Poder

Icrim confirma que arma encontrada foi utilizada para executar Décio Sá

Pistola ponto 40, encontrada no morro da Litoranêa.

Pistola ponto 40, encontrada no morro da Litoranêa.

O Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim) entregou na manha desta quarta-feira (18) para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), o laudo de balística que matou o jornalista e blogueiro Décio Sá, 42 anos, no Bar e Restaurante Estrela do Mar, na Avenida Litorânea.

O documento conclui que a bala saiu de uma pistola ‘ponto 40’ justamente a que foi encontrada há dias atrás enterrada em uma duna na Praia de São Marcos, onde o assassino confesso, Jhonatan de Sousa Silva, de 24 anos, empreendeu fuga após cometer o crime.

De acordo com os peritos, no exame feito no setor de balística, ficou comprovada a harmonia de ranhuras; entre os vestígios que foram encontrados no bar em que o jornalista foi executado e de um projetil que estava dentro da arma. Segundo Carlos Henrique (diretor do Icrim), foi utilizado mais de 20 armas no decorrer dos exames, do qual foram efetuados 22 disparos para chegar a conclusão que a pistola encontrada foi figura no crime contra o jornalista de O Estado do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.