Poder

Feirinha São Luís ganha selo comemorativo dos Correios por um ano de atividade

Em comemoração ao primeiro ano da Feirinha São Luís, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e os Correios lançaram nesta quarta-feira (25), o Selo Personalizado em homenagem à iniciativa da Prefeitura de São Luís. O selo circulará no Brasil e no exterior, propagando, por meio de sua imagem, o tema que originou a sua criação. O lançamento ocorreu no Palácio de La Ravardière, com a participação do prefeito Edivaldo, do vice-prefeito, Júlio Pinheiro, do coordenador regional de vendas dos Correios, Silvio Eduardo Silva e Silva, representando no ato o superintendente Ricardo Barros, e dos secretários Pablo Rebouças (Governo), Ivaldo Rodrigues (Gestão Política), Nonato Chocolate (Semapa) e Socorro Araújo (Turismo).

O prefeito Edivaldo comemorou o selo personalizado como ato simbólico das conquistas que envolvem o centro histórico da cidade, que recebe o maior volume de investimento dos últimos 30 anos em obras de revitalização executadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parcerias com a Prefeitura. “A Feirinha São Luís hoje é uma grande marca da cidade. Esse selo é um marco histórico que muito orgulha nossa gestão”, destacou o prefeito Edivaldo.

Criado sob um fundo amarelo, o selo traz a imagem da personificação do agricultor familiar, do artesão e do artista, segurando em suas mãos uma peça artesanal e coberto por uma veste, cuja estampa simboliza a arquitetura de São Luís com seus azulejos, os produtos agrícolas e a riqueza da flora ludovicense. No canto inferior esquerdo a logomarca da Prefeitura de São Luís. No canto superior esquerdo a descrição “1 ano” seguida da frase “Programa municipal de incentivo à agricultura familiar, economia criativa e promoção da cultura, gastronomia e turismo.

“O selo é algo de importância histórica que vem de séculos atrás, utilizado para consignar uma data histórica ou movimento festivo. Desde o início, demonstramos grande contentamento pelo lançamento do selo comemorativo de um ano da Feirinha São Luís”, disse Sílvio Silva e Silva. Segundo o superintendente dos Correios do Maranhão em exercício, a feirinha tem gerado um impacto positivo no centro histórico e na cidade.

Coordenador da da Feirinha São Luís, o ex-titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, o secretário Ivaldo Rodrigues, disse que o selo personalizado coroa uma ação idealizada pelo prefeito Edivaldo.

“Tenho certeza que a Feirinha São Luís agrega uma série de valores positivos. Considero este ato e o Selo Personalizado de um ano uma celebração. Como peça de importância histórica milenar, o selo é muito representativo. É um momento de extrema importância essa homenagem que a cidade, a prefeitura recebem dos Correios”, disse Ivaldo Rodrigues.

A peça filatélica, utilizada no primeiro porte de carte simples, circulará no Brasil e no exterior.
Para Ivaldo Rodrigues, a Feirinha além da geração de renda cumpri a tarefa de revitalizar o Centro Histórico de São Luís. “Tenho orgulho de poder conduzir esta ação”, afirmou Rodrigues.

O secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Nonato Chocolate, entende que a iniciativa da Prefeitura reflete em todo o comércio do entorno, com ganhos também para instituições como os Correios. “Acredito que está havendo um convergência de ações positivas”, disse Chocolate.

SOBRE A FEIRINHA

Inaugurada em 11 de junho de 2017, na Praça Benedito Leite, a feirinha realizou, até 22 de julho, 59 edições, sempre aos domingos das 7h às 15h. A feirinha tem uma estrutura básica de 90 pontos de empreendimento, sendo 59 barracas comercializando produtos da agricultura familiar e artesanato, 22 bancas de alimentação e mais 11 food trucks. Além de venda de produtos agroecológicos, a Feirinha São Luís tornou-se um ponto de compras.

Para a secretaria municipal de Turismo, Socorro Araújo, a Feirinha São Luís tem impulsionado o setor com um público crescente, principalmente nos finais de semana. “A Feirinha é um produto que traz alegria, desenvolvimento para o Centro Histórico. O turista sente que tem toda uma comunidade fazendo parte deste processo, com atrações, artesanato, gastronomia. Isso é muto importante”, observou a secretária.

Como entusiasta do projeto da Feirinha desde seu início, o secretário de Governo, Pablo Rebouças, acredita que, com o selo, a iniciativa terá reconhecimento de todo país.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cultura

Feirinha São Luís une economia criativa e Carnaval na primeira edição de 2018

Tendo como um de seus objetivos ser mais um canal de escoamento da produção agrícola local, a Feirinha São Luís agrega ainda outros atrativos como gastronomia e artesanato, além da programação cultural que em 2018 chegou em ritmo de Carnaval. Na edição deste domingo (7), a programação cultural foi recheada de atrações carnavalescas como Bicho Terra, Gabriel Melônio, bloco Fuzileiros da Fuzarca e a Escola de Samba Marambaia. Uma realização da Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), a iniciativa ocorre sempre aos domingos, de 7h às 15h, na Praça Benedito Leite.

“Daremos continuidade em 2018 a este que é um programa exitoso da nossa gestão e que se consolidou por ser uma ação importante de reocupação do centro, de fortalecimento da agricultura familiar e de incentivo à economia criativa e valorização das manifestações culturais. Hoje á Feirinha é um espaço de comercialização de produtos agrícolas e de lazer para famílias ludovicenses e para turistas”, disse o prefeito Edivaldo.

A presença dos grupos culturais é mais um atrativo para quem visita a Feirinha. Até o Carnaval os domingos na Feirinha serão no ritmo momesco. “Vamos manter a ideia de edições temáticas ao longo desse novo ano, trazendo sempre inovação para chamar o público, como nas edições anteriores. Durante esse período de folia, as atrações carnavalescas maranhenses que são fortes e diversas serão evidenciadas na Feirinha”, disse o secretário.

A turismóloga Raphaela Dias é frequentadora assídua da Feirinha São Luís. “Movimenta o turismo na cidade, pois apresenta em um só espaço artesanato, gastronomia e cultura. E durante o período carnavalesco, podemos mostrar toda diversidade cultural única do Maranhão”, destacou ela.

A Feirinha São Luís iniciou em junho de 2017 e conquistou o público ao longo de 30 edições. Apenas no primeiro ano, movimentou, em média, 15 toneladas de produtos e subprodutos da agricultura local.

Além do carro chefe da feirinha, que tem foco na venda dos produtos da agricultura familiar produzidos na capital, a gastronomia é outro ponto forte e, a cada edição, um novo comandante na Barraca do Chef traz diversas delícias. Dessa vez, a convidada foi Eline Mendonça, do restaurante Tempero da Nega, especializado em comida típica regional.

O jovem empreendedor José de Ribamar Miranda ainda está na universidade cursando ciências biológicas e viu na feirinha uma oportunidade para ganhar uma renda também aos domingos. “Desde a primeira vez que nós da Sonho Gelado – Dindin Gourmet vimos o projeto, nos apaixonamos pela ideia, e procuramos integrar o time de pessoas que utilizam o espaço para movimentar a economia. Daí em diante não paramos mais e pretendemos continuar pois é prazeroso, unimos o trabalho com a diversão em um só lugar”, explicou o empreendedor.

