Poder

Maranhão tem 4 assassinatos por homofobia em 2011

Nos primeiros meses deste ano, o Grupo Gay da Bahia (GGB) já contabilizou 144 mortes em todo Brasil.

Em 2010, foram contabilizadas 260 homicídios no Brasil. O presidente da GGB, Luiz Mott, explicou que 43% dos assassinatos cometidos no ano passado aconteceram somente no Nordeste.

No ranking preliminar deste ano do Grupo Gay da Bahia o estado do Maranhão aparece em sexto lugar com 4 mortes motivadas por homofobia.  Pernambuco aparece em primeiro com (15), Paraíba aparece em segundo (12 mortes) e a Bahia, em terceiro (11). Em seguida estão os estados de Alagoas (9), Ceará (6), Rio Grande do Norte (4), Sergipe (3) e Piauí com duas mortes. Se levado em conta todo o país, o estado de São Paulo é o que tem o maior número de mortes por homofobia, segundo o GGB: são 17 neste ano.

É possível observar a intolerância da população em relação à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a união estável para casais do mesmo sexo. “A pesquisa mostrou que os homens são mais homofóbicos que as mulheres.Os que têm menos acesso à informação e escolaridade. A homofobia é fortalecida na faixa etária de 50 anos pra cima”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.