Poder

Deoclides Macedo usou R$ 177 mil da verba parlamentar com publicidade e propaganda

WhatsApp Image 2016-08-10 at 18.19.01

O deputado federal Deoclides Macedo (PDT) usou R$ 117 mil da verba indenizatória para divulgar suas atividades parlamentares, segundo consta no site da Câmara Federal.

O Blog do Neto Ferreira apurou que o montante foi gasto em 2015 e 2017 com publicidades e propagandas e impressões de informativos.

Para a empresa Gráfica e Editora Taua, localizada em Imperatriz, o deputado pagou R$ 45.000,00 mil, somente nesse ano.

E com os serviços prestados pela Silomi Oliveira Moreira -ME, com sede em Porto Franco, gastou cerca de R$ 72.000,00 mil, em 2015 e 2017.

deoclides


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Deoclides Macedo terá votos recontados para cargo de deputado federal

deoclides_macedo_e1428640092381__1_-334764

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão efetua nesta quarta-feira, 26 de outubro, às 14h30, o reprocessamento do resultado da eleição proporcional de 2014 para contabilizar os 56.171 votos recebidos pelo candidato Deoclides Antonio Santos Neto Macedo, que concorreu ao cargo de deputado federal. O reprocessamento cumpre decisão monocrática proferida pelo ministro do TSE Napoleão Nunes Maia Filho, relator do recurso ordinário 405-63.2014.6.10.0000.

Deoclides Macedo concorreu com o registro de candidatura indeferido pelo TSE por ele ter figurado como gestor ordenador de despesas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão. Ocorre que, em recente julgamento, o Supremo Tribunal Federal entendeu que é competência exclusiva das Câmaras Municipais julgar contas de prefeito.

“No caso, verifica-se, ainda, que a Câmara Municipal aprovou as mencionadas contas, tanto as de gestão como as de governo, concluindo-se, portanto, que, nos termos do entendimento do STF, ao ora requerente (Deoclides Macedo) não incide a inelegibilidade prevista na alínea ‘g’ do inciso I do artigo 1º da LC 94/90”, decidiu o ministro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

TSE devolve mandato de federal para Alberto Filho

image

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgou o mérito de um emblemático processo sobre a validação dos votos obtidos do candidato a federal Deoclides Macedo (PDT).

Deoclides conseguiu liminar permitindo a validação dos votos que beneficiaram o amigo de legenda, Julião Amim, atualmente secretário de Estado do Trabalho.

Julião assumiu o cargo de deputado federal em fevereiro, após a decisão do ministro Dias Toffoli que validou os votos de Macedo.

Por 6 votos a 1, os ministros da Corte invalidaram os votos de Deoclides, devolvendo o mandato de deputaddo federal para Alberto Filho (PMDB).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.