Poder

Bomba! Depoimento na PF cita deputado e revela corrupção do pai e assessor com prefeituras

A Polícia Federal do Maranhão colheu depoimento que mostra um forte esquema envolvendo construtoras, empresários e as Prefeituras de Anajatuba (Hélder Lopes Aragão), Trizidela do Vale (Fred Maia), Tuntum (Cleomar Tema), Itapecuru Mirim (Magno Amorim), Codó (Zito Rolim), Alcântara (Domingos Araken), Parnarama (Dr. Davi), Mirinzal (Amaury Santos Almeida), entre outras.

Carlos e Eduardo Braide, ambos pai e filho, são citados em depoimento na Polícia Federal.

Carlos e Eduardo Braide, ambos pai e filho, são citados em depoimento na Polícia Federal.

Obtido com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, o depoimento cita o deputado estadual Eduardo Braide (PMN), e aponta seu assessor José Antônio Machado de Brito Filho, o Zé Filho, como o responsável pela montagem das licitações fraudulentas.

Ainda de acordo com o documento exibido abaixo, o assessor de Braide operava no esquema criminoso em um escritório que fica no bairro do Cohatrac, em São Luís. Em contato com o Blog, a assessoria do parlamentar informou que Zé Filho não trabalha mais no gabinete.

O ex-presidente da Assembleia Legislativa e pai de Eduardo Braide, Antônio Carlos Braide, também aparece no depoimento prestado na PF como uma espécie de agiota, que atuava em sintonia com a organização criminosa (ORCRIM).

As empresas A4 Serviços, RR Serviços Ltda., Construtora Construir, A.S. dos Santos Ferreira, FC, FF Produções, Distribuidora Castro e MR Serviços são acusadas de superfaturar a prestação de serviço e vender notas frias para diversas prefeituras.

O depoimento bombástico que cita Eduardo e Antônio Carlos Braide, ambos filho e pai, foi colhido na Superintendência de Polícia Federal pelo delegado Francisco Albuquerque Parente Júnior.

O serviço de inteligencia da Federal abriu procedimento para investigar as prefeituras, políticos e empresários desde a formalização do depoimento e reportagem do programa Fantástico “cadê o dinheiro que estava aqui?”, do qual mostrou desvio de R$ 9 milhões no Maranhão.

Depoimento prestado da Polícia Federal.

Depoimento prestado da Polícia Federal.

Depoimento mostra que ex-presidente da Assembleia tinha envolvimento no esquema.

Depoimento mostra que ex-presidente da Assembleia tinha envolvimento no esquema.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.