Notícias

Após especulações, Dino descarta crise com Brandão: “temos uma relação sempre cordial”

O ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB), descartou qualquer crise na sua relação com o governador Carlos Brandão (PSB).

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (25), no Palácio dos Leões, o socialista garantiu que não há qualquer rusgas entre ele e o atual chefe do Executivo estadual.

Dino afirmou que os fatos estão acima das especulações e disse que tem uma relação muito cordial e de colaboração com Brandão.

“Temos que olhar os fatos que estão acima de especulações. Esse é o quarto evento que faço no Maranhão, os dois primeiros foram com o governador Brandão ao meu lado. Nós temos uma relação sempre cordial e de muita colaboração. O governador Brandão hoje lidera o estado e eu não interfiro nisso, eu não intervenho nisso porque acho que não existem dois, ou três, ou quatro governadores ao mesmo tempo. É um de cada vez. Eu fui governador e agora é a vez dele ser governador. Eu tenho uma tarefa nacional que eu procuro exercer com muita dedicação e intensidade. Então, quando o governador Brandão quer falar comigo ele me liga, ele me visita, e eu quando quero falar com ele, eu ligo ou visito ele. Agora, eu não interfiro nos assuntos do governo do estado, eu confio na equipe que ele montou e no trabalho que está sendo continuado”, argumentou.

Assista ao vídeo que foi publicado pelo Blog do John Cutrim:

2 thoughts on “Após especulações, Dino descarta crise com Brandão: “temos uma relação sempre cordial”

  1. O saudoso governador Luiz Rocha sempre dizia: “palavra de político, não dura 24 horas”.
    Para bom entendedor, meia palavra basta…

  2. Só vigarista. Corrupção.
    Como em Brasília. Aquele inferno.
    De qualquer forma, observe:
    O PT venera Adramaleque.
    O PT venera Belzebu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *