Poder

Prefeitura de Pindaré-Mirim vai gastar R$ 2,5 milhões com material hospitalar

A Prefeitura de Pindaré-Mirim teve um gasto salgado com medicamentos e material hospitalar neste ano de 2016. Conforme a publicação no Diário Oficial do Maranhão, foi despendida a exuberante quantia de R$ 2.560.111,52 (Dois milhões, quinhentos e sessenta mil, cento e onze reais e cinquenta e dois centavos) com a prestação de serviço.

A empresa que garantiu o contrato foi a Promed Distribuidora de Medicamentos e Produtos para Saúde (Promed), de São Luís. A parceria vantajosa foi celebrada no dia 7 de janeiro deste ano e vigora até o dia 31 de dezembro. Quem assinou o documento foi o prefeito de Pindaré-Mirim, Walber Pereira Furtado.

Segundo a resenha do contrato, a empresa sortuda deveria fornecer de forma parcelada os medicamentos e demais materiais destinados à demanda da rede de saúde municipal de Pindaré-Mirim. Confira:

b

empresa


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Grajaú vai gastar R$ 820 mil em peças de automóvel

A Prefeitura de Grajaú, comandada pelo prefeito Júnior de Sousa Otsuka, vai gastar R$ 820.087,00 (oitocentos e vinte mil e oitenta e sete reais) só com peças destinadas aos veículos da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS).

O acordo, com vigência de sete meses, foi assinado no dia 6 de maio deste ano. A empresa que faturou o contrato foi a A. V. Nepomucena Neto (Auto Peça Líder), sediada no mesmo município beneficiado com a contratação generosa.

Confira o extrato do contrato publicado no Diário Oficial do Maranhão:

1

a


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Formosa da Serra Negra vai gastar R$ 996 mil em obra do parque de exposições

A Prefeitura de Formosa da Serra Negra vai  gastar a vultosa quantia de R$ 996.058,36 (novecentos e noventa e seis mil, cinquenta e oito reais e trinta e seis centavos) com a implantação de um parque de exposições no município, onde deve ser realizada as vaquejadas.

A empresa que faturou o contrato foi a Rava Empreendimentos Construções e Comercio, de Cantanhede. A parceria foi fechada no dia 2 de maio deste ano e o empreendimento deve ser executado em 180 dias, conforme exposto no extrato do contrato.

O documento foi assinado pelo prefeito de Formosa da Serra Negra, Edmilson Moreira dos Santos. Confira a contratação extravagante do município:

1

2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Reforma em estádio de futebol vai custar quase meio milhão em Formosa da Serra Negra

Uma simples reforma de ampliação no estádio de futebol do município de Formosa da Serra Negra vai custar a absurda quantia de R$ 498.978,45 (quatrocentos e noventa e oito mil novecentos e setenta e oito reais e quarenta e cinco centavos) aos cofres públicos.

O contrato para a execução da obra foi firmado com a empresa Agecom- Empreendimentos e Construções, de Cantanhede, com prazo de 180 dias. A parceria foi fechada no dia 6 de junho deste ano. O documento foi assinado pelo prefeito de Formosa da Serra Negra, Edmilson Moreira dos Santos.

Confira o extrato da contratação absurda, publicado no Diário Oficial do Maranhão:

futebol

3


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Humberto de Campos vai torrar R$ 1,4 milhão em locação de veículos

R$ 1.430.124,50 (um milhão, quatrocentos e trinta mil, cento e vinte e quatro reais e cinquenta centavos). Essa quantia generosa deve ser despendida no município de Humberto de Campos com serviços de locação de veículos automotores.

O contrato extravagante foi firmado com a empresa A. S. Fontenele – Comércio e Serviços, de São Luís. A parceria foi fechada no dia 24 de maio deste ano. O valor total da prestação de serviço desse ser pago em sete parcelas de R$ 204.303,50.

