Poder

Posto de gasolina de Vitória do Mearim ganha contrato de R$ 1,6 milhões em Cajari

A compra de combustíveis tem sido prioridade na maioria das Prefeituras do interior do Maranhão no começo do ano 2018.

Em Cajari não tem sido diferente. A Prefeitura firmou um contrato de R$ 1.663.450,00 (hum milhão seiscentos e sessenta e três mil quatrocentos e cinquenta reais) com a empresa T. de Melo Ribeiro Cia e Ltda, que tem como nome fantasia Auto Posto Campeão.

O Blog do Neto Ferreira apurou que a empresa, pertencente à Waldir Jorge de Melo Neto e Rui Fernandes Ribeiro Neto, fica localizada em Vitória do Mearim e não em Cajari.

O Ministério Público deverá analisar o referido contrato para apurar possíveis irregularidades.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-prefeito de Cajari é condenado pela Justiça Federal

Domingos-do-Nascimento-Almeida

A partir de ação de improbidade proposta pelo Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA), a Justiça Federal condenou Domingos do Nascimento Almeida, ex-prefeito de Cajari (MA), por falta de transparência quanto à aplicação de recursos públicos destinados à educação.

De acordo com o MPF, Domingos Almeida foi omisso na prestação de contas dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), no ano de 2008.

Conforme texto da sentença proferida pelo juiz federal da 6ª Vara, é “perfeitamente censurável a omissão do gestor que não cumpriu com sua obrigação de prestar contas, conforme exigido em lei, deixando, portanto, de propiciar a efetiva transparência na gestão de recursos públicos”.

Por isso, a Justiça Federal suspendeu os direitos políticos de Domingos Almeida pelo prazo de cinco anos e o proibiu de contratar com o poder público ou receber benefícios fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por meio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, por três anos. O ex-gestor de Cajari foi condenado ainda a pagar multa fixada no valor de R$ 10 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Educação / Poder

Escola do Estado está em condições precárias, em Cajari

A situação da escola estadual Quincio Pinto Muniz, localizada em Cajari, é precária.

Fotos abaixo revelam a atual condição da unidade de ensino. Tomada pelo mato, a escola não oferece mais lazer e segurança para o alunos, que não podem mais praticar esportes, pois a quadra está com rachaduras, e qualquer momento uma pessoa pode se machucar.

O matagal permite que criminosos se escondam e ataquem os estudantes.

Além disso, os banheiros também não são limpos com regularidade, permitindo assim que doenças se proliferem.

O caso é sério e autoridades competentes tem que verificar a real situação da escola

Na cidade de Cajari, distante 220 km da capital, mato e sujeira tomam conta da Escola Estadual Quincio Pinto Muniz, onde estudam alunos do ensino fundamental e médio, unica escola a lecionar o ensino médio naquele município.

18280117_10212830815353038_437896958_n

18280710_10212830815433040_918653079_n

18308641_10212830814993029_1345368124_n

18308912_10212830815553043_110152371_n

18337051_10212830815193034_202811577_n


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Promotor pede cassação da chapa da prefeita de Cajari

roberto-rocha-e-camyla-jansen-960x509

O promotor eleitoral da 20ª Zona, Felipe Rotondo, deu parecer favorável à cassação da chapa “Avante Cajari”, que é composta pela prefeita e vice-prefeito, Camila Jansen e Antonio Furtado da Silva, o Xofé, respectivamente.

No documento, o promotor afirma que os gestores cometeram crimes de compra de votos e abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral.

Felipe Rotondo narra que o marido de Camila e familiares de Xofé foram flagrados por diversas vezes comprando votos no período das eleições.

“À luz da legislação eleitoral, o Ministério Público Eleitoral entende que os representados praticaram condutas ilícitas (…) Desta feita, entende o Parquet haver provas robustas e incontroversa de que os representados praticaram direta e indiretamente os ilícitos eleitorais citados e que os candidatos Dra Camila e Xofé, eleitos, respectivamente, para os cargos de Prefeito e Vice-prefeito do município de Cajari, foram diretamente beneficiados pela interferência do poder econômico e pelo abuso do poder de autoridade e o fato de não ser necessário o pedido expresso do voto para que se caracterize a captação ilícita de sufrágio”, afirmou o promotor.

No parecer, é pedida a cassação do diploma e a inelegibilidade por 8 anos dos candidatos eleitos.

cajari


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Cajari vai gastar mais de 600 mil com serviços elétricos

No dia 29 de agosto deste ano, a Prefeitura de Cajari celebrou um contrato suspeito e valioso com a empresa Aciole S Varão (A 2 Varão Comércio), de Vitória do Mearim. De acordo com o extrato do contrato, publicado no Diário Oficial do Maranhão, o município gastou R$ 617.185,35 (seiscentos e dezessete mil, cento e oitenta e cinco reais e trinta e cinco centavos) com aquisição de material elétrico.

O acordo foi assinado pelo prefeito de Cajari, Joel Dourado Franco, e vigora até o dia 31 de dezembro. Conforme a publicação abaixo, a licitação foi dispensável por ter sido deserta. A licitação deserta é aquela que nenhum interessado comparece à convocação. Neste caso, a licitação torna-se dispensável. Fato, no mínimo, curioso registrado em Cajari.

a

1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Criminosos explodem caixa eletrônico agência bancária em Cajari

whatsapp_image_2016-11-01_at_06-01-09

Criminosos fortemente armados explodiram um caixa eletrônico do Banco Bradesco, no município Cajari, por volta das 3h desta terça-feira (1º).

Após a ação criminosa, os policiais ainda iniciaram uma perseguição aos suspeitos, mas vários pregos foram espalhados na estrada, o que dificultou a aproximação da guarnição policial. Não há informações de feridos nem de troca de tiros com policiais.

Ainda não há pista sobre a identificação dos suspeitos. O último caso foi registrado no dia 22 de outubro, no município Governador Eugênio Barros. Segundo informações de testemunhas, cerca de 12 bandidos encapuzados foram responsáveis pela ação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Péssimas condições das Unidades de Saúde de Cajari são detectadas pelo DENASUS

A situação caótica das unidades de Saúde do Município de Cajari foi detectada pelo Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS). Rachaduras, infiltrações generalizadas, medidor de energia danificado, e até focos de cupim foram encontrados nos postos de saúde.

A condição do consultório odontológico  da Unidade Básica de Saúde Enseada Grande também é lastimável. No local, sem as mínimas condições de funcionamento, faltam sugador e instalação hidráulica, o aparelho de refletor está com a fiação exposta e a lâmpada queimada. Até uma casa de maribondo foi encontrada debaixo da mesa de instrumental odontológico.Todos esses absurdos foram registrados pela equipe do DENASUS.

Dentre as várias observações contidas no Relatório, contam: que a Atenção Básica ressente-se, com o não cumprimento da carga horária semanal de trabalho pelos profissionais de nível superior e com as precárias condições da estrutura física, mobiliários e equipamentos das Unidades de Saúde, que comprometem o bom atendimento aos usuários do SUS.

Outra irregularidade identificada no Município foi o registro, de forma errônea,  da Unidade Básica de Saúde do povoado Tamancão no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), uma vez que o posto não existe.

Diante dos problemas apresentados, o Relatório concluiu que a gestão municipal de saúde de Cajari apresenta distorções, devendo ser implementada de acordo com o preconizado nas Políticas de Saúde, viabilizando um atendimento digno e resolutivo aos usuários.

1

2

3


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Moradores denunciam construção irregular da Prefeitura de Cajari

b

A população do Município de Cajari está inconformada com as atitudes arbitrárias do prefeito Joel Dourado Franco e dos seus aliados. Dentre elas, a autorização da construção de um muro em uma área pública, que dá acesso a vários povoados da região. Com o paredão de tijolos construído, a população se sentiu prejudicada.

Inconformados com a situação, os moradores do bairro Tamancão se reuniram, na manhã desta quarta-feira (25), com marretas e picaretas e colocaram o muro abaixo. 

Os cajariense alegam que na área cercada, de forma irresponsável, seria construído um condomínio particular.  Há boatos na cidade que até um vereador aliado estaria com dois terrenos demarcados na área.”Colocamos fim nessa real falta de respeito com o povo, que realmente precisa de um local para viver” declarou um dos moradores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Estrada de Cajari está abandonada pela gestão municipal

Cajari

Prefeito Joel

A precariedade nas estradas dos municípios maranhense é absurda. A população padece com a falta de infraestrutura e com o descaso dos gestores públicos.É o caso dos moradores do Povoado Cavaleiro, no Município de Cajari. 

A população está revoltada com a situação da estrada que liga a sede da cidade a vários povoados do Município. A via está quase intrafegável devido ao lamaçal que se formou com as fortes chuvas que caíram na região.

Os motoristas têm que ter muito cuidado e perícia para trafegar pela estrada abandonada, e não atolarem. Diante da situação caótica,  os moradores de Cavaleiro e vários outros povoados, que também transitam pela estrada, planejam  interditar a via. O protesto tem o objetivo de chamar a atenção do Prefeito Joel Dourado Franco, para que o mais breve possível, ele tome as providências necessárias e solucione o problema da estrada.

12966270_10209182203580024_1142376762_n

12966483_10209182203540023_105209898_n


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ruas estão intrafegáveis em Cajari

Os bairros Formiga e Mangueirão, localizados no município de Cajari, estão completamente abandonados. As ruas não tem pavimento, portanto os buracos e a lama tomaram conta das vias.

A situação dos locais piorou com a chegada das chuvas. Já não é mais possível trafegar pelas ruas sem que não haja um prejuízo financeiro.

A população está revoltada com as péssimas condições dos bairros não aguenta mais tanto descaso.

12834487_10208820000605176_150215591_n

12834984_10208820000685178_1454317496_n


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.