A Feirinha São Luís reúne 29 barracas para venda de produtos oriundos da agricultura familiar, 30 destinadas ao artesanato, 22 para alimentação e ainda 12 food trucks. Quem vai à Feirinha pode adquirir produtos agroecológicos diretamente dos produtores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cultura

Feirinha São Luís terá edições especiais nas vésperas de Natal e Ano Novo

Funcionando na Praça Benedito Leite sempre aos domingos, das 7h às 15h, a Feirinha São Luís tem sido um grande atrativo para moradores e turistas da capital maranhense. Com a proximidade das festas de fim de ano, estão garantidas as edições do dia 24, véspera de Natal e também a do dia 31, véspera de Ano Novo, com programações especiais alusivas à estas datas que em 2017 caem, ambas, em dia de domingo. A iniciativa, da Prefeitura de São Luís e executada pela Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), trouxe, neste domingo (17), uma programação com ritmos diversos como reggae, samba, rock, ainda show especial de Natal e muitos produtos da agricultura familiar. O fomento à agricultura familiar com a geração de renda é o principal objetivo do programa.

“A Feirinha é um projeto incentivado pelo prefeito Edivaldo e que deu certo. A Prefeitura vai realizar edições tanto no dia 24, véspera de Natal, quanto no dia 31, véspera de Réveillon. A programação terá shows especiais para as datas e manteremos a comercialização da agricultura local, artesanato e gastronomia”, garantiu o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues.

Uma das principais atrações deste domingo (17), foi o cantor e compositor de reggae Fauzi Beydoun. O astro do ritmo jamaicano e vocalista da banda Tribo de Jah, se apresentou acompanhado da banda The Soul Vibe e atraiu grande público para a Praça Benedito Leite. Além dele, esta edição contou com apresentações do Grupo 1,2,3 que fez um show especial de Natal; o rock da Banda Drosera; e o samba de Leandro e Banda.

Foi um caldeirão de ritmos que animou o Centro Histórico. “A Feirinha concretizou a reocupação do Centro Histórico aos domingos, com um público fiel, que acompanhou cada edição de forma enérgica e os shows que animam o público do início ao fim são um dos atrativos do evento”, destacou o secretário Ivaldo Rodrigues.

A Feirinha São Luís reúne 29 barracas para venda de produtos oriundos da agricultura familiar, 30 destinadas ao artesanato, 22 para alimentação e ainda 11 food trucks. Quem vai à Feirinha pode adquirir produtos agroecológicos diretamente dos produtores. O evento, que tem como um de seus objetivos fomentar a economia criativa aos produtores da capital, é mais um canal de escoamento da produção agrícola. Organizados em mais de 11 polos nos quais comercializam produtos diversos a preços competitivos, os produtores também distribuem seus produtos em mais de 90 pontos de comércio da cidade.

GASTRONOMIA

Ponto alto da gastronomia no evento, a Barraca do Chef contou nesse domingo com as delícias preparadas por Jeisa Moraes, que apresentou um menu de comidas tipicamente maranhense. A proposta da Barraca do Chef é que a cada edição seja apresentado um cardápio com a marca de cada profissional.

Nas edições anteriores passaram pela Barraca do Chef nomes de peso como Melquiades Dantas, Cila Brandão, Juja, Danilo Dias, Thiago Ogro, Felipe Marques, Giuseppe Rocha e Paulo Coimbra, Murylo Luna, Rosângela Roxo, Suely Almeida, Adriana Saulnier, Danilo Sousa, Warwick Trinta, Delmo Junior e Ormilo Neto, que conquistaram o público pelos sabores de seus pratos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cultura

Feirinha São Luís inicia programação natalina com chegada do Papai Noel

Com a proximidade das celebrações de fim de ano, a Feirinha São Luís, que é um projeto da Prefeitura realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), entrou em clima natalino neste domingo (10), com a presença do Papai Noel, que encantou as crianças. Elas puderam conferir de perto a chegada do bom velhinho, que distribuiu alegria e presentes. A Feirinha também foi palco para ações sociais.

