Poder

Gorilas e abutres!

Por Fábio Câmara

A atitude de BUANA PEDROSA, “representante dos Direitos Humanos” no nosso Estado, é absolutamente reprovável, vergonhosa e covardede.

Os assassinos de Décio Sá foram covardes ao executarem-no sem que o mesmo tivesse qualquer chance de defesa. Buana Pedrosa é igualmente covarde ao chamar o Décio de macaco quando este não está mais entre nós, vivo e pronto para se defender. Como é próprio do grande caçador “branco”, Buana Pedrosa atira bem à distancia e fere covardimente. É bem verdade que o blog de Buana Pedrosa tem um acesso e postagens tão medíocres quanto o próprio. Porém, por que Pedrosa não se armou de coragem e franqueza, marcas registradas da pena de Décio Sá, e expressou a sua opinião preconceituosa no seu arremedo de blog quando Décio ainda vivo? Preconceituosa e recista sim. Ou a expressão ‘jornalismo marrom’, utilizada por Buana, não tem a mesma disfarsatez preconceituosa e racista dos que empregam o termo denegrir – tornar negro – para se referirem a quem deprecia moralmente a outro? Buana Pedrosa não é um rábula qualquer! Ao esbanjar no latim, revela um ‘modus operandi’ próprio de quem sabe bem o que diz e de quem disfarça muito bem o que realmente pretende dizer.

“Não me surpreenderia se ao cabo das investigações se descobrissem motivos bem menos nobres para o assassinato”. Buana Pedrosa – Ipsis Litteris. Preconceituosamente, ele emite aí mais que um juízo de valor. BUANA atenta contra a racionalidade ao sugerir, o que só ele concebe, existirem ‘MOTIVOS MAIS E MENOS NOBRES’ para que um assassinato brutal seja cometido. PASMEM! Logo BUANA PEDROSA, destacado defensor, por dever de ofício, dos sagrados DIREITOS HUMANOS. Até por uma questão de justiça, a bem da verdade, é necessário que seja dito: Quando criminosos condenados se rebelam nas penitenciárias e cadeias do nosso Estado e das nossas cidades, seja em razão da super lotação ou do cardápio repetitivo e pouco agradável ao paladar, É BUANA PEDROSA QUEM LHES SAI EM PRONTO SOCORRO. Afinal, CRIMINOSOS CONDENADOS, apesar das desumanidades cometidas, também são seres humanos, em sua maioria analfabetos e não GORILAS DIPLOMADOS. “O crime de que foi vítima Décio é colonial. Representa apenas vindita infame”. BUANA PEDROSA – Ipsis Litteris. Você quer PRÉ – CONCEITO mais explícito que esse. O que faltou, nessa frase, para que BUANA afirme que Décio foi morto por uma BANALIDADE. O POST de BUANA que ele mesmo intitula de “Um Assassinato Contra A Democracia”, acaba sendo reduzido, nessa frase infeliz, a MERE REPRESENTAÇÃO DE UMA RELES VINGANCINHA COLONIAL. Mas, repare na profundidade das palavras e na riqueza de significados nelas contidos. A palavra “APENAS”, revela BUANA BANALIZANDO O FATO; A palavra “VINDITA”, segundo o Dicionário Aurélio, significa, também, “ACERTO LEGAL”. Eis aqui, BUANA dizendo, disfarçada e medrosamente, como lhe parece ser peculiar, que Décio fez por merecer e que teve, por pagamento, o acerto natural.

Décio não está mais aqui para se defender de mais esse ataque covarde e cruel. Os 5 ou 6 tiros que o vitimaram parecem, aos olhos de BUANA PEDROSA, terem sido poucos. JORNALISTA MARROM e GORILA DIPLOMADO. Mais 2 tiros COVARDES desferidos contra um indefeso. Mas há quem saia em defesa do Décio Sá, da imprensa livre, da democracia, da justiça, da paz e da humanidade. Não se trata aqui de um processo de canonização do jornalista Décio Sá. NÃO! Trata-se mesmo é de clamar por justiça para que os crimes sejam silenciados. Trata-se de evocar a coragem para que a covardia seja suplantada. Trata-se de gritarmos a plenos pulmões que o mundo hodierno não tolera mais imbecilidades anacrônicas como a pistolagem e a velada ou explicita discriminação racial. Só os ABUTRES comemoram os cadáveres. E a pecha de GORILA DIPLOMADO, REQUER RETRATAÇÃO.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.