Notícias

Delegado da Polícia Civil é acusado de usar sistema da Segurança para intimidar ex-sócio

O delegado da Polícia Civil do Maranhão, Égiton Marques da Rocha, foi denunciado por usar o sistema da Segurança Pública (INFOSEG) para intimidade ex-sócio em São Luís.

Na última segunda-feira (18), Robson Santos registrou um Boletim de Ocorrência no Plantão Central do Cohatrac relatando ter sido vítima de ameaças e intimidações por parte da autoridade policial.

No documento, o denunciante alega que conheceu Égiton da Rocha em um curso de formação da Polícia Militar em 2021, que na época era capitão da PM.

Após estreitarem laços de amizade e saber que Robson trabalhava com compra e venda de veículos oriundos de leilão, Marques propôs uma sociedade, onde ele entraria com o investimento financeiro e a vítima ficaria responsável pela parte operacional e logística do negócio.

No depoimento, ele diz que o então capitão da PM transferiu a quantia de R$ 123 mil para sua conta após ter arrematado cinco veículos na Vip Leilões, pois segundo o acordo que tinham feito, o autor da denúncia ficaria com 40% dos lucros obtidos na operação e e Égiton com 60%.

Conforme a vítima detalhou, os veículos foram vendidos aos poucos e os lucros repassados à Rocha. Porém, o denunciado, que atualmente exerce a função de delegado de Polícia Civil, e sua esposa Mariana Dutra, foram até a residência de Robson para coagir e intimidar com objetivo de obrigá-lo a pagar uma suposta compensação de lucros que não teria sido.

O autor da denúncia garantiu que não liberou a entrada do casal em seu condomínio, que os dois deram “carteirada” e conseguiram subir até o seu apartamento, porém não adentram o interior do imóvel.

Após esse episódio, o delegado começou a enviar diversas mensagens via WhatsApp ameaçando pedir a prisão de Robson, caso ele não entregasse sua moto até às 9h do dia 19 de setembro como forma de pagamento.

As ameaças seguiram, segundo o autor da acusação, e Égiton enviou um print dos dados do ex-sócio retirados do Sistema de Segurança Pública (Infoseg) para intimidá-lo.

Atualmente, Égiton está lotado como titular na Delegacia Regional de Bacabal.

A reportagem tentou entrar em contato com o delegado, mas não teve sucesso. Caso, queira enviar um posicionamento, pode entrar em contato pelo WhatsApp 98 98756-1819 e pelo email: blogdoneto@live.com.

5 thoughts on “Delegado da Polícia Civil é acusado de usar sistema da Segurança para intimidar ex-sócio

  1. Esse delegado aí se acha muita coisa gosta mesmo de intimidade as pessoas com esse cargo que exerce se acha um Deus, mas é só um homem como outro qualquer!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *