Geral

A Páscoa e seus múltiplos significados

Por Natalino Salgado Filho

Vida e liberdade, dois dos mais caros direitos que dizem respeito a todos os seres e, em especial, aos humanos. E é sobre esse binômio que quero refletir neste domingo da Ressurreição, quando milhões de cristãos ao redor do mundo todo se irmanam numa celebração do Cristo vencedor de todos os desafios da humanidade, inclusive o maior: a morte. O Senhor libertou-se de todas as angústias, tristezas e dissabores que o cercaram em sua passagem terrena, para legar a todos nós o seu exemplo de perdão, amor e compaixão. Como bem lembrou o padre Antônio Vieira em seu famoso sermão da Primeira Oitava da Páscoa, quando narra o encontro dos discípulos em Emaús com o Cristo ressurreto: “É a tristeza trocada em alegria, a desconfiança trocada em credulidade, a esperança trocada em fé”.

O binômio ao qual me referi no início do texto tem justificado inúmeras filosofias, religiões e organizações sociais – políticas e/ou religiosas -, pelo menos desde o século XVI, quando o humanismo moderno percorreu seus primeiros passos. Possivelmente, desde o alvorecer das civilizações, nada foi mais agredido, ignorado e até instrumentalizado em nome de libertadores de todos os quilates do que esses direitos.

A Páscoa, cujo significado básico é libertação, conduz a essa mesma díade. Um só ato, desde sua primeira comemoração na fuga do povo hebreu da escravidão no Egito, depois de um cativeiro de 430 anos, contém esses significados em conexão com o tempo. Lança olhares para um passado de onde se retira o referencial do que se foi – no caso daquele povo: escravo. Seres com dono, portanto sem liberdade. Sem vida, pois dela poderia dispor o senhor egípcio a seu bel-prazer. A Páscoa nos referenda no ato da libertação, na comemoração que antecede a fuga. Ela delineia um povo que antes povo não era: apenas um amontoado de pessoas sem identidade ou qualquer organização. A Páscoa cria um território de existência, nomeia uma identidade. Então, no presente, ela começa a desenhar o que aquele povo será.

Por fim, a Páscoa, ainda nos inspirando em sua primeira realização, projeta um olhar futuro. Todas as possibilidades estão lá. Uma terra, um povo – lembro das felizes palavras de Martin Luther King – guiado por um sonho. Há, contudo, um deserto para atravessar. Antes dele, um mar. Fome, águas amargosas e sede. Deserto é aprendizado. Uma vida se faz vivendo e nela estão incluídos os erros e acertos, os momentos bons e maus. Um povo se faz no caminho. Entre um abominável bezerro de ouro – que desviava o fiel para a adoração de um falso deus – e o monte Horebe, cheio de desafios com fogo, trovões e relâmpagos, a lei se estabeleceu como organizadora da boca de Deus.

A Páscoa se constrói não mais na história de um povo, mas dentro de cada um de seus membros. Torna-se algo íntimo. O processo é curioso, vai do geral para o particular. Da assembleia de fiéis para a relação pessoal. O profeta Jeremias vaticina em certo momenbto de seu ministério que a lei não seria mais escrita em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração. Assim, pode-se dizer que a experiência se multiplica por tantos quantos sejam os que creem. Tem uma face, a de Cristo, nosso cordeiro pascal, mas muitíssimos rostos. Tem as cores das muitas raças, falas das muitas tribos que nos compõem seres humanos.

Sem desmerecer os grandes filósofos – os quais foram importantes para ajudar a entender a realidade e a nos explicar um pouco – ou ainda qualquer religião distinta da cristã, não há na história humana nenhuma simbologia tão plena de sentido quanto à Páscoa. Ela toca o material e o espiritual. Ela se manifesta no presente e no transcendente, ela é semente prenhe de alegria e esperança.

Apesar do sofrimento do Cordeiro de Deus, como afirmou São João, é de regozijo que a Páscoa fala. Não se ignora o sofrer da cruz, mas ela de modo nenhum representa um ponto final. Talvez, por isso, no amálgama sincrético entre o cristianismo e os primeiros povos pagãos europeus a se converterem, associou-se a festa de passagem do inverno para a primavera (antes praticada a uma promessa de fartura) à vida que se renova, portanto à alegria. Ovos e coelhos – símbolos daquela festividade – sugerem fertilidade; isso não é a Páscoa, porém mantém um ponto de contato com o renascer judaico-cristão.

Santo Agostinho, o bispo de Hipona, em seu famoso sermão pascal, assevera que Cristo “prometeu-nos sua vida, mas é ainda mais incrível o que fez: ofereceu-nos a sua morte. Como se dissesse: ‘À minha mesa vos convido. Nela ninguém morre, nela está a vida verdadeiramente feliz, nela o alimento não se corrompe, mas refaz e não se acaba’”.

