Política

Prefeito de Itapecuru-Mirim não paga funcionários há 2 meses

Na manhã desta quarta-feira (30), professores efetivos da cidade de Itapecuru-Mirim estão com salários atrasados.

Segundo informações enviados ao Blog do Neto Ferreira , o prefeito Magno Amorim não paga os funcionários há dois meses. Nem o décimo terceiro foi depositado na conta dos servidores.

Uma vergonha! Pois todos são pais de família e dependem da renda para sobreviver.

IMG-20151230-WA0012


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral / Maranhão

Creche de Itapecuru tem luz cortada por falta de pagamento

Na tarde desta segunda-feira (09), o fornecimento de energia elétrica da creche Tia Santinha, foi interrompido. Segundo informes, o corte foi motivado por falta de pagamento.

A creche fica localizada no bairro rodoviária, na Rodovia BR-222, na cidade de Itapecuru-Mirim, interior do Estado. A previsão do retorno do fornecimento da energia elétrica ainda está sem data marcada.

Homens da Cemar cortando a luz da creche escolar.

Homens da Cemar cortando a luz da creche escolar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Magno Amorim é acionado por prática de nepotismo

Magno Amorim, prefeito de Itapecuru

Magno Amorim, prefeito de Itapecuru

O prefeito de Itapecuru-Mirim, Magno Amorim, nomeou os irmãos Milton Amorim Filho, Marília Teresa Amorim e Milena Amorim para cargos na Secretaria Municipal de Governo e a irmã Isabel Amorim e o cunhado Wanderson Sousa Martins, para a Secretaria Municipal de Apoio às Comunidades.

O ato custou ao prefeito uma ação civil pública no Ministério Publico do Maranhão (MPMA), onde ele responderá pela acusação da prática de nepotismo, juntamente com seus quatro irmãos e o cunhado, que ocupavam, em 2013 e 2014, cargos comissionados na administração pública do Município.

Na ação, o MPMA pede a indisponibilidade dos bens do prefeito e ex-gestores e expedição de ofício às instituições financeiras oficiais do Estado para bloqueio de suas contas-correntes, contas poupanças ou aplicações e investimentos.

É solicitada ainda a condenação do prefeito, com a perda do mandato, suspensão dos direitos políticos por oito anos, proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de cinco anos e pagamento de multa civil no valor de 100 vezes da remuneração recebida pelo réu em agosto de 2015, nos termos da Lei de Improbidade Administrativa.

Quanto aos demais, ex-coordenadores e ex-assessores, o MPMA requer o ressarcimento integral dos valores percebidos nos exercícios financeiros de 2013 e 2014 e multa, suspensão dos direitos políticos por dez anos, proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de dez anos e pagamento de multa civil no valor de 100 vezes da remuneração dos réus em maio de 2014.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Prefeito exonera parentes após cometer nepotismo em Itapecuru

Prefeito Magno Amorim

Prefeito Magno Amorim

Acionado em 2014 pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), por atos de  improbidade administrativa contra a prefeitura de Itapecuru-Mirim, Magno Amorim tentou, naquela época, diminuir sua “culpa no cartório”, quando exonerou cinco parentes que trabalhavam na prefeitura do munícipio.

Milton Silva Amorim Filho, assessor na secretaria Municipal de Governo; Magella Isabel Siqueira Amorim, assessora na secretaria Municipal de Finanças; Marilia Teresa Siqueira Amorim, coordenadora de Assistência Social; Milena Cynthia Siqueira Amorim, coordenadora na secretaria de apoio a comunidade e Wanderson Sousa Martins, coordenador na secretaria Municipal de Governo.

Magno Amorim é acusado de desviar recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS), controlado pela Secretaria de Saúde do município. Além de realizar dispensas de licitação, feitas pela Secretaria de Saúde, que tinham como objetos locação de veículos, aquisição de combustíveis e compra de peças para veículos.

Aprovada em 21 de agosto de 2008, a lei que proíbe o nepotismo deve ser atribuída aos três poderes: união, estados e municípios. A prática de nepotismo pode resultar na perca do cargo e pagamento de multa pelo crime.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Cunhado de Magno Amorim, procurador-geral de Itapecuru continuará afastado do cargo

Magno Amorim

Magno Amorim

Uma ação proposta pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), em maio deste ano, contra o prefeito de Itapecuru-Mirim, Magno Amorim, e o procurador-geral do município, Euclides Figueiredo Correa Cabral, acusados da prática de nepotismo, afastou o procurador do cargo desde então.

