Cidade

Empresário diz que "João Castelo" é lider da máfia

A acusação feita pelo Ministério Público, que mostra um certo envolvimento do prefeito João Castelo (PSDB), por suposto favorecimento da Pavetec em licitações, pode levar ao afastamento do cargo de prefeito de São Luís.

'João Castelo, lidera máfia na prefeitura de São Luís', diz empreiteiro Paulo Fernando

'João Castelo, lidera máfia na prefeitura de São Luís', diz empreiteiro Paulo Fernando

São R$ 115 milhões que foram parar nos cofres da empresa campeã em ganhar licitações para asfaltamento de ruas e avenidas da cidade. O MP encontrou indícios de fraudulentos para beneficiar a empreiteira.

Castelo que foge de certas condenações, para que possa concorre a reeleição e teme a inelegibilidade.

Em participação no programa “Qual é a Bronca”, apresentado pelo radialista Osvaldo Maia, na Rádio Capital AM, o empreiteiro Paulo Fernando, afirmou que o esquema envolveria, ainda, João Rodolfo, homem de confiança do prefeito.

“Quando sai um pagamento para a Pavetec, o João Rodolfo vai lá no escritório pegar o cheque da empresa. Isso é uma máfia. O prefeito é o presidente dessa máfia”, afirmou o empresário, que disse ter prestado serviços de tapa-buracos para a Semosp e está no prejuízo de mais de R$ 200 mil”.

“O que digo aqui afirmo em qualquer lugar. Por diversas vezes procuramos o prefeito para resolver o problema, mas ele só tem nos enrolado. Por conta disso, praticamente quebramos, pois tivemos que honrar dívidas trabalhistas e até com agiotas, vendendo terrenos e carros”, diz Paulo Fernando.

O empresário irá reunir diversos donos de empresas que foram lesadas pela prefeitura para irem aos estúdios da Rádio Capital e relatar mais detalhes desse escândalo de corrupção que vai abalar as estruturas da administração Castelo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.