Crime

Mulher é presa após manter adolescente em cárcere privado em São Luís

prisao_foto

Uma mulher identificada como Daniele Sousa Silva foi presa na noite de terça-feira (23) por suspeita de manter em cárcere privada uma adolescente de 13 anos.

Segundo o sargento do 8º Batalhão da Polícia Militar (8º BPM), Santos Aguiar a polícia, a menina ficava presa em um dos cômodos de uma residência na Chácara Itapiracó. O militar acrescentou que a adolescente foi encontrada muito debilitada em um local sujo com marcas de agressão e estaria sem se alimentar direito. “Nem água para a criança tinha e ela informou a mãe que ela tinha feito as refeições nove da manhã. Então uma crianças dessas fez a refeição nove da manhã e quando era cinco da tarde ainda não comeu nadinha?”, revelou.

A conselheira tutelar Ana Rute Santos, que acompanhou o caso, disse que só foi possível encontrar a adolescente e prender a suspeita por causa de denúncias feitas por meio do “Disque 100”. “Ligaram para o disque 100 e demos prioridade imediatamente. Fomos lá averiguar se a situação era verdadeira e chegando lá, de fato, era verdade o cárcere privado. Nesse momento a gente acionou a Polícia Militar”, contou.

A conselheira afirmou também que a adolescente foi encontrada em situações degradantes e sem alimentação adequada. “A gente flagrou a criança em situações desumanas. Num terraço escuro com vasilhas de animais com a alimentação dela e água. Uma casa de andar que o portão de acesso ao segundo andar estava lacrado, amarrado para que a criança não fosse para o outro andar”, finalizou.

Daniele Sousa Silva foi encaminhada para o Plantão Central da Polícia, situado no bairro Cohatrac, na capital, onde ficará à disposição da Justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia recaptura mais 3 foragidos de Pedrinhas

thumbnail_IMG-20170523-WA0114

Mais três foragidos da Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 6 (UPSL 6), ocorrida no último domingo (21), foram recapturados na tarde desta terça-feira (23) pela Polícia Militar do Maranhão. Kassio Girdel Carvalho Ribeiro e Alisson Pereira Lima foram encontrados por policiais do Grupo de Serviço Avançado do 21º Batalhão da Policia Militar, no bairro do Quebra-Pote, zona rural de São Luís.

Um pouco mais tarde, foi recapturado Paulo de Caldas Santos, pelo 7º Comando Independente, em um ônibus, em Rosário. Com a prisão dos três, as forças de segurança do Governo do Estado chegam a um total 12 detentos recapturados. “A Policia Militar continua no encalço dos foragidos e fazendo o seu trabalho, que é identificar e prender todos os envolvidos na fuga”, explica o Coronel Jorge Luongo, subcomandante da PM do Maranhão.

Outros dois homens foragidos no último domingo, morreram em confronto com a polícia, também na tarde desta terça-feira (23), na Vila Conceição (Altos do Calhau), em São Luís. Ronalth Correa Coelho (Bebezão, de Goiás) e Valdemir Laurindo Flores, de Alagoas, lideraram o episódio do último domingo na Penitenciária. Eles eram assaltante de banco. Há um outra pessoa presa no confronto policial, que está hospitalizada e que participou do episódio na penitenciária, mas não era um detento. Ele ainda não foi identificado. Ao todo, cinco foragidos morreram em confronto com policiais. Outros 15 internos ainda continuam foragidos.

Força Tarefa

Desde o domingo, policiais civis e militares e os serviços de inteligência das Secretarias de Segurança Pública e de Administração Penitenciária têm atuado de forma integrada para recapturar foragidos e identificar os envolvidos na ação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Ataque ao presídio de Pedrinhas foi para resgatar 7 assaltantes de banco, diz polícia

1_081115___capa_urbano___thiago_bardal-162497

O ataque a uma unidade do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, que resultou na fuga de 32 detentos, tinha como objetivo o resgate de sete internos ligados a uma quadrilha interestadual de assaltantes de banco, segundo informou a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

“Eles são integrantes de quadrilhas interestaduais, gente de Teresina, Goiás, Araguaína, da região tocantina. São pessoas que quando foram presas estavam em posse de armamento de grosso calibre e de explosivos. E estamos trabalhando em conjunto com o Centro de Inteligência desses outros Estados e colhendo informações com parentes para realizar a recaptura deles. Estamos colhendo provas para tentar identificar os elementos que participaram dessa fuga da noite de ontem” , explicou o delegado.

IMG_6568

Ainda de acordo com Thiago Bardal, apenas sete dos fugitivos eram alvos do resgate. Os demais, se aproveitaram da situação para fugir. “Essa ação foi voltada para o resgate desses sete assaltantes de banco, mas na hora, outros se aproveitaram da oportunidade e tentaram fugir. Alguns não conseguiram, pois foram contidos pelos agente penitenciários, mas outros tiveram êxito na fuga. A gente acredita que alguns desses podem ainda estar aqui na Ilha, mas os alvos principais já devem estar fora do Estado, pois foi uma ação planejada, tudo já estava pronto para a fuga” , relatou o superintendente da Seic.

O delegado afirmou que a polícia já está em posse das imagens que mostram os veículos que deram apoio na fuga dos criminosos. Inclusive, um desses carros foi abandonado na região do Quebra-Pote. Um Fiat Uno que foi roubado no dia 18 deste mês, na área do Itaqui-Bacanga.

Thiago Bardal disse que o carro estava muito sujo de sangue, o que leva a crer que alguns desses fugitivos estejam feridos. Investigação da equipe prisional A polícia já ouviu agentes penitenciários para saber como os detentos conseguiram serrar as grades. Além dos agentes, outras pessoas que trabalham no sistema prisional estão sendo chamadas para prestar esclarecimentos.

1495473203-364709278

“A investigação foi instaurada e temos que investigar todas as condutas. Serão ouvidos todos os funcionários que trabalharam no plantão anterior e no dia da fuga. Serão ouvidos, também, os detentos que tentaram fugir. Tudo isso para tentar encontrar os responsáveis por essa fuga” , explicou o delegado

Detentos mortos em confronto com a Polícia

Sebastião Araújo de Almeida
Jocimar Pires Mendonça
Geandro Silva Santos

Lista dos 21 foragidos

1. Renato Costa Sousa 2. Flávio Lima da Silva 3. Ludmaylon Costa Barros 4. Marcos Alex Serra Lisboa 5. Raimundo Bruno dos Santos Carvalho 6. Roni Perterson Silva 7. Vanderluz Gomes da Silva 8. Wellington Monteiro Dos Santos Alves 9. Paulo de Caldas Santos 10. Ronalth Correia Coelho 11. Valdemir Laurindo Flores 12. Werdson Dayvid da Silva Melo 13. Jhemisson Ferreira Santos 14. Ronaldo Mourão Teixeira 15. Alisson Pereira Lima 16. Cláudio Kelson de Sousa Rodrigues 17. Edvandro Pereira Araújo 18. Gealison de Jesus Carvalho 19. Kassio Girdel Carvalho Ribeiro 20. Pedro César Pereira Paz 21. Fernando Machado Vasconcelos


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Mulher reage a assalto e atira em suspeito, em São Luís

cats

Na tarde desta sexta-feira (19), uma mulher, que seria uma policial, reagiu a um assalto e baleou o criminoso, no bairro do Monte Castelo, em São Luís.

Segundo informações preliminares, o bandido rendeu a mulher com uma faca na mão, pedindo que ela passasse o celular.

A vítima obedeceu o ladrão, abriu a bolsa. Porém, no lugar de tirar o celular, ela puxou uma pistola .40 e atirou contra. O tiro acertou a perna do assaltante, que foi levado para o Hospital Socorrão I.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Suspeito de estupro é linchado e morto em Bacuri

IMG-20170516-WA0086

Na noite da última terça-feira (16), um homem, cuja identificação não foi divulgada, foi linchado e morto após ser capturado pela polícia sendo como o suspeito de ter estuprado uma técnica de enfermagem na cidade de Bacuri.

Segundo informações de testemunhas, o homem e mais dois comparsas abordaram a enfermeira, quando esta estava pilotando a sua motocicleta, em uma localidade chamada Curva da Vida.

Os suspeitos arrastaram a vítima para o matagal e a estupraram. A enfermeira ficou em estado de choque e gravemente ferida. Após o crime, levaram o seu veículo.

Após investigações, a polícia chegou e prendeu um dos criminosos. Em seguida, o indivíduo foi levado para o Hospital Municipal de Bacuri. Ao tomar conhecimento da prisão, a população se revoltou, invadiu o local e espancou o estuprador até a morte.

Estuprador-linchado-em-Bacuri-morre-2-e1494993449302


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Técnica de enfermagem acusa endocrinologista de violência sexual, em São Luís

1494952004-431551722

Nesta terça-feira (16), uma técnica de enfermagem procurou a Delegacia Especial da Mulher (DEM), em São Luís, relatando ter sofrido abuso sexual por parte de um médico endocrinologista. Segundo a delegada Wanda Moura Leite, titular da DEM, a técnica afirmou que procurou o médico por recomendação de sua ginecologista, já que havia a suspeita de que a paciente estava com problemas hormonais.

E, ao chegar na sala do endocrinologista, a técnica de enfermagem afirma que ele pediu para examiná-la.

“Ela conta que durante o exame, por várias vezes, o médico introduziu o dedo na vagina dela como se quisesse excitá-la. Depois começou a roçar o pênis nela e até tentou levar a mão da paciente ao seu órgão sexual. Diante disso, a jovem disse que ficou assustada e foi que percebeu que o médico estava com a calça aberta. De imediato ela se levantou e reclamou da atitude do médico. No entanto, ele disse pra ela que isso era um procedimento normal. Revoltada com a situação, a técnica de enfermagem procurou a delegacia para prestar queixa contra o endocrinologista”, relatou a delegada Wanda Moura Leite.

Na delegacia, a técnica disse que o médico, que atende em uma clínica no Anjo da Guarda, aparenta ter em torno de 60 anos. “Ela relata que não imaginava que o médico fosse capaz disso, já que aparentava ser uma pessoa idônea. A jovem ainda conta que foi à clínica na companhia do marido, o qual ficou do lado de fora do consultório, sem saber que a mulher estava sendo vítima de uma violência como essa. É importante ressaltar que a própria vítima foi quem pediu que o caso fosse divulgado, pois ela disse que da mesma forma que foi violentada, pode haver outras mulheres que passaram pela mesma situação”, contou a delegada.

Ainda de acordo com Wanda Moura Leite, o caso está sendo investigado. A técnica de enfermagem já passou pelo exame de conjunção carnal e aguarda o resultado do mesmo para comprovar a violência. Já o médico denunciado ser chamado em breve para ser ouvido na DEM. Além disso, a jovem também foi encaminhada à Defensoria Pública do Estado para que entre com uma ação contra a clínica na qual o endocrinologista atende.

A delegada Wanda Moura Leite ressalta que qualquer mulher que tenha sofrido algum tipo de abuso deve procurar a Delegacia Especial da Mulher, para que esse tipo de crime não fique impune.

Do Imirante.com


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

4 bandidos param mulher e roubam carro no Vinhais, em São Luís

assalto

Na tarde de domingo (14), um grupo de 4 criminosos tomaram de assalto um veículo de uma mulher na Rua Quarenta e Nove no bairro Vinhais, em São Luís.

De acordo com o vídeo abaixo, os assaltantes que estavam um carro corsa vermelho de placa HQA 5821, provavelmente oriundo de outro roubo, fecharam a condutora do veículo HB20 prata de placa PSN 5324, que não teve o nome revelado.

Em seguida, todos saíram do corsa e abordaram o HB20. A senhora, ainda tentou não abrir o carro, mas cedeu e automóvel foi pelo bando.

O outro veículo que estava de posse dos assaltantes foi abandonado na via. Em seguida eles fugiram no HB20 tomando rumo ignorado.

Toda a ação criminosa foi registrada pelas câmeras de videomonitoramento e os meliantes deverão ser identificados pela polícia que realiza buscas na região. Até o momento não há prisões de suspeitos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

5 pessoas são presas por desmanche de carro, em São Luís

Na tarde desta sexta-feira (12), 5 pessoas foram presas por desmanche de carro e tráfico de drogas no Itapiracó e uma menor apreendida .

Foram detidos Carlos Alberto Quaresma Machado Filho, Wesley Moraes de Oliveira, Claudiney dos Santos Souza, Walison Sousa Silva e Giselma de Jesus Pinheiro.

Segundo informações policiais, foi informado que na rua Travessa 7, quadra 20, casa 01, no Itapiracó havia um desmanche de carros, bem como tráfico de drogas.

Ao chegar ao local, a policia encontrou placas de carros (algumas de veículos roubados), sendo confessado o roubo pelo próprio morador, inclusive a localização do mesmo que encontrava-se enterrado.

Na ocasião, foram apreendidos 1 Balança de precisão; 1 Balaclava; 8 buchas de maconha pronta pra venda; 1 barra de 25 gramas de maconha; 2 placas de veículo; *HPU-0317 CORSA SEDAN PREMIUM, roubado* ; 4 celulares; 2 porta cédulas; 3 munições de calibre 38; R$ 314,50.

IMG-20170512-WA0146

IMG-20170512-WA0149

IMG-20170512-WA0176


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Vereador de Lajeado Novo é preso com veículo roubado em Porto Franco

IMG-20170508-WA0017

Na manhã desta segunda-feira (08), uma equipe da PRF prendeu um vereador de 42 anos, do município de Lajeado Novo no Km 156 da BR 010, em Porto Franco. Ele estava conduzindo um veículo VW/ Voyage de cor prata e placas aparentes ONN-2254.

Após consultas aos sistemas de segurança e verificação dos sinais identificadores do veículo, constatou-se que o automóvel apresenta adulteração no chassi e monobloco do motor, que fogem ao padrão de gravação da montadora.

O CRLV consta de um lote furtado do DETRAN/TO. A placa original é OMU-3092, como ocorrência de roubo/furto. Diante dos fatos, o condutor e veículo foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil em Porto Franco. Enquadramento: RECEPTAÇÃO Art. 180 e USO DE DOCUMENTO FALSO Art. 304.

IMG-20170508-WA0020


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia realiza operação de combate ao tráfico de drogas no Maranhão

droga_incinerada

A polícia realizou no final de semana, na região do Alto Turi, uma operação no combate ao tráfico de drogas. Na ocasião, grandes plantações de maconha foram localizadas e destruídas pelos policiais.

A operação foi batizada de “Tarim 2” e reuniu 31 pessoas da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico, do Centro Tático Aéreo (CTA) e também da Polícia Militar. Foi realizado um levantamento prévio da área, onde foram mapeadas 13 plantações de maconha nos municípios de Centro do Guilherme, Maracaçumé, Centro Novo e Lago do Junco, situados na região do Alto Turi.

As roças ficavam escondidas no meio da mata, onde o acesso por terra muito restrito. Para chegar até os locais, os policiais que participaram da operação utilizaram dois helicópteros do CTA. Em Centro do Guilherme a 189 km de São Luís, roças com até 30 mil pés de maconha foram encontradas. Antes de iniciar o corte, os policiais fizeram uma vistoria no local.

Segundo o sargento do CTA, César Pereira, em alguns pontos foram deixadas armadilhas pelos criminosos. “É o modos operantis deles aqui e é comum nós encontrarmos armadilhas chamadas de bufetes na região que são armadilhas, são armas de fogo artesanais que eles colocam cordão de tropeço. Então, nós fazemos a segurança da área e nessa segurança inclui o vasculhamento. Então, a gente vasculha toda área para que a gente encontre estes tipos de armadilhas”, disse.

Um homem identificado como José Ribamar da Silva Ribeiro, dono de uma fazenda em Centro do Guilherme foi preso.

O delegado Danilo Veras, que participo da operação policial, afirma que José Ribamar é apontado como a pessoa que gerenciava as plantações e até contratava pessoal para trabalhar. “Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas cidades de Centro do Guilherme, local em que foi preso o indivíduo José Riba. O mesmo é apontado como financiador de roça naquela região e que, na ocasião, além dos mandados de busca, foram feitas incursões em áreas em que o mesmo cultivava a maconha, foi encontrado trabalhadores”, finalizou.Durante quatro dias de operação foram destruídos cerca de 170 mil pés de maconha. De acordo com a polícia, esta foi a maior apreensão de droga ocorrida no estado do Maranhão nos últimos dez anos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.