Política

Confira a agenda dos candidatos a prefeito de São Luís

Veja abaixo a agenda dos candidatos a prefeito de São Luis:

Candidato Wellington do Curso – Coligação “Por Amor a São Luís” – (PP), (PSB), (PHS) e (PSD).

Sábado: 20/08

10h – Reunião com o candidato a vereador Nogueira (PSD), lideranças e apoiadores.
Local- Avenida Sol Nascente, Quadra 29, Nº 12, Sol e Mar

13h30 – Reunião com os coordenadores da campanha.
Local – Comitê de Campanha

Domingo: 21/08

9h – Reunião com o candidato a vereador Chaguinha (PP), lideranças e apoiadores.
Local – Casa da Família, Rua Epitácio Cafeteira, Nº 75, São Cristóvão I.

16h – Reunião com o candidato a vereador Estevão Aragão (PSB), lideranças e apoiadores.
Local – Avenida Santos Dumont, Nº 45, São Cristóvão

Candidata Eliziane Gama

Sábado, dia 20 de agosto de 2016

?09h – Reunião com lideranças
?13h – Grava Programa Eleitoral
?16h – Participa de atividade com candidatos a vereador
?19h – Reunião da Coordenação de Campanha

Domingo, dia 21 de agosto de 2016

?10h – Reunião da Coordenação de Campanha
?16h – Grava Programa Eleitoral
?18h – Reunião com lideranças

Candidato Fábio Câmara – Coligação: “Coragem para fazer” (PMDB/PRP)

Sábado: 20/08/2016

8h30 – Café da manhã com líderes evangélicos
15h – Gravação de programa eleitoral para a TV
19h30 – Reunião com organização interna da campanha

Domingo: 21/08/2016

9h30 – Reunião com lideranças da área Itaqui-Bacanga.
15h – Reunião para preparar material de campanha
20h – Gravação de programa eleitoral para a TV


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

“Edivaldo foi para TV mentir para a população”, diz Wellington do Curso

Wellington

O candidato a prefeito de São Luís e deputado estadual, Wellington do Curso (PP), criticou a gestão de Edivaldo Holanda Júnior (PDT), e disse que o atual gestor foi para a TV enganar e mentir para a população, durante a sabatina realizada pelo jornal O Estado do Maranhão, na manhã desta quarta-feira (17). Wellington foi o 8º candidato a ser sabatinado.

O candidato do PP também declarou que o legado deixado por Edivaldo Júnior é a frustração para a sociedade e que o gestor foi para a TV enganar e mentir. “Ele prometeu viaduto na Forquilha sem planejamento. Ele mentiu ao fazer promessas que não poderiam ser cumpridas. Foi para TV enganar, mentir”, frisou Wellington do Curso.

Durante a entrevista, que durou cerca de 1h, o deputado disse, ainda, que o prefeito fala em herança maldita deixada pela gestão de João Castelo e em crise, mas destinou R$ 33 milhões com dispensa de licitação para a Secretaria Municipal de Orçamento Participativo contratar o ISEC e repassou R$ 23 milhões para a Secretaria de Comunicação “para fazer propaganda enganosa”, ressaltou o candidato do PP.

Na sabatina, Wellington do Curso falou sobre o plano de governo e respondeu perguntas sobre os temas da educação e mobilidade urbana. Segundo o parlamentar, há uma necessidade de implantar uma campanha de educação no trânsito.

“É necessário fazer um planejamento estratégico. O meu projeto está baseado em quatro eixos: gestão, políticas sociais, geração de emprego e renda, meio ambiente e saneamento básico. É preciso criar rotas alternativas para diminuir congestionamentos e ampliar as inter-bairros”, detalhou o pepista.

Wellington ressaltou que, caso venha a ser eleito, São Luís terá um Centro Integrado de Operações Municipais e construirá passarelas em pontos como Avenidas Colares Moreira e Cohab.

E ao ser questionado sobre o viaduto da Forquilha, o deputado foi enfático: “Com crescimento da população, houve um estrangulamento do trânsito na Forquilha, por isso precisamos fazer um estudo técnico, um estudo de viabilidade”.

O candidato do Partido Progressista comentou também sobre a educação e frisou que vai priorizar a educação de forma compartilhada, pois foi resgatado pela educação. “Se não fosse pela educação não estaria onde estou hoje. Tudo depende da educação. É necessário dar oportunidade aos jovens e construir escolas. A periferia de São Luís está dominada pelas drogas porque o ‘braço do Estado não chega”, pontuou.

