Crime

Homem é baleado após tentar assaltar ônibus no Angelim

IMG-20170616-WA0063

Um homem, cuja identidade ainda não foi divulgada, foi baleado, na tarde desta sexta-feira (16), após tentar assaltar um ônibus coletivo na Avenida de Jerônimo de Albuquerque, nas proximidades do supermercado Makro, no Angelim.

Segundo informações preliminares, dois homens anunciaram o assalto dentro do coletivo, e antes que concluíssem o roubo, os passageiros conseguiram impedir. Um dos indivíduos conseguiu fugir. Na ocasião, uma pessoa disparou um tiro de arma de fogo contra o assaltante.

Equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros foram acionadas e já estão no local. O homem foi encaminhado para o hospital com vários ferimentos.

O trânsito está parado dos dois lados da Avenida.

IMG-20170616-WA0061

IMG-20170616-WA0062


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Após linchamento, estratégia de segurança é montada para Bacuri e Cururupu

m_24052017_0803

A segurança pública nas comarcas de Cururupu e Bacuri foi o tema de reunião ocorrida na última segunda-feira, 22, entre os titulares das unidades, respectivamente juízes Thadeu de Melo Alves e Douglas Lima da Guia, e o comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel José Frederico Gomes Pereira, além de representantes do Ministério Público, por meio do promotor de Justiça, Rodrigo Cantanhede, e da Polícia Civil. O objetivo foi definir as estratégias para melhorar a segurança da comunidade nas unidades.

A reunião foi motivada principalmente por crime recente e de grande repercussão ocorrido em Bacuri no dia 16 de maio último e que culminou com o linchamento, por parte de populares, de um dos homens acusados do roubo e estupro coletivo de uma técnica de enfermagem da região.

Justiça com as próprias mãos – “Casos como esse são recorrentes na região da Baixada, onde ainda é próprio da cultura local o exercício arbitrário das próprias razões com a falsa convicção de se fazer Justiça”, afirma o juiz Thadeu de Melo Alves. “Fazer Justiça com as próprias mãos deve ser entendido como injustiça, e na quase totalidade das vezes constitui crime”, alerta o magistrado, para quem esse tipo de prática deve ser rechaçado.

Para o titular da comarca de Bacuri, casos como o acontecido na comarca merecem uma atenção especial, daí porque o agendamento da reunião para propor soluções rápidas e eficazes que auxiliem no combate contínuo à criminalidade, cujo aumento crescente nas cidades da Baixada nos últimos meses, segundo ele, é preocupante. Isso apesar do trabalho das Polícias Civil e Militar, ressalta.

Barco – Ao final da reunião, após ouvir atentamente os pleitos das autoridades presentes, o comandante da Polícia Militar comprometeu-se a providenciar o aumento de efetivo de policiais, instalação da Unidade Tática das Cidades; operações de trânsito para o disciplinamento de veículos, fiscalização de condutores, passageiros e cargas; bem como a aquisição de um barco para realização de patrulha na região costeira dos municípios de Cururupu e Apicum-Açu.

Relembre o caso aqui

Estuprador-linchado-em-Bacuri-morre-2-e1494993449302


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Sete pessoas são indiciadas por linchamento no São Cristóvão

A morte de Cledenilson Silva ganhou repercussão nacional na mídia

A morte de Cledenilson Silva ganhou repercussão nacional na mídia

Sete pessoas podem responder pelo crime de homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, pela morte do jovem Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, no último dia 6 de julho e por tentativa de homicídio do adolescente de 16 anos, que estava com ele e também foi amarrado e espancado.

Todos os indiciados no inquérito policial vão responder pelo homicídio como autor, coautor e partícipe. Nenhum dos envolvidos tinha passagem pela polícia. As imagens da ação ainda estão sendo verificadas e mais duas pessoas podem ser indiciadas na próxima semana.

O juiz deve analisar a conduta de cada um para aplicar a pena do crime que não foi classificado como legítima defesa, pois de acordo com o Código Penal Brasileiro no artigo 25, esta se caracteriza pela prática de um fato típico, previsto em lei como crime, para repelir a injusta agressão de outrem a um bem jurídico seu ou de terceiro.

Para o delegado que acompanha as investigações, Guilherme de Sousa Filho, a legítima defesa teria sido usada se o participantes da ação tivessem acionado os policiais de imediato.

O inquérito policial deve ser entregue à justiça até o dia 07 de agosto.

Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, morreu logo após ser linchado por populares no São Cristóvão, após tentativa de assalto a um bar. Ele estava armado e acompanhado por um menor de 16 anos. O laudo do Instituto Médico Legal (IML), constatou que ele foi morto com pedaços de uma garrafa enfiada no coração.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Aumenta os casos de linchamento no Maranhão

John Kelle da Cruz, de 18 anos, espanco por moradores na Raposa

John Kelle da Cruz, de 18 anos, espanco por moradores na Raposa

Um infrator, em geral um jovem, rouba um cidadão. Comete um delito e deveria ser penalizado por seu ato, como determina a justiça – ficaria sobre ação das autoridades policiais e posteriormente sobre julgamento.

