Poder

Ney Bello é condenado a pagar multa de R$ 10 mil

Em processo que diz respeito à auditoria e fiscalização in loco, por parte de técnicos do Tribunal, de ações de um convênio firmado naquele ano entre a Prefeitura de Bacabal e a Secretaria de Estado da Infraestrutura, então comandada pelo secretário Ney de Barros Bello, o Tribunal de Contas do Estado analisou e julgou de forma severa.

O motivo foi o convênio de pavimentação de várias estradas vicinais ligando povoados do município, trabalho que, segundo a auditoria, não foi concluído.

Lisboa foi condenado a devolver ao erário R$ 633 mil e pagar multa de R$ 68 mil. Ney Bello foi condenado a pagar multa no valor de R$ 10 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Ney Bello é o novo desembargador do TRF da 1.ª Região

A presidente da República, Dilma Roussef, nomeou na última terça-feira, dia 11 de junho, o juiz federal titular da 1.ª Vara da Seção Judiciária do Maranhão, Ney de Barros Bello Filho, para o cargo de desembargador federal do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região.

O novo membro do Tribunal foi promovido pelo critério de merecimento e ocupará a vaga decorrente da nomeação da desembargadora Assusete Magalhães para o cargo de ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O ato de nomeação foi publicado nesta quarta-feira, 12 de junho, no Diário Oficial da União (DOU), na Seção 2.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Ney Bello cobra do MPF a denúncia contra membros da família Sarney

Na Operação “Boi Barrica” o empresário Fernando Sarney e sua esposa Teresa Murad foram indiciados pela Polícia Federal por lavagem de dinheiro

Fernando Sarney e esposa Teresa

Fernando Sarney e esposa Teresa

O juiz federal Ney Bello Titular da 1.ª Vara Criminal da Justiça, cobrou do Ministério Público Federal por não ter oferecido a denúncia contra os membros investigados da família Sarney nos cinco inquéritos.

A investigação de familiares do presidente do Senado, José Sarney (PMDB) é decorrente a Operação Boi Barrica (rebatizada de Faktor) da Policia Federal, que na época, o empresário Fernando Sarney iria ser preso, mas por manter influências no judiciário, acabou escapando.

Fernando Sarney após ser investigado, foi indiciado por tráfico de influência, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.