Poder

Relatório da PF conclui que houve vazamento do Enem 2016, diz MPF

Polícia Federal aponta estelionato qualificado e que ao menos duas pessoas foram beneficiadas. Procurador diz que crime compromete 'lisura' do exame.

G1, Brasília

enemprova

O Ministério Público Federal (MPF) informou nesta quinta-feira (1) que recebeu relatório da Polícia Federal (PF) que aponta que houve vazamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016). Segundo o MPF, no relatório do inquérito, a Polícia Federal afirma que as provas do primeiro e do segundo dia do exame, além da redação, vazaram antes do início da aplicação para, pelo menos, dois candidatos.

Segundo o MPF, no texto a PF expressa sua convicção de que houve crime de estelionato qualificado. No domingo 6 de novembro, segundo dia de provas do Enem, candidatos foram presos no Ceará e no Amapá flagrados com o tema da redação. Em Fortaleza, a polícia encontrou no bolso de um homem de 34 anos o tema e um texto pronto para ser transcrito. Ele ainda recebeu o gabarito pelo celular e usou também ponto eletrônico na sala do exame.

Em Macapá, um homem de 31 anos foi preso logo depois de deixar o local de prova. Ele confessou que sabia previamente o tema da redação. Com ele, foi encontrado um texto com o assunto “intolerância religiosa”, aplicado no Enem a quase 6 milhões de candidatos em todo o país.

O G1 entrou em contato com o Ministério da Educação (MEC) para obter o posicionamento da pasta e aguarda retorno. Nesta tarde, o o procurador da República Oscar Costa Filho deve detalhar os desdobramentos do caso. O MPF pede que as notas da redação não sejam utilizadas.

Entretanto, em nota, o procurador adiantou que a íntegra do relatório e peças do inquérito serão anexadas ao recurso do MPF que já tramita no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife (PE).

“Uma quadrilha organizada nacionalmente teve acesso antecipado às provas. Isso compromete a lisura do exame e a própria credibilidade da logística de segurança que vem sendo aplicada”, afirmou o procurador.

De acordo com nota do MPF, em um trecho do relatório a PF destaca que, após a análise de celulares apreendidos, “concluiu-se que os candidatos receberam fotografias das provas e tiveram acesso aos gabaritos e ao tema da redação antes do início do exame”.

Frase código

Ainda de acordo com a nota do MPF, a polícia afirma que os candidatos tiveram acesso à “frase-código” da prova rosa, o que permitia que candidatos que deveriam fazer provas diferentes da rosa pudessem preencher o cartão de respostas de acordo com o gabarito transmitido pela quadrilha, não importando a cor da prova que o candidato tenha recebido no exame, já que a frase-código é o que legitima a correção conforme a cor referente à frase.

“Tanto o gabarito quanto a frase-código foram divulgados antes do exame, o que garante a responsabilidade de afirmar que houve vazamento da prova”, diz o relatório.

A Polícia Federal aponta, ainda, que apesar de dois candidatos terem sido presos em operações policiais diferentes, ambos receberam exatamente as mesmas fotografias com gabaritos das provas, porém de intermediários diferentes, o que indica que a origem do vazamento é a mesma.

Quanto à prova de redação, a perícia da PF identificou que os candidatos presos iniciaram pesquisas no Google sobre o tema da redação a partir de 9h38 do dia 6 de novembro, indicando que tiveram acesso ao tema antes do início da aplicação das provas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Inep divulga gabarito do Enem 2016

Alunos poderão checar número de acertos; mas nota final só sai em janeiro.

gabarito-do-enem

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi divulgado nesta quarta-feira (09) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Segundo o Ministério da Educação, ao acessar o gabarito, participante poderá saber o número de questões que acertou, no entanto as notas só serão divulgadas no dia 19 de janeiro.

A Teoria de Resposta ao Item (TRI) permite que um mesmo número de acertos gere notas diferentes, pois as questões têm pesos diferentes

Veja os gabaritos de todas as provas aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia Federal prende acusados de fraudar o Enem

Quatro pessoas foram presas em flagrante durante a ação da PF.

alx_logo_pf_viatura_e_agentes_-10-_original-300x225

A Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência da Polícia Federal no Estado do Maranhão, com o apoio do DFAZ, DIP, INI e INEP, deflagrou neste domingo, (06), a Operação Jogo Limpo, para cumprir 22 mandados de busca e apreensão nos Estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Tocantins, Amapá e Pará com o objetivo de reprimir fraudes no Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

A partir da análise de gabaritos apresentados em anos anteriores promovida pela Policia Federal em conjunto com o INEP, foram identificadas 22 pessoas que teriam apresentado respostas suspeitas de fraude e que fariam a prova
novamente em 2016.

