Poder

Procon notifica Caema por interrupção no abastecimento de água em São Luís

O Procon notificou CAEMA a prestar esclarecimentos, em 48h sobre a interrupção no abastecimento de água em São Luís. O órgão notificou, ainda, o consórcio executor da obra, formado pela EDECONSIL Construções e Locações, PB Construções e EIT Construções, para apresentar, em 5 dias, os testes de segurança e confiabilidade da nova adutora. A empresa MEMPS, que também foi notificada, deve explicar no mesmo prazo, o ocorrido com a peça em formato de Y, que apresentou deformação. Desde a última quarta-feira (06), alguns bairros da capital maranhense estão sem água.

O prazo previsto de interrupção era de 72 horas. No entanto, na noite de sábado (09), um vazamento foi registrado em Periz de Baixo, na nova adutora do sistema Italuís. A falha foi detectada após o reinício do bombeamento de água na nova adutora.

Em nota, distribuída neste domingo (10), a estatal diz que os trabalhos estão intensificados. Para o presidente do PROCON/MA, Duarte Júnior, é preciso garantir um serviço público de qualidade como determina o Código de Defesa do Consumidor.

“O acesso aos serviços públicos essenciais, como luz e água, devem ser prestados de forma adequada, eficaz e contínua, conforme assegura o CDC. Por isso, precisamos atuar para que sejam oferecidos em sua totalidade, sem prejuízos aos consumidores”, concluiu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Justiça decreta bloqueio de R$ 4,5 milhões da Caema

m_16062016_1224
Em decisão assinada nessa quarta-feira, 15, o titular da 1ª Vara da Comarca de Pedreiras, juiz Marco Adriano Ramos Fonseca, determinou o bloqueio das contas da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão – CAEMA, “limitadas ao montante de R$ 4.560.665,68 (quatro milhões, quinhentos e sessenta mil, seiscentos e sessenta e cinco mil e sessenta e oito centavos), correspondente ao valor acumulado à arrecadação dos meses de dezembro/2014 a maio/2015 atualizados.

Na decisão, o magistrado determina ainda o prazo de 15 (quinze) dias para que a CAEMA apresente estudo técnico para expansão dos serviços de abastecimento de água potável nos municípios de Pedreiras e Trizidela do Vale e prazo máximo de 30 (trinta) dias para a instalação de hidrômetros em pelo menos 80% das unidades consumidoras dos municípios. A multa diária para o não cumprimento das determinações é de R$ 20 mil (vinte mil reais).

Ainda de acordo com a decisão, a CAEMA tem o prazo de 60 (sessenta) dias para comprovar a publicação do edital de licitação para as obras e serviços de engenharia necessários à regularização do fornecimento de água potável em Pedreiras e Trizidela do Vale. Em caso de descumprimento dessa determinação, “poderá haver novo bloqueio, agora no valor correspondente à arrecadação dos meses de janeiro a junho/2016” nos municípios acima referidos, reza a decisão.

As determinações judiciais atendem ao não cumprimento de decisão prolatada em 2015 pelo Juízo de Pedreiras em Ação Civil Pública com Pedido de Obrigação de Fazer interposta pelo MPE em desfavor da Companhia, e da qual constavam, entre outras determinações, a de apresentação do estudo técnico para expansão dos serviços de abastecimento de água potável e instalação de hidrômetros nas unidades consumidoras, com prazos para cumprimento de, respectivamente, 60 (sessenta) e 180 (cento e oitenta) dias a partir da notificação. O início das obras de engenharia necessários à regularização dos fornecimento de áuga potável também constava das determinações.

Omissão – “Resta evidenciada a responsabilidade da Companhia Estadual por sua reiterada e continua omissão ao longo do anos, sendo exigível, portanto, a adoção de medidas que visem minimizar os efeitos da omissão estatal, adotando-se providências que assegurem o resultado prático equivalente à regularização do fornecimento de água potável”, diz o juiz em suas fundamentações, referindo-se ao não cumprimento das deteminações por parte da CAEMA.

E continua: “Já que passados mais de três anos da requisição de informações deste Juízo quanto às providências adotadas pela Companhia Estadual de Abastecimento e oito meses da notificação da decisão, o cenário fático somente se agravou diante da inexistência de investimentos para a otimização dos serviços, desprovendo a população em geral das condições mínimas de comodidade indispensáveis, circunstância que não pode ser perpetuada, sem a intervenção judicial, sob pena de contínua degradação física e das condições de saúde dos habitantes dos dois municípios”.

Gravidade – Segundo o magistrado, relatório de arrecadação dos últimos seis meses de 2015 apresentado pela CAEMA “demonstra a existência de recursos suficientes para a adoção de providências tendentes ao resguardo do interesse coletivo”. O juiz cita ainda outras fontes de custeio que poderiam ser obtidas pela Companhia nos últimos anos, entre os quais convênios com o Ministério das Cidades, bem como “a inclusão de obras de melhoria de abastecimento de água potável nos programas federais custeados com recursos da União, ou subsidiados com recursos do BNDES”.

Nas palavras de Marco Adriano, a própria CAEMA reconhece publicamente a gravidade e atualidade dos problemas no sistema de abastecimento de água em Pedreiras e Trizidela do Vale, “e não demonstra como irá resolver a questão, mesmo que a médio prazo o que, conjugado com as provas analisadas, demonstram a necessidade de adoção de determinaçõe desse Juízo acerca da legitimidade e procedência dos pedidos formulados pelo autor”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Após serviços, CAEMA piora a buraqueira no Bairro Forquilha

O Blog já denunciou várias vezes as péssimas condições de infraestrutura do Bairro Forquilha. A buraqueira tomou conta do local, trazendo prejuízos aos motoristas, pedestres e moradores. A prefeitura segue omissa e os problemas se potencializam.

Desta vez, as reclamações se estendem à Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA). Moradores da Rua 5 denunciam os prejuízos e crateras deixados pela empresa, após realizar um serviço no local.

Se não bastasse o descaso e a falta de compromisso da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (SEMOSP) com o Bairro, os moradores ainda sofrem com a buraqueira deixada pela CAEMA. Até as crianças estão sendo prejudicadas, pois não conseguem mais jogar futebol na rua, uma das brincadeiras preferidas da criançada. Confira as imagens:

IMG-20160401-WA0009

IMG-20160401-WA0007

IMG-20160401-WA0006


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeita de Axixá e presidente da Caema vistoriam obra no sistema de captação

8c1893c144ce027b16419b7dae7ac226

O presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Davi Teles, esteve recentemente em Axixá e acompanhou o andamento da reforma para captação de água do Município. A obra é uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Caema, e a Prefeitura de Axixá.

A reforma no sistema de abastecimento vai melhorar a captação de água no Município, que passará a bombear de 80 a 100 mil litros de água por minuto; proporcionando mais conforto e tranquilidade ao povo axixaense.

A reforma é extremante necessária, pois o sistema apresentava uma infiltração geral, que não permitia o armazenamento da água do riacho do Riachão. Diante da grande dificuldade no abastecimento da água no Município,  a prefeita Roberta Barreto chegou a decretar estado de calamidade pública.

A gestora não tem poupado esforços para resolver o abastecimento de água em Axixá e está articulando para  conseguir a liberação de novos poços. Durante a visita, Davi Telles se comprometeu em liberar a conclusão do poço no povoado de Veneza.

2c1b88b2503c09aa53f1c108cadb8978


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Barra do Corda firma parceria com Caema para solucionar problema no município

A prefeitura de Barra do Corda firmou, nesta segunda-feira (7), uma parceria com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), com o intuito de regularizar o fornecimento de água nos bairros situados na parte alta do Município, que tiveram o abastecimento interrompido na última quinta-feira.