Wellington criticou a atuação do atual prefeito na área educacional e relembrou que Edivaldo Holanda Júnior prometeu 25 creches, que não foram entregues. “Ele deveria ter transformado São Luís pela educação, o prefeito reformou a Praça do Jumento, na Camboa, mas não reformou a creche. O gestor poderia ter usado os R$ 33 milhões na construção das unidades de ensino infantil, mas não o fez”, falou. E disse mais: “A região do Itaqui-Bacanga está esquecida e abandonada”.

E para finalizar, Wellington respondeu a uma pergunta sobre a relação de Waldir Maranhão (PP), uma vez que todos são do mesmo partido. “Waldir Maranhão não é figura presente na minha candidatura. Tenho respeito por ele, mas ele não faz parte do nosso projeto e ele direciona o PT do B, que está coligado com outro candidato”, afirmou


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Edilázio Júnior declara apoio a Wellington do Curso

thumbnail_edilázio e wellington

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV), primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, utilizou a tribuna da Casa na sessão de hoje para declarar apoio à candidatura de Wellington do Curso (PP) à Prefeitura de São Luís.

Edilázio explicou que o apoio a Wellington em nada fere o respeito ao seu partido político, que compõe a coligação de Eliziane Gama (PPS) e justificou a escolha pela candidatura do colega de parlamento levando, principalmente em consideração, o grupo político ao qual Gama faz parte.

“Em recente entrevista o governador Flávio Dino afirmou que Eliziane Gama e Edivaldo Holanda comungam da mesma ideologia dele e que ambos devem disputar o segundo turno. Ele apoia os dois e declarou isso, assim ele fez quando trouxe Aécio [Neves], trouxe Dilma. Tenho carinho por Edivaldo e por Eliziane, que foi minha colega aqui nesta Casa, mas depois da declaração de Flávio Dino, tomei a minha decisão”, justificou.

Edilázio destacou a trajetória de Wellington do Curso, falou da atuação do parlamentar no Legislativo e assegurou que caminhará com o pepista nas eleições municipais.

“Vamos trabalhar para sairmos vitoriosos dessas eleições, e tenho certeza de que vossa excelência pelo desempenho que teve foi o grande fenômeno desta Casa, da Assembleia Legislativa. Chegou aqui com uma votação não muito expressiva e hoje é o grande destaque dessa legislatura, nesses dois anos, é um dos deputados, talvez o mais atuante, o mais presente, o mais trabalhador, que mais usa a tribuna, que mais faz requerimentos, eu fico cansado de ler ali como primeiro secretário tanto requerimento de vossa excelência e esse reconhecimento, deputado Wellington, vem se mostrando nas pesquisas, subindo ponto a ponto, diariamente”, disse e completou:

“Tenho certeza de que essa linha ascendente que vem tendo desde quando vossa excelência disse que seria pré-candidato vai continuar e o que mais me anima ainda, V. Ex.ª está num partido de um amigo que eu tenho, que é o deputado Federal André Fufuca. Fiquei mais feliz ainda quando vi ainda o ex-deputado Clodomir Paz também fazendo parte do seu grupo político, vai ajudá-lo em sua campanha como coordenador também, um homem de grande experiência, uma pessoa que tem muito a lhe orientar, nos orientar como jovens que estamos começando, ele que já tem uma vida pública de longa data”, enfatizou.

Edilázio finalizou o seu discurso, assegurando que se dedicará durante a campanha para eleger Wellington prefeito de São Luís.

“Então, deputado Wellington, quero aqui deixar o meu apoio, a minha força de vontade, a minha juventude à sua disposição para caminharmos e trabalharmos juntos por uma São Luís melhor”, concluiu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Roberto Rocha diz que Wellington terá desafio em recuperar autoestima do povo

2

Durante a convenção do Partido Progressista (PP), realizada na última sexta-feira (5), em São Luís, o senador da República Roberto Rocha (PSB) disse que o candidato a prefeito da capital maranhense, Wellington do Curso, terá um grande desafio: recuperar a autoestima do povo de São Luís.

