Política

Depois de 33 anos deputado Domingos Dutra deixa o PT

Deputado-dutraO Deputado Federal Domingos Dutra anunciou na tarde desta segunda-feira  (05) o desligamento do Partido dos Trabalhadores – PT.

Depois de 33 anos no Partido dos Trabalhadores, o deputado Domingos Dutra explicou por que decidiu aderir à rede de Marina Silva, em discurso neste sábado, no evento de criação da nova legenda da ex-senadora, em Brasília. “Política deve ser sacerdócio, e não apenas um negócio; ética deve ser bandeira de vida, e não uma bandeira eleitoral”, disse Dutra, que foi uma das pessoas mais aplaudidas no encontro.

No discurso, Dutra fez críticas aos dirigentes do PT, que, por conveniência eleitoral, preteriram sua candidatura ao governo do Maranhão, em 2010, e decidiram a apoiar a atual governadora Roseana Sarney, do PMDB. “Acredito num Brasil diferente, onde o homem tenha mais valor do que o boi, onde o direito fale mais alto do que a pistola e onde a liberdade esteja acima do arame farpado”, afirmou. “Depois de 33 anos no PT, estou aqui para recomeçar”.

Em 2014, Dutra, que é também advogado de trabalhadores rurais, pretende concorrer ao governo maranhense pela Rede de Marina Silva. “Viva nossa rede, viva Marina Silva”, exclamou Dutra, ao fim do seu discurso. O novo partido, segundo Marina,  impõe em seu estatuto restrições a doações de empresas e limita a 16 anos o tempo de atuação parlamentar aos filiados.

O Rede precisa reunir pelo menos 500 mil assinaturas de eleitores em nove estados para poder disputar as eleições do próximo ano, conforme exigência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O  pedido de registro deve ser feito até setembro próximo.

Do Idifusora


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Por falta de pagamento, vigilantes deixam o Hospital Dutra

Porta do Hospital Dutra.

Porta do Hospital Dutra.

Os vigilantes da empresa Colt Brasil, que presta serviços de segurança no Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (Dutra), decidiram cruzar os braços por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira (04).

Eles cobram o pagamento de dois meses de salários atrasados da Colt Brasil que pertence ao empresário Raposo. Os trabalhadores deixaram de fazer a segurança do Dutra e se se deslocaram num total de 40 trabalhadores, para a Justiça do Trabalho do Maranhão.

A consequência da greve dos vigilantes é a ausência de segurança em um dos principais hospitais do Maranhão.

O atraso nos salários tornou-se prática comum no ramo da vigilância privada. E a alegação das empresas é sempre a falta de pagamento por parte dos órgãos públicos contratantes, sejam eles de âmbito municipal, estadual ou federal.

O titular do blog tentou contato com a empresa, mas não conseguiu falar com o responsável.

Em novembro do ano passado, a mesma empresa foi notificada pela Procuradoria Regional do Trabalho da 16ª Região a regularizar importantes questões da categoria como – por exemplo -, o adicional noturno, adicional de risco de vida e de intervalo intrajornada aos seus empregados. Veja abaixo a copia da notificação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

R$ 1 milhão é destinado ao município de Paço do Lumiar para a construção de maternidade

O Deputado Domingos Dutra (PT/MA) destinou, por meio de emenda parlamentar individual ao Orçamento Geral da União (OGU/2012), R$ 1 milhão para a construção de uma maternidade no Bairro Maiobão, no município de Paço do Lumiar (MA). De acordo com o parlamentar, a emenda tem o objetivo de proporcionar apoio técnico e financeiro para a implantação, adequação e ampliação da rede de serviços especializados no Sistema Único de Saúde (SUS).

Como Paço do Lumiar está com oito inadimplências e, por isso, está impedida de receber a verba, o Deputado Domingos Dutra solicitou, por meio de carta enviada ao Secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murard, informação se o estado tem o interesse de receber toda a verba a fim de construir a maternidade no Maiobão. A carta foi enviada, via e-mail, em 15 de maio do corrente ano, e, também, protocolada na própria secretaria no mesmo dia. O parlamentar ainda está aguardando a resposta do Secretário.

“Foi durante uma reunião no Ministério da Saúde que fui orientado pelo próprio Ministro, Alexandre Padilha, a procurar o governo do Estado do Maranhão e oferecer a emenda para executar a construção da maternidade para que o recurso não fosse perdido diante da inadimplência eterna da prefeitura de Paço do Lumiar”, explica Domingos Dutra.

Paço do Lumiar tem 110 mil habitantes. Desses, cerca de 70 mil estão no bairro Maiobão e áreas vizinhas; dispõe apenas uma unidade de saúde mista no bairro; e não há um registro de nascimento no município, pois, as futuras mamães têm seus filhos na capital, São Luís. “Esta situação cria um fato único no mundo: Paço do Lumiar só tem registros de óbitos e não há de nascimentos”, lamenta Domingos Dutra ao relatar que, enquanto isso, as mulheres grávidas luminense enfrentam filas em São Luís ou em municípios próximos terem seus filhos.

Seguem anexos os ofícios enviados ao Ministério da Saúde à Prefeitura de Paço Lumiar os quais destinam a emenda no valor de R$ 1 milhão para a construção de uma maternidade no Maiobão e carta de solicitação ao Secretário Ricardo Murard para que o Estado do Maranhão receba o recurso e construa a obra.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.