De acordo com a Prefeitura, o problema foi ocasionado pela queima de um motor, devido a oscilação de energia elétrica, provocada pelas fortes chuvas. Com a interrupção do abastecimento, o sistema passou a operar com apenas 70% da sua produtividade.

O prefeito Eric Costa esteve reunido com o presidente da Câmara Municipal e representantes da Caema para solucionar o problema o mais rápido possível e evitar maiores transtornos à população. Na ocasião, o prefeito autorizou o rebobinamento dos motores de captação de água bruta e de água tratada.

9c675303caf693d8d0d2c424c7fbdca4


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Notas da manhã

Presidência

Deputado Federal, Waldir Maranhão.

Deputado Federal, Waldir Maranhão.

O deputado federal, Waldir Maranhão (PP-MA), comandará o rito do processo de impeachment da presidente Dilma Rouseff, caso o atual presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), tenha o mandato cassado pelo Supremo Tribunal Federal. Pois, e se o afastamento de Cunha acontecer, o parlamentar assumirá o comando da Casa.

Waldir Maranhão é investigado pela operação Lava Jato, por participar do esquema criminoso que desviou cifras bilionárias da Petrobrás.

Microcefalia

O Ministério da Saúde, divulgou, na última terça-feira (15), o boletim sobre os casos de microcefalia relacionadas ao zika vírus no Maranhão.

O Estado já possui cerca de 56 casos comprovados. Essa informação foi confirmada pela Secretaria de Estadual de Saúde, que acrescentou que sete casos sob suspeita foram descartados. Somente na Região Metropolitana de São Luís 17 casos de microcefalia foram confirmados.

Posse

O novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, tomará posse, na tarde desta segunda-feira (21), no Palácio do Planalto, em Brasília. Barbosa será empossado pela Presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

Depois do anúncio da substituição de Joaquim Levy no comando da Fazenda, Nelson Barbosa afirmou que vai manter os compromissos com o ajuste fiscal e prometeu tomar todas as medidas necessárias para atingir a meta fiscal de 2016, de 0,5% do PIB (Produto Interno Bruto).

Engano

A filipina Pia Wurtzbach foi a vencedora do Miss Universo 2015, mas a vitória ocorreu após uma gafe constrangedora do apresentador do evento, Steve Harvey. Ele anunciou a candidata colombiana Ariadna Gutiérrez como vencedora e depois voltou atrás e pediu desculpas pelo erro.

Wurtzbach e Gutiérrez foram as duas últimas candidatas na festa final das 80 modelos internacionais que competiam, e o apresentador do espetáculo, Harvey, anunciou que a ganhadora era a representante colombiana.

Poucos depois, quando Gutiérrez já tinha sido coroada e os torcedores colombianos comemoravam o segundo triunfo consecutivo na competição mundial de beleza, Harvey voltou ao palco para comunicar que tinha se equivocado ao ler o cartão e que a vencedora era na realidade a filipina Pia Wurtzbach.

Negligência

Durante o final de semana, um bebê faleceu durante o parto, no hospital Madalena Montele, em Anapurus, cidade administrada pela prefeita Tina Monteles.

Segundo informações repassadas ao Blog do Neto Ferreira, a causa da morte seria negligência médica.

Arrombamento

A 2ª Companhia da Polícia Militar de São Mateus, por volta das 2h40 da madrugada de domingo, recebeu uma informação do Sistema de Monitoramento do Banco do Brasil de que vários criminosos estavam arrombando a agência bancária, naquele momento. Durante a ação, os bandidos fizeram vários reféns e atingiram uma vítima com um tiro no ombro.

A quantia levada pelos assaltantes não foi revelada. Ao empreenderem fuga, os homens efetuaram, ainda, vários tiros contra a agência do Banco do Bradesco.

Assalto

Na última sexta-feira (18), por voltas das 23h, cinco homens armados, chegaram em carro branco e anunciaram assalto no restaurante Mandacaru, localizado na Avenida Litorânea, no bairro do Calhau. Na ocasião, os bandidos levaram pertences dos clientes e a renda do estabelecimento comercial.

Veja o vídeo abaixo:


Balanço

Deputado Wellington do Curso.

Deputado Wellington do Curso.

Durante sessão plenária de encerramento dos trabalhos na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) utilizou o grande expediente para fazer um balanço das atividades parlamentares no ano de 2015.

Ao iniciar o discurso, o parlamentar fez uma retrospectiva da sua trajetória de vida até chegar ao parlamento estadual, além de discorrer sobre sua atuação como vice-presidente das comissões de Educação e de Direitos Humanos da Assembleia, e membro das comissões de Segurança Pública, Meio ambiente, Administração e Obras.

Visita

A corregedora nacional de Justiça, ministra Fátima Nancy Andrighi, esteve nesta quinta-feira (17) no Fórum Des. Sarney Costa. Acompanhada dos desembargadores do Tribunal de Justiça do Maranhão, Cleones Cunha e Jamil Gedeon, e dos juízes Osmar Gomes e Sebastião Bonfim, a ministra visitou algumas unidades e setores do fórum.

Acompanharam a ministra durante a vista também o desembargador Rui Ramos Ribeiro (TJMT), coordenador de ações da Região Centro Oeste na Corregedoria Nacional de Justiça; e a desembargadora Márcia Milanez (TJMG), juíza auxiliar da Corregedoria Nacional. Presente também a secretária-geral da Escola da Magistratura do Maranhão, Marilse Medeiros. A corregedora nacional esteve na sala da Ouvidoria do Judiciário, que funciona no prédio do Fórum de São Luís (Calhau), onde conversou com o novo ouvidor, desembargador Ricardo Duailibe. Também acompanhou a visita no local o desembargador Lourival Serejo.

Ininterruptos

Como resultado de Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), a Justiça concedeu, nesta quinta, 17, liminar obrigando a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) a prestar serviços ininterruptos, contínuos e satisfatórios em Imperatriz, sob pena de multa diária de R$ 253.123,00. O valor corresponde a R$ 1 por habitante do município.

A decisão é fruto de manifestação proposta, em novembro deste ano, pelo titular da Promotoria de Justiça Especializada em Direitos Fundamentais e do Consumidor da Comarca, Sandro Bíscaro. A ACP requeria o ressarcimento do valor cobrado pela empresa aos usuários nos dias em que não houve abastecimento de água, dentre outras solicitações. A decisão é da 4ª Vara Cível de Imperatriz. Ainda de acordo com a decisão, a companhia está obrigada a constituir, no prazo de 30 dias, fundo emergencial no valor de R$ 1 milhão, a ser depositado em conta remunerada à disposição do juízo. O objetivo é sanar eventuais crises de desabastecimento.

Marafolia

Acolhendo pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça determinou, na última quarta-feira, 16 de dezembro, que a empresa Marafolia Promoções e Eventos Ltda. se responsabilize pela recuperação da área de preservação permanente que circundava o local do evento, na avenida Litorânea, e pagamento de multa pelos danos que não sejam passíveis de recuperação.

A decisão estabelece, ainda, que a indenização pelos danos não-recuperados terá seu valor fixado depois de cumprida a restauração das demais áreas, conforme Projeto de Recuperação previamente aprovado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A sentença resulta de Ação Civil Pública, ajuizada em 2008, pelo titular da Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente e Urbanismo e Patrimônio Cultural de São Luís, Luís Fernando Cabral Barreto Junior.

Voos
map_am
A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) divulgou, nesta sexta-feira (18), que a companhia MAP Linhas Aéreas vai começar a operar voos semanais interligando as cidades de Imperatriz (MA), Altamira (PA) e Teresina (PI), a partir de abril de 2016.
Segundo a Setur, os voos serão realizados, inicialmente, às segundas, terças, quintas e sextas-feiras, na seguinte ordem:
– Saída de Altamira (PA), às 11h19; chegada a Imperatriz (MA), às 11h52;
– Saída de Imperatriz (MA), às 13h22; chegada a Teresina (PI), às 14h44;
– Saída de Teresina (PI), às 15h24; chegada às 16h36, em Imperatriz (MA);
– Saída de Imperatriz (MA), às 17h06; chegada às 18h39, em Altamira(PA).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Deputado Wellington solicita água para o Caratatiua

Deputado Wellington em reunião com moradores do Caratatiua.