“As pessoas, eleição após eleição, têm uma descrença nos políticos e você (Wellington) tem um desafio não só de vencer a eleição, talvez esse seja o desafio menor, mas de recuperar a autoestima do povo de tanta decepção, tanta tristeza e de tantas promessas vazias que não podem ser cumpridas”, disparou Roberto Rocha.

O senador foi enfático e disse mais: “da nossa parte não tem mais PSB, não tem mais PP, não tem mais PHS, não tem mais PSD. A partir de hoje tem um partido, o partido da cidade de São Luís, chamado Wellington do curso, esse partido tem nome e tem número.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

‘Eu não fui recebido até hoje pelo governador’, diz Wellington em convenção

convenção 2

O candidato a prefeito de São Luís, Wellington do Curso (PP), afirmou, durante a convenção do Partido Progressista em São Luís, que jamais foi recebido pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), pois tem independência política.

“Quando eu falei que eu não fui recebido até hoje pelo governador do estado é porque tenho independência política, mas independência não pode ser confundida com arrogância, com prepotência”, garantiu Wellington do Curso.

Em seu discurso, o candidato do PP disse que, caso seja eleito, Flávio Dino terá que recebê-lo, afinal será um prefeito atuante e trabalhador. E se o gestor estadual não aceitar a sua visita dará a entender que não gosta de São Luís.

“Mas prefeito Wellington, o governador vai lhe receber? Vai! Qual é o governador que não vai receber um prefeito atuante? Um prefeito trabalhador, um prefeito que quer o bem da cidade, a não ser que ele não goste de São Luis e do povo, porque se gostar da cidade e respeitar o povo, ele vai receber o prefeito Wellington trabalhador, atuantes, determinado, que sabe fazer e vai resolver os problemas de São Luís”, afirmou o pepista.

E no final, declarou que não vai fazer promessas em vão. “Não vamos prometer o que não podemos cumprir”, disse Wellington do Curso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Convenção do PP homologa candidatura de Wellington do Curso nesta sexta-feira

Wellington-do-Curso-convenção-e1470412905897
O Partido Progressista (PP) realizará a sua Convenção Municipal em São Luís hoje, a partir das 16 horas no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa do Maranhão.

No evento, o partido homologará a candidatura de Wellington do Curso a Prefeito de São Luís e também anunciará os seus candidatos a vereador para a capital.

Na oportunidade, também será anunciado os partidos que integrarão a coligação partidária nas eleições deste ano que também estarão presentes na Convenção.

Após ter começado a pré-campanha de forma independente e com um forte clamor social Wellington destaca a importância da participação popular em todo processo e acredita que é preciso ter coragem e para transformar São
Luís.

“Há vários meses estamos ouvindo São Luís, realizando visitas, recebendo sugestões para plano de governo progressista, agora, chegou a hora de seguirmos avante, chegou a hora de nos unirmos e construirmos uma nova São Luís. A participação popular tem sido muito importante nessa construção. Juntos, com coragem e determinação, transformaremos a nossa querida São Luís”, declarou Wellington.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Wellington do Curso terá 2,3 minutos do tempo de televisão

thumbnail_IMG-20160804-WA0148

O candidato do Partido Progressista à Prefeitura de São Luís, Wellington do Curso, só ganhou com os apoios fechados ontem (04). O pepista terá 2 minutos e 3 segundos de propaganda eleitoral gratuita na Televisão e no Rádio.

A duração se justifica pelo fato de a coligação do candidato pepista ter adesão de mais 3 partidos em sua chapa, que são o PHS, PSD, PSB.

O partido de Wellington do Curso, o PP, tem 31,1 segundos na propaganda e ganhou mais 29,4 segundos do PSD, outros 27,8 segundos do PSB e mais 4 segundos do PHS, totalizando 92,3 segundos.

A Justiça Eleitoral determina a divisão de 60 segundos, igualitariamente, entre todos os candidatos e em São Luís serão nove candidatos, Wellington terá mais 6,6 segundos adicionais, chegando a 98,9 segundos, que, dividido por 60 é igual a 1,64 segundos, ou 2 minutos e 3 segundos.

O tempo é um dos maiores entre os candidatos a Prefeitura de São Luís. A propaganda eleitoral no Rádio e na TV começa no dia 26 de agosto.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Imagem da noite: chapa definida

A chapa foi definida e terá como candidatado a prefeito o deputado estadual Wellington do Curso e o vereador Roberto Rocha Júnior vice-prefeito de São Luís, ambos com o apoio de vários partidos que juntos somam mais de 1 minuto de tempo de televisão e rádio no horário eleitoral.

