Poder

Bolsonaro pediu que BB abrisse agência em cidade do MA onde foi mais votado

O presidente Jair Bolsonaro admitiu nesta terça-feira (30) que pediu ao Banco do Brasil que abrisse uma agência na única cidade do Maranhão que o elegeu.

O banco, controlado pela União, tem ações negociadas na Bolsa de Valores e, por isso, tem sócios privados. Em evento nesta terça-feira, Bolsonaro admitiu ter feito o pedido de instalação de uma agência no pequeno município de São Pedro dos Crentes (MA) diretamente ao presidente do banco, Rubem Novaes.

Segundo o IBGE, a cidade tem pouco mais de 4.500 habitantes. A falta de uma agência bancária e de calçamento da via principal da cidade foi alvo de reportagem da Folha. Bolsonaro disse que telefonou a Novaes e solicitou a agência.

“Liguei para o presidente do Banco do Brasil e perguntei se ele tinha no plano social dele a implantação de microagências nesses locais. Ele disse que não existe. Então eu solicitei ‘existe a possibilidade de colocar uma agencia lá?’ E ele já botou”, afirmou o presidente. “Ficamos felizes com isso, atende o município que tem menos de 2 mil eleitores. Mas o que buscamos não é quantidade é qualidade.”

As tecnologias têm alterado a atividade bancária e vem provocando uma redução no número de agências pelos bancos. No ano passado, a Caixa anunciou a intenção de fechar agências consideradas insustentáveis.

A revelação de Bolsonaro ocorreu um dia depois de o presidente apelar publicamente ao Banco do Brasil para baixar a taxa de juros. O presidente aproveitou o evento, para o lançamento de uma medida provisória batizada pelo governo de MP da Liberdade Econômica, para desabafar contra os críticos. Ele disse que não tem poder para interferir na taxa de juros praticada pelo BB.

Segundo Bolsonaro, ao propor a redução dos juros para o setor agropecuário, fez apenas um apelo.

Da Folha de São Paulo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Ex-prefeito de São Pedro dos Crentes não presta contas e é acionado na justiça

Passados mais de seis anos do prazo para a prestação de contas referente a um convênio, no valor de R$ 350 mil, firmado em dezembro de 2005, entre a Prefeitura Municipal de São Pedro dos Crentes (a 711 km de São Luís) e a Secretaria de Desenvolvimento das Cidades (SECID), prevendo a construção de 50 casas populares, o ex-prefeito do município, Antonio Coelho de Arruda, continua inadimplente junto ao órgão estadual.

A omissão levou o titular da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Estreito (da qual São Pedro dos Crentes é Termo Judiciário), Luís Samarone Batalha Carvalho, oferecer, em 28 de agosto, Denúncia contra o ex-gestor.

A prestação de contas do convênio nº 94/2005-ASSJUR deveria ter sido entregue em até 60 dias após a liberação da última parcela. A vigência do acordo acabou em 31 de dezembro de 2006.

Na Denúncia, o promotor de justiça Luís Samarone Batalha Carvalho, explica que o artigo 1º, inciso VII, do Decreto Lei 201/67, de 27 de fevereiro de 1967, que dispõe sobre a responsabilidade dos Prefeitos e Vereadores, prevê que é crime “deixar de prestar contas, no devido tempo, ao órgão competente, da aplicação de recursos, empréstimos subvenções ou auxílios internos ou externos, recebidos a qualquer título”.

Caso a Justiça aceite a Denúncia oferecida pelo representante do MPMA, o ex-prefeito Antonio Coelho de Arruda poderá ser condenado à inabilitação, por cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, e à reparação do dano causado ao patrimônio público.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Vice-prefeito de São Pedro dos Crentes é preso por estupro

Vice-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lázaro Miranda, foi preso acusado de estupro.

Lázaro Domingos Miranda

Lázaro Domingos Miranda

O vice-prefeito da cidade de São Pedro dos Crentes, Lázaro Miranda, foi preso na manhã desta quarta-feira (30) acusado de estupro.

 De acordo com informações da Rádio Mirante AM, Lázaro Miranda estava com uma prisão temporária de trinta dias decretada. O político é acusado de estupro.

O delegado da Regional de Imperatriz, Assis Ramos, foi quem cumpriu o mandado de prisão contra o vice-prefeito de São José dos Crentes nesta quarta-feira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.