Crime

Homem é morto após reagir a assalto em São Luís

Um homem, identificado como André Arouche Fontoura, foi morto após reagir a um assalto no Roque Santeiro, em São Luís.

Segundo informações preliminares, dois bandidos tentaram roubar a motocicleta da vítima, que por sua vez reagiu.

Em seguida, os criminosos efetuaram tiros, sendo que dois dos disparos pegou na cabeça do jovem. Após a ação, os suspeitos empreenderam fuga sem levar a motocicleta.

A vítima foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o Socorrão I, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

André Arouche era economista e contador e exercia a função de analista ministerial do Ministério Público do Maranhão (MP-MA), trabalhando nas assessorias técnica das Promotorias de Justiça da Capital.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Soldado do 50° BIS é assassinado em Imperatriz

Na noite desta quarta-feira 27, por volta das 23h, um jovem identificado apenas como “Rodolfo Rabello”, foi Alvejado com um disparo de arma de fogo no bairro Parque Alvorada II.

De acordo com informações a vítima é Militar do 50 Bis ainda chegou a ser socorrido mas morreu ao dar entrada no HMI. A vítima teria reagido a um assalto.

“Não há registro de que tenha sido subtraído algo, mas não podemos descartar, baseado nisso, a hipótese de latrocínio, vez que é muito comum em casos de latrocínio consumado, nada ser subtraído da vítima. Outra hipótese é que ele tenha passado pelo local, onde pessoas estivessem praticando outros crimes, como utilização de drogas, haja vista a arma que foi usada na morte”, ressalta o delegado regional, Eduardo Galvão

Visando elucidar o crime, a polícia trabalha ainda com mais uma linha de investigação, que pode ser a ligação da vítima com facções criminosas ou tráfico de drogas. “Não descartamos nenhuma linha de investigação. A hipótese mais forte é a de latrocínio ou homicídio, em decorrência de alguma situação que ele possa ter visto. Nada está descartado”, afirma o delegado.

José Rodolfo ainda foi socorrido em um veículo particular, mas morreu antes de dá entrada no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI). No momento em que foi assassinado, Rodolfo se dirigia a casa do irmão, o cantor Ruggério Rabello. Ele estava numa moto, e os suspeitos estariam em outra


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é preso acusado de ser mandante da morte de empresário em Imperatriz

Nesta quarta-feira (27), a Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), o DCRIF/SEIC e o Serviço de Inteligência da SSP prenderam Raimundo Rômulo de Sousa, vulgo Pastor, em Imperatriz.

A prisão foi em decorrência ao cumprimento de dois mandados de prisão preventiva expedidos pelos juízes da Central Inquérito e Custódia de Imperatriz e pela 1ª Vara Criminal de São Luís.

Segundo informações da polícia, no dia 27 de abril de 2017, o empresário Valdiney Pereira da Silva, 41 anos conhecido como “Ney da Padaria”, que era proprietário da ‘Panificadora Todas Tortas’, foi morto pelos policiais militares Cabo Wilson Castro do Nascimento e Soldado Hermano Lima de Queiroz a mando de Raimundo.

Os PMs estão presos no Comando Geral em São Luis.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Morte de músico completa 2 semanas e a Polícia Civil segue sem prender o autor do crime

O assassinato do músico e empresário José de Jesus Menezes dos Santos Júnior, mais conhecido como JJ, de 31 anos, completou duas semanas nesta sexta-feira (22) e o principal suspeito do crime, identificado como Fernando Viegas ainda não foi preso.

A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), até o momento, não deu qualquer resposta aos familiares e amigos da vítima, que seguem revoltados com a lentidão e descaso da Polícia Civil em relação ao caso.

A prisão de Fernandinho dos Perfumes já foi decretada pela Justiça, as câmeras de segurança e relatos de testemunhas confirmaram a autoria do assassinato, e a SHPP insiste em tratar o crime com desprezo. Um absurdo!

Entenda o caso

O músico JJ, que era sócio da banda Lorena Prazeres, foi alvejado por três tiros, no último sábado (9), em um posto de combustível, no Alto do Calhau, em São Luís. José de Jesus chegou a ser levado para a UPA do Araçagi, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

As imagens das câmeras de segurança do posto de combustível e relatos de testemunhas ajudaram a polícia a identificar Fernando Veiga como autor do crime.

O principal suspeito do assassinato é morador da Cohab e tem várias passagens pela polícia por porte ilegal de arma, ameaça, posse de drogas e violência doméstica.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é executado dentro de casa, em Imperatriz

Na noite dessa quinta-feira (21), aconteceu mais um assassinato em Imperatriz. A vítima foi identificada como Edivaldo Costa Lima, executado com tiros de pistola 380, dentro de casa, por volta das 22h, no bairro Vila Vitória.

De acordo com informações policiais, dois homens chegaram de moto e bateram na porta da residência da vítima, que foi atingida com vários disparos. Ele caiu, já morto, em cima da cama.

