Notícias

Eliziane Gama confirma ida para o PSD

Nas redes sociais, a senadora Eliziane Gama confirmou que deixou o Cidadania e para se filiar ao PSD, presidido pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. O anúncio ocorre às vésperas da eleição do Senado, que tem o presidente da casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disputando a reeleição.

“Saio do Cidadania agradecida a Roberto Freire, certa de que cumpri uma boa missão e fiz grandes amigos. A partir de hoje o PSD será minha casa. Agradeço os convites de Gilberto Kassab, Otto Alencar, Rodrigo Pacheco e o apoio do amigo [ministro da Justiça] Flávio Dino”, escreveu Gama.

Dias antes, a senadora Mara Gabrilli (SP) também aceitou o convite de Kassab e deixou o PSDB, partido ao qual foi filiada por 19 anos. Com Gabrilli e Eliziane, o PSD ultrapassa o PL e torna-se a maior bancada do Senado, agora com 15 cadeiras.

O movimento em busca de novos senadores também tenta ampliar os votos de Pacheco para a eleição do Senado, que ocorre amanhã. Seu principal adversário é o senador Rogério Marinho (PL-RN). Para ser eleito, o candidato precisa da maioria absoluta de votos, o que significa ter o apoio de 41 dos 81 senadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *