Poder

“População saberá reconhecer a ajuda da governadora a Ribamar”, diz Luis Fernando

O município de São José de Ribamar viveu nesta sexta-feira, dia 09, dois momentos importantes. O primeiro ocorreu pela manhã no bairro do Araçagi, com a inauguração da Unidade Pronto Atendimento (UPA). Já o outro episódio, aconteceu no Palácio dos Leões, com a assinatura de mais um convênio do Governo do Estado com a prefeitura do município, para pavimentações e drenagem de várias ruas ribamarenses. 

Max Barros, Luís Fernando,Gil Cutrim

Max Barros, Luís Fernando,Gil Cutrim

Para o chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Luis Fernando Silva, que participou da inauguração da UPA do Araçagi, pela manhã, e assinou o convênio, à tarde, representando a governadora Roseana Sarney, na companhia do secretário de Infraestrutura, Max Barros e do prefeito Gil Cutrim, a população de São José de Ribamar saberá reconhecer a ajuda que o governo do estado está dando para o município.

Segundo Luis Fernando, o município deu o primeiro passo oferecendo o serviço básico de saúde de qualidade e, agora, o Estado vem com a resposta e esse trabalho com as UPAs na região.

“As UPAs do Parque Vitória e do Araçagi completam o ciclo de ações nas áreas da saúde e efetivam um dos princípios do SUS, em São José de Ribamar, que é a integração dos serviços. O município é a porta de entrada do SUS e sem esse complemento, no atendimento da alta complexidade e de pronto socorro, não há saúde de qualidade porque, para ser eficiente, esse trabalho precisa cumprir todas as fases do sistema a partir do atendimento básico”, comentou o secretário chefe da Casa Civil e ex-prefeito ribamarense.

Infraestrutura

O convênio de R$ 5 milhões para serviços de pavimentação e drenagem de várias ruas de São José de Ribamar, assinado na tarde desta sexta-feira no Palácio dos Leões, é mais uma comprovação de que o município vive, de fato, um momento muito distante dos seis anos quando o então prefeito Luis Fernando teve que fazer uma administração, reconhecida em todo o Brasil, de forma quase solitária, sem ajuda dos dois governos anteriores.

“Fizemos mais de 400 obras, mas não conseguimos algumas que desejamos justamente por essa ausência do Estado. Porém, agora, a governadora Roseana Sarney está de braços abertos para ajudar São José de Ribamar em tudo que o município precisar e o prefeito Gil Cutrim, com a mesma vontade que tínhamos, mas com mais juventude, conseguirá fazer muito mais para os ribamarenses”, ressaltou.

O secretário Max Barros, que teve seu empenho, por melhorias para São José de Ribamar, reconhecido pelo secretário Luis Fernando, durante a assinatura do convênio, destacou o fato dos convênios estarem sendo firmados graças ao interesse da governadora e do chefe da Casa Civil pelo desenvolvimento do município, mas, também, em virtude do então prefeito Luis Fernando e, desde o ano passado o prefeito Gil Cutrim, apresentarem ao Estado projetos impecáveis do ponto de vista da legalidade.

“Precisamos reconhecer a forma bem elaborada como os projetos são apresentados, isso sem falar da permanente adimplência vivida pela entidade municipal ribamarense desde que Luis Fernando assumiu a prefeitura”, frisou Barros, que não esqueceu de devolver a gentileza dos elogios do secretário chefe da Casa Civil, ao destacar a importância dele para o Governo do Maranhão.

“Sinto muito orgulho pela transformação que Ribamar viveu nesses últimos dias graças à reconhecida capacidade administrativa de Luis Fernando em todo o Brasil. E mais ainda por tê-lo como companheiro de trabalho na condição de maestro do time da governadora Roseana Sarney. Todos os secretários o procuram para ouvi-lo antes de tomar qualquer decisão. E foi por isso, que a governadora, reconhecendo o que aconteceu em São José de Ribamar, o convidou para comandar as grandes decisões políticas e administrativas do Estado”, finalizou Barros.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Divisão do Pará é rejeitada

Os eleitores paraenses decidiram, em plebiscito realizado neste domingo (11), manter o estado do Pará com o território original, segundo informou às 20h08 (horário de Brasília, 19h08 locais) o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Ricardo Nunes. A confirmação do resultado foi dada com 78% de urnas apuradas, duas horas depois do término da votação.

A apuração foi concluída por volta de 1h20 desta segunda (horário de Brasília). Com 100% das urnas apuradas, o resultado indicou que 66,6% escolheram “não” para a criação do estado de Carajás e 66,08% rejeitaram a criação do estado de Tapajós.

Foram apurados os votos das 14.249 urnas do estado. A abstenção foi 25,71%.

Do total apurado em relação a Carajás, pouco mais de 1% era de votos nulos e 0,41% de brancos. Em relação a Tapajós, 1% foi de votos nulos e 0,49% de votos.

Os eleitores responderam a duas perguntas “Você é a favor da divisão do estado do Pará para a criação do estado de Carajás?” e “Você é a favor da divisão do estado do Pará para a criação do estado do Tapajós?”. O número 77 correspondeu à resposta “sim” para qualquer uma das perguntas. E o número 55 foi usado para o “não”.

Do G1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Eleição em Bacabal será disputada por reis do gado

Deputado estadual Carlinhos Florênço e os deputados federais Zé Vieira e Alberto Filho

Deputado estadual Carlinhos Florênço e os deputados federais Zé Vieira e Alberto Filho

A disputa municipal na cidade de Bacabal deve resultar na vitória de um rei do gado. Três grandes fazendeiros da região estão no páreo: Zé Vieira, Alberto (pai ou filho) e Carlinhos Florencio. Além dos votos, eles disputam quem tem o maior número de chifres, ou seja, o maior número de cabeça de gado.

Mesmo atuando na política de Bacabal, nenhum dos três mostrou até agora a menor preocupação para, com, as verdadeiras causas da população do município. A eles interessa apenas o crescimento do pasto, as patas dos bois e o curral eleitoral.

Qualquer um dos três que venha vencer a eleição, representará a troca de Raimundo Lisboa (atual prefeito) por um outro médico igual a ele. E assim Bacabal continuará na mesma situação caminhando para trás.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Quadrilha acusada de clonar cartões no Maranhão é presa no AM

Equipamentos de clonagem foram apreendidos

Equipamentos de clonagem foram apreendidos

Quatro homens suspeitos de fazerem parte de uma quadrilha interestadual que atua em quatro estados do país – Amazonas, Pará, Maranhão e São Paulo – com captura ilegal de dados bancários e clonagem de cartões foram presos neste sábado (10), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Amazonas.

Com eles, foram apreendidos vários dispositivos eletrônicos adaptados, como ‘chupa-cabra’, filmadoras conectadas a discos rígidos, leitor de cartão magnético, celulares, um laptop com centenas de números de contas bancárias , além de 22 cartões de banco.

Segundo o delegado do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Cícero Túlio, os quatro suspeitos, sendo três maranhenses e um amazonense, foram interceptados na rodovia BR-174 (Manaus – Boa Vista), no momento que deixavam o município de Presidente Figueiredo e seguiam para Manaus, trazendo os equipamentos em um táxi, que foi apreendido.

“Havia um ‘chupa-cabra’ instalado em uma agência bancária em Presidente Figueiredo. Eles foram lá para pegá-lo de volta. Uma pessoa viu os homens mexendo nos caixas eletrônicos e acionou a Polícia Rodoviária Federal, que os pegou no meio da estrada”, contou o delegado.

De acordo com ele, os suspeitos confessaram que havia outros ‘chupa-cabras’ instalados em agências bancárias no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

Do G1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Que pena merece o monstro que violentou, asfixiou e matou a própria sobrinha?

Por Milton Corrêa da Costa

 Os mecanismos de correção e desestímulo aos atos criminosos, em razão do alto grau de violência, frieza e brutalidade como são cometidos, corriqueiramente, nos tempos atuais- recordem o caso do casal Nardoni-precisam ser revistos urgentemente da forma mais realista em nosso país. E a  prisão perpétua torna-se um recurso da lei necessário para a defesa da sociedade, contra bárbaros criminosos que ameaçam a vida e a dignidade humanas, pela monstruosidade de seus atos.