8zpe0x07xdolx3ga1v22g7iwb

Quatro pessoas foram presas em flagrante pelo crime previsto no artigo 311-A do Código Penal, além de um investigado engoliu o gabarito durante a abordagem policial e outra investigada que tinha um celular escondido nas roupas íntimas. Confirmado a participação dos demais investigados na fraude, poderão responder pelos crimes previstos nos artigos 171, 304, 311-A do Código Penal e 2 da Lei 12.850/2013.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação

Gabaritos do Enem saem na quarta e resultado final no dia 19 de janeiro

Florianópolis – 31.07.09 Rep. Nanda Gobbi – Foto Diego Redel – Geral Assunto: Simulado Prova do Enem Personagens: Alunos do ensino médio fazem teste proposto pelo Diário Catarinense.

Os estudantes terão acesso ao resultado final do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no dia 19 de janeiro. No resultado,  poderão saber quanto tiraram em cada uma das quatro provas realizadas neste final de semana: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática. Também terão acesso à nota da redação, cuja tema foi a intolerância religiosa no Brasil. O gabarito será divulgado na quarta-feira (9), de manhã, no portal do Inep. O anúncio foi feito hoje (6) em coletiva de imprensa após o término do exame.

Teoria da Resposta ao Item

Mesmo com o gabarito em mãos, os candidatos não conseguirão saber a nota que tiraram porque o sistema de correção do Enem usa a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), que não estabelece previamente um valor fixo para cada item. O valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Assim, um item que teve grande número de acertos será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos.

O estudante que acertar uma questão com alto índice de erros, por exemplo, ganhará mais pontos por aquele item. Dessa forma, o candidato só saberá a sua nota nas provas objetivas após a divulgação do resultado final, em janeiro.

Neste final de semana, mais de 8 milhões de candidatos fizeram o Enem em todo o país. As notas da prova podem ser usadas para pleitear vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além disso, os candidatos com mais de 18 anos podem usar o Enem para receber a certificação do ensino médio.

Da Agência Brasil


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Ônibus escolar de Pastos Bons prega de combustível na volta do Enem

Um ônibus escolar do município de Pastos Bons que carregava dezenas de jovens para realizarem no último sábado (24), o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015, na município vizinho de São João dos Patos, simplesmente pregou por falta de combustível.

A falta de combustível levou estudantes a aguardarem por um bom tempo na BR-230, que fica entre os municípios. Pastos Bons é administrada por Iriane Gonçalo de Souda Gaspar, irmã do ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Sisu terá 171 mil vagas em cursos superiores; inscrição abre segunda

sisu-2014

O número de vagas em cursos superiores disponíveis no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que terá as inscrições abertas de segunda-feira (6) até sexta-feira (10), será 33% maior em relação ao processo seletivo do início de 2013. Segundo levantamento feito pelo G1 com base nos dados disponíveis no site do Sisu, a edição do primeiro semestre deste ano vai disponibilizar 171.756 vagas, um terço a mais em relação a janeiro do ano passado, quando foram abertas 129.279 vagas.

Também são maiores o número de instituições participantes (passou de 101 para 115) e o número de cursos oferecidos (de 3.751 para 4.731).

Somente poderá se inscrever no processo seletivo do Sisu referente à primeira edição de 2014 o estudante que tenha participado da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e que tenha obtido nota acima de zero na prova de redação. O Ministério da Educação anunciou que vai divulgar a nota do Enem até o final desta semana. Pela lei federal de cotas, o Sisu deve reservar pelo menos 25% das vagas para alunos que fizeram todo o ensino médio em escolas públicas.

Assim como nos últimos anos, o Nordeste e o Sudeste, juntos, concentram dois terços das vagas disponíveis. O Nordeste tem 67.899 vagas, o que corresponde a 37,5%. O Sudeste tem 48.081 vagas (28%). A região Sul tem 22.367 vagas (13%), o Centro-Oeste tem 21.608 (12,6%), e o Norte, 11.801 (6,9%).

Minas Gerais é o estado com o maior número de vagas disponíveis (20.029), seguido por Rio de Janeiro (16.740), Bahia (12.459), Rio Grande do Sul (12.062), Paraíba (11.619) e São Paulo (10.304). O Tocantins é o estado com menor número de vagas: 624.

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) é a instituição que oferece o maior número de vaga pelo Sisu: 7.555. Em seguida estão as federais do Ceará (UFC), com 6.378 vagas; Bahia (UFBA), 5.938; Sergipe (UFS), 5.440; e Mato Grosso (UFMT), 5.408.