Após o silêncio da sexta e a angustiante espera do sábado, eis que chega a alegria do domingo, com o Senhor que derrota a morte e nos ensina que, embora a dificuldade possa parecer infinita, há sempre esperança de um dia melhor. Como declarou Santo Atanásio de Alexandria: “À festa da Páscoa segue-se a festa de Pentecostes, para a qual nos preparamos, como de festa em festa, para celebrar o Espírito que já está conosco em Cristo Jesus”.

Natalino Salgado é Doutor em Nefrologia, reitor da UFMA e membro do IHGM, ACM, AMC e da AML


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Carro da Hyundai bate em moto na Avenida dos Holandeses

Aicente envolvendo uma moto e um veículo de modelo Sonata..

Aicente envolvendo uma moto e um veículo de modelo Sonata..

Um acidente de trânsito foi registrado na noite de ontem quinta-feira (28), no bairro Barramar, localizado na Avenida dos Holandeses, em São Luís. Um carro Hyundai Sonata de placa não identificada, acabou colidindo lateralmente com uma motocicleta.

O acidente chamou a atenção de pessoas que trafegavam pelo Barramar, com o clima tenso após o ocorrido, mas apenas o motociclista sofreu escoriações.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Pai do senador Ciro Nogueira morre em Teresina vítima de câncer

Senador com o pai Ciro Nogueira

Senador com o pai Ciro Nogueira

Faleceu na manhã desta quinta-feira (28), o empresário e ex-deputado federal Ciro Nogueira Lima, pai do ex-presidente da Agespisa, Raimundo Neto, e do senador Ciro Nogueira Filho. Ele passava por tratamento para combater um câncer no pulmão, diagnosticado há seis meses, mas teve uma piora em seu quadro.

Ciro estava internado na UTI do hospital Pronto-Med e teve uma insuficiência respiratória. O falecimento foi confirmado por volta das 9h pela assessoria do senador Ciro Nogueira.

Ciro havia sido internado também no mês de fevereiro, depois que a família passava o carnaval na cidade de Luis Correia e o empresário passou mal e foi trazido para Teresina.

O velório será realizado na Assembleia Legislativa e o enterro será no cemitério São José, em horário a ser definido.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Vereador de Chapadinha sofre acidente automobilístico

O Vereador Eduardo Braga (PT), sofreu um grave acidente na manhã de quarta-feira (27), próximo ao município Boi Manso, na cidade de Vargem Grande.

AAA

No momento do acidente, o vereador estava acompanhado da sua esposa. Apesar da gravidade do acidente, o casal sofreu apenas danos materiais e algumas escoriações pelo corpo.

Na imagem da para perceber a violência do acidente e o estado em que ficou o veículo, um corolla de cor preta de placas NMY 6950.

A estrada que o parlamentar sofreu acidente é conhecida por colisão entre veículos, que geralmente leva â morte os condutores.

Só neste ano, vários acidentes automobilísticos foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal. Boa parte, por ultrapassagens em BRs


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Nasce filho de Edilázio Júnior

Luca Sarney Costa da Silva na maternidade São Marcos.

Luca Sarney Costa da Silva na maternidade São Marcos.

Nasceu ontem ás 8h de sexta-feira (22), na Clínica São Marcos, em São Luís, o terceiro filho do deputado estadual, Edilázio Gomes da Silva Júnior (PV), com Alina Silva Sarney Costa, filha da desembargadora Nelma Sarney e Ronald Sarney

A notícia foi divulgada em rede social e confirmada no pelo parlamentar ao Blog do Neto Ferreira. A mãe e o bebê passam bem, e a criança se chamará Luca Sarney Costa da Silva.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

O braço do ciclista, a insensatez de um piloto e o álcool

Por Milton Corrêa da Costa

Dois graves acidentes, que envolvem o uso de bebida alcoólica ao volante, ocorreram no domingo 10 de março, um no Rio de Janeiro e outro em São Paulo. Na cidade do Rio de Janeiro, um empresário paulista, de 55 anos, disse ter ingerido o conteúdo de cinco latas de cerveja antes de pilotar a Ferrari modelo 458 e atropelar três pessoas durante um evento promocional no Aterro do Flamengo. A informação consta do laudo do Instituto Médico Legal (IML), realizado quase três horas depois de o motorista ter se envolvido no acidente. Apesar de ter admitido o consumo de bebida alcoólica, o piloto recusou-se a fornecer material biológico (urina) para pesquisa de dosagem de álcool. A autoridade policial, que apura o fato, pedirá a suspensão do direito de dirigir do piloto imprudente.