Euclides recorreu da decisão, mas teve o pedido negado pelo Tribunal de Justiça (TJ), haja vista que o prefeito é casado com uma irmã do procurador-geral.
Na ação, o promotor de justiça Benedito Coroba, que respondia pela 1ª Promotoria de Itapecuru-Mirim à época, enfatiza que a irregularidade, no caso a nomeação para cargo público de parente por afinidade, viola a Constituição Federal e a Súmula Vinculante n°13 do Supremo Tribunal Federal.

O MPMA pediu que ao final do processo fosse declarada a nulidade do ato de nomeação de Euclides Figueredo Cabral, para o cargo de procurador-geral do Município de Itapecuru-Mirim, a perda dos valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, o ressarcimento integral dos valores percebidos, como procurador-geral do Município, nos exercícios financeiros de 2013, 2014 e 2015, além de outras penalidades previstas na Lei de Improbidade Administrativa.

Ao prefeito Magno Amorim foi solicitado a condenação de perda do cargo, a suspensão dos direitos políticos por oito anos, a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos, mais o pagamento de multa civil no valor de 100 vezes o valor da remuneração percebida pelo réu em abril de 2015 no cargo de prefeito de Itapecuru-Mirim.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Justiça bloqueia bens do prefeito de Itapecuru

Prefeito Magno Amorim

Prefeito Magno Amorim

A juíza da 1ª vara da comarca de Itapecuru Mirim, Dr. Laysa Paz, determinou a indisponibilidade de bens do prefeito da cidade, Magno Amorim. Além deste, o gestor também terá suas contas bancárias bloqueadas e aplicações financeiras.

Ao município de Itapecuru cabe apresentar, no prazo de dez dias, as informações acerca do processo de inexigibilidade de licitação nº 001/2013, firmado pelo réu e a empresa Vieira e Bezerra Ltda., fornecendo documentação, como contrato e notas de empenho, inclusive plano de mídia, se houver.

O processo ainda tem outras solicitações feitas pela juíza, como a expedição de ofícios à Delegacia da Receita Federal no Maranhão, solicitando cópia das Declarações de Imposto de Renda do réu Magno Rogério Siqueira Amorim, referente aos exercícios de 2012 e 2013, observando-se o devido sigilo e ainda a expedição de ofícios aos cartórios de Registros de Imóveis de Itapecuru-Mirim, Miranda do Norte, Matões do Norte, Cantanhede, Arari, Vargem Grande e São Luís, bem como ao Detran/MA, para fins de bloqueio dos bens registrados em nome do mencionado réu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Trabalhadores protestam em frente à prefeitura de Itapecuru-Mirim

Manifestantes em frente à prefeitura de Itapecuru

Manifestantes em frente à prefeitura de Itapecuru

Um grupo de pessoas se concentrou em frente a prefeitura de Itapecu-Mirim na manhã desta sexta-feira (07), para protestar contra a administração do prefeito Magno Amorim (PPS).

A principal reivindicação é contra o atraso de salários. Na área da saúde, por exemplo, já são quatro meses sem receber nada. Na educação, os professores contratados receberam apenas dois meses de ordenado.

Uma situação preocupante e que causa revolta.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Prefeitura de Itapecuru gasta R$ 281.644,75 mil com produtos de limpeza

Magno Amorim, prefeito de Itapecuru

Magno Amorim, prefeito de Itapecuru

Do Blog do Kiel MArtins

A prefeitura municipal de Itapecuru Mirim – MA, fechou contrato para aquisição de material de limpeza para a Secretaria de Assistência Social que chegam á R$ 281.644,75 (duzentos e oitenta e um mil, seiscentos e quarenta e quatro reais e setenta e cinco centavos), com uma única empresa de nome M. dos M.D. Araújo. As informações constam no Diário Oficial do dia 01 de Julho de 2015.

A empresa M. dos M.D. Araújo tem vários contratos com a prefeitura de Itapecuru Mirim que ultrapassa mais de 1 milhão de reais.
Assinado pelo prefeito Magno Rogério Siqueira Amorim, o contrato com um valor exorbitante de material de limpeza é, no mínimo, estranho.

Veja o contrato:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Pesquisa eleitoral em Itapecuru mostra cenário político

Pesquisa do Instituto JM, realizada entre os dias 07 e 11 de julho, com 792 entrevistados, mostrou o percentual de citação espontânea dos eleitores no município de Itapecuru Mirim.

Entre os cenários de abordagem da pesquisa aparecem os nomes de possíveis prefeitos, que poderiam ser votados para as eleições municipais de 2016. Lidera o ranking Jaimizinho, com vinte por cento das intenções de voto, seguido de Júnior Marreca, na segunda posição com dezoito por cento e Miguel Lauande, terceiro colocado, com dezessete por cento.

Dois por cento escolheriam outros nomes, que não foram sugeridos na pesquisa e quinze por cento dos entrevistados não souberam responder ou não opinaram.

Rejeição

A rejeição da atual administração de Itapecuru chega a 61 por cento, somados os índices de ruim e péssimo apontados na pesquisa.

O atual prefeito da cidade, Magno Amorim foi avaliado pela população e apenas dois por cento considera sua atuação ótima. Seguida de dez por cento que qualificam a gestão como boa e dezesseis por cento que assimilam a administração como regular.

Metade dos entrevistados, ou seja, cinquenta por cento, considera péssima sua gestão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Fábio Braga participa de audiência para implantar campus do IFMA de Itapecuru

O deputado Fábio Braga participou, recentemente, em Itapecuru – acompanhado do prefeito Magno Amorim e do reitor do IFMA, professor Roberto Brandão – de audiência pública para implantação do campus do Instituto na cidade. O evento contou também com a presença de membros da câmara de vereadores, da sociedade civil organizada de Itapecuru, representada por diversos segmentos como empresários, produtores rurais, sindicalistas, profissionais de educação e centenas de estudantes de Itapecuru e região.

IFMA ITAPECURU

A audiência pública foi realizada no templo da Igreja Batista. Na reunião, deputado Fábio Braga, o reitor do IFMA, o prefeito Magno Amorim e os presentes discutiram a definição dos eixos tecnológicos e cursos que serão ofertados pelo IFMA, a partir do inicio do funcionamento. Roberto Brandão destacou a importância da participação da população na escolha dos cursos, pois é necessário conhecer e adequar o Instituto Federal do Maranhão aos arranjos produtivos locais e regionais.

Na solenidade, Fábio Braga destacou a importância da implantação do IFMA, para a qualificação profissional e posterior geração de emprego e renda para milhares de jovens de Itapecuru e dos municípios da Mesorregião do Itapecuru, que segundo dados do IBGE, conta com uma população de aproximadamente 200 000 habitantes. “O IFMA é uma grande opção para os jovens estudantes que eram obrigados a deixar seus municípios em busca de qualificação, hoje os pais terão os seus filhos estudado próxima da suas casas, na sua cidade, na sua região”, resumiu.

Já o Reitor do IFMA, professor Roberto Brandão, acredita que a audiência pública faz a interação entre a população estudantil, comerciária, dos trabalhadores, bancários, do poder público, da classe empresarial e trabalhadora como um todo. Na avaliação do diretor de Desenvolvimento Institucional do IFMA, professor Agenor Almeida, a audiência pública deu a sinalização, o eixo, qual área e quais cursos que o IFMA oferecerá em Itapecuru.

MILHARES DE ALUNOS

Na solenidade, o deputado Fábio Braga, o prefeito de Itapecuru, Magno Amorim e o reitor do IFMA, professor Roberto Brandão, e do vereador Rogério Maluf comentaram que  cerca de 1200 alunos de toda região serão regularmente matriculados no primeiro ano do IFMA na cidade, mas esse número que pode subir para 2500 estudantes em anos subseqüentes.

A planta do Campus do IFMA de Itapecuru conta com quatro pavilhões: um ginásio e uma passarela, módulos administrativos e pedagógicos, 10 salas de aula, refeitório, auditório, biblioteca e laboratórios, distribuídos numa área de cinco hectares. O projeto custou cerca de R$ 10 milhões. A construção irá durar cerca de dezoito meses.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.