Porém, cansados de serem vítimas diárias de furtos, roubos e ameaças, a sociedade decidiu por si mesma julgar e condenar quem tem por “profissão” tirar os bens alheios.

Desde a última semana os casos de linchamento no Maranhão só se agravaram. Ontem (17), no município de Raposa, um jovem de 18 anos – John Kelle da Cruz, foi amarrado e espancado por moradores da Vila Nova Raposa. O assaltante tinha em seu poder uma revólver de calibre 38.

Ele estava acompanhado de um comparsa, que fugiu, assaltando populares na av. principal da Raposa, em uma moto, por volta das 20h30. Uma das vítimas, Gilson Carvalho Martins, teve seus pertences devolvidos, um cordão de ouro e um celular da marca Samsung.

John foi levado para o hospital e em seguida para o distrito policial do Cohatrac.

LAUDO DO IML SOBRE A MORTE DE CLEDENILSON DA SILVA

O laudo do Instituto Médico Legal (IML), encaminhado à Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), revelou que a morte de Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, vítima de linchamento no dia 06 deste mês, foi causada por uma facada no coração.

Cledenilson, em companhia de um menor de 16 anos, tentaram assaltar um bar no Jardim São Cristóvão e desde então a população vem fazendo justiça com as próprias mãos.

As autoridades competentes do estado ainda não deram respostas à sociedade sobre as fortes ondas da criminalidade que vem se alastrando no estado, nem sobre a repercussão dos casos de linchamento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Fantástico repercute caso de linchamento em São Luís

O caso de Linchamento levou Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, à morte

O caso de Linchamento levou Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, à morte

O Fantástico exibiu ontem (12), uma reportagem especial sobre o caso que levou a óbito Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, morto após ser linchado por moradores quando tentava assaltar um bar, no bairro do São Cristóvão.

Na matéria, foram revelados dados dos outros casos que já ocorreram no estado – 30, desde o início do ano. Na mesma semana dois foram registrados na região metropolitana e um em Imperatriz. A reportagem fez um desfecho da situação mostrando que Cledenilson não tinha passagem pela polícia e, que a intenção dos moradores ao cometer a barbárie não era matá-lo, apenas assustar. O que não aconteceu dada a tamanha revolta com a insegurança.

O menor, de 17 anos, que estava junto com o rapaz ainda se recupera dos ferimentos e disse que vai voltar a estudar. Ele foi expulso do colégio, quando ainda cursava a 5ª série do Ensino Fundamental, ao participar de uma “guerra” de frutas no pátio da escola.

Após torna-se um viral em aplicativos de mensagens e nas redes sociais, o crime chocou a população e o Deputado Federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), falou a respeito chamando os maranhenses de psicopatas em seu perfil na internet. Depois, a equipe de assessoria do deputado enviou uma nota de esclarecimento enfatizando que fazer “justiça com as próprias mãos” é vista por muitos, hoje, como uma “alternativa à ineficiência do Estado”; como algo “justificável” diante da violência.

A polícia está investigando e quatro suspeitos de participar do espancamento já foram identificados. O comércio que foi alvo da tentativa de assalto está com as portas fechadas e os moradores próximos à localidade não falam sobre o assunto. Outro fato que está sendo investigado é do policial que aparece nas imagens filmando a cena do crime, sem prestar socorro às vitimas. Contra ele será aberto uma sindicância para apuração.

O questionamento que fica sobre a repercussão nacional é quanto a resposta dos governantes à sociedade, visto que no Maranhão tem o menor efetivo de polícias em todo território nacional. A média é de um policial para cada 892 habitantes. Que não se torne penas mais um fato isolado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

População pune assaltantes com as próprias mãos

Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, espancado no bairro do São Cristóvão, a

Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, espancado no bairro do São Cristóvão, a

A menos de quatro dias do linchamento que levou à óbito Cledenilson Pereira da Silva, de 29 anos, espancado no bairro do São Cristóvão, após o assaltar um bar, a região Metropolitana de São Luís já registrou seu terceiro caso de espancamento à infratores decorrentes de assalto e o décimo segundo no estado em 18 meses.

O caso ganhou repercussão nacional sendo mencionado pelo Deputado Federal Jean Wyllys, em uma rede social, que chamou os agressores de Psicopatas. Em nota a assessoria do deputado disse que a “justiça com as próprias mãos” é vista por muitos, hoje, como uma “alternativa à ineficiência do Estado”; como algo “justificável” diante da violência.

Na tarde de ontem, o jovem de 19 anos, Alisson Bruno Santos Costa foi espancado por tentar roubar a moto de uma mulher, no bairro do Maiobão. Alisson escapou do linchamento porque a polícia passava pelo local.

Já nesta manhã, Darlan Oliveira dos Santos, 20 anos foi apontado como autor de uma tentativa de assalto dentro de um coletivo na estrada de Ribamar, por volta das 6h30 da manhã. Os agressores de dispersaram do local ao ver uma equipe de TV que se aproximava.

Revoltados com a falta de segurança no estado, a população decidiu fazer justiça com as próprias e mãos e punir os infratores justamente para chamar a atenção dos governantes que parecem não ter olhos e ouvidos por estarem “protegidos”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.