Além de expor a diversidade cultural da cidade, a Feirinha fomenta a economia criativa aos produtores da capital em mais de 11 polos, que comercializam produtos diversos a preços competitivos, distribuídos em mais de 90 pontos de comércio, movimentando o turismo na capital e a geração de renda. A Feirinha conta com 29 barracas para venda de produtos agrícolas, 30 para artesanato, 22 de alimentação e 11 food trucks.

Também integrou a programação cultural da 27ª edição da Feirinha São Luís o Coral Infantil da LBV, bloco tradicional Os Feras, Banda do Exército 24º BIS, Forró Pé de Serra.com e Dinho e Banda. Para o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, uma edição memorável, com o espírito natalino.

“Esse é um dia especial para a Feirinha São Luís, nós estamos abrindo as festividades natalinas na Praça Benedito Leite. Por orientação do prefeito Edivaldo, trouxemos o Papai Noel para abrilhantar esse momento de paz, alegria, e união onde relembramos o nascimento de Cristo nesse espaço democrático que ao longo de todo esse semestre tratou de assuntos tão importantes e contemporâneos”, frisou o secretário Ivaldo Rodrigues.

SOCIAL

Durante todo o mês de dezembro diversas ações sociais serão realizadas no evento. Uma delas foi a ação de conclusão de 10 dias de ativismo digital pelos direitos humanos realizada pela Secretaria Estadual dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), que esteve presente na Feirinha também celebrando os 69 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

“Celebramos com manifestação nas redes pela dignidade da vida e divulgando as ações do Governo do Estado que confirmam a decisão política do governador em tratar direitos humanos como política universal”, destacou o titular da Sedihpop, Francisco Gonçalves.

O público presente à Feirnha tem a oportunidade de ajudar instituições filantrópicas ou a população em situação de vulnerabilidade social. Podem ser doados alimentos não perecíveis em estandes específicos, ou comprar materiais que serão revertidos para a caridade.

Um exemplo é a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de São Luís, que está com um estande da campanha Natal Solidário 2017, localizado próximo à praça de alimentação da Feirinha São Luís. Na barraca estão sendo comercializados canecas, squeezes e camisas personalizadas e toda a renda arrecada será revertida para a escola Eney Santana, mantida pela instituição, que atende atualmente cerca de 248 crianças e adolescentes portadores de deficiência intelectual ou múltipla.

De acordo com o presidente da Apae São Luís, Sebastião Vanderlan de Almeida Rolim, foram criados produtos específicos, desenvolvidos com as crianças que ajudam a propagar o trabalho realizado. “É um grande serviço que vem sendo prestado há mais de 45 anos pela Apae, e nessas peças mostramos os avanços das crianças dentro da instituição”, explicou.

Iniciada em novembro, a campanha Natal Sem Fome, continua por todo o mês de dezembro na Feirinha. Uma iniciativa da ONG Ação da Cidadania, que visa a arrecadação de alimentos não perecíveis que serão doados a famílias em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é contribuir para amenizar a fome dos excluídos, na noite de Natal. O estande de arrecadação fica próximo à praça de alimentação dos food trucks.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cultura

Segunda edição da Feirinha São Luís consolida opção de lazer na cidade

18992_feirinha12

Sucesso de público, a segunda edição da Feirinha São Luís celebrou toda a diversidade de ritmos, formas, cores e sabores do Maranhão. A iniciativa da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), tem como proposta revitalizar o espaço da praça, incentivar a pequena produção e promover o intercâmbio sociocultural. Unindo o que há de melhor da culinária, arte, produção rural e cultura regional, o evento ocorre todos os domingos, na Praça Benedito Leite (Centro), das 7h às 15h.

O titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, atribui o sucesso do projeto à variedade de opções. “A proposta de reocupar o Centro Histórico aos domingos, por orientação do prefeito Edivaldo, é de grande responsabilidade, reunimos o melhor que tem em nossa terra, como nossas brincadeiras folclóricas, o artesanato, artes plásticas, a culinária peculiar, que agrega sabores do norte e nordeste, a produção agrícola, além da literatura, para valorizar os escritores e poetas da ‘Atenas brasileira’. Tudo isso agregou valor ao projeto, que já foi abraçado pela população, atraindo turistas e gerando renda”, garante Ivaldo Rodrigues.

