Poder

As armas de João Castelo para 2012 e 2014

Blog do Ed Wilson

João Castelo encarando Roseana Sarney

João Castelo encarando Roseana Sarney

O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), arma o jogo da sucessão de 2012 como o olho em outra eleição majoritária – a de senador em 2014 – podendo vir a ser concorrente direto de Roseana Sarney (PMDB).

Em 2014 só haverá uma vaga para o Senado. Roseana precisa da proteção de um mandato, mas pode ter seus planos atrapalhados por João Castelo, caso ele seja reeleito à Prefeitura de São Luís.

É por isso que o Sistema Mirante de Comunicação, braço midiático dos Sarney, ataca sistematicamente a gestão do prefeito Castelo, que é péssima e oferece pautas intermináveis para o agendamento negativo da Prefeitura.

Os Sarney precisam “matar” Castelo em 2012 para impedir a concorrência dele à única vaga do Senado em 2014, deixando a conjuntura razoavelmente favorável a Roseana.

CASTELO E O TRUNFO DA VICE-PREFEITURA

A possibilidade da candidatura de Castelo ao Senado torna-se o principal instrumento de negociação do prefeito na composição das alianças em 2012.

Castelo vai vender dois sonhos aos pretensos aliados: ser reeleito à Prefeitura e renunciar em 2014 para ser candidato ao Senado, entregando São Luís ao vice-prefeito.

Com essa plataforma o prefeito tenta atrair ao projeto de sua reeleição pelo penos quatro partidos indispensáveis: PDT, PPS, PSB e PP.

Todos serão seduzidos pela possibilidade de assumir dois anos de mandato na Prefeitura, caso Castelo seja reeleito e renuncie para concorrer ao Senado em 2014.

Com essa tática o prefeito tenta ainda esvaziar as pretensões de um dos seus adversários – Flávio Dino (PC do B) – que também pleiteia alianças com os pedetistas, o PPS, os socialistas e o PP.

O plano de Castelo é perfeito, não fosse o caos da cidade e os seis meses de chuva que virão no primeiro semestre do próximo ano para acabar de destruir a capital, quando não ficará pedra sobre pedra e Castelo será arrastado pela correnteza.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Washington colocou mais cinco cargos na vice-governadoria na ausência de Roseana

Blog do Luis Cardoso

Washington Oliveira

Washington Oliveira

Engana-se quem imagina que o caladinho vice-governador do Maranhão, Washington Oliveira, não ganhou nada quando esteve por mais de cinco dias substituindo a governadora Roseana Sarney.

No exercício do cargo de governador, Oliveira deslocou para a estrutura da sua vice-governadoria mais cinco cergos em comissão, todo com salários acima de R$ 2 mil, conforme publicação do Diário Oficial do Estado do dia 7 deste.

De mansinho, o vice-governador arrumou nos cabides da vice cargos para petistas aliados que estavam desempregados. Nomeou Cecília Amin Castro, Saddam Hussein Gonçalves Nunes e Elton Gonçalves de Moraes.

Restam ainda duas nomeações, com simbolo DAS-1, que agora a denominação de Assessor Sênior


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Obra paga e abandonada pelo governo Roseana Sarney; veja o vídeo

Foi realizado um empenho para a construção de uma ponte no povoado Balandro próximo ao município de Bequimão, no dia 7 de julho de 2010, ao valor de R$ 594.791 mil.

O primeiro pagamento foi efetuado no dia, 17, de setembro de 2010 para a empresa Makete Construções e Terraplenagem Ltda., no valor de R$ 254.502, para inicialização da construção da ponte.

Só que a empresa Makete Cosntruções de fato, abandonou a obra deixando mais de cinco mil pessoas em estado de calamidade pública ao atravessar em ponte de madeira.

Por falta da ponte, acaba dificultando o acesso de populares de 12 povoados que Liga ao município de Bequimão: Balandro, Santa Vitória, Iribuí, Juraraitá, Calhau, Ponta dos Soares, Barroso, Floresta, Santana, Centrinho, Suassui e Beirada.

Porém, até hoje a obra nunca foi concluída para o desespero da população, como se observa nas imagens chocantes abaixo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Recordar é viver: Ricardo Murad esculhamba Roseana Sarney; veja o vídeo

Ricardo Murad

Ricardo Murad

Na campanha eleitoral no ano de 1994, Ricardo Murad tentou viabilizar sua candidatura ao Governo do Maranhão, após rompimento com a família Sarney. Em um vídeo histórico, que mostra Murad esculhambando Roseana Sarney.

“Roseana Sarney é uma farsa, uma criação sem consistência, ela representa apenas os interesses econômicos de sua família, se apropriando de forma vergonhosa do povo”, disparou Murad.

Ricardo Murad foi tão revoltado com o seu atual grupo político, que chegou a pedir que a população votasse em Jackson Lago ou Cafeteira, mas nem pensar em Roseana Sarney.

