Poder

Clóvis Fecury perde presidência do DEM para Fernando Fialho

Sarney teria orientado na articulação para tomar o DEM.

Sarney teria orientado na articulação para tomar o DEM.

O suplente de senador Clóvis Fecury não é mais presidente do Democratas no Maranhão. A articulação para tomar o partido foi encabeçada pelo ex-secretário de Desenvolvimento Social do governo Roseana Sarney, Fernando Fialho, que agora passa a deter o comando da legenda no estado.

A falta de liderança e articulação política de Fialho no cenário nacional para conseguir tomar uma sigla sob o comando da família Fecury há dez anos, chamou atenção. O que levou a classe política a duvidar da força do ex-secretário que já teve seu nome envolvido em suspeita de fraude em convênios.

Na verdade, a articulação teria sido feita por um peemedebista de primeira grandeza, com portas abertas em Brasilia. Em conversa com o blog, um político que preferiu o anonimato disse acreditar na participação do ex-presidente José Sarney (PMDB/AP).

Sarney teria orientado Fialho a conduzir o processo junto ao presidente nacional senador Agripino Maia, como retaliação depois que o DEM do Maranhão sinalizou uma aliança com o governo Flávio Dino. Prova disso é que o DEM já fez alianças com o PCdoB nos municípios de Pinheiro, Alcântara e São Luís. Além desses municípios, o Democratas foi dado na cidade de Caxias para o presidente da Assembleia, Humberto Coutinho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Clóvis Fecury recebe aval da Nacional do DEM para conduzir eleições no Maranhão

Wiliam Júnior (Secretário Geral), Ricardo Guterress (Vice-presidente), Senador Agripino Maia (Presidente Nacional do DEM), e Clóvis Fecury (Presidente Estadual do DEM).

Wiliam Júnior (Secretário Geral), Ricardo Guterress (Vice-presidente), Senador Agripino Maia (Presidente Nacional do DEM), e Clóvis Fecury (Presidente Estadual do DEM).

Convocados para uma reunião no Senado Federal, com o presidente nacional da legenda em Brasília, Agripino Maia, os dirigentes do partido Democratas no Maranhão – Clóvis Fecury, Ricardo Guterres e Wiliam Júnior, ouviram do senador que o partido tem adquirido confiança com a condução de sua composição nos municípios.

Agripino revelou ainda durante o encontro, que Clóvis Fecury é um parlamentar experiente, que tem experiência política para conduzir o partido conforme suas orientações. Com dois mandatos, o ex-deputado federal é o primeiro suplente de senador e confirmou a afirmativa do presidente, quando falou sobre os projetos para o Maranhão.

O senador mostrou que o diretório municipal de São Luís, que está sob o comando do vice-presidente, Ricardo Guterres,avalia qual projeto político será mais importante para o desenvolvimento da cidade.

No final do encontro, o presidente nacional afirmou que fará uma visita ao estado, para lançar o projeto final na capital: “mostraremos que o Democratas-MA, dessa vez sairá com liberdade e autonomia para reformular o partido e crescer no estado do Maranhão”. Ressaltou o Senador Agripino Maia.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Clóvis Fecury pretende retornar à Câmara Federal

Clóvis Fecury.

Clóvis Fecury.

O presidente do DEM no Maranhão, Clóvis Antônio Chaves Fecury, definiu neste mês seu rumo político. Ele pretende entrar novamente na briga por uma vaga na Câmara Federal.

Após uma longa conversa com o presidente Nacional do Democratas, o senador Agripino Maia, Fecury confirmou que existe a intenção de disputar as eleições para deputado, exatamente quando acaba o seu mandato como primeiro suplente do senador João Alberto (PMDB).

“Sei que posso contribuir para o desenvolvimento dos municípios do meu Estado com um mandato na Câmara Federal. E isso me motiva para esse futuro projeto, mas nesse momento estamos fortalecendo nossos diretórios municipais visando aumentar o número de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para as próximas eleições”, comentou o suplente de senador.

Clóvis Fecury é empresário e filho do ex-senador Mauro Fecury, dono do Centro Universitário do Maranhão (Uniceuma). Clóvis já foi deputado federal pelo Maranhão, por duas legislaturas, de 2003 a 2011. Em 2010 candidatou-se e foi eleito como primeiro suplente de senador, na chapa de João Alberto. Em setembro de 2011, com o afastamento do peemedebista, Fecury foi empossado senador e atuou por 1 ano no Congresso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

João Alberto pede licença do Senado e abre vaga para Clóvis Fecury

João Alberto mostra que é homem de palavra e deixa o Senado abrindo a vaga para Clovis Fecury

João Alberto mostra que é homem de palavra e deixa o Senado abrindo a vaga para Clovis Fecury

Como já era previsto, o senador João Alberto (PMDB) pediu licença do Senado Federal, para cumprir com o seu acordo político firmado na época com os democratas Clóvis Fecury e Mauro Fecury.

Além do acordo, a saída de João Alberto é motivada também por interesses políticos em Bacabal, um dos sonhos do todo poderoso, é se eleger a prefeito da cidade pacata de Bacabal.

Em seu lugar, assume o primeiro suplente Clóvis Fecury (DEM), ex-deputado federal. Ele é o 15º suplente no exercício do mandato.

João Alberto foi convidado para compor o governo oligarca, na Secretaria de Assessoria de Programas Especiais da Casa Civil do Maranhão.
Clóvis Fecuri será empossado ainda hoje como senador.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bomba! Mauro Fecury e Clóvis Fecury repassaram verba para empresa-fantasma

Da Folha

Mauro Fecury ao lado do filho Clovis Fecury

Mauro Fecury ao lado do filho Clovis Fecury

Dois ex-congressistas do Maranhão repassaram parte da verba de custeio da atividade parlamentar para uma empresa-fantasma.