O serviço, conforme o extrato do contrato, deve atender às “necessidades”das secretarias municipais de Humberto de Campos e vigora até o dia 31 de dezembro. O município é comandado pelo prefeito Deco.

campos

as


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Açailândia vai gastar mais de R$ 1,8 milhão com a construção de uma creche

Várias prefeituras maranhenses deixaram o segundo semestre deste ano para construir creches milionárias. É o caso do município de Açailândia, que pretende gastar R$ 1.838.458,25 (um milhão, oitocentos e trinta e oito mil, quatrocentos e cinquenta e oito reais e vinte e cinco centavos) com a construção de apenas uma creche no bairro Vila Capelozza.

A empresa que faturou o contrato pomposo foi a Construtora Quadrante, de Icatu. A parceria foi fechada no dia 12 de setembro e tem vigência de 12 meses, podendo ser prorrogada por iguais e sucessivos períodos até o limite máximo de 60 meses.

Conforme o extrato do contrato, publicado no Diário Oficial do Maranhão, o empreendimento faz parte do Projeto Proinfância tipo 1 – Termo de compromisso PAC2. O documento foi assinado pela secretária Municipal de Educação, Maria Luiza Oliveira Vieira. Confira:

a

quadrante


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Humberto de Campos vai pagar R$ 999 mil em serviços de urbanização

A Prefeitura de Humberto de Campos tem realizado gastos extravagantes no município. Para se ter uma noção, serão gastos R$ 999.793,75 (novecentos e noventa e nove mil setecentos e noventa e três mil e setenta e cinco centavos) só com serviços de urbanização da praça e do balneário.

A empresa vencedora do contrato é a Sebastião Pereira Ferreira Júnior, de São Luís. A parceria foi celebrada no dia 15 de junho deste ano. A obra deve ser executada no prazo de 180 dias. A Prefeitura de Humberto de Campos é comandada pelo prefeito Deco.

a

2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Lago do Junco vai gastar R$ 922 mil com manutenção de prédios

A manutenção em prédios escolares municipais de Lago do Junco vai ser salgada. Serão R$ 922.755,48 (novecentos e vinte e dois mil, setecentos  cinquenta e cinco reais e quarenta e oito centavos) despendidos com a prestação de serviço.

O contrato generoso foi firmado com a construtora paraense Cap Norte, no dia 29 de julho deste ano. O documento foi assinado pelo secretário municipal de Educação, Marcony Wellython Oliveira Pinheiro. A parceria vigora até o dia 31 de dezembro

Confira o extrato do contrato publicado no Diário Oficial do Maranhão:

lago

1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Creche vai custar mais de R$ 1,8 milhão aos cofres de Paulo Ramos

A Prefeitura de Paulo Ramos vai gastar a absurda quantia de R$ 1.841.555,98 (um milhão, oitocentos e quarenta e um mil, quinhentos e cinquenta e um reais e noventa e oito centavos) com a construção de apenas uma creche no município.

O acordo foi celebrado com a empresa Jacob Ramos da Silva, de São Luís. A parceria foi firmada no dia 26 de agosto deste ano e tem prazo para execução de 10 meses. Quem assinou o documento foi o secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Joaquim Lima de Araújo.

Conforme o extrato do contrato, o empreendimento a ser construído é uma creche tipo -1 Proinfância FNDE. Com o valor exorbitante do serviço, a obra deve ser grandiosa. Pelo menos é o que se espera, caso não ocorra nenhum desvio de finalidade.

1

2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Em Buriticupu, instalação de reservatórios de água vai custar mais de R$ 650 mil

A Prefeitura de Buriticupu vai gastar uma quantia considerável com instalação de reservatórios e redes de distribuição de água em comunidades rurais do município. Será despendia a quantia de R$ 658.817,42 (seiscentos e cinquenta e oito mil, oitocentos e dezessete reais e quarenta e dois centavos) com a prestação de serviço.

A parceria foi firmada com a empresa M de S Penha Com. e Serviço, de São José de Ribamar. O contrato foi celebrado no dia 31 de agosto e vigora até o dia 31 de dezembro. Portanto, a Prefeitura de Buriticupu vai gastar mais de R$ 650 mil em apenas quatro meses. Um verdadeiro absurdo.

O documento foi assinado pela secretária Municipal de Administração e Planejamento, Maria José da Silva e Silva. Confira o extrato do contrato publicado no Diário Oficial do Maranhão.

buriti

2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.