Deputado Wellington em reunião com moradores do Caratatiua.

As contas chegam, mas a água não”, dispara deputado Wellington ao solicitar o fornecimento de água para o bairro Caratatiua

O deputado estadual Wellington do Curso (PPS) utilizou a tribuna, na manhã de hoje (19), para apresentar proposições solicitando o fornecimento de água ao bairro Caratatiua e a disponibilização de um “caminhão-pipa” pela CAEMA para a localidade, a fim de atenuar os atuais transtornos enfrentados pela população do local, que já sofre há meses com a falta d’água.

“É inegável que sem água não há vida na terra, dada a essencialidade desse elemento. Vale mencionar a íntima ligação entre a água e o direito à vida e com a dignidade da pessoa humana. Infelizmente, apesar do caráter fundamental que permeia o fornecimento de água, há meses a população de Caratatiua sofre com a falta desse líquido tão precioso. O problema não é específico de algumas localidades, mas se estende a todo o bairro com a sutil diferença de intervalo de tempo em que cada parte está sem ter acesso ao elementar existencial, isto é, à água”, pontuou o parlamentar.

O deputado relatou, ainda, as problemáticas sofridas pelos populares que lamentam diariamente a falta de água e o valor exorbitante que lesa o direito dos consumidores.

“Os moradores da Rua Gonçalves Dias estão há seis meses sem água, enquanto que os da Travessa das Palmeiras já ultrapassam um ano, segundo relatos dos próprios populares. Apesar de a água não chegar até a casa dos moradores, o que chega todo mês é a conta de água com valores exorbitantes quando a realidade é o consumo inexistente. Vale mencionar que, como conseguinte negativo do não fornecimento de água, os moradores, em sua maioria classe baixa, ainda têm que pagar por ‘baldes de água’, já que não podem ficar sem. Por isso, solicitamos que a CAEMA adote providências, a fim de solucionar a problemática que assola a população há meses: a falta d’água”, completou o deputado Wellington.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Adutora do Italuís rompe e deixa bairros sem água

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informa que a adutora do Sistema Italuís rompeu por volta de 6h da manhã deste domingo (02) no Km 40 da BR-135, no Campo de Perizes.

Uma equipe de manutenção já está trabalhando para fazer a substituição do tubo que foi rompido. Os trabalhos de recuperação serão concluídos por volta de 19h. O bombeamento de água para São Luís será retomado a partir de meia-noite. O abastecimento de água para as regiões atingidas será normalizado em até 72 horas, depois do reinício do bombeamento.

Nova adutora

A Caema informa, ainda, que a nova adutora do Italuís, instalada no trecho de 19 km do Campo de Perizes, entrará em operação nos próximos meses e evitará novos rompimentos, pois os tubos são mais resistentes. Com um diâmetro maior, além de permitir que o sistema opere com 100 porcento de sua capacidade, a nova adutora vai aumentar o volume de água bombeada para São Luís.

Áreas atingidas

ZONA 01 (parcialmente, pois é abastecida pelo Sistema Sacavém/Batatã, que recebe reforço do Italuís).

Centro, São Pantaleão, Madre Deus, Goiabal, Codozinho, Vila Bessa, Belira, Lira, Parte da Areinha, Macaúba, Apicum, Camboa, Vila Bangu, Diamante, Vila Passos, Coréia de Baixo, Coréia de Cima, Sítio do Meio, Alto da Boa Vista, Retiro Natal, Liberdade, Tomé de Sousa, Fé em Deus, Floresta e Monte Castelo (trecho).

