Notícias

Júnior Marreca participa de encontro do Programa Trabalho Jovem

Jovens maranhenses de várias cidades do estado participaram, na segunda-feira (09), do 1º Encontro Estadual do Trabalho Jovem, projeto criado por meio da Lei nº 11.384/2020 e regulamentado pelo Decreto Estadual nº 36.486/2021, voltado para a geração direta de oportunidades a jovens maranhenses. Estímulo à inserção no mercado de trabalho, o programa teve a sua continuidade garantida pela Lei nº 11.867/2022, garantindo mais postos de estágio aos jovens maranhenses em 2023.

O evento contou com uma vasta programação para receber os jovens estagiários. Com a presença do governador Carlos Brandão, a cerimônia apresentou ainda a entrega do certificado de Estagiário-Destaque 2022, recebido pela ex-estagiária do programa,Raylane Mendonça.

Raylane foi estagiária na Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres)e, ao final do estágio, já cursando a universidade, será inserida ao quadro de servidores da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (Seinc). “Agradeço ao governador Carlos Brandão, ao secretário Júnior Marreca, à Setres, Seinc e toda equipe do Programa Trabalho Jovem por essa oportunidade incrível que mudou a minha vida e a vida de milhares de jovens. Esse reconhecimento é de toda a juventude maranhense”, enfatizou a jovem em seu discurso de agradecimento.

Nina Beatriz entrou no mercado de trabalho aos 18 anos, pelo Programa Trabalho Jovem. Estagiando em uma empresa da iniciativa privada, ela conta como foi o processo de adaptação à nova rotina e elogia a iniciativa do Governo do Estado.

“Minha experiência está sendo muito boa. No início eu fiquei receosa do pessoal não me receber bem ou, por ser uma empresa privada, as pessoas serem um pouco travadas,mas eu me surpreendi. As pessoas foram muito boas comigo, e não só comigo, mas sim com os outros estagiários que estão lá.A iniciativa do Governo em possibilitar o nosso ingresso ao mercado é louvável, uma ótima ideia. Acho que cada vez mais tem que haver políticas públicas para incentivar o acesso à primeira experiência de trabalho”, ressalta a jovem.

As unidades do empreendimento do Thiago Leite receberam estagiários do Programa Trabalho Jovem, em São Luís e Chapadinha. O empresário conta como a empolgação e a proatividade dos 7 estagiários do programacontribuem para o bom funcionamento da sua rede de academias. “Elesvêm sempre bem empolgados em querer aprender, em querer dar o máximo deles. O mais legal é que eles conseguem aliar essa capacidade de trazer oque eles estão aprendendo na faculdade com a necessidade que a gente tem de inovar nas empresas, de conseguir entregar um bom negócio aos clientes. Está sendo muito gratificante esse processo, assim como é gratificante ver eles tendo a primeira oportunidade no mercado. Sabemos o quanto este acesso tem sido difícil, então facilitar esse acesso fomenta também a capacitação e, no futuro, certamente o estado, o país terão profissionais bastante qualificados”, afirma o empresário.

“O Governador Carlos Brandão é obcecado por buscar empregos para desenvolver o Maranhão, porque ele sabe que isso é importante para a nossa sociedade e nossa economia. Quando estas oportunidades chegam para a juventude, nos faz mais otimistas em acreditar no crescimento do estado. Hoje, comemoramos porque estamos avançando. O Trabalho Jovem é um programa de continuidade e oportunidades”, disse o secretário de Estado da Indústria e Comércio, Júnior Marreca, em sua fala aos jovens presentes no evento.

Cumprimentando a todos os presentes, o governador Carlos Brandão enfatizou a importância do Programa Trabalho Jovem. Mesmo com algumas medidas de austeridade, o governador Carlos Brandão garantiu a manutenção e continuidade do programa. “Sei o quanto é importante ter oportunidade. Nossa meta é aumentar ainda mais as vagas do programa, temos fé de que essa crise vai passar e poderemos até dobrar a quantidade de jovens que serão contratados no ano que vem”, destacou o governador.

Somente em 2023, 2.500 jovens com idades entre 17 e 25 anos tiveram a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, por meio de cadastro no site trabalhojovem.ma.gov.br. Para a execução do programa, o Governo do Estado destinou, aproximadamente, R$ 15 milhões de reais. A distribuição das vagas tem ocorrido considerando as cidades que integram o Programa Mais IDH e as cidades onde foram declaradas situação de emergência por conta das chuvas, no começo do ano. Nas demais cidades, foi aplicada a regra da proporcionalidade.

Na primeira etapa, em junho, foram sorteados 1.000 jovens que assumiram vagas de estágio em órgãos públicos de 54 cidades maranhenses. No mês seguinte, mais 1.500 jovens foram convocados a assumir vagas em empresas da iniciativa privada, dos mais variados segmentos, em 52 municípios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *