Poder

Zé Doca se destaca com premiação concedida pelo MEC

A 11º edição do prêmio “Professores do Brasil” reconheceu 30 educadores de escolas públicas que tiveram seus projetos premiados na etapa regional. A professora zedoquense Cleonice de Sousa dos Santos da escola Santos Dumont concorreu na categoria do 6º ao 9º ano e foi premiada, com o título de relato de prática “Ler é Conhecer o Mundo e Transformar a Vida,” ela se destacou em um universo de milhares de professores. No Maranhão apenas a capital e 07 cidades do interior conseguiram essa premiação.

A professora Cleonice ao lado da Secretária de Educação de Zé Doca Sônia Maria recebeu a premiação das mãos do Secretário de Estado da Educação Felipe Camarão. Sônia Maria enfatizou que, o município vai continuar dando esse suporte a educação e apoio aos professores, assim como no desenvolvimento de projetos e iniciativas dos docentes, tanto na sede como zona rural para que novas premiações e reconhecimento aconteçam. “Eu acredito muito nessa maneira inovadora de ensinar para desenvolver a educação, iniciativas como essa sempre terão o nosso reconhecimento.” Ela destacou ainda o compromisso na atual gestão na pessoa da prefeita Josinha Cunha (PR), em trabalhar por uma educação de qualidade e que apresente bons resultados.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Câmara de Pinheiro aprova projeto que isenta 10 mil famílias da taxa de iluminação

Por 10 votos contra 5, a Câmara Municipal de Pinheiro aprovou nesta terça-feira,11, Projeto de Lei de autoria do Executivo municipal que isenta famílias de baixa renda do pagamento da taxa de iluminação pública.

O prefeito Luciano Genésio disse que a Câmara cumpriu com seu dever ao aprovar um projeto que agora passa a beneficiar cerca de 10 mil famílias. Ele explicou que a antiga Lei estava desatualizada há 9 anos, além de irregular, uma vez que as famílias da Zona Rural pagavam uma taxa maior que as da sede do município.

“A prefeitura enviou esse Projeto de Lei para corrigir uma distorção da antiga Lei, que cobrava uma taxa de iluminação pública maior para as famílias da zona rural, quando deveria ser menor. Esse projeto irá beneficiar cerca de 10 mil famílias, o que representa 1/3 das residências do município de Pinheiro”, disse o prefeito Luciano Genésio.

O líder do governo na Câmara, vereador Alessandro Montenegro ressaltou a importância da atualização da lei. “Esse projeto de lei beneficiará dez mil famílias que serão isentas da taxa de iluminação pública. Hoje a taxa de iluminação da zona rural está sendo superior à da zona urbana. Isso é desproporcional. Não podemos tirar de quem tem menos, para dar para quem mais tem”, declarou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Pagode do Seu Zé é eleito Festa do Ano e recebe prêmio “Eu Faço a Diferença”

Com votação popular, o Pagode do Seu Zé foi o grande vencedor do prêmio “Eu Faço a Diferença” como festa do ano. A premiação foi entregue na noite de terça-feira (11) na Casa Branca Buffet, no Jardim Eldorado, em São Luís.

Idealizado pela Gajo Entretenimento e D+ Music, o Pagode estava concorrendo com o São João da Thay, da Digital Influencer Thaynara OG e Funk In The House, da Acontece Produções.

“Nós ganhamos, mas a cultura, o samba, o pagode e os artistas maranhenses também ganharam. Obrigado a cada pagodeiro que tirou um minuto do seu dia pra votar na gente. Obrigado a essa equipe aguerrida que sempre acredita que podemos mais”, comemorou o empresário Paulo Siqueira, proprietário da Gajo Entretenimento.

A maior roda de samba de São Luís vem se consagrando como palco das maiores atrações nacionais e locais e por isso tem tornado o seu público mais fiel, que não deixa de prestigiar as domingueiras na Tom Music – local onde é realizado o Seu Zé.

Prêmio Eu faço a Diferença

O prêmio “Eu Faço a Diferença” tem como objetivo incentivar e dar maior visibilidade aos profissionais locais que batalham diariamente com seu trabalho para somar à cultura maranhense, levando alegria através do entretenimento, lutando pela valorização da arte, liberdade de expressão, respeito, sendo porta-voz de uma geração e buscando reconhecimento em sua área de atuação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Balada Good Times será nesta sexta-feira na Malte Show, em São Luís

A balada que você mais esperava chegou: Good Times!

No dia 14 você vai relembrar os bons momentos da Boate Gênesis ao som dos anos 70,80 e 90. Quem estará no comando são os DJ’s oficiais Walter Júnior, Salim Lauande, Ricardo Pacífico.

A Good Times será realizada na Malte Show, avenida dos Holandeses, ao lado do Shopping do Automóvel. Não perca!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de São Raimundo do Doca Bezerra vai gastar R$ 969 mil em locação de veículos

A Prefeitura de São Raimundo do Doca Bezerra contratou a a empresa K.S. Alves Empreendimentos, localizada em Pedreiras, por quase R$ 1 milhão.

O contrato prevê a locação de veículos leves e pesados e tem validade de apenas 3 meses.

De acordo com o extrato, a Prefeitura vai pagar cerca de R$ 969.576,00 (Novecentos e sessenta e nove mil e quinhentos e setenta e seis reais) à Construtora, que tem como proprietário Kleiton Sousa Alves.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Maranhão fica em 17º lugar no ranking da transparência da CGU

Com nota 7.74, o Maranhão ficou em 17º lugar no ranking da Escala Brasil Transparente – Avaliação 360° da Controladoria-Geral da União -CGU. Os resultados foram divulgados nesta quarta-feira (12) pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU).

O anúncio faz parte das atividades comemorativas pelo Dia Internacional contra a Corrupção. A iniciativa busca verificar o grau de cumprimento de dispositivos da Lei de Acesso à Informação (LAI) e de outros normativos sobre transparência nos Estados e no Distrito Federal, além de todos os municípios com mais de 50 mil habitantes, incluindo as capitais (com base nas estimativas do IBGE em 2017). No total, foram avaliados 691 entes federativos – universo que abrange quase 70% da população brasileira.

A avaliação aconteceu entre o período de 9 de julho a 14 de novembro de 2018 e revelou que 22 estados e o Distrito Federal (85% das UF) tiveram nota acima de 7. Das capitais, 93% possuem nota maior que 6, sendo que oito delas (30%) estão entre 9 e 10: Vitória (ES), Recife (PE), Curitiba (PR), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO), Maceió (AL), Brasília (DF) e Cuiabá (MT). Com relação aos demais entes avaliados, 340 municípios (51% do total) conseguiram nota superior a 6 pontos.

A EBT – Avaliação 360°, diferentemente das três edições anteriores, traz uma inovação na sua metodologia. A principal diferença é que além da transparência passiva, também foi avaliada a transparência ativa. Ou seja, além da regulamentação da LAI – existência de canal (presencial e eletrônico) para solicitações de informação pelos cidadãos (SIC) e atendimento desses pedidos – a CGU mapeou como governos estaduais e municipais publicam na internet os dados sobre receitas e despesas, licitações e contratos, estrutura administrativa, obras públicas, lista de servidores, entre outros.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Rodoviários anunciam greve para a próxima segunda-feira

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão devem deflagrar greve na próxima segunda-feira (17). O anúncio foi feito nesta quarta-feira (12).

Segundo a entidade, a categoria cumpriu com todos os prazos solicitados, esteve presente em todas as reuniões marcadas, se encontrou por diversas vezes com os empresários e até na semana passada, com representantes da Prefeitura de São Luís, mas o fato é que nenhum avanço ocorreu e a categoria, revoltada pela falta de acordo entre as partes, quanto a nova Convenção Coletiva de Trabalho, exige uma medida extrema.

Desta forma, já notificamos a Prefeitura de São Luís, o SET, o Ministério Público do Trabalho e o Tribunal Regional do Trabalho, informando que os profissionais que atuam no transporte público da Grande São Luís, cruzarão os braços, na próxima segunda-feira (17), desde as primeiras horas, devido ao desinteresse dos patrões em negociar de maneira justa, reajustes nos salários, no valor do ticket alimentação, além da garantia da permanência de direitos dos motoristas e cobradores.

O impasse se arrasta desde o mês de Agosto, quando a proposta dos Rodoviários foi encaminhada aos empresários. Desde então, o acordo que deveria ter sido firmado em Setembro, nunca aconteceu. Os patrões nas poucas contrapropostas apresentadas, não ofereceram reajustes nos salários e nem no valor do ticket, querem que os trabalhadores arquem com 50% do valor do plano de saúde, pedem o fim do plano odontológico e o mais grave de tudo, exigem a extinção da função de cobrador, o que irá gerar demissão em massa no sistema. Nesses termos, o Sindicato dos Rodoviários, mais uma vez, ressalta que não há a menor condição em negociar, muito menos, estabelecer um acordo.