Celebrando o mês junino, as apresentações culturais da segunda edição da feirinha, vieram em clima de São João, animando os presentes, o grupo de Cacuriá Assacana, Boi Pirilampo (orquestra), Grupo Lamparina e encerrando as atrações culturais, o boi Encanto da Ilha (orquestra). A Banda da Feirinha já é atração confirmada em todos os eventos.
18992_feirinha7

O presidente do Boi Pirilampo, Renato Dionísio, frisa a importância da iniciativa. “Estou extremamente contente com essa iniciativa, de estabelecer uma atividade e revitalizar esse conjunto de casarios fantásticos, dando uma alternativa turística para o dia na cidade com essa feira. A nós, representantes culturais, cabe apoiar e incentivar as boas ações que são realizadas”.

O paulista Marcos Almeida Gomes, que há 3 anos mora em São Luís, elogiou a feirinha. “Os alimentos frescos, com preços bons, vemos a qualidade de tudo, com muita segurança. A Prefieura está de parabéns e deve dar continuidade a este projeto que mostra uma parte da riqueza do Maranhão”, disse.

GASTRONOMIA

Um dos pontos altos dos apaixonados pelos sabores maranhenses é a Barraca do Chef, que dá espaço a nomes reconhecidos da culinária maranhense e apresenta ao público pratos diferenciados, tradicionais e novidades. Quem comandou o espaço neste domingo, foi o chef Luciano Rosa, do Supermercado Mateus, que para agradar o paladar do público, trouxe pratos típicos do período junino como torta de camarão, arroz de cuxá e Maria Isabel, bolos de macaxeira e tapioca e mingau de milho com amendoim.

A proposta é que a cada edição, seja apresentado um cardápio com a marca maranhense. Na primeira edição, realizada no último domingo (11), o chef Melquíades Dantas optou por um cardápio surpresa, divulgado apenas na hora do evento. O profissional brindou o público com pratos típicos do período junino como torta de sururu, mingau de milho, compotas e bolos diversos.

Criada no Centro, a escritora Odacir Mesquita se disse feliz em ver a Praça Bendito Leite sendo bem utilizada. “São Luís precisava ter o Centro recuperado, uma área muito bonita e a Prefeitura acertou na realização desta feirinha. Fico muito feliz e acredito que todos os moradores desta área também”, disse.

O PROJETO
18992_feirinha10

Participam da feirinha 11 polos que comercializam produtos diversos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia, além dos food trucks.

No evento são expostos e comercializados produtos da agricultura familiar e seus derivados, como frutas, legumes, verduras, hortaliças, doces, compotas, queijos e comidas típicas do estado. “É uma boa oportunidade para prestigiar nossa cultura e consumir produtos de qualidade”, destaca o titular da Semapa.

“As vendas estão maravilhosas, eu faço zoada para chamar o freguês e vender limão, cebola, tomate. Está sendo um trabalho muito válido poder comercializar no domingo nossos produtos, principalmente para aquela clientela que não tem tempo de ir à feira durante a semana, vem cliente de todos os cantos da cidade”, observa a presidente do Sindicato dos Feirantes, Ivanilde Sampaio.

A iniciativa tem parceria com as demais órgãos do município, o Banco do Nordeste, Governo do Estado, Supermercados Mateus, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Associação Comercial do Maranhão (ACM).

Apoiam ainda o evento, o Senac, Academia Maranhense de Letras, Sub-Prefeitura do Centro-Histórico, Associação dos Moradores do Centro, Secretaria de Estado da Cultura e Turismo, Iphan-MA, Arquidiocese de São Luís, Sindicado dos Trabalhadores Trabalhadoras Rurais de São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.