Poder

Diretora de UPA nega máscara a técnica de enfermagem e é denunciada na polícia

A diretora da UPA do Vinhais, Carol Hortegal, foi denunciada à polícia por negar Equipamentos de Proteção Individual (EPI,s) a uma técnica de enfermagem.

Segundo o Boletim de Ocorrência, publicado pelo Blog do Luis Cardoso, a profissional da saúde chegou ao seu posto de trabalho e solicitou máscara N95 para iniciar o turno. O material foi negado por diversos setores da unidade hospitalar, inclusive pela diretora Carol Hortegal.

A técnica relata que ao pedir o EPI foi constrangida e humilhada por Hortegal, que a tratou com grosseria e ordenou que a mesma abandonasse o posto de trabalho e retornasse para casa.

Ainda de acordo com a depoente, a atitude descrita acima da diretora da UPA do Vinhais é corriqueira no local.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Sobe para 13 o número de mortes por novo coronavírus

Subiu para 13 o número de mortes pelo novo coronavírus no Maranhão. A informação foi anunciada pelo governador Flávio Dino na manhã desta quinta-feira (9), em entrevista coletiva sobre novas medidas e as ações para prevenção e combate ao coronavírus no estado. Além do novo registro de óbito no estado, o governador Flávio Dino ainda divulgou que, atualmente, o território maranhense contabiliza 292 novos casos do novo coronavírus

Durante a coletiva, o governador também falou sobre as medidas que serão adotadas para tentar conter o avanço da doença em São Luís e também no interior do estado. Entre elas, destaque para a prorrogação do decreto em relação a continuidade do fechamento do comércio no Maranhão que tem previsão de ser editado no próximo sábado (11).

Sobre o uso do medicamento cloroquina por pacientes infectados com o novo coronavírus, o governador enfatizou que o procedimento deverá ser acompanhado pela equipe médica e que esses deverão definir qual melhor método a ser desenvolvido durante o tratamento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Maranhão registra mais óbitos por Covid-19 do que Piauí

O estado do Maranhão vem registrando números altos de vítimas do novo coronavírus (Covid-19) em comparação ao vizinho Piauí.

Até ontem (8), a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que 273 pessoas testaram positivo para a doença. Já no estado piauiense, foram confirmados 38 casos.

O número de óbitos no Maranhão também é alto em relação ao estado vizinho, chega ser o dobro.

Enquanto, no Piauí foram registradas 6 mortes pela Covid-19, no Estado governado por Flávio Dino (PCdoB) 12 pessoas morreram em decorrência do vírus.

Diante de tais fatos, ficam questionamentos se de fato as medidas tomadas por Dino tem surtido efeito no Maranhão. Não seria necessário tomar providências mais rígidas para que o caos não se instale de vez?

O tratamento aos doentes não deveria ser revisto para ser mais eficiente e evitar o aumento de mortes pelo novo coronavírus no Estado?

É de extrema urgência que o governo aja de maneira assertiva no combate da doença, caso o contrário o sistema de saúde vai entrar em colapso e mais óbitos irão acontecer.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ministro do STF impede Bolsonaro de decretar fim do isolamento social nos estados

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes acolheu um pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para que o presidente Jair Bolsonaro seja impedido de acabar com o isolamento social nos estados e municípios.

A decisão é liminar, o que significa que tem caráter provisório. Esse tipo de decisão indica que o processo não está finalizado, sendo apenas uma maneira de garantir que o pedido de urgência seja atendido.

Moraes reconheceu a divergência de posicionamentos entre as autoridades de diferentes níveis e colocou que essa incompatibilidade acarreta “insegurança, intranquilidade e justificado receio em toda a sociedade”.

O presidente Bolsonaro tem dito que pode decretar o fim das medidas de isolamento, revogando o que foi estipulado por governadores e prefeitos. Eventual norma editada pelo presidente nesse sentido, no entanto, poderá ser invalidada por invadir a competência dos governos locais.

“Não compete ao Poder Executivo federal afastar, unilateralmente, as decisões dos governos estaduais, distrital e municipais que, no exercício de suas competências constitucionais, adotaram ou venham a adotar, no âmbito de seus respectivos territórios, importantes medidas restritivas”, diz Moraes na decisão.

Entre as medidas adotadas, estão o distanciamento/isolamento social, a quarentena, a suspensão de atividades de ensino, as restrições de comércio, atividades culturais e a circulação de pessoas. São mecanismos recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por pesquisadores como medida eficaz para controlar a transmissão de covid-19.

Do Congresso em Foco


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

PRF prende quadrilha especializada em roubo e furto de veículos em Caxias

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na tarde de quarta-feira (8) na BR-316 em Caxias uma quadrilha especializada em roubo e furto de veículos.

Segundo a PRF, policiais rodoviários realizavam uma ronda de rotina quando avistou três veículos estacionados na via marginal da rodovia federal. Com aproximação da viatura da PRF, os homens demonstraram inquietação e nervosismo, despertando a atenção dos agentes.