A entidade na semana passada se encontrou com representantes da Prefeitura, que se comprometeram em contribuir com as negociações entre as partes, para que um acordo fosse firmado o mais breve possível, mas até agora, não houve cumprimento da palavra e o Sindicato dos Rodoviários ressalta que não irá mais tolerar ser enrolado. “Já estamos praticamente às vésperas do Natal e nenhum posicionamento é dado aos trabalhadores, que com toda razão, estão revoltados por essa indecisão. Não temos mais tempo para esperar. Agora iremos pra cima. Estamos atendendo todos os trâmites judiciais legais e a partir da próxima segunda (17), retomaremos a paralisação da categoria e resistiremos, mesmo com a pressão da Prefeitura de São Luís, que no último movimento, chegou a solicitar da justiça que determinasse pagamento de multa, por parte do Sindicato, no valor de R$ 350.000,00 (trezentos e cinquenta mil reais), por cada dia da greve e mais, acreditem, a minha prisão em flagrante, caso estivesse no comando do movimento. Pedimos a compreensão dos usuários, mas não nos resta outra alternativa e quanto aos Rodoviários, esperamos contar com a união e a participação de todos no movimento. Essa luta não é só minha, é de todos nós e só conseguiremos alcançar nossos objetivos, se mostrarmos nossa força. Já que não querem negociar por bem, não há outra maneira que não seja parar o transporte público em São Luís“, afirma Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresa de Balsas ganha contrato de R$ 1,5 milhão em Alto Parnaíba

A aquisição de peças de veículos e a execução de serviços automotores vão custar cifras milionárias para os cofres da Prefeitura de Alto Parnaíba.

O contrato foi firmado com a empresa Feitosa Peças e Serviços – Auto Center Feitosa, localizada em Balsas e de propriedade de Jocimar Ribeiro Feitosa e Antônia de Sousa Feitosa, pelo valor de R$ 1.570.438,25 milhão.

A validade contratual é de 12 meses. Portanto, para executar o fornecimento, a Auto Center Feitosa ganhará mensalmente a quantia de R$ 130 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Moradores denunciam abandono da comunidade Vassoral, em Paço do Lumiar

Descaso. Essa é a palavra que define a situação em que se encontra a comunidade Vassoral, em Paço do Lumiar.

As imagens abaixo mostram ruas completamente alagadas, cheias de lamas e buracos.

Segundo informações dos moradores, o ônibus coletivo que faz linha para o bairro já deixou de passar pela Avenida Principal, pois o acesso está interditado devido a falta de infraestrutura. Por isso, os usuários tem que caminhar quilômetros para poder conseguir pegar o transporte.

“O prefeito em época de campanha caminhava pelas ruas com carro de som prometendo melhorias e o que se viu até agora é o que as fotos mostram: abandono!”, desabafaram os moradores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Flávio Dino já pagou quase R$ 50 milhões para construtora acusada de corrupção

Após ficar no centro do escândalo que ficou conhecido nacionalmente como “Estradas Fantasmas” em 2007, a construtora Enciza Engenharia volta a operar no governo do Maranhão faturando cifras milionárias.

Segundo dados colhidos no Portal da Transparência, a empreiteira, de propriedade de José Lauro de Castro Moura e Benjamin Lima Moura, lucrou quase R$ 50 milhões entre os anos de 2017 e 2018 na gestão de Flávio Dino. Os ganhos devem ultrapassar o montante referido acima, uma vez que há contratos em vigência.

Em 2017, a Enciza faturou cerca de R$ 22.871.382,91 milhões, e, em 2018 embolsou o valor de R$ 27.060.379,14 milhões.

Relembre o caso

Durante o governo José Reinaldo Tavares, foi pago com recursos do Tesouro Estadual R$ 8,4 milhões em obras viárias contratadas, mas que não foram realizadas pelas Construtoras Gautama, Enciza Engenharia, Petra Construções e L.J. Construções.

Somando a esse valor referido acima, os R$ 3,6 milhões desviados na suposta fraude das 19 estradas vicinais fantasmas, o montante de recursos desembolsados chegou a R$ 12 milhões.

O Ministério Público Estadual (MPE) confirmou que foram cerca de R$ 5 milhões desviados em obras inexistentes promovidas com a assinatura do secretário demissionário João Cândido Dominici, que é cunhado do atual governador no esquema das “estradas fantasmas”.

Além dos R$ 3,6 milhões das 19 estradas vicinais não construídas, o Governo do Estado pagou antecipadamente e em regime de prioridade os R$ 8,4 milhões por três obras: uma ponte sobre o riacho Barro Duro, em Tutóia, e a recuperação emergencial dos pontos críticos das rodovias MA-373 e MA-006.

Segundo relatório, apresentado em outubro de 2004, o governo José Reinaldo Tavares gastou R$ 227,1 milhões na “recuperação” e “construção” de rodovias no estado entre os anos de 2002 e 2003. A comissão apontou no documento que seriam necessários somente R$ 105,8 milhões para que as MA’s estivessem em boas condições de trafegabilidade.

O governador e o cunhado João Cândido Dominici, a época secretário de Infra-Estrutura, pagaram R$ 121,3 milhões a mais, por serviços de recuperação e construção de rodovias estaduais hoje intrafegáveis.

O empreiteiro José Lauro de Castro Moura, proprietário da construtora Enciza Engenharia, responsável pela “recuperação” de 362 quilômetros da MA-006 entre a cidade de Fortaleza dos Nogueiras e o Entrocamento da BR-222, disse que “depois de dois invernos grandes e o tráfego intenso de caminhões pesados, as estradas não agüentam”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.