Num país de legislação penal realista e não tão benevolente como o nosso, o assassino Eudes dos Santos, de 19 anos, que violentou e assassinou, recentemente, no Rio de Janeiro, a própria sobrinha após a criança, de apenas 5 anos, ter sofrido abuso sexual, matando-a por asfixia, teria ou não perdido o direito de conviver definitivamente em sociedade? Ou daqui há alguns anos haverá ainda, após exame criminológico, alguém que ateste que é possível o psicopata em questão retornar ao convívio social? Não há perdão nem decisão judicial que justifiquem conceder, ao assassino em questão, a possibilidade de um dia ter o direito à liberdade. Em depoimento à polícia não demonstrou arrependimento e disse que tinha o costume de abusar sexualmente das sobrinhas.

A prisão perpétua, com a necessária emenda constitucional, para alguns crimes (hediondos)de origem selvagem e desumana- Eudes apagou o sorriso de sua sobrinha de apenas 5 anos de idade -é um mecanismo de defesa social que não pode ser mais descartado. Enquanto o clamor público é pela severidade das penas, alguns intelectuais do direito, criminólogos de notável saber, na contramão de direção dos tempos atuais, tentam provar, a pretexto de esvaziar prisões, que o melhor mesmo é o abrandamento das penas, dando ênfase maior a progressões de regimes carcerários e à implantação de penas alternativas.

A única pena ‘alternativa’, para crimes hediondos, jamais proposta, é a prisão perpétua. O argumento para não adotá-la é que constiui claúsula pétrea constitucional, imutável portanto, mas que desprotege enormente a sociedade. Há até quem diga que cadeia não resolve. O que resolve então? Abrir as portas das prisões? “Direitos humanos” têm ou não têm limites?

Há que se compreender que uma lei penal deve ter por escopo, primeiramente, intimidar o criminoso pela sua severidade e rigidez. A tese do direito penal mínimo, calcada na criminologia da compaixão (misericordiosa), com brechas na lei, infelizmente continua prevalecendo em nosso país beneficiando assassinos, torturadores, sequestradores, estupradores e outros criminosos de alta periculosidade.

Quando é que a indefesa sociedade brasileira terá direito ao referendo popular para consulta sobre a implantação da pena de prisão perpétua no país? É o que se deseja urgentemente saber,antes que sejamos a próxima vítima fatal.

Milton Corrêa da Costa
Coronel da reserva da PM do Rio de Janeiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Peixe nos Bairros já comercializou mais de 15 toneladas em Ribamar

Funcionando como um importante mecanismo de estímulo à produção de alimentos e geração de emprego e renda, o projeto Peixe nos Bairros, nos últimos seis meses, já comercializou mais de 15 toneladas de pescados e mariscos variados em diversos bairros do município de São José de Ribamar.

Pescados variados são comercializados no Caminhão Feira do Peixe

Pescados variados são comercializados no Caminhão Feira do Peixe

O projeto pioneiro, desenvolvido pela administração do prefeito Gil Cutrim (PMDB) em parceria com o Ministério da Pesca e Aquicultura, funciona como uma feira itinerante nas dependências do Caminhão Feira do Peixe, veículo totalmente adaptado para transportar, armazenar e comercializar até 3,5 toneladas de pescado e mariscos por dia.

Os produtos são comercializados a preços bem abaixo (entre 10% a 15%) dos praticados nos mercados e feiras da Grande Ilha.

Em São José de Ribamar, o Peixe nos Bairros segue a mesma linha de atuação do projeto Feira de Safra, iniciativa também pioneira criada pela prefeitura e que promove, desde 2005, feiras itinerantes, com a comercialização de produtos variados, nos bairros ribamarenses.

Munido de câmaras frigoríficas e outros equipamentos (balanças, expositores, dentre outros) que lhe permite funcionar como um ponto móvel de comercialização, o Caminhão Feira do Peixe continuará percorrendo, ao longo deste mês e durante todo o ano de 2012, bairros do município promovendo feiras itinerantes.

