Poder

Espionagem do governo contra adversários repercute na Câmara Federal

O deputado federal Hildo Rocha afirmou, na tribuna da Câmara Federal, que embora as denúncias de uso da estrutura da polícia militar do Maranhão para fins políticos tenha repercutido intensamente na mídia nacional essa aberração não é novidade no governo de Flávio Dino.

“O uso de forças policiais estaduais para fins políticos é algo impensável, em tempos de democracia. Mas, isso aconteceu em 2016, durante as eleições municipais, e agora a situação se repete. Aqui, nesta mesma tribuna, eu denunciei o uso da polícia para atacar adversários políticos dos candidatos aliados do governador. Denunciei que o próprio secretário de segurança do Estado, Sr. Jeferson Portela, invadiu a casa do candidato do PMDB a vice-prefeito da cidade de São Domingos”, destacou o deputado.

Clima de terror

Rocha lembrou que além do caso de São Domingos, o governador espalhou o terror em dezenas de municípios. “Adversários políticos de apadrinhados de Flávio Dino foram perseguidos, sofreram intimidações e foram agredidos. Agora, descobriu-se outra falcatrua articulada, planejada e determinada dentro do Palácio dos Leões com o objetivo de utilizar-se da polícia militar para espionar adversários políticos do governador Flávio Dino”, enfatizou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.