Poder

Secretaria de Saúde aditou contrato com empresa do irmão de Marcos Pacheco

A Secretaria de Saúde autorizou o aditivo de um contrato milionário com o Centro Diagnóstico e Tratamento Cardiológico SC- Procardio, localizado em São Luís e que tem como um dos proprietários, o médico Marcone Pacheco, irmão do ex-secretário de Saúde, Marcos Pacheco.

No extrato publicado no Diário Oficial, consta que a renovação contratual foi motivada pelo aumento da demanda de pacientes.

O valor do contrato terá um acréscimo de 25%, ou seja, a Secretaria vai pagar R$ 5.406.552,90 (cinco milhões, quatrocentos e seis mil, quinhentos e cinquenta e dois reais e noventa centavos) à Clínica Procardio. R$ 1.081.310,46 (um milhão, oitenta e um mil, trezentos e dez reais e quarenta e seis centavos) a mais, pois o acordo inicial, firmado em 2016, era de R$ 4.325.242,44 (quatro milhões, trezentos e vinte e cinco mil, duzentos e quarenta e dois reais e quarenta e quatro centavos).

Em três anos, a Procardio já faturou R$ 7.729.364,62 milhões na SES. A empresa foi contratada no período em que Marcos Pacheco estava à frente da pasta.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.