Já em São Paulo, a comanda de consumo de um jovem motorista, paga na casa noturna de onde saiu antes de atropelar um ciclista na Avenida Paulista, na manhã do domingo 10/03, registra três doses de vodca e um energético, segundo a polícia, que investiga o caso. O atropelador, um estudante de psicologia, de 22 anos, se entregou à polícia após jogar em um córrego da Avenida Dr. Ricardo Jafet, na Zona Sul de São Paulo (PASMEM) o braço da vítima, o ciclista David Santos de Souza, de 21 anos – que foi amputado no acidente e ficou preso nos estilhaços do vidro frontal do carro.

O horário que a comanda individual de consumo foi fechada, às 6h, porém, é posterior ao horário do acidente, ocorrido às 5h30. A Polícia Civil espera agora imagens da casa noturna para saber se foi mesmo o acusado do atropelamento quem pagou a conta. A comanda foi aberta quando o estudante de psicologia entrou na boate, às 2h14 de domingo, e fechada às 6h pontualmente. O valor final:foi de R$ 96. O motorista foi indiciado por lesão corporal grave e mais três crimes do Código Brasileiro de Trânsito, entre eles fuga de local de acidente. Os exames do motorista no IML foram realizados seis horas após o grave acidente.

Este continua sendo, pois, o quadro de imprudência e insensatez de motoristas irresponsáveis- até pilotos profissionais- que colocam em risco a incolumidade dos demais usuários das vias públicas, ao insistir em beber e conduzir um veículo. Depois, para manterem-se livres do cárcere, como ex-deputado estadual do Paraná, Carli Filho, que matou dois jovens há alguns anos, estando alcoolizado, com o direito de dirigir suspenso e a 167 km/h, utilizam-se de todas os extensos recursos da benevolente lei penal brasileira. Profundamente lamentável que condutores alcoolizados continuem a provocar tragédias na barbárie sem fim do trânsito brasileiro. São os mesmos assassinos em potencial que vivem contestando os rigores da providencial e por demais necessária Lei Seca.

Milton Corrêa da Costa é tenente coronel da reserva da PM do Rio de Janeiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Caixa d’água do Uniceuma funciona como criadouro do mosquito da dengue

Em tempos de combate à dengue é inadmissível que uma instituição de ensino superior, que inclusive tem diversos cursos da área da saúde (UNiceuma), tenha uma caixa d’água descoberta, sem tampa. Um verdadeiro criadouro de mosquitos da dengue, conforme mostra imagem enviada ao Blog do Neto Ferreira.

Ocorre que, no anexo do Uniceuma Renascença põe em risco os próprios alunos, também os vizinhos da instituição.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Cabo Campos se envolve em acidente de trânsito

O vice-candidato derrotado a prefeito de São Luís, cabo Roberto Campos, lotado no 8º Batalhão de Polícia Militar, se envolveu em um acidente de trânsito,na tarde desta terça-feira (19), em São Luís. O fato ocorreu por volta das 12h, na avenida Jerônimo de Albuquerque.

Campos estava seguindo pela avenida Jerônimo de Albuquerque, sentido Cohab quando, quando colidiu na lateral de um corsa classic. Ele estava dirigindo um veículo modelo Logan.

Os motoristas não sofreram ferimentos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Marcos Play vai casar e prepara festa de arromba no Palácio Luís XIII

O deputado estadual e dono de um factoring – casa de empréstimo de dinheiro – vai casar e prepara uma festa de arromba.

Marcos Caldas, o Play (PRB), fez o anúncio oficial na tarde de hoje, através de convite para os amigos de parlamento. Caldas oficiará o amor com a fisioterapeuta Renata.

Segundo o convite de Marcos Play, a data do casamento foi marcada para o dia 20 de abril e será realizado na casa de eventos Palácio Luís XIII (Beliske Buffet).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Roseana Sarney lamenta morte da desembargadora Madalena Serejo

Governadora Roseana Sarney.

Governadora Roseana Sarney.

A governadora Roseana Sarney lamentou profundamente a morte da desembargadora aposentada Maria Madalena Alves Serejo, ocorrida na noite deste sábado (9), solidarizando-se com familiares e amigos da jurista e ex-presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Lembrando as mais de quatro décadas de trabalho, a governadora destacou a trajetória profissional inconteste de Madalena Serejo como membro do Tribunal de Justiça do Maranhão e também ressaltou os méritos da jurista no campo pessoal, sendo exemplo de mulher, mãe e avó.

“A Justiça do Maranhão perde uma grande defensora, uma mulher batalhadora, uma profissional dedicada, que sempre trabalhou pelo bem”, declarou a governadora Roseana.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.