Além de beneficiar o consumidor, em especial o de baixa renda, o Caminhão Feira do Peixe é um instrumento que já está melhorando a distribuição geográfica da produção, com significativo aumento da renda do pescador, além da melhoria na qualidade nutricional da população ribamarense que pode consumir um produto mais saudável.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

CNJ inspeciona Folha de Pagamento do TJMA

Blog do Itevaldo Júnior

A Corregedoria Nacional de Justiça, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), realiza uma inspeção para verificar movimentações financeiras atípicas de magistrados e servidores do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). Além do Judiciário estadual, outros 21 tribunais também são inspecionados.

A decisão foi tomada a partir de informações do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), encaminhadas à Corregedoria, apontando a existência de operações atípicas, embora não necessariamente irregulares, em 22 tribunais.

A equipe de inspeção, auxiliada por técnicos do Tribunal de Contas da União (TCU), vai verificar a compatibilidade das movimentações financeiras e da evolução patrimonial com os rendimentos dos magistrados e servidores. As investigações são sigilosas e têm como destino os Tribunais de Justiça da Bahia, de São Paulo, do Rio de Janeiro, do Distrito Federal e Territórios, de Minas Gerais, do Pará, da Paraíba, do Maranhão, do Acre, do Amazonas, de Roraima e do Espírito Santo e os Tribunais Regionais do Trabalho das 1ª, 3ª, 6ª, 10ª, 12ª, 13ª, 14ª e 15ª Regiões. Serão também inspecionados o Tribunal Regional Federal da 1ª Região e Tribunal de Justiça Militar de São Paulo.

A Corregedoria Nacional de Justiça esclarece, entretanto, que movimentações atípicas não significam a existência de ilegalidade, já que o magistrado pode ter recebido créditos salariais ou herança e prêmios de loterias. O objetivo da inspeção, portanto, é esclarecer as aparentes incoerências apontadas pelo Coaf, adotando as medidas necessárias para corrigir eventuais desvios dos magistrados. Estão sendo verificadas informações relativas ao período de 2006 a 2010.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Seletivo de cursos técnicos do IFMA ocorre neste domingo

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) aplica neste domingo (11), o seletivo de cursos técnicos. Este ano, 48.502 candidatos se inscreveram nas provas. Foram oferecidas 4.430 vagas em 18 campida instituição em todo o Estado, o que garantiu uma média de 10,94 concorrentes por vaga. As provas serão aplicadas das 13h30 às 17h30. Os inscritos devem chegar com uma hora de antecedência portando um documento de oficial de identidade.

O seletivo é composto por 40 questões (20 de Português e 20 de Matemática) e será aplicado em 21 cidades. Em São Luís serão 60 locais de prova, incluindo os campi Monte Castelo, Maracanã e Centro Histórico, além de escolas da rede pública estadual e municipal. No interior do Estado, serão 68 locais de prova espalhados por 20 municípios, incluindo os outros 15 campi do IFMA em funcionamento e escolas da rede pública de ensino. Cerca de 3,9 mil pessoas irão trabalhar no seletivo.

Cotas – Neste seletivo, o IFMA adotou três tipos de cotas. 25% das vagas foram destinadas aos egressos de escolas públicas; 5% das vagas serão preenchidas por candidatos com deficiência; e 20% das vagas dos cursos de recursos naturais serão destinadas aos filhos de agricultores familiares ou pescadores artesanais que tenham estudado em escola pública.

Gabarito – O gabarito com as respostas da prova será divulgado a partir das 19h do domingo, 11 de dezembro. O resultado final deve ser conhecido no dia 13 de janeiro.

Do Imirante


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Autorizada a retirada de combustível de navio da Vale

A operação de retirada das primeiras 2,5 mil toneladas de óleo diesel e óleo bruto que estão nos tanques de combustível do supercargueiro Vale Beijing foi autorizada pela Capitânia dos Portos do Maranhão. No entanto, ainda não há plano para a retirada da embarcação da Baía de São Marcos, onde está fundeada, a 11 quilômetros da capital maranhense.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) notificou o armador da embarcação, a STX Pan Ocean, para lançar um barreira de boias para evitar o alastramento de óleo em caso de vazamento.