O ex-senador Mauro Fecury (PMDB) e o ex-deputado Clóvis Fecury (DEM-MA), seu filho, repassaram juntos R$ 189.129,66 à Discovery Transporte a título de ressarcimento de gastos com o fretamento de táxi aéreo.

A Discovery Transporte não tem avião, sede ou funcionários e não está registrada na Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), condição necessária para voar.

No endereço informado pela empresa à Receita Federal, há uma casa em um conjunto habitacional simples.

Recursos da cota dos Fecury foram repassados à Discovery entre junho de 2009 e novembro de 2010.

A empresa também recebeu dinheiro da cota do deputado José Vieira (PR-MA).

O ex-senador Mauro Fecury foi eleito suplente da ex-senadora Roseana Sarney (PMDB) em 2002.

Ele assumiu a vaga definitivamente em abril de 2009, quando ela renunciou ao cargo para assumir o governo do Maranhão. Em agosto e novembro de 2001, Mauro Fecury destinou R$ 47.650 à Discovery Transporte.

Na eleição de 2010, o ex-senador foi eleito segundo suplente do senador João Alberto de Souza (PMDB-MA).

Após dois mandatos como deputado federal, Clóvis Fecury foi eleito, em 2010, primeiro suplente do senador João Alberto.

Segundo o site da Câmara dos Deputados, Clóvis destinou um total de R$ 141.479,66 à empresa. A última suposta viagem do ex-deputado custou R$ 24.400, em novembro de 2010.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

"Mansões de Clóvis Fecury e Arione Diniz terão que ser demolidas", diz procurador

Conforme o blog havia antecipado (reveja), a presença da equipe jornalística do Fantástico na região dos Lençóis Maranhenses, que foram denunciadas no ultimo domingo (31), as “construções de luxo irregulares em áreas de preservação”.

Em matéria, foram citadas as mansões do empresário Arione Monteiro Diniz, o dono das Óticas Diniz e do ex-deputado federal e suplente do senador João Alberto (PMDB), Clóvis Fecury (DEM). Assista ao vídeo abaixo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Equipe do Fantástico denunciará as construções de mansões às margens do Rio Preguiças

No próximo domingo (31), será denunciado no programa Fantástico, as “construções de luxo irregulares em áreas de preservação”. Na matéria, será citada, a cidade de  Barreirinhas, que possui hotéis 5 estrelas, mansões em lugares onde a natureza deveria ser entocada.

A mansão de Diniz na beira do Rio Preguiças

A mansão de Diniz na beira do Rio Preguiças

Uma das mansões irregulares que será citada na reportagem especial é do empresário Arione Monteiro Diniz, o dono das Óticas Diniz.

Na casa do empresário há um desvio do rio que foi feito único e exclusivamente para atender a propriedade que foi construída irregularmente, além de ancoradouro tem um campo de futebol, e uma extensa área de lazer.

Na época José Carlos do Vale Madeira, Juiz Federal (5ª Vara), mandou demolir

José Carlos do Vale Madeira, Juiz Federal (5ª Vara), mandou demolir

Porém, se arrasta na Justiça Federal desde 2006, um processo motivado pelo Ministério Público Federal em que a decisão do juiz federal José Carlos do Vale Madeira (5ª Vara), deu favorecimento a demolição de 5 mansões de alto nível e 4 pousadas que foram construídas em total irregularidade ás margens do Rio Preguiças, em Barreirinhas.

Na época alguns proprietários foram indagados, disseram ter autorização tanto da prefeitura daquela cidade, quanto do Governo do Estado para construção de suas mansões e hotéis, às margens do Rio Preguiças.

Além do empresário Diniz, o ex-deputado federal Clóvis Fecury (DEM), também possui uma bela mansão construída em área de preservação ambiental.

Os processos tiveram autuação em maio de 2006, e em julho de 2010 foram redistribuídos automaticamente, só que o processo encontra-se em grau de recurso no TRF da 1a. Região. Veja abaixo a relação dos réus nos processos da Justiça Federal.

Arione Monteiro Diniz (dono das Óticas Diniz). Juiz: Newton Pereira Ramos Neto, da 8ª Vara Federal

Arione Monteiro Diniz (dono das Óticas Diniz). Juiz: Newton Pereira Ramos Neto, da 8ª Vara Federal

Clovis Antônio Chaves Fecury. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

Clovis Antônio Chaves Fecury. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

Caetes Pousada Turismo e Representações. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

Caetes Pousadas Turismo e Representações. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

José Rodrigues de Paiva Júnior Juiz: Newton Pereira Ramos Neto, da 8ª Vara Federal

José Rodrigues de Paiva Júnior. Juiz: Newton Pereira Ramos Neto, da 8ª Vara Federal

D B MILAN Juiz: Newton Pereira Ramos Neto, da 8ª Vara Federal

D B MILAN. Juiz: Newton Pereira Ramos Neto, da 8ª Vara Federal

Michael Rudolf Hipp. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

Michael Rudolf Hipp. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

Miguel Costa Ribeiro. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

Miguel Costa Ribeiro. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

Valter Dias Calixto. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

Valter Dias Calixto. Juiz: Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da 8ª Vara Federal

Waldely Leite de Moraes. Juiz: Newton Pereira Ramos Neto, da 8ª Vara Federal

Waldely Leite de Moraes. Juiz: Newton Pereira Ramos Neto, da 8ª Vara Federal


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.