Como participar

Ao acessar o sistema, os estudantes poderão checar todas as vagas disponíveis para a seleção. Porém, cada estudante só poderá se inscrever em duas opções de vagas. No ato da inscrição, será preciso escolher, em ordem de preferência das vagas, a instituição, o local de oferta, o curso e o turno em que ele é ministrado.

Entre a próxima segunda-feira (6) e as 23h59 do dia 10 de janeiro, o estudante poderá trocar suas opções no sistema quantas vezes quiser, e também cancelar sua inscrição. Durante o período, o Sisu informará a nota de corte de cada curso e turno, ou seja, a nota mínima no Enem para ser aprovado naquele curso, segundo o número total de inscritos e o número de vagas oferecidas. O Sisu considera apenas as últimas opções cadastradas no momento do fechamento das inscrições.

Cotas para alunos da rede pública

Na hora de fazer as duas opções de vaga, o candidato deve escolher uma das três modalidades de concorrência: a concorrência pelo sistema de cotas que segue a lei federal, a concorrência pelo sistema de ação afirmativa determinado pela instituição de ensino que oferece a vaga, e a ampla concorrência.

Pela lei federal de cotas, em 2014 pelo menos 25% das vagas de cursos em instituições de ensino superior públicas devem ser destinadas a alunos oriundos de escola pública. Dentro desse grupo, metade das vagas serão reservadas a estudantes com renda familiar de até 1,5 salário-mínimo. Outra parte será ocupada por alunos negros, pardos e indígenas, em divisão feita proporcionalmente à porcentagem de negros, pardos e índios na população do estado da instituição, segundo o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar de as instituições serem obrigadas a oferecer pelo menos 25% das vagas nessas condições no próximo ano, elas são livres para aplicar outras medidas de ação afirmativa com as demais vagas. No primeiro semestre de 2013, as universidades federais brasileiras já reservavam em média 30% das vagas do Sisu e do vestibular tradicional para cotistas.

Resultados

No dia 13 de janeiro será divulgada a primeira chamada do Sisu do primeiro semestre de 2014. Os candidatos aprovados deverão fazer a matrícula nos dias 17, 20 e 21 de janeiro nas instituições de ensino que oferecem as vagas, apresentando os documentos exigidos por elas e pela lei federal de cotas.

A segunda chamada será divulgada no dia 27 de janeiro, e a matrícula deverá ser feita nos dias 31 de janeiro e 3 e 4 de fevereiro.

Os candidatos que não forem convocados nas duas chamadas terão entre os dias 27 de janeiro e 7 de fevereiro para manifestar interesse em participar da lista de espera, usada pelas instituições de ensino para preencher as vagas que ainda estiverem abertas.

 

Cronograma do Sisu 2014

Início das inscrições: 6 de janeiro

Fim das inscrições: 10 de janeiro (às 23h59 do horário de Brasília)

Primeira chamada: 13 de janeiro

Matrícula da primeira chamada: 17, 20 e 21 de janeiro

Segunda chamada: 27 de janeiro

Matrícula da segunda chamada: 31 de janeiro, 3 e 4 de fevereiro

Inscrição na lista de espera: 27 de janeiro a 7 de fevereiro (às 23h59)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Maranhão também avança no Enem

Secretário Pedro Fernandes

Secretário Pedro Fernandes

A média das escolas maranhenses cresceu de 478,75 em 2011 para 481,37 em 2012, no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, segundo dados divulgados nesta terça-feira (26), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação.

A evolução do estado deve-se, principalmente, ao crescimento da participação das escolas da rede pública estadual de ensino no exame e à melhoria no desempenho dessas escolas no Enem 2012. O número de escolas estaduais participantes saltou de 106 para 115 escolas, em um universo de 215, em todo o Maranhão, que subiu três posições no ranking nacional.

Além disso, as escolas estaduais elevaram de 441,5 em 2011, para 449, em 2012, a nota das provas objetivas, que consideram as quatro áreas de conhecimento do Enem: ciências da natureza, ciências humanas, matemática e linguagens. O cálculo não inclui a prova de redação.

Segundo dados divulgados pelo Inep, a participação de escolas nas diversas regiões do estado também melhorou. No ranking das dez primeiras escolas com melhor desempenho no estado aparecem além de São Luís, escolas de Caxias, Lago do Junco, Carolina, Bacabal e Imperatriz.

Evolução – O Maranhão também avançou na proficiência (desempenho em aprendizagem). Nenhuma escola ficou com média abaixo de 400 na média calculada pelo Inep/MEC.

