Poder

Secretaria de Segurança lança “Operação Rapina” para inibir roubo ou furto de veículos

foto-1_divulgacao_ssp_28122016-secretaria-de-seguranca-lanca-operacao-rapina-para-inibir-roubo-ou-furto-de-veiculos

A Secretaria de Estado de Segurança Pública lançou na tarde da última quarta-feira (28) a operação batizada de Rapina para informar as ocorrências relacioandas a roubos de veículos, por meio de um número, via aplicativo WhatsApp (98) 98412 1411. O aplicativo será a principal arma a ser usada pela Polícia Civil, por meio da Superintendência de Polícia Civil da capital (Spcc), com apoio da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (Drfv) em parceria com o Centro Tático Aéreo (Cta) para combater os crimes na região metropolitana.

Todo o esquema contará com equipes pelo ar e terra que ficarão posicionadas para atender exclusivamente as demandas que visam coibir os roubos e furtos de veículos, principalmente nas áreas leste e norte de São Luís, onde há os maiores índices de tal modalidade.

“Quando um veículo é roubado as chances de recuperação são maiores nas primeiras horas após a ocorrência. Por isso o objetivo de se criar a operação” destacou o secretário Jefferson Portela.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Vereador ligado a Cleomar Tema volta a aprontar em Tuntum

Aliado político de Cleomar Tema – prefeito preso na Operação Rapina da Polícia Federal – o presidente da Câmara dos Vereadores de Tuntum, Nelson do Nanxi, que ganhou destaque neste blog após atropelar a língua portuguesa (reveja), voltou a aprontar em sua página de relacionamento.

Desta vez, o vereador foi mais além do senso comum da insanidade mental ao afirmar que cometeu atos que vem sendo coibidos duramente pelo Tribunal Regional Eleitoral.

“Tenho uma D20 que é trabalhando dia e noite para o povo, toda semana levo gente para Caxias, foi assim que me elegie (sic)”, disse o parlamentar.

Ainda não satisfeito, o vereador ligado ao prefeito Tema ensinou com detalhes a forma apontada como crime eleitoral usada durante campanha.

“Vou lhe da a receita de como arrumar voto, como você mora ai em São Luís bota um carro pra levar gente pra fazer tratamento de saúde, cirurgia difícil que aqui não faz, deicha outro carro no sertao com o Zema pra carregar couco, palha, enfim a disposição do povo é isso que eu faço (sic)”, comentou o trator da língua portuguesa.

No artigo 299 da constituição, oferecer, prometer, solicitar, receber, para sí ou outro, dinheiro, dádiva ou qualquer outra vantagem, para obter ou da voto e para prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita, abrange tanto corrupção ativa quanto a corrupção passiva. Neste caso, a pena chega até quatro anos de reclusão e pagamento de multa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.