Poder

Jovem desaparece após fugir de clínica psiquiátrica em São Luís

Um jovem identificado apenas como Gilmar, morador do município Jenipapo dos Vieiras, está desaparecido desde a manhã de terça-feira (21).

Segundo informações, o rapaz estava internado na clínica psiquiátrica La Ravardiere, localizada no Olho d’Água, em São Luís, quando fugiu.

Gilmar tem problemas mentais e até o momento não há notícias sobre o local onde ele pudesse estar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Justiça decreta prisão do ex-padrasto de Alanna Ludmila

A Justiça decretou, na noite de ontem (2), a prisão de Robert Serejo, ex-padrasto de Alanna Ludmila Borges Pereira, de 10 anos. O pedido foi feito pela Polícia Civil.

Robert é o principal suspeito do crime. Ele foi ouvido pela delegada Eunice Rubem, titular da Delegacia do Maiobão, mas foi liberado, pois não houve indícios da participação do ex-padrasto no crime.

No entanto, após ouvir várias testemunhas, a polícia suspeitou que Robert poderia ter envolvimento no caso e tornou a procurá-lo. Mas ele já tinha sumido.

Então, por conta disso, o suspeito foi dado como foragido e a sua prisão foi pedida pela polícia e decretada pela Justiça.

Entenda o caso

Alanna Ludmilla desapareceu na terça-feira (1º), enquanto estava sozinha em casa durante o tempo em que a mãe dela tinha ido a uma entrevista de emprego. Uma mochila que pertencencia a menina foi encontrada em um terreno baldio em um bairro vizinho.

A Polícia Civil estava analisando as imagens de câmeras de segurança próxima ao local, no qual o ex-padastro da criança, foi visto no momento em que a menina sumiu. O principal suspeito foi identificado como Robert Oliveira chegou a prestar depoimento na delegacia, mas depois não foi mais localizado.

O corpo da criança Alanna Ludimilla Borges Pereira (10 anos) foi encontrado por populares, na manhã desta sexta-feira (3), no quintal da própria residência no Maiobão, em Paço do Lumiar, Região Metropolitana de São Luís. O corpo estava em um cova rasa coberta por entulho de material de construção, como telhas.

Alanna Ludimila foi encontrada com saco na cabeça, com as mãos amarradas e com sinais de violência.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Polícia segue com buscas a menina de 10 anos que sumiu em Paço do Lumiar

A menina Alanna Ludmila Borges Pereira, de 10 anos, filha de um cadete do Corpo de Bombeiros Militar, desaparecida desde a tarde da última quarta-feira, não tinha sido encontrada pela polícia até o início da noite de ontem.

Segundo informações da polícia, a criança teria sido levada quando estava sozinha em sua residência, localizada no Maiobão, em Paço do Lumiar, e há suspeitas de que o padrasto da menor está envolvido na ação criminosa.

O caso está sendo investigado pela equipe da Delegacia da Polícia Civil do Maiobão, com o apoio da Polícia Militar.

O coronel Aritanã Lisboa, comandante de Policiamento da Área Metropolitana II (CPAM II), disse que as buscas estão sendo realizadas no Maiobão e em bairros vizinhos, com o objetivo de encontrar a menor com vida. Ainda naquarta-feira, 1º, a mochila da criança, contendo uma agenda e uma peça íntima, foi achada em um terreno baldio, nas
proximidades da casa onde ela mora com a mãe, Jaciane Borges Pereira, e um irmão.

Também na quarta-feira, foram ouvidos na delegacia os parentes da criança e o namorado de Jaciane, identificado como Roberth Serejo Oliveira. “O namorado da mãe da menor negou qualquer participação nesse caso, mas não foi
mais localizado após sair da delegacia”, informou o coronel.

A tia de Alanna, Ana Régia, disse que a família e amigos chegaram a fazer buscas por todo o conjunto Maiobão, durante a tarde e a noite da última quarta-feira, para encontrar Alanna Ludmila, mas não tiveram sucesso.

Desaparecimento

A polícia informou que por volta das 9h de quarta-feira, 1º, Jaciane Borges teria ido a uma entrevista de emprego e acabou deixando a filha sozinha, trancada dentro de sua residência, onde havia uma chave reserva ao alcance da menor.

Ao voltar para casa, no período da tarde, a mulher não encontrou mais a filha. As portas e as janelas do imóvel não apresentavam sinais de arrombamento. Ainda segundo a polícia, a mãe da menor acredita que alguma pessoa conhecida da família a tenha levado.

Boatos

Informações sobre o aparecimento da menor ainda foram divulgadas ontem por meio de áudio no WhatsApp, mas não foram confirmadas pela polícia. O coronel Aritanã Lisboa afirmou que a criança, até o começo da noite de quinta-feira, 2, continuava desaparecida e informou que a policia seguia realizando buscas na Ilha.

Ainda no WhatsApp, foi divulgado, ontem, que os possíveis autores do desaparecimento seriam o namorado da mãe da menina, Roberth Serejo, e um homem, de nome não revelado, que fez um serviço de limpeza do quintal da vítima algumas semanas atrás.

Do Estado


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Adolescente some após sair da escola, na Vila Esperança

IMG-20170310-WA0023

Uma adolescente de 13 anos, identificada como Juliane Muniz Oliveira, está desaparecida desde a última terça-feira (7).

Segundo informações da mãe da jovem, Luziane Muniz, a estudante mora no bairro Vila Esperança, na BR-135, e na ter-feira, saiu de casa para ir à escola, no entanto não retornou para casa.

Ainda de acordo com a mãe, Juliane estuda na Ueb Ensino Fundamental Haydee Chaves, localizada na Vila Esperança, e saiu do local às 17h20.

Ao perceber o sumiço da adolescente, a família procurou os amigos, que informaram que Juliane iria encontrar uma pessoa que conheceu pelo Facebook, de nome Fábio Henrique, morador do bairro Itaqui Bacanga.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.