Ainda segundo as informações, Edivaldo Costa Lima tinha várias passagens pela polícia pelos crimes de roubo e tráfico de drogas.

Pelas características do crime, a polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas ou “queima de arquivo”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Dois homens são presos acusados de tentar fraudar concurso da PMMA em Caxias

Dois homens suspeitos de tentar fraudar a prova do concurso da Polícia Militar foram presos em Caxias, neste domingo (17).

Segundo o coronel Rui do Comando de Policiamento de área 4, os dois suspeitos são de Pernambuco, e estavam recebendo o gabarito com as respostas por mensagem.

Os fiscais perceberam a movimentação e acionaram os policiais para efetuar a prisão, no campus da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Durante a semana que antecedeu a realização da prova, supostas provas circulavam em grupos de mensagem eletrônica, mas foram descartadas como fraude pela organizadora do certame, sendo consideradas tentativas de tumulto.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime / Judiciário

Judiciário solta os principais acusados da morte de Décio Sá

Da esquerda para direita: Gláucio Alencar, Fábio Capita, José Alencar Miranda e Júnior Bolinha.

Após 5 anos do assassinato do jornalista Décio Sá, o Judiciário do Maranhão já determinou a soltura dos principais acusados de serem mandantes do crime.

O último a receber o benefício foi José Raimundo Sales Chaves Júnior, o “Júnior Bolinha”. Ele foi solto nesta quinta-feira (14), durante o julgamento da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. A decisão teve três votos a favor, sendo dos desembargadores José Luís Maciel, o relator do caso, e de José Bernardo e Guerreiro Júnior.

No dia 4 desse mês, por decisão do mesmo desembargador relator, José Luiz Maciel, o agiota Gláucio Alencar – foi defendido pelo advogado Ricardo Belo – foi solto alegando que a mãe sofria de uma doença grave e precisava cuidar dela.

Também já foi beneficiado pela Justiça do Maranhão, José Alencar Miranda de Carvalho e o capitão da Polícia Militar, Fábio Aurélio Silva Saraiva, o Fábio Capita.

O único que continua preso é Johnatan de Sousa Silva, acusado de ser o executor de Décio Sá. Ele foi condenado a 27 anos e 5 meses de prisão.

Abaixo a decisão que soltou Gláucio Alencar:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é preso suspeito de estuprar a filha de dois anos em Senador La Rocque

Foi preso na madrugada desta sexta-feira (14), um homem, identificado como João da Silva Lima, acusado de abusar sexualmente da própria filha, de apenas dois anos.

A prisão foi efetivada pela Polícia Civil, por meio do Plantão Central da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz.

O homem foi preso em sua residência, em Senador La Roque. No momento da prisão, João da Silva encontrava-se com uma arma de fogo, dentro do bolso da bermuda em que estava vestido.

Diante disso, ele foi trazido para o Plantão Central de Imperatriz e autuado pelos de crimes de estupro de vulnerável, previsto no Artigo 217-A do Código Penal, e, também, por porte ilegal de arma de fogo.

A polícia chegou até o suspeito, após uma denúncia anônima. A criança foi levada para o Instituto Médico Legal (IML), e após exames foi constatado que o homem manteve relações com a menina. O suspeito encontra-se à disposição da Justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem estaria aplicando golpe de financiamento de carro em São Luís

Um homem identificado como Marcelo estaria aplicando golpes de financiamento de veículos em São Luís, segundo denunciantes.

De acordo o Boletim de Ocorrência, na terça-feira (5), Marcelo alugou uma sala mobiliada, localizada na Rua do Alecrim, no Centro de São Luís, afirmando que estava implantando uma empresa financeira na cidade. Desse modo, contratou Gladis Vieira Amorim e Laiane Silva Penha como secretárias. A partir disso, Marcelo começou a vender financiamento de carro.

O golpe funcionava assim: ele usava carros anunciados no OLX, aprovava o cadastro de financiamento rapidamente e cobrava um valor que seria a primeira parcela do financiamento. Os valores cobrados como entrada eram de 2 a 3 mil reais. Ele chegou a levar algumas pessoas para ver o carro que seria comprado.

Marcelo já se evadiu do local e lesou várias pessoas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Homem é morto a tiros em São Luís

Na tarde desta terça-feira (12), foi registrado um homicídio, no bairro Novo Angelim, em São Luís, que teve como vítima foi identificada como Lawandiu Matos Silva, de 30 anos.

Segundo informações, o homem estava voltando do bairro Cohab/Anil para a casa da mãe, que fica no Novo Angelim, rua Goiás, quando foi atingido por tiros de pistola e morreu no local.

Lawandiu Silva, que já foi preso por roubo, morava em Alto Alegre, Maranhão, trabalhava como mecânico e a cada 15 dias vinha para São Luís visitar a mãe.

A Polícia Civil investiga o caso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.