O anúncio da união dos partidos PP, PSB, PSD e PHS em prol da candidatura de Wellington movimentou o cenário político desde a tarde de quinta-feira (04), vitaminando o projeto do PP, que chegou a ter dificuldades em aglutinar partidos para enfrentar o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e deputada federal Eliziane Gama (PPS).

Durante a reunião que definiu a chapa, estavam presentes o senador Roberto Rocha, o vereador e presidente municipal do PSB, Roberto Rocha Júnior, o vice-presidente nacional do PHS, advogado Jorge Arturo, o ex-deputado Clodomir Paz, entre outras lideranças políticas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Wellington do Curso vence Edivaldo e Eliziane no segundo turno, diz pesquisa

Em um eventual 2º turno, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) perderia a corrida para a Prefeitura de São Luís para Eliziane Gama e Wellington do Curso, segundo aponta o levantamento do Instituto Prever Pesquisa e Consultoria.

A pesquisa, que foi encomendada pelo Blog do Neto Ferreira, ouviu 700 pessoas entre os dias 22 a 24 de julho. A margem de erro de 3,7% com intervalo de confiança de 95%. A sondagem está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número MA-02842/2016.

Em um confronto entre Eliziane e Edivaldo, a deputada federal ganharia no segundo turno com 34,6%, contra 31,2% das intenções de votos. Não voltaria em nenhum ou em branco ficou com 29,7% e não sabe ou não respondeu com 4,5%

Em outro cenário, agora um confronto direto com o deputado Wellington do Curso, o pedetista ficaria com 30,5%, já o candidato do PP ganharia a eleição com 35,1%. Não voltaria em nenhum ou em branco ficou com 30,5% e não sabe ou não respondeu com 3,8%.

Já uma disputa entre Gama e Wellington, o candidato do PP vence com 32,2%, e Eliziane perderia com 30,8%. Não voltaria em nenhum ou em branco ficou com 32,8% e não sabe ou não respondeu com 4,2%.

pesquisa 02


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Edivaldo tem 22%, Eliziane, 19,1%, e Wellington 18,8%, aponta pesquisa Prever

page

Levantamento do Instituto Prever-Pesquisa e Consultoria, divulgado nesta quinta-feira (26), aponta o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), na liderança com 22,7% das intenções de votos.

A pesquisa, que foi encomendada pelo Blog do Neto Ferreira, ouviu 700 pessoas entre os dias 22 a 24 de julho. A margem de erro de 3,7% com intervalo de confiança de 95%. A sondagem está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número MA-02842/2016.

A deputada federal Eliziane Gama (PPS) aparece em segundo lugar com 19,1%, e em terceiro vem o deputado estadual Wellington do Curso (PP), com 18,8%. Em seguida, aparecem o deputado Eduardo Braide (PMN) com 4,6% e a vereadora Rose Sales (PMB) com 4,0%. Por último, aparece o vereador Fábio Câmara (PMDB) com 3,5%. Não sabem ou não responderam com 6,0% e nenhum/branco com 21,2%.

Na modalidade espontânea – onde os eleitores apontam em quem gostariam de votar- Edivaldo Holanda Júnior lidera com 19,5%, Eliziane Gama com 11,3% e Wellington do Curso com 8,8%. Já Rose Sales vem com 3,8%; Fábio Câmara com 2,2%; Eduardo Braide com 1,4%; Bira do Pindaré com 0,4%; João Castelo com 0,3% e Roseana Sarney com 0,1%. Brancos e nulos tiveram o maior percentual e surgem com 30,5% e não souberam ou não responderam 21,6%.

A sondagem também avaliou o índice de rejeição por parte dos eleitores em relação ao pré-candidatos. O prefeito de São Luís tem a maior taxa com 35%. Em seguida, 11,4% dos eleitores afirmaram que não votariam de jeito nenhum em Eliziane Gama; Fábio Câmara 9,6%.

Rose Sales tem rejeição de 6,3%; Eduardo Braide 5,9%, e Wellington do Curso é o menos rejeitado com apenas 2,5%. Não souberam ou não responderam surgem 20,1% e não rejeito nenhum com 9,2%.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.