dos sete estados que comandava, terá que apresentar um novo modelo de governo em meio à comoção pela morte do presidente.

No campo econômico, a saída de cena de Chávez é vista como oportunidade de mudanças. O país tem as maiores reservas comprovadas de petróleo no mundo, mas a gestão da estatal PDVSA, usada como fonte de recursos para programas sociais, teve como resultado a queda da produção e acabou minando o interesse dos investidores estrangeiros nesta área. A insegurança causada pelas estatizações e mudanças de regras também contribuíram para afastar investimentos na era Chávez.

O futuro da Venezuela traz expectativa e incerteza também para os aliados. Cuba e Nicarágua se beneficiaram de prática recorrente da política externa chavista: o envio de barris de petróleo a preço abaixo do mercado. A Venezuela assumiu o papel da antiga União Soviética como mecenas do castrismo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Toyota mostra novo Corolla no Salão de Detroit

Do G1, em Detroit (EUA) e São Paulo

Novo modelo do Corola.

Novo modelo do Corola.

Com grandes mudanças em relação à atual geração do Corolla, a Toyota revelou o conceito Furia, que será base para a nova geração do sedã, no Salão de Detroit, nos Estados Unidos. De acordo com a marca, o novo estilo buscou ser mais “dramático e expressivo” e o resultado é um visual bem agressivo, bem diferente dos atuais produtos da empresa. O protótipo é uma das surpresas do evento, que abre para o público no próximo dia 19 e vai até 27 de janeiro.

“O conceito Corolla Furia é um indicador próximo de onde nosso projeto de carro pode chegar no futuro”, disse Bill Fay, vice-presidente e gerente geral da Toyota. A fabricante divulgou que o carro foi construído em torno do tema “Iconic Dynamism”, ou dinamismo icônico, em português. O resultado é uma estética com muita mais esportividade e modernidade do que o Corolla atual, apresentando semelhanças com o Honda Civic, seu principal rival.

As rodas de alumínio do Toyota Furia são de 19 polegadas; as lanternas e os faróis possuem elementos de LED, com desenhos. O modelo possui pequeno aerofólio em sua traseira, que tornou-se bem curta. Elementos de fibra de carbono estão presentes nas rodas e saias laterais. Ainda sem revelar detalhes da mecânica e eletrônica empregados no Furia, a empresa divulgou suas dimensões, mostrando que o modelo cresceu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Vietnã: os 40 anos de uma foto histórica e o perdão de Kim

Pesquisa e colaboração de Milton Corrêa da Costa

Nesta sexta- feira , 08 de junho de 2012, uma foto histórica completou 40 anos. Mais do que isso, tal episódio, que representou os horrores da Guerra do Vietnã, trouxe um ensinamento: o poder incomensurável do perdão.

Era 08 de junho de 1972, durante a Guerra do Vietnã. A família de Kim Phuc tentou proteger-se num templo próximo quando ouviu o barulho dos aviões americanos. Mas o refúgio não foi suficiente contra as bombas de napalm que caíam do céu, e tudo explodiu em chamas.

Nick Ut, correspondente da agência de notícias Associated Press, tirou nesse momento a foto tristemente famosa que percorreu o mundo todo. Ali estava Kim, aos 9 anos, nua e em prantos, com grande parte do corpo coberta de queimaduras de terceiro grau. Apesar disso, a menina sobreviveu. Passou por 17 cirurgias e, depois de ser usada durante anos como símbolo da resistência do seu país, pediu asilo no Canadá. Mas o notável de sua história é que Kim perdoou o capitão John Plummer, oficial que ordenou o bombardeio de sua aldeia.

Em El don de arder [O dom de queimar], Kim conta à jornalista Ima Sanchís que, ao encontrar-se com o militar num evento, não o esbofeteou; preferiu abraçá-lo: “A guerra faz com que todos sejamos vítimas. Eu, quando menina, fui vítima, mas ele, que fazia o seu trabalho de soldado, também foi. Tenho dores físicas, mas ele tem dores emocionais, que são piores do que as minhas.”

Kim capitalizou suas antigas feridas de forma positiva. Hoje, viaja pelo mundo em campanha pela paz e é presidente da Fundação Kim Internacional, dedicada a dar assistência a vítimas de conflitos armados. Hoje tem 49 anos e vive no Canadá.

A LIÇÃO DE KIM

A lição de Kim mostra, sem dúvida, o pode infinito do perdão e da compaixão humana. Grandeza e virtude afetaS a poucos de nós, num mundo de guerras, prepotência, cobiças, violência e destruição. O belo exemplo de Kim mostra a riqueza interior de um ser humano. A maior de todas as riquezas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

ONU emite nota de pesar sobre morte de Décio Sá

A comissária dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) emitiu nota de pesar, nesta sexta-feira, 27, lamentando o assassinato do jornalista/blogueiro maranhense Décio Sá, ocorrido na última segunda-feira (23), na Avenida Litorânea, em São Luís. De acordo com a nota, a declaração feita pela comissária dos Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay.

O trecho a seguir foi enviado pelo seu porta-voz, Ruper Colville:

Décio Sá foi executado com seis tiros.

Décio Sá foi executado com seis tiros.

Estamos alarmados pela morte de mais um jornalista no Brasil, elevando para, pelo menos quatro, o número de jornalistas assassinados no país até agora. Décio Sá, um jornalista investigativo na política local, denunciava a corrupção e o crime organizado, foi morto a tiros em um bar em Segunda, 23 de Abril. Nós condenamos seu assassinato e estamos preocupados com o que parece ser uma tendência de assassinatos de jornalistas, o que prejudica o exercício da liberdade de expressão no Brasil.

Congratulamo-nos com o fato de que as autoridades estaduais se comprometeram a realizar uma investigação completa para este e outros casos semelhantes. Esperamos que esses casos sejam tratados como uma grande prioridade para que os autores não sejam encorajados pela falta de prestação de contas vigente para tais crimes. Ao mesmo tempo, instamos o governo a implementar, de imediato, medidas de protecção para evitar quaisquer outros incidentes do tipo.

Um projeto de lei apresentado ao Congresso, em 2011, ordenando as investigações da polícia em crimes contra os jornalistas sejam realizadas a nível Federal, seria um passo na direção certa. Esperamos que esta e outras medidas para proteger os jornalistas sejam adotadas como um assunto de urgência.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Jornal Argentino mostra caso de pistolagem que vitimou Décio Sá

O Clarín é um dos grandes jornais impressos, que também mantém um portal de notícias na Argentina, mostrou o caso de pistolagem que ocorrem no Maranhão. Há exemplo disso: o recente caso que vitimou o jornalista/blogueiro Décio Sá, na noite da última segunda-feira, 23, na Avenida Litorânea, em São Luís, quando um homem se aproximou e disparou seis vezes, acertando 3 tiros na cabeça e dois nas costas.

Hoje, a morte do jornalista é encarada pela sociedade e governo do Estado, a quem ele sempre serviu, como uma grande afronta a liberdade da imprensa e também ao grupo Sarney.

O que podemos observar não só na morte brutal do jornalista, como também nos inúmeros casos de execuções não só em São Luís, mas em todo o Maranhão. Leia abaixo a reportagem do Jornal argentino de grande repercussão:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.