Em 2011, cinco escolas estavam abaixo dessa média, dessas, três estavam entre as cinco piores do país. Em 2012, apenas uma escola maranhense ainda está entre as 20 piores da federação. A elevação do desempenho das escolas em aprendizagem ocorreu praticamente em todas as escolas que participaram do exame.

O secretário de Estado da Educação, Pedro Fernandes atribuiu o resultado do Maranhão ao esforço que está sendo feito para elevar a qualidade do ensino na rede, que deixa de ser isolado e passa a ser coletivo com a participação de diversos setores da sociedade, de parcerias institucionais, além das ações do Governo do Estado vem desenvolvendo para melhorar o aprendizado dos alunos, universalizar o ensino médio e fortalecer o regime de colaboração com os municípios.

“Melhoramos o desempenho das escolas da rede pública estadual, mas ainda precisamos avançar, porque o Maranhão vem demonstrando com esses resultados tendência de crescimento. Vamos avançar ainda mais com o compromisso do Estado e todos nós em promover a educação pública de qualidade para todos”, afirmou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade / Poder

Três das piores notas do Enem estão no Maranhão

Entre as cinco piores escolas; Maranhão tem três.

O Maranhão se destacou negativamente por ter três escolas entre as cinco de menor nota do país: em São Domingos do Azeitão, Olinda Nova do Maranhão e Centro Novo do Maranhão. Entre elas está a que obteve o menor desempenho, o Centro Educacional Aquiles Lisboa, em São Domingos, com média 383,71.

Ao todo, foram divulgadas notas de 206 escolas maranhenses das redes de ensino pública e privada.

De acordo com o MEC, apenas escolas com mais de 50% de participação e o mínimo de dez alunos foram consideradas, dando um total de 10.076 escolas. Entre as escolas maranhenses o melhor desempenho está nas unidades sediadas em São Luís. Das dez melhores, apenas duas não estão na capital. Em compensação, o pior desempenho do país também está no Maranhão, no Centro Educacional Aquiles Lisboa, em São Domingos do Azeitão, na região sul do Estado, que obteve nota 383,71.

Logo a seguir está uma escola do Piauí e a terceira pior escola avaliada no Enem é anexo 1 do Centro de Ensino José Maria de Araújo, em Olinda Nova do Maranhão, que obteve nota 393,52. A quinta pior colocação no país entre escolas públicas e privadas ficou com o Centro de Ensino Maria do Socorro Almeida Ribeiro, localizado em Centro Novo do Maranhão, com nota 394,55.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Blog / Maranhão

Veja a relação das escolas do MA com melhor e pior desempenho no Enem

Veja agora abaixo as escolas do Maranhão com melhor desempenho:

Reino Infantil

Escola Crescimento

Educator

Upaon Açu

Dom Bosco

Ifma

Maristas

Ifma (Imperatriz)

Colégio Literato

Centro Educacional Internacional

As escolas que apresentaram péssimos resultados

CE Professora Léda Tajra (Buriti Bravo)

CE Luis Cheivan ( Governador Luiz Rocha)

Professor Solano (São Luís)

CE Nicolau Dino   (Grajaú)

CE José Maria de Araújo (Olinda Nova do Maranhão)

CE Lucas Coelho  (Benedito Leite)

CE Maria do Socorro Almeida Ribeiro (Centro Novo do Maranhão)

CE José Maria de Araújo (Nova Olinda do Maranhão)

CE Aquiles Lisboa  (São Domingos do Azeitão)

Para saber da nota das escolas do nosso estado nas provas do Enem de 2011, conforme a avaliação do MEC, clique aqui e procure a relação do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

MEC divulga gabarito oficial do Enem 2011

Do G1

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, na tarde desta terça-feira (25), o gabarito oficial da edição 2011 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado neste sábado (22) e domingo (23). Os documentos estão disponíveis para download no site do Enem.

Na segunda-feira (24), o Inep havia divulgado os cadernos de provas utilizados pelos candidatos, divididos por cor.

Cerca de 4 milhões de pessoas fizeram as provas no sábado (22) e no domingo (23). No total, mais de 5,3 milhões de estudantes se inscreveram no exame, mas a abstenção média, segundo o MEC, foi de 26,4%, o que representa mais de 1,4 milhão de candidatos. O número bateu recordes neste ano.

Segundo o edital do Enem, o resultado individual das provas, que inclui a correção e nota da redação, será divulgado em 4 de janeiro de 2012.

Clique aqui e veja o resultado completo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.