ZONA 04

Jardim São Cristóvão, Tirirical, Solar das Mangueiras, São Bernardo, Vila Brasil, Cohapam, Parque Universitário, João de Deus, Sítio Pirapora, Estação Rodoviária, Vila Itamar I e II, Parque Jaguarema, Conjunto Cial, Alameda dos Sonhos.

ZONA 05

São Francisco, Ilhinha, Morrinho, Jaracati, Ponta d’Areia, Ponta do Farol, São Marcos, Calhau, Renascença I e II, Residencial Novo Tempo II, La Ravardiere, Alto do Calhau, Recanto dos Nobres, Cohafuma, av. Litorânea, Solar dos Lusíadas, Solar dos Lusitanos, Conjunto Turu I II e III, Jardim Eldorado, Loteamento Brasil, Divinéia, Olho d’Água, Sol e Mar, Vila Luisão, Santa Rosa, Turu Velho, Matões, Parque Vitória, Vivendas do Turu, Vila São José, Canudos, Terra Livre.

ZONA 06

Vila Bacanga; Ufma, Sá Viana Novo, Sá Viana Velho; Jambeiro, Vila Dom Luís; Vila Isabel; Vila Embratel; Vila São Benedito; Vila Resende; Vila Primavera; Anjo da Guarda; Fumacê; Vila Mauro Fecury I e II; Vila São Luís; Vila Nova; Bonfim; Vila Ariri; Vila Sete de Setembro, São Raimundo; Vila Alto da Esperança; Gancharia; Vila Itaqui; Porto do Itaqui.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Oi e Caema são recordistas de reclamações no Procon

A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA) divulgou o ranking das dez empresas que mais causaram reclamações de consumidores em 2014. A Oi Fixo e a Oi Móvel foram as empresas que tiveram mais reclamações de consumidores registradas pelo Procon-MA, no ano passado, ocupando o primeiro e segundo lugar, respectivamente.

O ranking é resultado da consolidação das reclamações fundamentadas pelo Procon, cujas informações estão disponibilizadas aos interessados no site http://www.procon.ma.gov.br/. O anúncio ocorreu nesta sexta-feira (13) durante a programação da Semana Estadual de Prevenção e Combate ao Superendividamento, iniciada na terça-feira (10), no São Luís Shopping. O evento foi realizado em comemoração ao Dia Mundial do Consumo, celebrado em 15 de março.

Lista das 10 empresas com mais reclamações em 2014

1- Oi Fixo – 669

2- Oi Móvel – 428

3- Caema – 270

4- Cemaz – 198

5- Cemar – 192

6- Samsung – 107

7- Bradescard – 87

8-Electrolux – 73

9- Caixa Econômica Federal – 70

10- Claro Móvel – 67


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Deputado cobra da Caema solução para falta d’água em Imperatriz

O deputado Antônio Pereira (DEM) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, para pedir que o governador Flávio Dino (PC do B) determine, com a máxima urgência, a solução do problema da falta d’água que prejudica milhares de pessoas em Imperatriz, a segunda maior e mais importante cidade do Maranhão.

Na legislatura passada, Antônio Pereira lutou junto ao governo do estado – a pedido dos vereadores, lideranças políticas e da população – e conseguiu de 10 poços artesianos para a cidade de Imperatriz, mas apenas dois deles foram perfurados, com recursos do empréstimo do BNDES, aprovado pela Assembleia em 2014.

Ao participar de reunião com o diretor-presidente da Caema, Davi Telles, Antônio Pereira demonstrou preocupação, ao saber que os oito poços artesianos licitados e contratados não serão mais perfurados, pois o governo do estado vai mudar a sistemática de captação e distribuição de água potável em Imperatriz.

O democrata soube que os poços artesianos perfurados no Parque Anhanguera e no Parque Santa Lúcia, serão equipados com bombas e vão funcionar. Os outros oito poços não serão perfurados, porque a Caema vai aumentar a capacidade de captação do Rio Tocantins, para atender também outros municípios.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.