De acordo com os policiais, os quatro homens suspeitos foram abordados e revistados. Durante a busca nos automóveis foram encontrados uma arma de fogo com cinco munições intactas. Também foram achadas duas toucas ninjas de cor preta e dez lacres, que comumente são utilizados como algemas, localizados em uma sacola preta que estava no porta-luvas. Ainda foram encontrados dois aparelhos celulares, um papelote de maconha, um caderno com anotações e mais uma carteira em couro contendo R$ 509 em espécie.

Durante as averiguações, os policiais rodoviários federais descobriram ainda que um dos veículos, uma caminhonete, tratava-se de produto de furto, ocorrido na tarde do dia anterior no estacionamento de uma grande rede de supermercados situado na zona leste de Teresina, no estado do Piauí. No interior da caminhonete foram localizados diversos objetos, inclusive um equipamento de posicionamento GPS.

Todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia Regional da Polícia Civil em Caxias para os procedimentos legais. Os suspeitos responderão por crimes de receptação de veículo e associação criminosa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Governo anuncia 12 mortes pelo novo coronavírus no Maranhão

Em boletim divulgado na noite desta quarta-feira (8), a Secretaria de Estado da Saúde(SES) confirmou que o número de mortos pelo novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão subiu para 12 e os casos confirmados chegaram a 273.

De acordo com a Secretaria, uma paciente morreu e 43 pessoas testaram positivo para a Covid-19 nas últimas 24 horas, sendo 35 em São Luís, quatro em São José de Ribamar, um em Paço do Lumiar, um em Raposa, um em Icatu e um em Urbano Santos.

Segundo o relatório da SES, 13 municípios maranhenses têm casos confirmados do novo coronavírus: São Luís (228, com 11 óbitos), São José de Ribamar (21), Paço do Lumiar (9, com um óbito), Imperatriz (5), Timon (2), Santa Inês (1), São Benedito do Rio Preto (1), Açailândia (1),
Cajapió (1), Raposa (1), Icatu (1), Urbano Santos (1) e Colinas (1).

Os pacientes com teste positivo para a Covid-19 estão sendo monitorados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS).

A 12ª morte registrada pelo novo coronavírus no Maranhão foi de uma mulher de 72 anos, residente em Paço do Lumiar e assistida na rede pública de São Luís. A SES informa que a paciente tinha quadro de hipertensão arterial, diabetes e doença renal crônica.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Corpo é encontrado boiando em buraco ligado a bueiro em São Luís

O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado boiando na região da Avenida Ferreira Gullar e próximo a ponte do São Francisco, em São Luís.

O corpo estava dentro de um buraco ligado a um bueiro e foi encontrado por moradores da região na tarde desta quarta-feira (8). A vizinhança suspeita que o corpo já estava dentro do bueiro e só foi encontrado agora, por conta da subida da maré.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Umbelino Junior apresenta projetos para combater o novo coronavírus

O vereador Umbelino Junior (PRTB) apresentou dois importantes projetos de leis na Câmara Municipal de São Luís em combate ao novo coronavírus. A pandemia mudou a rotina em todo mundo e por isso, muitos investimentos que deveriam ser encaminhados para outros setores, estão sendo destinados pra evitar a proliferação da doença.

Atento a esta realidade, Umbelino apresentou um projeto de lei que cria o Fundo Emergencial de Combate à COVID-19 (FECC), destinado ao enfrentamento dos efeitos da pandemia do novo coronavírus em São Luís. A proposta tem como objetivo arrecadar recursos que serão usados pela Prefeitura de São Luís em ações de combate ao vírus.

As doações deverão ser depositadas em conta corrente única do FECC por pessoas físicas ou jurídicas. A cada 15 dias, o Poder Público deverá prestar contas à Câmara Municipal de São Luís e o Fundo Emergencial de Combate à COVID-19 deverá ser extinto após o fim da pandemia.

ATENDIMENTO ESPECIAL AOS IDOSOS

O vereador também apresentou um projeto de lei que tem como objetivo definir um horário especial para os idosos nas agências bancárias enquanto existir o risco de contaminação do novo coronavírus.

O projeto prevê que seja feito um atendimento especial uma hora antes do público geral ser recebido nas agências bancárias. A medida foi apresentada devido os idosos estarem incluídos no grupo de risco de contaminação da doença. Se aprovado, os bancos que descumprirem a medida serão advertidos e poderão pagar multa de até R$ 5 mil.

GRATUIDADE NO TRANSPORTE COLETIVO

Umbelino também é autor do projeto de lei que garante a gratuidade no transporte coletivo para os profissionais da saúde que atuam na rede pública e privada de São Luís durante o período de pandemia do novo coronavírus.

A medida tem como intuito reconhecer a importância desses trabalhadores que cumprem longas jornadas de trabalho e por estarem na linha de frente, mantém um contato muito próximo com o vírus e acabam sofrendo um desgaste físico e emocional.