Segundo o capitão dos Portos do Maranhão, Nelson Calmon Bahia, uma empresa holandesa especializada em salvamento marítimo foi contratada pelo armador do navio, para fazer a operação. “A Smit, que é reconhecida no mercado marítimo e tem representação em São Luís, foi contratada para fazer a operação de salvamento. Como primeira ação eles apresentaram um plano para retirar cerca de 33% das 7,5 mil toneladas de combustível que estão no navio. Este pleno foi autorizado e deve começar amanhã”, disse o militar.

De acordo com os documentos apresentados à Marinha, outro navio deve ser acoplado ao costado do Vale Beijing e parte do combustível será drenado dos tanques do supergraneleiro. “A retirada não pode ser total porque se tudo for retirado de uma vez só, a estrutura do navio é colocada em risco. A operação de bombeamento do combustível será parecida com outra que já é feita com segurança pela Petrobras na Baía de São Marcos para abastecer navios”, explicou o capitão dos portos do Maranhão.

Calmon informou ainda que, ao contrário do que informava a nota oficial divulga pela STX Pan Ocean na manhã de hoje, nenhum plano para levar o navio para Fortaleza foi apresentado oficialmente à Capitânia dos Portos. “Nada chegou para nós, mas não posso dizer se esta linha de ação está sendo discutida pelos engenheiros da empresa e só posso comentar a possibilidade depois de ver um plano de ação. O navio só deixa a baía de São Marcos com a autorização da Capitânia”, completou.

Pela manhã, fiscais do Ibama entregaram uma notificação aos representantes da STX Pan Ocean, ordenando o lançamento de barreiras de boias ao redor do supergraneleiro. Segundo nota distribuída pela Agência Brasil, o Instituto considera a presença do navio “uma ameaça ao meio ambiente, pois o seu casco apresenta danificações, podendo provocar vazamentos no mar”.

O superintendente substituto do Ibama no Maranhão, Ricardo Arruda, disse, na nota, que a decisão de notificar os responsáveis pelo navio foi tomada para tentar “preservar a área” de riscos de contaminação por minério de ferro e combustível. “O Ibama pediu o cercamento e o isolamento do navio com essas boias para resguardar a região e também como medida preventiva de segurança”, disse.

A STX Pan Ocean tem até a manhã de domingo para cumprir a ordem contida na notificação. Até o fechamento desta reportagem, nenhum indício de vazamento das 7,5 mil toneladas de óleo diesel e óleo bruto ou das 263,4 mil toneladas de minério de ferro que estão a bordo do Vale Beijing havia sido detectada.

Do G1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Propina: 1 milhão e meio de problemas para Stênio Rezende resolver

Blog do Marcelo Vieira

A semana foi tomada pela denúncia de suposta propinagem no valor de 1,5 milhão de reais envolvendo o deputado Stênio Rezende, líder do bloco do governo na Casa e empresários do setor da construção civil.

Os empresários em questão, de acordo com setores da imprensa local, seriam Barbosa da Dimensão Engenharia e Motinha da Mota Machado.

O dinheiro deveria ser distribuído para 30 deputados, 50 mil reais para cada, mas teria sido embolsado pelo deputado Stênio, responsável em negociar a aprovação do projeto que flexibiliza a derrubada das palmeiras de babaçu.

A denúncia caiu como uma bomba na Assembleia, e logo uma CPI foi pedida para investigar o caso, que conta com oito assinaturas mas promete ter 13 na segunda.

O governo reagiu e já teria sinalizado que quer Stênio fora da liderança do bloco na Casa.

No mesmo dia da denúncia, Stênio teria chorando diante dos colegas de parlamento durante reunião na presidência.

A situação dele é gravíssima, podendo até perder o mandato. E ao que parece tudo caminha para isso, apesar dos esforços de alguns amigos para impedir que isso aconteça.

Em contrapartida, a oposição se reúne na segunda para definir sua posição diante dos fatos e para piorar muitos deputados da base aliada conspiram contra Stênio, que nunca foi considerado um homem de confiança.

O deputado Stênio Rezende deverá ocupar o final de semana em articulações na tentativa de reverter o quadro. Mas ao que parece essa historia ainda tem muito o que render e pode ser que Stênio não resista as pressões.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.