Poder

Edeconsil e Construservice ganham contratos de R$ 72,2 milhões no governo Flávio Dino

Fernandão

Um dos sócios da Edeconsil, Fernando Antônio Leitão Cavalcante

R$ 72.201.001,62 milhões. Esse é o montante que as empresas Construservice Empreendimentos e Construções e Edeconsil Construções e Locações vão faturar no governo Flávio Dino somente com duas obras.

Foi publicado no Diário Oficial dois contratos firmados entre as Secretarias Estadual de Infraestrutura (Sinfra) e Desenvolvimento Social (Sedes) e a Edeconsil e a Construservice que preveem a execução de serviços e manutenção de vias urbanas nos municípios das regionais de Santa Inês e de São Luís, com extensão de 80 KM.

Pelo serviço feito em São Luís, a Edeconsil, que tem como proprietários Fernando Antônio Leitão Cavalcante e José Thomaz Cavalcante Filho, vai receber R$ 35.886.207,50 (Trinta e cinco milhões, oitocentos e oitenta e seis mil, duzentos e sete reais e cinquenta centavos), sendo o valor de 01 KM é Km R$ 579.685,50 mil.

E a Construservice, que pertence à Rodrigo Gomes Casanova Júnior e Adilton da Silva Costa, vai lucrar R$ 36.314.794,12 (Trinta e seis milhões, trezentos e quatorze mil, setecentos e noventa e quatro reais e doze centavos), sendo o valor de 01 km R$ 452.347,83 mil.

Os dois contratos tem vigência de 12 meses.

Esse não é o primeiro acordo contratual milionário ganho pela Edeconsil no governo estadual. Nas gestões de Roseana e Flávio Dino, a construtora já faturou mais de R$ 200 milhões para executar obras na capital maranhense e no interior do estado.

Construservice

edencosil

construservice1

construservice2

edeconsil1

edeconsil2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.