A briga foi tão grande que envolveu até o grande escalão do judiciário eleitoral maranhense. Ricardo acusou cinco juízes eleitorais de terem agido de má fé por ordem da família Sarney, e ainda chegou a afirmar que o empresário recém-investigado pela Polícia Federal, Fernando Sarney teria sido o responsável pela anulação de sua candidatura no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por 4 votos a 2. Veja abaixo o desabafo de Ricardo Murad, hoje secretário de Saúde do governo Roseana Sarney:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Arnaldo Melo assume o Governo do Maranhão

Arnaldo Melo Presidente da Assembleia Legislativa

Arnaldo Melo Presidente da Assembleia Legislativa

Confirmado. Washington Luiz Oliveira (PT) governador em exercício até esta segunda-feira, 31, e passará o cargo após ida ao Ceará, para compromissos familiares.

No entanto, quem assumirá o Governo é o presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB), que deve ficar até quinta-feira, 03 e também irá entregar o cargo ao presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargador Jamil Gedeon Neto para formalizar a inauguração do novo Fórum da cidade de Caxias na sexta-feira (04).

Com a saída de Arnaldo Melo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcos Caldas (PRB), 1º vice, será o presidente em exercício da casa por temporariamente por três dias.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

OAB entrará com ação contra estatização da Fundação José Sarney

O Globo – Por Raimundo Garrone

A seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Maranhão aguarda a sanção da governadora Roseana Sarney ao projeto que estatiza a Fundação José Sarney para recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). Se a governadora assinar o projeto, a entidade vai entrar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo.

Roseana Sarney e José Sarney
Roseana Sarney e José Sarney

O presidente da comissão de estudos constitucionais da OAB, Rodrigo Lago, disse que ofende o princípio republicano da impessoalidade a nomeação do presidente do Senado, José Sarney, como patrono vitalício da nova fundação. A entidade muda de nome, passa a ser chamada de Fundação da Memória Republicana Brasileira, e manteria Sarney como presidente vitalício.

– Independente do acervo, não se pode fazer culto às pessoas, ainda mais nomeando-lhe patrono vitalício de uma fundação de direito público – disse.

Lago ainda chama a atenção para o patronato hereditário estabelecido na lei, que garante aos herdeiros de Sarney o direito de substitui-lo e indicar dois nomes no conselho curador da entidade, que só poderá ser extinta por decisão unânime do próprio conselho.

– O Estado não tem mais autonomia sobre uma fundação que faz parte de sua administração. Além do mais, o direito hereditário de nomear membros do conselho é incompatível com os princípios republicanos – explica.

A Fundação José Sarney, desde sua criação, foi beneficiada pelo governo estadual maranhense. Antes de ser instalada em um convento do século XVII, no centro histórico de São Luís, o local foi reformado com recursos públicos. Em 1990, o convento foi doado para sediar a fundação pelo então governador Epitácio Cafeteira, aliado incondicional da família Sarney.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Roseana Sarney promove o segurança ao posto de Coronel

Vieira é agraciado em menos de 2 anos a patente de Coronel

Vieira é agraciado em menos de 2 anos a patente de Coronel

A governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) promoveu na quarta-feira, 31, de agosto o secretário-chefe do Gabinete Militar tenente-coronel, José de Ribamar Vieira, irregularmente a patente de Coronel.

Vieira atuou desde o inicio da carreira política de Roseana Sarney como segurança particular, com o passar dos tempos, e principalmente em cada governo da oligarquia, ele sempre é foi agraciado com mudanças repentinas de posto, igual a está.

Porém, sua nomeação fere a constituição, pois ocupava a 44ª colocação na escala da hierarquia, ou seja, estando na posição de 2º excedente dentro do quadro de tenentes-coronéis.

O atual Coronel se quer chegou a completar o tempo correto de (2) anos na patente de tenente-coronel, além de ultrapassar o limite permitido perante a lei, que é de (42) oficiais.

Ao que parece, Roseana Sarney desrespeitou os direitos de 42 oficias do alto escalão que permanecem na fila aguardando a então sonhada promoção.

Veja abaixo o ato em que José de Ribamar Vieira é promovido ao posto de Coronel:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Lobão e o “Ministério do Apagão”

O que realmente era para ser uma simples visita do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB) ao Maranhão onde se elegeu a senador com mais de 1.702.085 votos válidos, acabou sendo motivo de piadas após o apagão que ocorreu justamente quando a governadora Roseana Sarney (PMDB) utilizava o microfone para expressar seus pontos de vista sobre a obra.

Veja a feição da governadora no momento do apagão

Veja a feição da governadora no momento do apagão

Em plena manhã de sexta-feira (07) deste mês, o ministro Edison Lobão, a governadora Roseana Sarney, o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa e o gerente-geral da Refinaria Premium I, Fernando Martinez, participaram da vistoria nos canteiros de obras da então sonhada Refinaria Premium I da Petrobras que fica no município de Bacabeira, a 70 km de São Luís.

Depois da vistoria, se reuniram para conceder entrevista a imprensa, quando menos esperado, aquele velho e rotineiro apagão, logo no momento em que a governadora discursava. Lobão envergonhado e tenso, não sabia onde se escondia, tentou disfarçar o episódio só que não teve jeito! Logo vieram algumas risadas sobre o miniapagão que durou alguns minutos. Já um membro da Petrobras não se aguentou e disparou uma piada de mal gosto ao ministro. “Lobão é Lobão, o resto é só apagão”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.