“Apresentei esses projetos com o objetivo de colaborar com a situação econômica do nosso município, reconhecer a importância dos profissionais da saúde e garantir a segurança dos nossos idosos. A previsão é que nossas propostas sejam avaliadas em breve durante a sessão remota que estamos realizando semanalmente”, declarou Umbelino.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Família terá que ficar em isolamento por 14 dias por suspeita de COVID-19

O Poder Judiciário de Santa Luzia do Paruá deferiu tutela de urgência em pedido protocolado pela Secretaria de Saúde do município, para determinar que uma família fique em isolamento, em casa, pelo período de 14 dias e aguardem resultado do teste de Covid-19. A decisão, assinada pelo titular da comarca, juiz João Paulo de Sousa Oliveira, determina multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento, com a possibilidade de processamento por crime de infração de medida sanitária preventiva, previsto no art. 268 do Código Penal, com pena que varia de 1 (um) mês a 1 (um) ano de detenção e multa.

No período, a Prefeitura de Santa Luzia do Paruá deverá prover a família com alimentação e medicamentos, até que se encerre o período de isolamento.

No pedido direcionado à Justiça, as autoridades municipais de saúde frisaram que um homem dirigiu-se até uma de suas unidades de saúde no dia 1º de Abril, relatando um quadro de tosse, astenia, febre há três dias, fadiga e anosmia leve, tendo um episódio de dispneia leve, sendo todos esses sintomas sugestivos de Sars-Cov-2 (COVID-19), H1N1 ou Influenza, conforme ficha de atendimento de urgência/emergência.

“Neste momento, houve a orientação por parte do médico que procedeu ao atendimento, no sentido de que o requerido se isolasse em sua casa, devendo sair do isolamento após 14 (catorze) dias, conforme protocolo de atendimento do Ministério da Saúde”, pontua o pedido.

Ocorre que, ainda segundo as autoridades de saúde, o requerido não respeitou a determinação médica, e desde então “perambula” pelas ruas de Santa Luzia do Paruá, expondo não apenas a sua família, mas toda a coletividade, que se vê em perigo de infecção pela grave doença, mormente pelo fato de não haver na referida cidade nenhum leito de UTI ou mesmo equipamentos que possam ser empregados no tratamento de cidadãos que eventualmente adquiram a COVID-19.

O município informou que o material coletado junto ao requerido foi encaminhado ao Laboratório Central em São Luís/MA, não tendo o resultado retornado até o presente momento.

Na análise do caso, o magistrado verificou a existência de pressupostos autorizadores da concessão da medida de urgência, e ressalta que é um típico conflito de direitos elencados em nível constitucional, quais sejam, o direito à liberdade do requerido, e o direito à saúde de toda a comunidade, que caso seja infectada com a conduta irregular do requerido, poderá gerar até mesmo a morte de muitos, por não haver equipamentos e insumos médicos suficientes de modo a prestar um célere e efetivo socorro às eventuais vítimas da doença SarsCov-2.

Invocando a Doutrina Jurídica, o julgador expõe “Da mesma forma, tem-se como inquestionável que o direito à vida tem precedência sobre os demais direitos individuais, uma vez que é pressuposto para o exercício de outros direitos”.

“Não bastasse os argumentos acima expendidos, temos a imposição de um plano de contingência estabelecido pelo Ministério da Saúde, que consiste no isolamento social como forma de reduzir os danos da pandemia. Tal plano consiste em achatar a curva de crescimento da COVID-19, como forma de não sobrecarregar os hospitais, eis que, segundo estudos elaborados pelas autoridades sanitárias mundiais e federais, caso um grande número de pessoas sejam infectadas ao mesmo tempo, ocorrerá um colapso no sistema de saúde, resultando em milhares de mortes”, finaliza.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Dono de pirâmide financeira é condenado mais uma vez a pagar R$ 1,5 milhão a investidor

O titular da 11ª Vara Cível de São Luís, juiz Raimundo Ferreira Neto, condenou um dos sócios da PH Participações e Serviços, Emmanuel Vilas Boas Rocha, a pagar R$ 1,5 milhão ao investidor Marcos Pereira Lopes.

A PH Participações é uma pirâmide financeira montada por Pedro Henrique Souza de Sampaio que prometia lucros altos aos investidores. A sociedade da empresa foi dividia com Emmanuel Vilas Boas Rocha. No entanto, Sampaio não foi condenado pois em consulta ao CNPJ da PH o seu nome não aparece no quadro societário. Mas, ele foi citado pelo autor da ação.

De acordo com o documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira, o investidor aplicou na PH Participações valores altíssimos e, como garantia de que receberia a quantia investida com lucros, foi dado a ele uma nota promissória, que não foi paga.

Ao proferir a sentença, o juiz narra que o investidor foi vítima de um crime contra a economia popular, tendo prejuízo de aproximadamente R$ 1 milhão, “havendo nítido risco de não reaver a quantia devidamente comprovado por meio de título de crédito”.

Para tentar evitar a dilapidação do patrimônio pela empresa ré e por Vilas Boas, o magistrado deferiu a medida cautelar bloqueando o valor devido e bens, como veículos, que estejam em nome dos réus.

Recentemente, os sócios da PH foram condenados pela titular da 10ª Vara Cível de São Luís, juíza Sônia Maria Amaral Fernandes Ribeiro a pagar R$ 810 mil a empresária Jussara Romana Monteiro Santos (relembre).

Acesse a decisão aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.