Maranhão

Fraude em eleição da escolha dos conselheiros tutelares em São Luís

A eleição unificada para conselheiro tutelar, ocorrida no último domingo (04), pode ter sido fraudada. Houve desorganização por parte da Prefeitura de São Luís através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) com a realização das eleições.

Irregularidades do processo eleitoral, a exemplo da votação manual, da ausência dos nomes dos candidatos na cédula de votação feita em um papel; da falta de comprovante de votação de centenas de eleitores; da existência de candidatos com o mesmo número; de pontos convencionais de eleição que foram alterados subitamente, fazendo com que muitas pessoas não votassem por não saberem o local de votação; além da realização explícita de “boca de urna” nos bairros de Fátima e São Francisco, concedendo ao voto o valor de R$ 20,00, descaracterizando a autonomia que deve permear o sufrágio.

O fato será encaminhado ao Ministério Público para apurar eventuais irregularidades no processo de eleição unificada para conselheiro tutelar em São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Deputados são criticados por conselheiros tutelares

A Assembleia Legislativa do Maranhão deve votar ainda nesta semana o projeto que dispõe sobre a prorrogação do mandato dos conselhos tutelares no âmbito do Estado do Maranhão.

Plenário da Assembleia Legislativa.

Plenário da Assembleia Legislativa.

O projeto foi adiado para esta semana, por falta de quórum. O chato é que vários conselheiros tutelares estavam na galeria aguardando pela aprovação.

Foi formalizado pedido de regime de urgência para que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprecie o projeto na sessão plenária desta segunda-feira (1).

Ao que parece, existe um desinteresse de boa parte dos deputados em regularizar a situação dos conselheiros, pois os afetados com as consequências são crianças e adolescentes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.